BrasileirasPeloMundo.com
EUA

A vida em Los Angeles

A vida em Los Angeles.

Eu recebo muitas mensagens de pessoas me perguntando como é a vida em Los Angeles. Primeiramente, vou falar sobre como realizar o sonho de morar legalmente por aqui. A forma mais fácil é através do visto de estudante. Obviamente, você tem que estar matriculado em uma escola, curso técnico ou faculdade. Esse tem que ter em seu currículo escolar um mínimo de 20 horas semanais de aula para que se qualifique ao visto, e a presença é obrigatória.

O preço dos cursos depende de diversos fatores, como tipo de curso, escola, e duração. Com o visto de estudante, você tem direito a residência legal nos Estados Unidos até o término do curso. Com ele, você também tem entrada e saída liberada, ou seja, você pode sair do país e voltar quantas vezes quiser, desde que seja durante as férias escolares ou período sem aula.

Outra opção é o visto de trabalho temporário, que tem a duração de geralmente 4 meses. Os parques como Disney e Universal sempre contratam brasileiros para esse programa de curta temporada. Para mais informações sobre esses trabalhos, procure uma agência de viagens ou entre no site dos parques. Estações de ski também contratam funcionários para esse mesmo programa durante o inverno. O legal é que você não só recebe uma renda como também tem a experiência de trabalhar por aqui. A Califórnia tem varias estações de Ski, dentre elas estão uma em Big Bear e outra em Lake Tahoe.

Existem outras formas um pouco mais complicadas, como o visto de trabalho em empresas, que costumam ser de dois anos, mas esse geralmente você consegue só sendo transferido pela empresa que você trabalha no Brasil, o que acontece em multinacionais. Esses funcionários são altamente qualificados e fazem trabalhos bastante específicos em suas áreas. Veja o artigo da minha colega Thais sobre vistos.

Leia também: Vistos para morar nos EUA

O tão sonhado Green Card já é mais complexo. Você só consegue através de familiares diretos, casamento, ou por empresa. Para saber mais sobre essa parte burocrática dos vistos e green card, veja os textos da minha colega Lorrane aqui no nosso blog.

Após você adquirir seu visto, a mudança para cá pode ser bastante complicada, principalmente se você não conhece a cidade. Los Angeles é uma cidade grande, com cerca de 18 milhões de habitantes. O salário médio por aqui é de $50,000 por ano, que dá um pouquinho mais que $4,000 por mês. Sei que parece muito, mas o custo de vida por aqui é altíssimo e a média do aluguel de um apartamento de um quarto fica em $1,300 por mês, o valor depende muito do bairro.

Me perguntam bastante qual melhor bairro para morar. Tudo depende do seu orçamento e estilo de vida. Como Los Angeles é uma cidade cara, grande e com trânsito pesado, eu aconselho a morar perto de seu trabalho, quando possível. Dentre os bairros prediletos dos brasileiros estão Culver City, Santa Monica, Venice, Hollywood, e os bairros atrás da montanha de Hollywood, como North Hollywood e Burbank.

Leia também: vistos para morar nos Estados Unidos

A melhor forma de decidir onde morar é primeiramente saber onde não morar. Como toda cidade grande, Los Angeles tem áreas menos seguras. Dentre os lugares onde a segurança não é muito boa estão Inglewood, South LA, uma boa parte de Downtown (centro de Los Angeles) e East LA. Esses são obviamente mais baratos do que os bairros que eu citei acima, por isso, é bom saber que o preço reflete isso. Existem bairros que tem áreas boas e áreas ruins. Koreatown e Hollywood são exemplos disso. Eu estou me referindo a esses lugares como bairros porque é como é no Brasil, por aqui, cada bairro é na verdade um distrito próprio, e a maioria tem sua própria mini prefeitura, isso faz com que os bairros sejam muito diferentes uns dos outros. Enquanto Culver City e Beverly Hills tem ótimas escolas públicas, Inglewood, por exemplo, não. E o mesmo acontece com outros serviços públicos.

O transporte público deixa muito a desejar na cidade toda. Existem muitas linhas de ônibus, mas elas praticamente andam um linha reta, então para ir do sul para o oeste, por exemplo, você tem que pegar um outro ônibus. Às vezes até mais de um. O metrô também é parecido. Ele ainda não corta a cidade toda. Se você está pensando em morar em Los Angeles, coloque em seu orçamento a compra de um carro. Por falar em carro, o trânsito daqui é bastante pesado. O horário do rush pode ser comparado ao Rio e São Paulo facilmente, principalmente nas avenidas principais e estradas.

O tempo por aqui é considerado um dos melhores do país. O inverno não é muito rigoroso. A média de temperatura durante o inverno é de 13 graus, e no verão pode chegar aos 45. O clima é bastante seco, e quase não chove. A maioria dos dias é de céu azul e muito sol. Isso é ótimo porque a cidade foi preparada para as atividades ao ar livre. Muita praia, parque, até os shoppings aqui são abertos.

Leia também: Custo de vida em Los Angeles

Mas e quem mora em Los Angeles, afinal? Além das celebridades, 40% da população é de imigrantes e de maioria latina, principalmente mexicana. Los Angeles é considerada a cidade dos jovens solteiros. Cerca de 50% da população daqui não é casada. Os angelenos são também bastante ativos politicamente, e sua maioria é democrata, que é o partido da esquerda. Por aqui, se fuma maconha, tem liberdade sexual e a moda é liberada. Dentre os 53% da população que se considera religiosa, a maioria é católica. Há também muitos judeus e cristãos.

O mercado de trabalho aqui é muito forte na área criativa. Os estúdios de cinema dominam. A área de saúde também é muito forte, principalmente a parte estética como cirurgia plástica e de emagrecimento.

O divertimento por aqui é ilimitado. Tem muitos bares e boates espalhadas pela cidade. Vale lembrar que tudo fecha às 2 da manhã e bebida não pode ser vendida depois de 1h.
Se você estiver à procura de uma cidade alegre, que não para, com uma população jovem e eclética, Los Angeles é com certeza uma das melhores opções no país.

Related posts

5 dicas para se tornar uma empreendedora nos EUA

Patrícia Penna

Como se preparar para um terremoto

Raiane Rosenthal

O furacão Harvey e eu – Parte II

Renata Salas Collazo

2 comentários

Dalva Huttunen Maio 2, 2018 at 5:30 pm

Olá Raiane! Li seu texto e gostei muito! Direto, informativo e fácil de entender! Muito bom falar sobre o salário e os gastos, muitas pessoas se enganam, achando que por exemplo 50.000 mil dolares é muito dinheiro por ano, más quando entendem que sao 4.000 dolares por mes, creio que é mais fácil entender que de 4.000, saem direto 1.300 para o aluguel, cai-se ná realidade! Se for uma moradia de estudante por tempo limitado ou trabalho de temporada, ai sim, sem duvidas deve ser legal!
Muito obrigada, gostei muito! Felicidades nos teus futuros projetos! Boa sorte! Dalva ná Suécia!

Resposta
Raiane Rosenthal Maio 3, 2018 at 5:54 pm

Oi Dalva,

Obrigada!!

Com certeza a realidade e um pouco diferente.

Quem vem passar um tempo curto consegue aproveitar bastante com $4000 por mes, mas para quem mora e bem diferente mesmo.

Beijos

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação