BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Índia

A vida em Mumbai

A vida em Mumbai.

A proposta de trabalhar na Índia, em Mumbai, veio no início de 2014, e foi aí que comecei a pesquisar sobre a incredible India! Esse é o slogan do governo indiano e depois que você chega lá você começa a entender o porquê.

Era a minha primeira vez na Ásia; sempre tive vontade de conhecer o país e depois de ver a novela Caminho das Índias, principalmente o Taj Mahal. Li bastante e em meio a tantas pesquisas encontrei, claro, diferentes pontos de vista. Vi que era um lugar fascinante e cheio de dificuldades.  Entre os preparativos da viagem até a data do embarque meu coração estava acelerado, com muitas expectativas e muito medo. Estava muito ansiosa, iria para a Índia! Acredito que nada acontece por acaso e se tive essa oportunidade é porque tinha que viver tudo o que estava reservado para mim.

“Incredible” em inglês possui vários significados: incrível, inacreditável, impossível, ilógico, estranho… Bem, a Índia é mais ou menos isso.

Mumbai, ou Bombaim (em português) possui tudo: é uma Índia parada no tempo e ao mesmo tempo uma Índia moderna. Me sentia segura para andar pelas ruas a qualquer hora do dia ou a noite, sozinha ou não. Fazer as coisas do dia a dia como ir ao mercado ou shopping era bastante fácil. Sempre utilizei os rickshaws (veículo mais famoso deles) pois são rápidos, baratos e passam a cada segundo.

Em Mumbai você encontra mercados bons, nos shoppings você encontra de tudo. No bairro Andheri temos o mercado famoso chamado “Lokhandwala”; em Bandra, pelas ruas, lojas de grifes famosas; em Town, como eles falam, tem outro mercado famoso chamado “Colaba”. Mumbai possui maravilhosas opções de restaurantes, hotéis luxuosos, farmácias e pequenos mercados a cada esquina, além de bons hospitais e muitos médicos que atendem em suas clínicas menores. A cidade também conta com muita opção para a vida noturna: boates, bares, e para quem gosta de música eletrônica, tem sempre festivais. Há opções para todos os gostos e bolsos.

Leia também: qual o idioma oficial na Índia

unnamed (4)

O meu trabalho me permitiu conhecer vários lugares da Índia como Pune, Delhi, Goa, Ahmedabad, Gujarat, Bangalore, Manipur, mas o lugar que me senti mais em casa e mais segura foi em Mumbai.

Nessas outras cidades senti mais o peso das tradições e costumes. Mumbai possui um ar ocidental disfarçado, mas os costumes estão lá. Você encontra turistas o tempo todo, vê as turistas andando tranquilamente pelas ruas com vestidos curtos e shorts. Porém os indianos olham – homens, iguais em todo lugar do mundo. Até as indianas nas boates e festas usam vestido curto e justo, como no Brasil; isso para mim foi uma surpresa, pensei que iria encontrar meninas todas comportadas em seus sáris, mas nada disso.

Não posso esquecer da incrível indústria de cinema da Índia, a famosa Bollywood, com base em Mumbai. Todos os indianos possuem essa paixão pelo cinema e pelo críquete, esporte preferido deles.

Apesar de tantas maravilhas Mumbai continua sendo Índia, com suas dificuldades; o tempo corre no tempo deles, lixo, caos no trânsito, religiosidade, templos, pobreza e riquezas, contrastes tão difíceis de compreender diariamente.

Leia também: Mumbai, o coração da Índia

Estou voltando para a Índia novamente, muitas pessoas inclusive da minha família me perguntam o que vou fazer lá de novo, que estou louca.

A primeira vez que fui já esperava e sabia que seria o maior choque cultural da minha vida, e foi…

No momento em que aceitei a proposta da viagem sabia que iria lidar com o diferente e o desconhecido. Eu só precisava encontrar a minha definição de Índia. Choque cultural talvez seja muito clichê mas é algo que simplesmente é – um dia, se você visitar a Índia vai me entender.

Até hoje quando me perguntam dessa experiência fico sem palavras. Não há como explicar com exatidão, não há fotos, vídeos, depoimentos. Por mais que fale, explique, mostre tudo isso, ainda faltam explicações. Foi incrível, não há dinheiro no mundo que pague as experiências que vivi. Fiquei mais de um ano fora e desse tempo, 9 meses foram na Índia.

Sim, encarar a Índia não é para qualquer um; ela requer de você atitudes que você nem pensava que tinha. Adaptação é algo indispensável pois lá aprendi que nada é garantido, algo tão simples de se entender. Aprendi isso atravessando o oceano e vivendo um dia de cada vez.

A Índia te faz mais forte, é um lugar que testa o seu psicológico, os seus sentimentos e os seus limites a todo segundo, e você aprende que o amanhã é incerto demais e que nossos medos e o nosso ego são algo muito tolo. Depois de viver lá você pode viver em qualquer outro lugar do mundo!

unnamed

Citando a fala do filme “O Exótico Hotel Marigold”, filme inglês cuja história se passa na Índia, “Poderia haver algum outro lugar no mundo que é um ataque tão grande aos sentidos? Aqueles que conhecem, já são acostumados,  mas nada pode preparar os novatos para essa enxurrada de sons e cores. Para o calor, a multidão em eterno movimento. Inicialmente você fica muito surpreso. Mas gradualmente você percebe que é como uma onda. Resista, e ela te engolirá. Mergulhe dentro dela e você sairá do outro lado.”

Sou suspeita para falar, a Índia vai muito além da multidão, da sujeira, do calor e das buzinas. Todos que vem tem uma relação de amor e ódio: você jamais sairá indiferente. Somente a experiência de viver determinadas situações te faz aprender que você é pequenino demais em um universo tão grande, e que você deve dar ouvidos à sua intuição – deixe-se surpreender.

Vá e faça tudo com alma e coração abertos, não apenas para a Índia, porém em tudo o que fizer na vida. Posso apenas garantir que será uma longa viagem dentro de você mesmo.

Related posts

Como os estrangeiros são tratados na Coreia do Sul

Amanda Gomes

Relacionamento com indianos

Camila Pimenta

5 curiosidades sobre a Cidade do Cabo

Eloah Ramalho

32 comentários

Juliana Azevedo Outubro 6, 2015 at 4:47 pm

Concordo plenamente com a escrita, pois tive a oportunidade de ter a mesma extraordinária experiência, também posso dizer que amo a Índia, e morro de saudades. Juliana Azevedo

Resposta
joicegabrielanamaste Outubro 8, 2015 at 1:35 pm

Oi Juliana, que ótimo que gostou. Volte para a nossa Incrível Índia… ????????

Resposta
Bruna westphall Outubro 6, 2015 at 5:17 pm

Nossa Joyce adorei o post!!!parabéns pela coragem????????????????????

Resposta
joicegabrielanamaste Outubro 8, 2015 at 1:38 pm

Obrigada Bruna! Amo a Índia, espero que você continue acompanhando as novas aventuras ???? bjos ????????

Resposta
Mumbai- Brasileiras pelo Mundo | Namastê Mundo Outubro 6, 2015 at 8:53 pm

[…] muita alegria que compartilho essa novidade com todos vocês: Sou a mais nova colaboradora do Blog Brasileiras pelo Mundo. Estou muito feliz e honrada com o convite (Obrigada Ann). Esse foi o primeiro post, espero que […]

Resposta
gisaaltoe Outubro 8, 2015 at 12:05 am

Parabéns Joice! Sempre tive uma vontade inexplicável de conhecer a India, mas já sempre ouço conselhos contraditórios… Um dia ainda apareço por aí! 😉 Obrigada pela descrição desse lugar “incredible” hehehe

Resposta
joicegabrielanamaste Outubro 8, 2015 at 5:21 pm

Oi Gisa, Obrigada! ???? Sim, para cada pessoa a Índia vai mostrar a sua face, então quando vier tente “ver” além das dificuldades. Por isso cada um sai daqui amando ou nunca mais querendo voltar! Hahah Espero que a sua vontade seja concretizada e que você conheça esse lugar Incredible! Haha beijos e espero que continue acompanhado as novas histórias ???? ????????

Resposta
Cléo Outubro 8, 2015 at 1:19 am

Estou apaixonada por um idiano que mora em mumbai ele é professor de yoga mas tenho medo firmamos compromisso …agora disse que enviará o dinheiro para minhas passagens..para que possa conhecer lo…o que faço? Alguma dica?

Resposta
Cristiane Leme Outubro 8, 2015 at 1:30 pm

Olá Cléo. Leia o texto da Camila que fala sobre relacionamento online com indianos: http://www.brasileiraspelomundo.com/india-relacionamento-com-indianos-221518414
Tome cuidado com muitas promessas. O ideal mesmo seria que ele viesse visitá-la no Brasil, sobretudo se você nunca saiu do país.
Outro texto que recomendamos sobre relacionamentos online é este: http://www.brasileiraspelomundo.com/dinamarca-quando-o-sonho-vira-pesadelo-o-que-fazer-351013915 . Aqui nesse texto você encontrará dicas valiosas sobre relacionamentos online e como se precaver de entrar numa roubada.
Caso decida aceitar o convite para ir visitá-lo na Índia, observe as recomendações do texto da Camila e tenha à mão o diretório do blog com informações a respeito de contatos de apoio à mulher no exterior: http://www.brasileiraspelomundo.com/diretorio
Boa sorte e continue nos acompanhando!
Edição BPM

Resposta
joicegabrielanamaste Outubro 8, 2015 at 5:39 pm

Oi Cléo, olha, a sua pergunta é muito pessoal e somente você pode avaliar realmente esse relacionamento. Quando você fala que tem medo você já pode se orientar por aí, alguma coisa já te alertou para isso… Pequenos detalhes podem nos livrar de grandes problemas futuros. Ele pode realmente ter boas intenções, mas também pode não ter. Muitos mentem, são até casados e ficam alimentando sonhos que não são reais. Eles são muito românticos, sedutores, mas todo cuidado é pouco! Não sei se você já viajou para cá antes, sabe inglês, se é independente financeiramente… Tudo isso deve ser levado em conta. Mas já que ele quer te enviar as passagens então ele tem condições de ir para o Brasil, que creio ser a melhor opção. Você estará na seu país com sua família e amigos. Se realmente ele quer te conhecer ele irá. Se ele firmou compromisso então que conheça toda sua família. Leia os textos citados pela Cristiane, busque mais informações e se cuide. Bjos continue nos acompanhando. ????????????

Resposta
Angela Abril 1, 2016 at 11:02 pm

muito interessante ,parabéns pelo trabalho que fez, sempre achei a cultura da Índia muito curiosa ,incrível ,algo que parece ser de outro mundo, eu não me adaptaria num lugar desse pois não concordo com alguns costumes deles ,mas é a cultura deles ,temos que respeitar.

Resposta
Joice Santos Abril 1, 2016 at 11:12 pm

Oi Angela, muito obrigada. Sim, nós como estrangeiros nos deparamos com várias situações que vão contra o que acreditamos, na Índia e em outro país devemos respeitar a cultura e procurar entender e aprender com tudo. Continue nos acompanhando. Namastê

Marta Reis Joaquim Outubro 8, 2015 at 12:18 pm

Adorei o post também e você agora mais do que nunca é uma mulher com muito conteúdo.

Resposta
joicegabrielanamaste Outubro 8, 2015 at 5:42 pm

Oi Marta, Obrigada ???? Fico feliz que gostou! Bjos e continue nos acompanhando ????????????

Resposta
Fabiana Dezembro 4, 2015 at 6:44 pm

Oi Joice!! Muito legal o seu texto sobre a Índia, já vim para a Índia uma vez em 2013 e fiquei somente 2 semanas, dessa vez voltei pra cá em Novembro/2015, faz apenas 1 mês que estou morando aqui agora. Como estou morando no Sul da Índia, tem algumas diferenças no dia-a-dia entre Norte e Sul, nos costumes e tal, mas a sensação q vc descreve no geral é bem essa mesmo, o negócio é “esquecer”(deixar de lado) nossos conceitos ocidentais, estereótipos tb é bom deixar de lado e tentar ver a Índia e sua cultura com os olhos do próprio povo indiano. É bem louco pensar isso, mas acho q é o máximo q conseguimos passar por palavras. Rsrs. Muito legal o seu texto, sem idealizações, a Índia como ela realmente é.

Resposta
Joice Santos Dezembro 8, 2015 at 12:17 pm

Oi Fabiana, ainda não conheço o sul. Qual a cidade que você está? Fico feliz que gostou e te desejo boa sorte aqui nessa nova etapa. Sim, é difícil encarar tantas diferenças diariamente e tentar entender esse outro mundo tão diferente do nosso. Mas cada dia é um novo aprendizado. Continue nos acompanhado, Namastê Bjos

Resposta
Fabiana Dezembro 9, 2015 at 5:33 pm

Estou morando numa cidadezinha perto de Madurai, no estado de Tamil Nadu.
Já sei ler e escrever em tamil, agora estou aprendendo verbos e vocabulários novos no dia-a-dia mesmo, rs. Ah! E em tamil dizemos “Vanakkam” வனக்கம் , que equivale ao famoso Namastê. 🙂

Resposta
Joice Santos Dezembro 15, 2015 at 9:35 am

Nossa Fabiana que legal, você já sabe ler e escrever na língua local, parabéns! Sei algumas palavras em Hindi, acho o idioma bem difícil! Haha Obrigada por nos acompanhar e tenho a página no facebook, te espero lá também, Bjos Vanakkam. 🙂

Resposta
José Antonio Março 7, 2016 at 3:04 pm

Oi Joice,

Estive por um mês na Índia e agora estava reunindo informações pra passar pra um amiga que vai praí sozinha. Seu relato é excelente, você resumiu a Índia de um jeito que eu não conseguiria verbalizar. Mas Mumbai foi o lugar que gostei menos. Talvez por ser homem, tenha curtido os lugares mais tradicionais como Jaipur. Um detalhe, Bombaim não é bem Mumbai em português, eles mudaram o nome da cidade em 95. Vi no curta Amores Expressos, a escritora Antonia Pellgrino, que ficou um tempo aí escrevendo um romance, explicando que Bombaim é uma herança do domínio português nas Índias, veio da expressão “boa baía”.

Vou passar seu link aqui pra minha amiga, vai ajudar muito!! Seus textos são ótimos, parabéns!

Resposta
Joice Santos Março 7, 2016 at 9:02 pm

Oi José Antonio, muito obrigada, fico feliz em receber elogios assim e poder ajudar de alguma forma.
Não sabia dessa informação a respeito do nome, obrigada pela sua contribuição.
Espero que sua amiga faça uma ótima viagem quando chegar a hora, que tenha ótimas experiências.
Também tenho o blog, a página Namastê Mundo Continue nos acompanhando. Namastê

Resposta
José Antonio Março 8, 2016 at 12:31 pm

Sim, vou lá também. Eu mesmo espero voltar, principalmente a Goa que não pude ir! Quem sabe eu volte a Mumbai pra ver se mudo de opinião 😉 Aproveite a mãe Índia, como diz uma amiga minha, “o lugar onde todo sorriso é correspondido”. Nasmastê!

Resposta
Laurina Guerrieri Março 21, 2016 at 5:20 am

Seu depoimento pessoal é lindo!
Me sinto honrada de ler sua opinião. O mais lindo em sua história é que apesar de todos os problemas socioeconômicos de um enorme país de terceiro mundo (como Brasil também), você relata um tênue amor por esse país. Será que estou enganada?
Obrigada pela experiência que nos oferece com seu post.
Namaste
????????????????

Resposta
Joice Santos Março 21, 2016 at 1:33 pm

Oi Laurina, eu que fico honrada e muito feliz em fazer um texto e depois receber um comentário tão querido como o seu. Você não está enganada, eu realmente tenho um Grande Amor por esse país que me acolheu tão bem e que me ensinou muito. Obrigada pelo carinho e continue nos acompanhando. Namastê

Resposta
Beatriz Março 22, 2016 at 8:41 pm

Joice,amei suas postagens,sério mesmo.!!! Desde mais nova sempre fui apaixonada pela cultura indiana e futuramente espero poder ter a experiência de conhecer esse país colorido e diferente ^-^… Joice gostaria de onversar um pouco mais com você,algumas curiosidades da Índia,poderia me mandar seu e -mail? Obrigada,desde já,bjuss!!! :3

Resposta
Joice Santos Março 24, 2016 at 11:31 pm

Oi Beatriz muito obrigada, fico feliz que goste das postagens. Respondo as perguntas aqui como estou fazendo agora e também tenho a minha página Namastê Mundo onde você pode me me acompanhar também por lá e mandar mensagem. Bjos espero que você realize o seu desejo em breve. Namastê

Resposta
Damy Abril 1, 2016 at 1:47 pm

Eu queria saber se os indianos ficam como aqui no brasil ,,se beijao so por um dia depois nao fica correndo atras da mulher.,

Resposta
Joice Santos Abril 1, 2016 at 10:36 pm

Oi Dami, sim, indianos são homens como em qualquer lugar do mundo. Muitos têm boas intenções, mas outros não, a grande maioria quer sexo fácil com estrangeiras, a cultura indiana sexo ainda é um grande tabu. Então tome cuidado.

Resposta
Lara Miranda Maio 14, 2016 at 2:27 pm

Ola Joice,

Estou com uma proposta de trabalho para ficar 1 ano em Mumbai, mas o que me preocupa é a questao da poluicao, levando em conta que ja sofro com sinusite.
Gostaria que vc me falasse um pouco mais sobre essa questao!

Obrigada.

Resposta
Joice Santos Maio 15, 2016 at 12:31 am

Oi Lara, não tenho boas notícias. Mumbai é poluição por todos os lados. Do ar, sonora, visual, da água, do solo. Quanto ao ar é um problema gravíssimo, o ar da India está entre os mais poluidos do mundo. Sinto que meus olhos ficam irritados, vermelhos, tenho tosse, secreção escura no nariz ao fim do dia, falta de ar, dor de cabeça. Pense bem na sua escolha e caso aceite a proposta saiba que vai enfrentar isso. Cuide muito da alimentação, água, para não baixar sua imunidade. Eu gripo muito aqui. Vou fazer um post sobre isso em breve, acho que é um bom tema a ser abordado. Beijos, Namastê, continue nos acompanhando…

Resposta
lara miranda Maio 15, 2016 at 10:46 pm

Muito obrigada!!!

Resposta
Bruna Outubro 20, 2016 at 11:27 am

Nossa, fico super feliz por ter encontrado esse texto. Eu sou modelo e estou indo trabalhar em Mumbai. Estou muito ansiosa e ao mesmo tempo com medo e curiosa com a experiência que irei ter, a cultura me chama bastante atenção. Joice, seu texto foi reconfortante e animador, lerei os outros com certeza. Obrigada ^^.

Resposta
Francisco Bezerra Setembro 25, 2019 at 1:35 am

Passei a gostar da Índia do ano passado para cá, principalmente por causa de Bollywood, e mais precisamente por causa de Katrina Kaif. Que mulher linda! Morro de amores por ela!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação