BrasileirasPeloMundo.com
EUA

A Noite do Oscar em Los Angeles

A noite do Oscar é o evento mais esperado do ano para a indústria e os amantes de cinema. A premiação, que geralmente acontece no mês de fevereiro, encerra a temporada de prêmios do mundo do entretenimento, que começa em novembro. Dentre as outras cerimônias importantes nesse período, estão o Globo de Ouro, em janeiro, e o Grammy, em fevereiro.

Antes de mais nada, você sabe como funciona o Oscar?

Primeiramente, o produtor do filme deve preencher e enviar o formulário de inscrição, com todas as categorias que pretende concorrer, até o início de dezembro. Após o recebimento das inscrições por todos os candidatos, a Academia faz uma lista e envia junto com uma cédula para votação para os quase 6 mil membros da AMPAS (Academia de Artes e Ciências Cinematográficas). Dentre eles, estão indicados e ganhadores de premiações anteriores e diversos profissionais da área. Eles recebem também os filmes indicados para assistir. A votação é bastante específica, cada um só vota em suas áreas de atuação, por exemplo, um ator vota para melhor ator e coadjuvante; diretor vota na categoria de melhor direção etc.

Foto do arquivo pessoal.

Todo mundo tem duas semanas para enviar seus votos. Após isso, em meados de janeiro, os indicados são revelados em uma coletiva de imprensa. A lista sai geralmente às 5 da manhã, hora local de Los Angeles. Após isso, a Academia envia outra cédula de votação com os 5 mais votados – a categoria de Melhor Filme é a única com número maior de indicados. Após o recebimento de todos os envelopes, esses são enviados e contabilizados por uma empresa de auditoria, o mesmo acontece durante a primeira parte do processo. Depois disso, o resultado segue confidencial até a abertura do envelope durante a cerimônia.

Essa parte da votação serve também como um aquecimento para o dia do evento. Toda a cidade se prepara para a chegada do grande dia. Você já imaginou como fica Los Angeles durante a cerimônia? Uma confusão muito legal é a resposta mais apropriada. A cidade fica lotada de celebridades, indicados e outros profissionais do cinema. O número de jornalistas também aumenta. Conclusão, a cidade fica tão cheia que é impossível achar vagas em hotéis e vôos.

O Oscar acontece em um teatro chamado Dolby, em Hollywood, e é sempre em um domingo, geralmente de fevereiro, por volta de 6h da tarde, horário de LA. Apesar de as estrelas usarem vestidos bastante decotados, é inverno por aqui e faz bastante frio. Essa é uma época de chuva na Califórnia e, por isso, os organizadores diminuíram o tempo que os convidados ficam nas partes descobertas.

Durante dois anos, morei exatamente atrás do Dolby Theater. Foi um tempo bem agitado vivendo no meio do auê todo. A preparação começa sempre um mês antes do evento. A prefeitura da cidade envia um comunicado com as informações do trânsito e fechamento de ruas para o Oscar. Todo o quarteirão da Hollywood Blvd (onde fica o teatro) e todo seu redor fecham completamente para a montagem. Apenas moradores locais e pessoas que trabalham na produção, nas lojas e escritórios têm acesso ao local. Eu lembro que precisava carregar o contrato do meu aluguel comigo o tempo inteiro durante o mês todo para conseguir ter acesso e voltar para casa. 

Como eu morava na região, pude passear pelo local durante a montagem. Não consigo nem explicar a emoção de estar ali tão perto de um evento tão especial para mim e para o meio onde eu atualmente trabalho. A sensação é incrível e o clima é de muita festa e ansiedade por toda a cidade. Para mim, era difícil não imaginar o grande dia, com todas os talentosos indicados andando pelo mesmo tapete vermelho que eu.

Além de toda a movimentação de pessoas trabalhando na produção, era possível ver o aumento da segurança. É possível ver uma grande quantidade de policiais, agentes de segurança e helicópteros patrulhando o local. E isso dura um mês todo. O que mais me impressionava era que no dia seguinte já não tinha mais nenhum sinal do grande evento. Ficava sempre um vazio no dia seguinte.

Para mim, o Oscar é muito especial. Eu não perco por nada. Desde pequena, sempre fui uma grande fã da noite do Oscar. Todo ano era a mesma coisa, eu ficava acordada até de madrugada e só ia dormir depois que todos os vencedores fossem anunciados. Era sempre eu e meu pai acordados até o fim. Acho que foi daí que nasceu minha paixão por produção e cinema. Eu sempre acreditei que trabalharia na área, mas jamais me imaginei ali andando pelo evento e vendo tudo de pertinho. Lembro como se fosse hoje a sensação que senti, na primeira vez que presenciei essa loucura toda, era como um sonho parcialmente realizado. 

O mais legal é que essa energia boa pode ser sentida por toda a cidade. As pessoas lotam os cinemas para ver todos os filmes nomeados. Diversas empresas montam festas com tema do evento. Muitos marcam encontros e churrasco para assistir ao Oscar. Os mais empolgados fazem festas com trajes formais para seguir o mesmo clima da premiação. Claro que, com a concentração de celebridades e turistas pela cidade, aumenta muito o trânsito. O deslocamento em Los Angeles fica quase impossível no dia do evento, principalmente em Hollywood, com tantas ruas fechadas e engarrafamentos de limousines. A cidade fica tão cheia que alguns de seus moradores preferem viajar para não lidar com o tumulto, mas tudo isso vira apenas um detalhe perto de toda a mágica da noite do Oscar. 

Related posts

O sim e o não nos relacionamentos multiculturais

Cecília Bailey

Seattle é a terra de Pearl Jam e da chuva

Flávia Cesário

O Covid-19 nos Estados Unidos

Lorrane Sengheiser

1 comentário

Valmara Dezembro 12, 2017 at 9:06 pm

I lovely is very bonito thanks.
I valmara Eu vivo em Hollywood Eu estou buscando Job.
4242484751
Muito obrigado.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação