BrasileirasPeloMundo.com
5 Motivos Austrália

5 pontos positivos de Sydney

Em setembro, trouxe para vocês 5 pontos negativos em Sydney, então, nada mais justo  que também mostrar 5 (dos vários) pontos positivos da cidade.

A seguir, apresento meu top 5 atual (que pode mudar com o tempo, é claro), não necessariamente em ordem de preferência. Até tentei ordenar, mas não estou 100% convencida de que fui justa (risos).

5) Maior salário mínimo do mundo: ou um dos maiores. Fiz uma pesquisa online antes de escrever aqui e encontrei algumas controvérsias, mas é fato que, se Sydney não tem o maior salário por hora do mundo, está bem próximo disso. Aqui você recebe, no mínimo, 18 dólares australianos (AUD) por hora de trabalho (equivalente a mais ou menos R$ 49 reais), o que é bom, muito bom. Para efeito de comparação, nos EUA, o mínimo é de US$ 7,25 dólares (ao redor de R$ 27 reais).

4) Atividades ao ar livre: Sydney é uma cidade feita para o dia, principalmente para um dia de verão. Não apenas pelas praias, mas a quantidade de parques existentes na cidade é enorme (fiz um stories sobre esse tema no meu Instagram. Para conferir em detalhes, dá uma olhada nos destaques clicando aqui)! Em sua maioria, são bem cuidados, limpos e, claro, seguros, portanto programas diurnos como piqueniques, churrascos ou apenas uma manhã/tarde de descanso na grama são super comuns e uma ótima pedida!

Leia mais: 5 pontos negativos de Sydney

Foto: Pixabay

3) Praias, praias e praias: Não tem como deixar as mais de 70 praias da cidade fora desse ranking, afinal, sim, elas são uma das grandes estrelas por aqui! Cada uma com seu jeito, tem para todos os gostos: as badaladas, as mais preservadas (rústicas até, eu diria), as escondidinhas, as famosas… Seja lá qual for sua preferência, pode ter certeza que você vai encontrar uma queridinha por aqui!

Leia mais: Aproveitando as praias de Sydney

2) Infra-estrutura: Pode até parecer injusto não colocar as praias como número 1 desse ranking, mas acredito que, para quem vem de um país com infraestrutura que deixa bastante a desejar (infelizmente), fica difícil não tirar o chapéu para Sydney nesse quesito. Sistema de transporte público eficiente? Temos! Tem gente que reclama, mas olha… reclamam de barriga cheia, viu? Ruas bem asfaltadas, calçadas sem desníveis? Temos! A única coisa que acho que Sydney peca é em relação à quantidade de latas de lixo nas ruas. Poderia haver mais, bem mais. E, sim, isto colabora para que as ruas não sejam tão limpas quanto poderiam. No mais, não há muito o que dizer: a cidade é bem equipada, bem sinalizada e bem preparada para atender seus moradores e visitantes.

1) Segurança: Claro, não poderia ser diferente, certo?! Quem mora aqui, sabe que é seguro demais! Andar na rua com o celular não é problema. Levar seu laptop e usá-lo dentro do metrô não é problema. Tirar dinheiro no caixa eletrônico não precisa ser um momento de tensão. Sydney é segura, isto é fato inquestionável! Claro, óbvio e evidente, queridos, é uma metrópole, é multicultural, tem gente de tudo quanto é canto, logo, cabe um pouco de atenção aos seus pertences. Mas, em pouco mais de um ano aqui, nunca presenciei nenhuma cena – ao menos suspeita – ao meu redor. Portanto, a medalha de ouro vai para esse quesito, porque uma vez que você vivencia essa segurança, não quer saber de outra coisa!

Por ora, esses são meus aspectos queridinhos de Sydney. Sei que ainda tenho muito a descobrir e não vejo a hora de notar mais e mais características que me façam admirar mais e mais essa cidade!

Mora em Sydney ou conhece a cidade? Me conta quais são seus pontos favoritos daqui!

Até a próxima!

Related posts

Como é trabalhar com atendimento ao público na Austrália

Juliana Letra

Posso trabalhar durante o intercâmbio na Austrália?

Sheyne Tanaka

Turismo em Perth

Aline Arruda

2 comentários

Charles Tôrres Abril 1, 2019 at 1:28 pm

Muito bom, Lívia! Sydney é uma cidade ocidental no extremo oriente geográfico do planeta, fato que a torna ainda mais interessante. Dentre os pontos citados, permita-me apenas discordar desse, sobre as lixeiras: “Poderia haver mais, bem mais. E, sim, isto colabora para que as ruas não sejam tão limpas quanto poderiam”.

Moro em Tóquio, cidade considerada a mais limpa do planeta (mesmo com seus 40 milhões de habitantes, 8 vezes maior que Sydney) e aqui não existem lixeiras nas ruas. Nenhuma, nada, zero. O cidadão carrega seu próprio lixo pra casa para que ele possa ser corretamente reciclado. Confesso que sinto falta das lixeiras, mas não é a ausência delas que faz com que a cidade seja mais suja, e Tóquio prova justamente o contrário. Cidades devem se manter limpas principalmente pela conscientização do cidadão. Levo 2 meses pra encontrar uma latinha de café no chão ou coisa parecida.

Me desculpe pela intromissão, seu texto é ótimo, só mesmo pra pontuar que não é a ausência de lixeiras que faz de Sydney uma cidade não tão limpa quanto deveria.

Forte abraço! 😉

Resposta
Lívia Campos Abril 2, 2019 at 1:33 am

Imagina, Charles, eu que agradeco teu comentario! Com certeza isso parte das pessoas, mas vamos combinar que os japoneses deveriam, mas nao sao parametro, os caras sao sensacionais! Ahahahah…
Fique a vontade para visitar e comentar sempre!
Abraco!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação