BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo México

A boa educação do povo mexicano

A boa educação do povo mexicano.

Assim como os brasileiros, o povo mexicano é animado e alegre; gosta de música, dança, cores e de viver a vida “e não ter a vergonha de ser feliz”. É o sangue quente que circula na veia do povo latino, que nos diferencia tanto dos asiáticos e até mesmo dos europeus. Este é um dos fatores que mais ajuda na adaptação da vida das famílias brasileiras no México, pois a energia boa dos mexicanos nos lembra o nosso país. Porém, algo que me chamou a atenção aqui no México – e que não se parece em nada com o Brasil – foi a boa educação que eles têm no tratamento de um com o outro, mesmo entre família e amigos próximos. Muitas vezes, pode parecer formal ou exageradamente respeitoso, do ponto de vista dos brasileiros, como já contei aqui em outro post com o exemplo da expressão “¿Mandé?”.  Apesar da formalidade causar estranheza em determinadas situações, respeito nunca é demais. Por isso, trago, aqui, algumas expressões cotidianas curiosas que mostram essa boa educação que o povo mexicano tem no diálogo com o outro.

Leia também: Neologismos do espanhol mexicano

¿Me Regalas?

O verbo “regalar” significa “presentear” e vem de regalo (presente). As crianças ganham regalos no Natal. O mexicano não pede para você dar a ele um copo de água, mas sim “regalá-lo” com um copo de água. Se você vai preencher um formulário com seus dados pessoais, pedem “Me regala tus dados, por favor?” E, claro, o “por favor” vem sempre acompanhado de qualquer solicitação. Então, se você estiver num restaurante ou casa de um amigo e quiser tomar um pouco mais de vinho, já sabe que aqui se pede “¿Me regala um poco más de vino, por favor?” Seria curioso alguém pedir para que o garçom o “presenteie” com um pouco mais de vinho, por isso me chamou tanta atenção essa expressão quando a conheci. E é bastante usada no dia a dia! Em casa, no trabalho, nos restaurantes, na casa de amigos, etc.

Muy Amable

O “gracias” (obrigado) dos mexicanos se desdobra em “muchas gracias” (muito obrigado) e “muchíssimas gracias” o tempo todo. E é falado várias vezes na mesma frase, às vezes tudo isso junto. Mas tem ainda uma expressão que acompanha o agradecimento. É o “muy amable”, que na tradução seria como “Você é muito amável”, de maneira reduzida. Para agradecer o copo de vinho, por exemplo, você escutaria “Gracias, muy amable” ou somente o “Muy amable”. Se é algo que você está imensamente agradecido, o exagero toma conta da sua fala, como “Gracias, muchíssimas gracias, muy amable”.

¿Te Molesto con..?

 “Molestar” significa “incomodar” e é usado nas solicitações, como o “Would you mind if…” do inglês ou o “Você se importa de…” do português. Por exemplo, se precisamos assinar algo (firmar, em espanhol), nos perguntam “¿Te molesto con tu firma, por favor?” ou se precisamos que alguém nos dê licença (permisso), poderíamos dizer “¿Con permisso, te molesto si…?” Somente o “con permisso” é o suficiente para pedir licença, mas a soma da redundância que há na língua espanhola e a formalidade do mexicano resulta nas duas expressões juntas, que comumente se escuta.

“Bonito día” e “Que te vaya bién”

É possível notar algumas palavras e expressões do espanhol mexicano que sofrem a influência do inglês, pela proximidade com os Estados Unidos, e “Bonito día” é uma delas. É o famoso “Have a nice day” do inglês que acompanha qualquer final de conversa durante o dia. Depois de dizer adeus, seja pelo telefone, por WhatsApp ou pessoalmente, termina-se com um “¡Bonito día!” se é de manhã, ou “¡Bonita tarde!” se já é mais tarde. Acompanhado ou não de uma das duas expressões, os mexicanos também se despedem dizendo “Que te vaya bién”, desejando, mais uma vez, que tenhamos um bom dia. Afinal, por que perder a oportunidade de enfatizar, não é?

“Buen Provecho” e “Salud”

Aqui estão os mundialmente falados “Bom apetite” para quando se inicia uma refeição ou o “Saúde!” quando alguém espirra. A diferença está na intensidade que o mexicano os usa. Qualquer um nos deseja “provecho” para qualquer coisa que estejamos comendo. Não só o garçom ou os amigos na mesa, mas literalmente qualquer um, em qualquer lugar. Um dia eu estava saindo do supermercado no meu carro e comia um chocolate, quando o funcionário da catraca me desejou “provechito” – que é uma variação para quando se está comendo um snack ou um lanchinho – antes de me pedir o ticket do estacionamento. Com “Salud” acontece o mesmo, qualquer um na rua nos deseja saúde quando espirramos, e em coro! Se espirramos várias vezes, é de morrer de vergonha como chamamos a atenção por tanta gente nos desejando saúde. Se depender da boa intenção dos mexicanos, não griparemos mais!

Leia também: Costumes e hábitos mexicanos que já entraram na rotina

E há uma lista extensa de exemplos, como ainda quando alguém vá nos fazer um serviço e nos é apresentado, que responde com um “para servirte” depois de dizer o seu nome, ou quando alguém nos pede uma informação e agradece dizendo “gracias por tu tiempo”, até mesmo em relações mais próximas. “Perdón” é dito a qualquer sinal ou esbarrão que te dão nas ruas ou se há algum mal-entendido em uma conversa. Todos esses exemplos são bastante usados, a todo o tempo, e traduzem uma cultura de respeito, boa educação e, talvez, um pouco de formalidade para situações cotidianas. Ainda assim, nada mal aprender um pouco sobre este tema em tempos de pós-eleições no Brasil, onde faltou empatia e educação nos diálogos, não é? Vamos aprender com esse povo lindo do México, Brasil!

Related posts

Diferença entre morar e estar de férias em Buenos Aires

Fabi Lima

Curiosidades sobre o Ano Novo Chinês

Ana Clara Oliveira Garner

Tráfico humano no México

Flavia Zahn

2 comentários

Fernanda Mello Novembro 19, 2018 at 3:15 am

Fantástico !!!! Muito bom como todos os outros! Adorei aborte dos espirros kkkkk! Parabéns pelo texto! Arrasou ❤️

Resposta
Ana Paula Almeida Dezembro 20, 2018 at 1:02 am

Obrigada, Fernanda. Salud pra você!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação