BrasileirasPeloMundo.com
Quanto custa Turquia

Quanto custa fazer supermercado na Turquia

Quanto custa fazer supermercado na Turquia.

Quando me mudei para a Turquia, há quase dois anos, o cenário econômico era bem diferente, muitas coisas mudaram e isso inclui o valor de mercadorias alimentícias. Atualmente vivemos uma crise econômica pouco comentada, mas existente. Muitas empresas fecharam as portas e outras demitiram em massa. Há empresas, como a que meu marido trabalha, que os funcionários que não foram demitidos trabalham 15 dias e 15 dias ficam em casa. Pois, dessa forma, a empresa arca com 50% dos salários e o governo com a outra metade.

A política influencia diretamente a economia na Turquia, mas alguns outros fatores que colaboram para a desvalorização da moeda é a dependência de investimento externo, uma inflação de dois dígitos e uma crise na relação com os Estados Unidos.

A Turquia mais importa que exporta, isso também é um grande aliado para a alta dos preços.

Há um ano a moeda turca era equivalente ao real, atualmente custa um pouco mais que a metade, 1 lira turca equivale a R$ 0,65. Essa desvalorização afeta e muito os produtos básicos de alimentação.

Alguns produtos, produzidos em regiões mais distantes, chegam aos grandes centros num valor 100% mais caro.

Por aqui também não temos variedades de frutas como estamos acostumados no Brasil. As produzidas na Turquia são de época e outras são importadas em sua maioria, como a banana.

A Turquia é um grande produtor e consumidor de carne de carneiro e a bovina é bem mais cara. Também se cultivam muitos damascos, nozes, amêndoa, avelã, pistache, tomate, pepino, azeitona (esses três últimos não podem faltar no café da manhã turco), romã, laranja, tangerina, cereja, melão, etc., mas como escrevi anteriormente, as frutas são de época. Em cada estação é possível consumir e exportar frutas específicas. Quando acaba, realmente não encontramos mais e aguardamos o próximo ano para consumir novamente. Diferente do Brasil, que temos, praticamente, quase tudo o ano inteiro. Essa é uma das coisas que mais sinto falta.

Leia também: Mercado de trabalho para estrangeiros na Turquia.

O bom é que agrotóxicos são controlados e tudo é bem natural. A maioria dos turcos se preocupa com a fonte dos alimentos que consomem, principalmente com a carne. Isso é de suma importância em um país muçulmano, a origem da carne e a forma como o animal foi abatido. Consumir uma carne que o animal foi abatido de forma errada é ilícito, no Islam, tornando-se um pecado. Por esse motivo, todo cuidado com a carne consumida.

Itens como arroz e feijão não fazem parte dos pratos diários na Turquia. A forma como se alimentam é muito diferente, sendo o café da manhã a refeição principal. Não há almoço e sim jantar, até porque o café da manhã geralmente acontece entre 10 e 11 horas da manhã. Nesse intervalo entre o café da manhã e o jantar as pessoas podem comer o que desejarem, mas não existe um horário específico ou uma refeição específica.

Os supermercados mais comuns em toda a Turquia são: Migros, Bim, A101 e Şok. O Migros é onde encontramos a maior variedade de marcas, já os outros são mais populares e com menos opções de produtos e marcas.

Atualmente os valores têm variações mensais devido à inflação. Abaixo vou listar alguns produtos e seus valores médios em minha cidade (Izmir), porque como em todo país, há variações de acordo com a região.

Antes da lista, apenas um fato curioso que nós, brasileiros, sentimos muita falta. Na Turquia não existe leite condensado, vivemos sem brigadeiro! (risos).

Frutas e Legumes:

Cenoura – 1kg/ 7 tl

Banana – 1kg/ 13 tl

Tomate italiano – 1kg/ 4 tl

Cogumelo – 1kg/ 12 tl

Melão – 1kg/ 2 tl

Carnes:

Filé-mignon – 1kg/ 130 tl

Filé de frango – 1k/ 22 tl

Carne moída – 1kg/ 22 tl

Leites e Derivados:

Ovos brancos – 1dz /7 tl

Manteiga – 1kg/ 50 tl

Leite integral – 1lt/ 3 tl

Alimentos em geral:

Arroz branco – 1kg/ 10 tl

Spaghetti – 500gr/ 3 tl

Açúcar – 2kg/ 10 tl

Óleo de girassol (é o que se consome diariamente) – 1lt/ 9 tl

Feijão – 1kg/ 11 tl

Azeite – 1lt/ 20 tl

Café Instantâneo (embalagem de vidro) – 100gr/ 19 tl

Pizza congelada – 400gr/ 20 tl

Bebidas:

Coca-Cola – 2,5lt/ 5,50 tl

Suco de maçã – 1lt/ 4 tl

Cerveja Efes (marca mais consumida aqui) – 500ml/ 10 tl

Itens de uso pessoal e de limpeza:

Creme dental – 75gr/ 16 tl

Sabonete em barra – 90gr/ 6 tl

Absorvente – pacote com 20/ 20 tl

Sabão em pó – 5kg/ 38 tl

Detergente – 1350ml/ 20 tl

Papel higiênico – 16 ud/ 29 tl

Related posts

A dimensão da pobreza na Suíça

Selma Poncini

Cigarro, o grande consumo na Turquia

Cristhiane Mutlu

Driblando a crise: guia de descontos em Buenos Aires

Sara Martins

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação