BrasileirasPeloMundo.com
EUA

Como é mudar de estado nos EUA

Mudança, Estados Unidos

Como é mudar de estado nos EUA: Minha mudança da Califórnia para Illinois.

Mudar faz parte da cultura americana.

Eu costumo brincar que o americano é desgarrado. Nos Estados Unidos, eles têm a tradição de sair de casa aos 18 anos para fazer faculdade, e uma grande parte muda de estado para estudar. Ficam longe da família, dos amigos, e começam do zero. Depois de formados, muitos voltam para seus estados ou cidade, ficam onde estudaram, ou acabam indo para um lugar completamente diferente.

Tudo o que você precisa saber para morar nos EUA

Mudança faz parta da cultura americana. E por conta disso, existe um grande mercado por trás. Seja para mudanças apenas de moradia dentro de uma mesma cidade, ou para outro estado, ou até mesmo a mudança de país. As opções de serviços são muitas.

Mudar é muito comum na vida do imigrante e expatriados. Durante a minha vida fora do Brasil, eu me mudei 12 vezes. Oito vezes na mesma cidade, três mudanças internacionais, uma vez de estado, e outra de uma cidade para outra.

Posso dizer que sou expert no quesito mudança, mas mesmo assim, toda vez que eu me mudo, eu aprendo algo diferente. Na minha última, por exemplo, eu descobri umas fitas coloridas que são usadas para fechar as caixas, e deixar sua vida mais fácil.

Cada fita tem uma cor diferente com a informação de para onde a caixa deve ir: banheiro, sala, quarto, etc. Isso, pra mim, foi incrível. Uma das partes mais chatas da mudança é achar onde estão as coisas.

É muito comum usarem aqui caixas especiais para mudanças que vêm com espaço também para você escrever o que tem dentro da caixa. Essas caixas podem ser compradas em lojas de departamento para coisas de casa, obras e ferramentas.

Como é a mudança de estado

A mudança de estado é um pouco diferente de mudar de cidades, principalmente se for do outro lado do país, como aconteceu comigo. Eu fui da Califórnia para Illinois. Fui da ponta da costa oeste do país para o centro, quase costa leste.

Ou seja, precisou de uma certa logística. Somos uma família com 2 adultos, um menino de 1 ano, 2 gatos, e 1 cachorro. E como sou casada com americano, uma vida inteira de acúmulo de coisas.

Tivemos que contratar uma empresa especializada em mudanças desse tipo. Essa empresa tinha dois tipos de serviços: Grupo e Individual.

No primeiro, as suas coisas vão junto com as de outras pessoas, e o caminhão vai parando no caminho. Ela é mais demorada, porém mais barata. Na opção individual, apenas as suas caixas e móveis vão no caminhão, e eles fazem apenas as paradas obrigatórias.

De acordo com as leis dos Estados Unidos, os motoristas de caminhão não podem dirigir mais do que 14 horas consecutivas. As horas são contadas assim que o horário de trabalho começa e existe um break de 10 horas ou mais entre as 14 horas. Ou seja, é um processo demorado.

Leia Mais: Brasileiros estão realmente proibidos de entrar nos EUA?

As nossas coisas só chegaram 2 semanas depois da nossa chegada em Illinois. No nosso caso, escolhemos a opção em grupo e com isso, nossa mudança demorou mais.

No caso da mudança individual, da Califórnia para Illinois por exemplo, a estimativa era de entrega de 7 a 10 dias. Eles sempre dão uma estimativa mais longa porque pode haver imprevistos.

Quando a mudança é mais simples, existem algumas opções mais em conta. Você pode contratar uma empresa normal para empacotar tudo e levar, como você pode também escolher apenas a opção de levar, e você empacota tudo.

Uma opção bem mais em conta é contratar empresas menores, ou pessoas que fazem um serviço eventual. Você pode também pagar um amigo ou vizinho para te ajudar.

Os americanos têm o costume de fazer tudo sozinho, e é muito comum que eles aluguem uma pick-up ou uma espécie de mini caminhão para eles mesmos levarem suas coisas.

Existem diversas empresas que alugam esses veículos. Você consegue alugar uma van por um custo de $19 por dia, por exemplo. Sai muito em conta.

A nossa mudança da Califórnia para Illinois

Como falei anteriormente, nossa família consiste em 2 adultos, um menino de 1 ano, 2 gatos, e 1 cachorro. Meu marido, como muitos americanos, acumulou muitas coisas ao longo dos anos, mas ele nem é dos piores. São mais de 35 anos de vida, e muitas lembranças.

A nossa mudança começou quase uma semana antes do nosso voo de Los Angeles para Chicago. E fomos no meio do inverno, ou seja, muitos atrasos por conta das nevascas pelo país.

Isso também contribuiu para o atraso das nossas coisas. Uma coisa chata e interessante é que, para essa mudança em grupo, eles não te dão uma data exata da mudança. Eles dão uma estimativa, e avisam de 1 a 2 dias antes da chegada do caminhão.

Por isso, tivemos que deixar tudo pronto bem antes. Ficamos em um hotel até o dia do voo. Minha sogra, que mora em Chicago, foi para Los Angeles para nos ajudar. Todos os nossos bichos foram com a gente na cabine do avião.

Meu marido levou um gato, minha sogra outro, e eu carreguei nosso filho, na época com 10 meses e meu cachorro, que é um bichinho de suporte emocional.

Leia Mais: Animais de Suporte Emocional

Os animais de suporte emocional têm que apresentar uma documentação na porta do embarque, e devem viajar no seu colo ou no chão do seu lado. Eles não podem embarcar dentro de nenhum tipo de malinha para animais, mas devem ter coleiras.

Você pode usar a malinha durante o voo, mas não durante o pouso e a decolagem. As regras mudam um pouco de acordo com a cia aérea, por isso, é sempre importante checar antes da viagem.

Nossa mudança aconteceu 1 mês antes da quarentena chegar. Tínhamos tantos planos na nossa cidade. Tanto a conhecer. Um ano, e não conheci nada, mas a vacina chegou, e com ela a esperança de tempos melhores.

Related posts

Guia com 5 dicas para mães de bebês nos EUA

Patrícia Penna

Michigan: terra de contrastes e temperaturas extremas

Jenny Rosén

Guia para procurar emprego em Nova Iorque

Larissa Rinaldi

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação