BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Índia

Curiosidades sobre a vida na Índia

Curiosidades sobre a vida na Índia.

O jeitinho indiano é infinito e por isso tive que dividir o texto para não ficar cansativo, mas mesmo assim, como falei anteriormente, ainda ficará muita coisa a ser dita. Para você que não leu a Parte 1, volte aqui para saber de onde paramos…

4- Hábitos de higiene

Se você é uma pessoa muito neurótica com higiene, terá alguns obstáculos a enfrentar na Índia, porque higiene é algo problemático. O mais seguro é comer em casa, faça suas compras no mercado e cozinhe. Até porque a higiene de alguns lugares é zero. Em restaurantes maiores, tudo bem, mas evite sempre frutas, saladas e alimentos crus. Água sempre mineral. Em todos restaurantes, eles servem um copo com a água deles, aconselho pedir a mineral. O índice de diarreia pela água contaminada na Índia é grande. Eles vivem cuspindo por todos os lugares e fazem suas necessidades nas ruas. Tem banheiros coletivos espalhados pela cidade, mas você vê tranquilamente homens parando seus carros nas ruas e urinando livremente.
Quando ao uso do banheiro, eles usam a ducha, e cada um possui sua própria toalha para se enxugar. Leve com você seu papel higiênico pois em alguns lugares você não vai encontrar, principalmente viajando pelo interior e vilarejos, onde há pequenos comércios. E se prepare para usar um vaso que é no chão. E você terá que encher o baldinho que fica do lado para dar descarga, como em tempos atrás.

 5- Jogar lixo no chão

Em muitos lugares é possível ver muito lixo, muita sujeira, até porque as pessoas não têm consciência de jogar o lixo no lixo, jogam no chão mesmo, estão dirigindo e abrem a janela e jogam o lixo. Pessoas de todas as classes sociais ainda atiram lixo pelas ruas, muito triste pois não sei até onde Mumbai e o planeta irão suportar, e somos nós mesmos que vamos encarar as consequências de atos tão estúpidos.

6- Comer com as mãos

Sim, eles comem com as mãos, há opção, sim, de talheres, você pode pedir. E para quem come com as mãos, em alguns restaurantes, no fim da refeição, eles dão uma tigelinha com água e limão e serve para você lavar os dedos. Não é chá, gente! Mas aconselho a comer com as mãos e a se inserir nessa cultura, comer com as mãos é gostoso! Em aniversários, após cortar o bolo, o aniversariante dá na boca de cada convidado um pedaço do bolo e o convidado retribui fazendo o mesmo com o aniversariante, eles adoram fazer isso, dar a comida na boca uns dos outros, se você estiver em um almoço, ou qualquer outra refeição cada um sai pegando e provando a comida do outro, sem frescuras.

7- Curiosos

Quem vai à Índia deve gostar de pessoas e principalmente gostar de multidões e ver aglomerações. Você vai pensar que é um país de homens, já que você os vê em grande quantidade e as mulheres ficam mais em casa, cuidando do lar ou, quando saem, é para levar os filhos à escola. Todos, muito curiosos, vão te olhar, vão te encarar e se for a um lugar turístico, vão pedir para tirar fotos com você. E se prepare, depois de aceitar um pedido muitos outros vão vir e vão cercar você e, quando você der por si, estará rodeada por muitos homens. Por isso a recomendação das roupas. Mas evite essa situação. E eles vão lhe perguntar de tudo, tudo mesmo, sem nenhum receio.

 8- Mestres na Arte de Receber

Os indianos são anfitriões exemplares. Para eles, a visita é Deus entrando na sua casa. Eles sabem receber, ser cordiais e assim que você chegar na casa de um indiano eles já vão lhe trazer água e em seguida vão perguntar o que você deseja beber: chai, café, lassi, e você nunca vai sair da casa de um indiano sem comer nada. E não recuse, pois isso pode ser considerado uma grande ofensa. Para eles, boa comida e fartura é um lema de vida e, cercados pelos amigos e boa música, tudo fica perfeito.

Leia também: qual o idioma oficial na Índia?

9- Saber barganhar com os vendedores

Ao vir para a Índia você ficará louco para comprar tudo, como a moeda deles (rúpia indiana) é muito desvalorizada, então tudo parece estar bem barato. Mas cuidado, em se tratando de produtos que não têm o preço fixado, nunca pague o primeiro preço falado pelos vendedores, eles geralmente dobram o valor, pois sabem que você é turista! Se você gostar muito do produto, então… eles vão aumentar o preço ainda mais. Barganhe mesmo, peça desconto, diga que está caro, saia andando. O vendedor vai te parar e perguntar: Qual o seu preço? Sempre fica pela metade do preço inicial.

Esse texto continua, ainda terá a terceira e última parte com mais curiosidades sobre a vida na Índia.

Related posts

Cingapura, a cidade mais tecnológica da Ásia

Fernanda Froimtchuk

Como é morar no interior da Índia

Bárbara Oliari

Que tal conhecer 10 invenções feitas por austríacos?

Kely Martins

16 comentários

Andreza Pereira Abril 22, 2016 at 3:47 am

Gostei da hospitalidade do jeito de comer e claro do jeito de vender dos comerciantes

Resposta
Joice Santos Abril 23, 2016 at 1:05 am

Oi Andreza, que bom que gostou. Sim, uma das coisas que mais amo na Índia é essa forma de tratar bem e saber receber… Obrigada por acompanhar e logo vem a terceira e última postagem dessa série. Bjos Namastê

Resposta
Lucila Ricci Viganó Maio 13, 2016 at 8:51 pm

Oi Joice, adorei ler seu depoimento sobre a Índia, um lugar que já era encantador sem ter muito conhecimento sobre e depois que li seu depoimento, sua estória, me apaixonei ainda mais e uma sementinha foi plantada dentro de mim, espero colher bons frutos.

Obrigada por sua contribuição. Aliás, sua e de todas as outras que contribuem compartilhando suas estórias sobre a Índia! Parabéns!!!

Resposta
Joice Santos Maio 15, 2016 at 12:35 am

Oi Lucila, muito feliz em ler seu comentário, muito obrigada! São comentários como esse que me fazem escrever. Espero te ter sempre por aqui e também no meu blog pessoal. Tenho certeza que com determinação e carinho essa sementinha se transformará em lindos frutos. Bjos Namastê

Resposta
Angelica Maio 17, 2016 at 3:20 pm

Adorei o post! 🙂 Mas, como é essa questão dos homens indianos e o assedio as turistas? Eles fazem que tipo de perguntas? Você já viveu alguma situação chata de assedio na Índia? Um abraço. 🙂

Resposta
Joice Santos Maio 20, 2016 at 10:52 pm

Oi Angélica, quando você está na Índia você já fica assustada porque vê mais homens, por todas as partes e em todos os lugares. Se você se parecer mais com as indianas e colocar uma roupa da cultura deles você até passa despercebida, mas se você tiver a pele muito branquinha e muito diferente deles você já vai atrair olhares e eles não têm vergonha nenhuma em te encarar. Você não pode ser muito simpática, nem sorrir, eles já pensam que você está dando alguma chance para eles. Procure não olhar muito para eles, se tiver andando pelas cidades peça informações em alguma loja, polícia. Em festas é como aqui mesmo, vão te abordar, perguntar se quer beber algo, normal, como aqui mesmo. Vão te adicionar no facebook mesmo não te conhecendo… E por aí vai…eles são insistentes e vão fazer de tudo para te agradar e conquistar. O chato é que muitos não entendem um Não e por esse motivo já deixe bem claro desde o início que não quer nada de mais além de uma amizade. Porque eles não sabem separar bem as coisas. Vou fazer um texto sobre isso em breve.. Beijos. Continue acompanhando, Namastê

Resposta
Sonia Maria Maio 20, 2016 at 4:39 pm

Olá, Joice, tudo bem? Encontrei seu blog hoje e gostei muito da sua visão sobre a Índia e seu povo. Tenho lido blogs onde só se fala do lado negativo da Índia e dos indianos, como se o resto do mundo fosse o paraíso… Tenho pesquisado sobre a Índia desde fevereiro de 2016, já que não sabia nada sobre esse país, até conhecer um indiano num site de jogos on line, que pode ser considerado também uma rede social. Desde então, já vasculhei a internet em busca de mais informações sobre a Índia e seu povo, seus costumes, etc., e cada vez mais me surpreendo. Vejo que muita coisa ocorre também no Brasil, mas outras são surpreendentes. A Índia é mesmo outro planeta. Quando eu e esse meu amigo indiano nos encontramos no jogo, logo ele me pediu para ser namorada dele, no jogo, claro. Mas meia hora depois já estávamos nos comunicando na vida real e para mim foi tudo muito rápido e não me deu tempo de analisar se uma amizade no mundo real seria viável entre nós. Nos primeiros dias éramos namorados no mundo virtual do jogo. Depois passamos a nos comunicar pelo FB e acabou o namoro no mundo virtual. Mesmo mostrando a ele que estou fora dos padrões aceitáveis na Índia para um relacionamento entre homem e mulher (sou negra, feia, madura e ele jovem, apesar de bem escurinho pois é sulista), ainda estamos nos comunicando, quase todos os dias. Eu considero uma amizade e deixo isso claro para ele. Mas ele mantém os contatos constantes. Pelo FB ele publica com textos e fotos as atividades dele como profissional autônomo (congressos, feiras, etc.), políticas e religiosas. Ele até já me orientou a fazer parte de uma comunidade existente dentro da religião dele e cobra sempre que eu participe. Publicou no FB o casamento e a separação da esposa. Hoje se diz solteiro. Mas, você diz que eles são muito mentirosos… será que haveria algum indiano doente ao ponto de mentir tanto assim? De tudo que já li sobre a Índia, o quê me dá mais medo são as pessoas. São cheias de preconceitos, não respeitam as mulheres ocidentais, não entendem nossos costumes, etc. Isso me dá um medo terrível. inclusive dele. Ele nunca me pediu nada, só que eu participe dessa comunidade religiosa, nunca prometeu nada, nunca disse que me ama. Pode ser uma pessoas diferente, não é? Enfim, vou continuar acompanhando seus artigos. Quem sabe eu perca esse medo dos indianos que sinto agora…

Resposta
Joice Santos Maio 20, 2016 at 10:36 pm

Oi Sonia, tudo bem sim, obrigada, fico feliz que goste das publicações. Como em todo lugar do mundo a Índia tem coisas boas e ruins e devemos aprender e estar atento a todas as situações. Como para você já está claro que é uma Amizade não há razões para neuras. Tome cuidado para não acabar envolvida e misturar as coisas, em alguns momentos do seu texto você diz que está “fora dos padrões para um relacionamento?”, “status no facebook?”, “namoro virtual?”… Cuidado para não se machucar. Ele pode não está querendo nada por enquanto… Se você acha que é uma amizade construtiva, que te faz bem, aproveite para saber mais sobre a cultura, praticar o inglês, saber mais sobre a Índia… Só você mesma vai saber avaliar, direcionar e impor limites nessa amizade. Boa sorte, Continue nos acompanhando, Namastê

Resposta
Sonia Maria Maio 24, 2016 at 12:14 am

Obrigada, Joice, pela orientação. Coloquei minhas ‘neuras’ no texto, pois em TODOS os blogs sobre os indianos que já li há essa classificação; OS INDIANOS SÃO MUITO MENTIROSOS. Eu faço uma idéia sobre esse meu amigo indiano pelo que ele fala e publica em sua página no FB. Se for tudo mentira… meu Deus!… será a confirmação de tudo de ruim que já li sobre os indianos. Mas sei como separar as coisas… Namastê….

Resposta
Roberta Maio 27, 2016 at 3:37 pm

OI Joice!!!

Parabéns pela sua redação e a riqueza dos fatos apresentados, estou fascinada por algumas das tradições indianas e você foi muito feliz nas suas colocações.
Como é visto a presença de mulheres nas ruas??quais roupas devemos usar??

Resposta
Joice Santos Maio 28, 2016 at 2:24 am

Oi Roberta muita obrigada, agradeço seu comentário. Vou te deixar o link de um texto que fiz: Os perigos de uma mulher andar sozinha pelas ruas de Mumbai. Nele falo sobre roupas e outras dicas. Irá responder suas perguntas. Beijos, espero te ter sempre por aqui. Namastê

Resposta
Raquel Junho 8, 2016 at 9:51 pm

Oh my God misericórdia????

Resposta
Joice Santos Junho 9, 2016 at 3:41 pm

Hahaha Não se assuste Raquel, seja sempre bem vinda. Namastê

Resposta
GARDENE DA SILVA PEREIRA Agosto 19, 2016 at 2:58 pm

Bom dia Joice,

Querida eu sempre gostei dos costumes da india e me vejo um dia no país, quero pelo menos visita-lo.

Eu me cadastrei num site de relacionamento, estou a três semanas conversando com um indiano, ele atualmente reside nos estados unidos á aproximadamente 8 anos.

Nos temos conversado muito, e temos trocado sonhos… desejos… vontades em estarmos juntos. Nos tratamos como casal de namorados. porem, os homens indianos tem um gênio forte…. percebo que eles tem que ter e ser o centro das atenções. infelizmente aqui no Brazil os homens já são um tanto opostos.

Eu confesso que estou muito afim de estar com ele quero o conhecer em breve, infelizmente preciso melhorar meu inglês.
ele tem muito respeito comigo. Se eu não informar sobre oque estou fazendo ou indo ele fica bravo, ele odeia esperar.

Querida me fala um pouco do perfil desses homens indianos…?

Resposta
Cristiane Leme Agosto 26, 2016 at 8:39 pm

A Joice parou de colaborar conosco mas tendo conhecimento da cultura indiana, irei responder.
Cuidado. A Índia é um país extremamente machista, onde as mulheres são sempre relegadas a um papel secundário.
Não se iluda com promessas de Internet. Homens indianos que têm dinheiro para estudar no exterior são bastante ricos e vêm de famílias tradicionais. Eles normalmente saem com as estrangeiras por aventura e no final acabam se casando com uma indiana, conforme a tradição e cultura da família. Se um homem que você conheceu pela Internet tem intenções sérias, ele vai lhe conectar com amigos próximos, com a família dele, e vai fazer isso para sua própria segurança. Ainda assim, todo cuidado é pouco. A forma como você descreve o contato com esse homem me parece pouco saudável e denota uma relação de dependência, carência afetiva (da sua parte) e necessidade de controle da parte dele.

Agora se me permite um parêntese aqui: você acha normal um homem ficar impaciente porque quer controlar seus passos e ficar bravo por não saber onde você está? Eu acho isso perigoso. Nenhuma mulher deve ser controlada ou se submeter a controle de homens (ou de quem quer que seja), sejam eles quem forem. Esse é um indício de que o seu relacionamento virtual parece ser pouco saudável.

Homens indianos não têm o ‘gênio forte’: eles são machistas, misóginos manipuladores e controladores e gostam de mulheres submissas. Lembre-se de que esses que estudam no exterior dificilmente se casam com estrangeiras porque precisam (sim, PRECISAM) manter as tradições e ‘honra’ da família.
Tenha muito cuidado para não se machucar.
Abraços da edição do BPM

Resposta
Domingas Fevereiro 5, 2018 at 5:42 pm

Amo tudo da India😍

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação