BrasileirasPeloMundo.com
Estações do Ano pelo Mundo Suécia

10 dicas para sobreviver ao inverno na Suécia

10 dicas para sobreviver ao inverno na Suécia.

O mês de novembro é, sem dúvida, o mês mais sombrio do ano na Suécia: escuro, chuvoso e triste. Além disso, o humor muda, o entusiasmo diminui e o cansaço predomina, indicando que daqui para frente a temperatura será ladeira abaixo. O inverno permanecerá até meados de março, dependendo da região em que se está e não atrapalhará em nada o dia a dia dos suecos.

Pegando dicas com alguns suecos eu aprendi não somente a lidar com a escuridão e a chuva, como também abracei o frio no maior estilo escandinavo. E pensei: por que não compartilhar algumas delas com quem é recém-chegado ou está prestes a se mudar bem nessa época do ano, hein? Até porque elas me ajudaram e ainda continuam me ajudando muito. São elas:

1. Tome vitamina D, ela é importante. Morando na Suécia você não pode confiar em receber o suficiente de vitamina D quando se tem apenas 5 horas da luz do dia por dia. Considere também que você ficará coberto a maior parte do tempo. Sem essa exposição ao sol o corpo não consegue produzir a tal da vitamina. Portanto, ter um bom suplemento de vitamina D te ajudará a manter os níveis sanguíneos normais de cálcio e fósforo e ainda te deixará com um bom humor.

2. Acenda muitas velas. Que tal criar uma atmosfera romântica, mesmo que seja apenas para você? A luz do fogo é uma fonte natural de iluminação e sua chama não só melhora o seu estado de espírito, como também pode te fazer companhia durante o longo inverno. Há uma razão para as velas serem tão populares na Suécia. Deixam o ambiente aconchegante, iluminado e bonito. Só é preciso ter cuidado para não pegar no sono e por um descuido colocar fogo na casa, hein?

Leia também: como se vestir no inverno

Velas para um dar um toque a mais ao ambiente
Velas para um dar um toque a mais ao ambiente

3. Saia de casa porque existe vida lá fora. A Suécia é um país de cultura ao ar livre. Por que não aproveitar da mesma forma que os suecos o fazem? Pescar no gelo, esquiar, patinar ou simplesmente uma caminhada diária, mesmo que ela seja bem curtinha. Aproveite também para carregar a sua câmera e ver o que você pode registrar, pois a paisagem é única.

Aproveitando o inverno de um jeito diferente
Aproveitando o inverno de um jeito diferente

4. Pratique exercícios e cuide bem de si mesmo. Precisa explicar mais alguma coisa? A gente sabe dos benefícios que o exercício traz para a saúde, não? Mas na Suécia, saúde caminha lado a lado com a felicidade, talvez mais do que em qualquer outro país. Essa cultura simplesmente adora atitudes saudáveis, valorizam a natureza como nunca, se exercitam bastante e procuram comer saudável. E acredite, há muitas pessoas que praticam exercícios no mais profundo e congelante frio do inverno. Mas se você tem medo do frio, que tal se tornar membro de uma academia ou das aulas de yoga? Isso pode te inspirar e te ajudará a espantar os demônios escuros do inverno e de quebra você fará novos amigos lá também.

5. Pense em ter uma lâmpada SAD (Seasonal Affective Disorder). É uma lâmpada especial que imita a luz solar e é indicada para pessoas que tenham algum tipo de distúrbio devido à deficiência de luz. Não, isso não é uma piada, porque ela existe mesmo. Considere em adquirir uma somente se você realmente precisar, pois o preço é meio salgadinho (entre 1.200 a 2.600 coroas suecas).

6. Aproveite a vida em família. Na Suécia a vida familiar é fundamental. As noites de sexta-feira, chamada de Fredagsmys, é geralmente reservada para a família se reunir, sempre acompanhada de uma boa refeição, lanchinhos ou tacos, filmes e muita diversão. Portanto, use a noite como o seu novo ritual de se relacionar, se cuidar e se reconectar com seus entes queridos. Mas se sua família está longe, não se preocupe. Que tal fazer isso com os amigos? Te garanto que será recompensador.

Fredagsmys mas ao estilo brasileiro
Fredagsmys mas ao estilo brasileiro

7. Recupere o atraso da leitura e/ou acompanhe uma boa série de TV. Com tantos livros bons disponíveis e séries cada vez mais bem produzidas, você nunca precisa estar sozinho. Leia e encontre um autor favorito ou assista uma série, porque ambos podem te levar para novos lugares e te envolver em novas ideias.

Leia também: custo de vida na Suécia

8. Viaje porque faz bem para a alma. Se o seu orçamento permite isso, viaje para algum lugar novo. A viagem não precisa ser, necessariamente, de uma semana ou cheia de aventuras. Apenas um simples dia de viagem ou uma escapadela de fim de semana pode realmente te inspirar.

Bate e volta da cidade de Norrköping durante o inverno
Bate e volta da cidade de Norrköping durante o inverno

9. Dê um jantar e se divirta. Decore a sua mesa, faça uma comidinha gostosa, deixe a casa nos trinques e depois curta uma noite maravilhosa com os amigos ou a família. Pode até dar um trabalhão, mas mudar alguns hábitos e sair da rotina sempre vale a pena.

10. Valorize as coisas simples. Tendo prazer nas coisas que eu listei acima poderá amenizar a passagem pelo inverno, mas saiba que há coisas que o inverno escuro pode te dar e que você não irá encontrar em qualquer outra época do ano. É realmente tudo uma questão de atitude e essa atitude deve partir de você.

Portanto, tire proveito do que o inverno pode te oferecer e lembre-se que no final dele você será abençoado pelos encantos, cores e perfumes da primavera – com exceção do pólen, é claro!

Muito pólen! Até para quem não é alérgico sofre com ele
Muito pólen! Até para quem não é alérgico sofre com ele

Related posts

Como é o Inverno na Nova Zelândia

Gabriela Nunes

Principais acontecimentos na Suécia em dezembro

Juliana Teles

Viagem de Cruzeiro low budget

Juliana Teles

7 comentários

v Novembro 26, 2015 at 8:19 pm

Obrigada pelas dicas, Vânia!!!! 🙂

Resposta
Vânia Romão Novembro 27, 2015 at 6:06 am

Por nada!
Futuramente falarei como se proteger do frio. Aguarde! 😉

Resposta
Simone Souza Novembro 27, 2015 at 6:16 pm

Vânia, gostei muito, já havia ouvido falar sobre a vitamina D no inverno, gostei da dica da lâmpada.
Aguardo as dicas de proteção no inverno.

Resposta
Vânia Romão Novembro 28, 2015 at 11:17 am

Olá Simone!
Acredite, a vitamina faz muita diferença e falo isso por experiência própria. Depois que mudei para a Suécia o meu nível de vitamina D está bem abaixo do desejado, por isso quando chega essa época do ano eu trato de repô-la. E pode deixar que em breve irei escrever como se proteger do frio :-). Muito obrigada pelo carinho e um grande beijo!

Resposta
Sofia Torres Novembro 30, 2015 at 1:47 am

Oi, Vânia! Adorei os seus textos sobre a Suécia, você escreve muito bem!
Pretendo ir para aí em um futuro próximo, em um programa de intercâmbio da universidade, para passar acho que um ano… Então me é muito interessante saber sobre esse país tão diferente, obrigada por ser tão elucidativa ^^
Só uma pergunta, o seu blog pessoal está aparecendo para mim como privado, é assim mesmo? Se for, não tem problema, eu entendo.
um beijo!
Sofia

Resposta
Vânia Romão Novembro 30, 2015 at 3:12 pm

Olá Sofia, seja bem-vinda!
Fico feliz que você tenha gostado do conteúdo. Sempre procuro variar os assuntos, pois assim as pessoas podem escolher o que mais se identificam. Por enquanto, o blog está como privado devido a algumas questões pessoais. Entretanto, a partir de janeiro ele voltará a ficar público e você terá acesso a todo o conteúdo. Aguarde que novidades estão por vir. Torcendo para que você consiga fazer esse intercâmbio, pois ter essa experiência no exterior vale muito a pena. Um grande beijo! 😉

Resposta
Marina Fevereiro 12, 2017 at 8:54 pm

A primavera e o polen entrarão em conflito com a minha rinite (e dos meus 2 meninos) ahhhhh… alguma dica? Os suecos sofrem com essas nossas ites?

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação