BrasileirasPeloMundo.com
África do Sul Curiosidades Pelo Mundo

África do Sul, um país com 11 línguas oficiais

Quando iniciamos a conversa sobre morar na África do Sul, meu marido e eu pensamos: OK, um país em que a língua inglesa é oficial pode facilitar a nossa adaptação, pois ambos somos fluentes em inglês. Ao chegarmos neste belo país nos deparamos com uma diversidade cultural encantadora e o desafio de nos comunicarmos em um inglês totalmente diferente do que conhecíamos.

Neste texto eu gostaria de compartilhar um pouco sobre como é viver num país que possui nada mais, nada menos que 11 línguas oficiais, e falar um pouco sobre elas.

É muito comum ir ao supermercado, lojas, pedir uma informação e não compreender absolutamente nada do que a pessoa que te atende conversa com o gerente ou outro colega sobre o seu pedido. Nas mesas dos restaurantes, diversas línguas estão sendo faladas ao mesmo tempo. Os sul-africanos falam no mínimo 2 ou 3 idiomas diferentes: a sua língua materna, o inglês e uma terceira de outra tribo.

Em casa tenho a sorte de ter a companhia da Queen, uma mulher incrível que me ajuda nos trabalhos domésticos e o Jonas, que cuida muito bem do nosso jardim. Ambos falam 5 línguas diferentes.

unnamed (7)

A África do Sul é chamada de “a nação arco-íris” porque possui 11 línguas oficiais. A sua diversidade étnica e cultural é uma das mais complexas do mundo.

As 11 línguas oficiais da África do Sul e a porcentagem de habitantes falantes por idioma são:

1- Zulu – 22.7%

2- Xhosa – 16%

3- Afrikaans – 13.5%

4- Sepedi – 9.1%

5- Inglês – 9.6%

6- Tswana – 8%

7- Southern Sotho – 7.6%

8- Tsonga – 4.5%

9- Swazi or SiSwati – 2.5%

10- Venda – 2.4%

11- Ndebele – 2.1%

Sobre os principais idiomas:

Zulu (isiZulu) – Falada por aproximadamente 10 milhões de pessoas, é a língua bantu mais falada na África do Sul. Sua origem é de KwaZulu-Natal, também conhecida como “Terra de Zulu”. Veja abaixo o vídeo da Queen falando em zulu.

 

Xhosa (isiXhosa) – Segunda língua mais falada na África do Sul (por aproximadamente 8,3 milhões de pessoas). A sua maior característica é a de sons formados por “cliques” feitos com a língua. Na minha opinião é um dos idiomas com sons mais diferentes e de difícil pronunciação. Xhosa significa “homem furioso”.

Afrikaans – Terceira língua mais falada na África do Sul, é também utilizada na Namíbia, Zimbábue e Botsuana. Baseada no holandês, em virtude da colonização originada da região do Cabo, é considerada a primeira língua dos sul-africanos brancos e falada por 60% deles. Veja abaixo um vídeo do Norman falando em afrikaans e em inglês.

 

Southern sotho ou sisutho – Falada por quase 4 milhões de pessoas no país, é também uma língua complicada, composta de 9 vogais, cada uma simbolizada por 5 letras, e mais 35 consoantes. As palavras, quando fluentes, são melódicas e possuem um tom nasal bem acentuado. Veja no vídeo o Jonas falando em sisutho e em inglês.

 

Venda – Também conhecida como luvenda ou tshivenda, é considerada uma língua muito tradicional entre os bantus e aqueles que falam essa língua são descendentes da família real ou tribal. Os Tshivenda sao conhecidos pelo grande respeito que têm com as mulheres; por isso elas podem se tornar chefes de tribos ou rainhas.

Inglês – Como já havia mencionado, é o idioma comercial e a língua materna de menos de 10% da população. Contudo, podemos afirmar que mais de 50% da população tem algum conhecimento da língua.  Ao chegar ao país me deparei com expressões que nunca tinha ouvido falar e algumas possuem um significado diferente do que eu imaginava. A primeira ouvida foi Howzit?– uma abreviação do “how is it going?” ou olá, como vai você? Depois ouvi outras expressões, igualmente curiosas:

Just now – ao contrário do que pensei, significa sometime soon, shortly, ou seja, em breve.

Now now – ao ouvir, pensei na redundância e esperava que significasse algo imediato, mas não é; significa apenas algo um pouco antes do breve, ou um já, já!

O que mais temos aqui na África do Sul é um robot quebrado, ou seja, um semáforo quebrado. Aos finais de semana somos sempre convidados ou planejamos um Braai, ou um churrasco sul-africano.

Caso você queira aprender inglês aqui em Joanesburgo indico a English Access School.

Uma curiosidade: quando fizemos o primeiro safári no Kruger Park, o nosso guia, além de nos apresentar as curiosidades sobre os animais, nos presenteou com varias informações sobre o país, dentre elas a existência de uma outra língua chamada tsotsi taal. Uma mistura de afrikaans, inglês e número considerável de outras línguas africanas. Essa lingua foi criada para facilitar a comunicação entre os sul-africanos e é utilizada principalmente entre os homens nas áreas urbanas. Tsotsi significa gângster e taal significa linguagem em afrikaans. É uma lingua bem dinâmica onde novas palavras e são criadas e adicionadas com frequência.

A diversidade de línguas é apenas um dos fatores que compõem a imensa diversidade deste país. A África do Sul possui uma variedade cultural incrível que é oriunda de diversos povos que migraram para cá, entre eles portugueses, indianos e gregos, agregada à diversidade e beleza natural, mas este é assunto para outro dia.

Keep well! Sala Kahle!

Related posts

A tradicional Zabijačka na República Tcheca

Isadora Costa

Portland, a cidade mais esquisita dos EUA

Lorena Nascimento

Despedida de solteiro no Canadá

Priscila Carda

9 comentários

Mauren Junho 9, 2015 at 11:50 am

Saudades desse país fantástico! Belo trabalho Michelle, parabéns!

Resposta
Michelle Beatriz Braga Junho 25, 2015 at 1:24 pm

Obrigada Mauren!
Espero que você possa voltar aqui ao menos para visitar e matar as saudades!

Resposta
Lorrane Junho 9, 2015 at 3:26 pm

Oi Michelle! Adorei o texto. Fiz intercâmbio na África do Sul e pesquisa de campo pra minha monografia (que era sobre a Africa do Sul). Realmente, a diversidade cultural deste país é algo impressionante!! Lembro da dificuldade de entender o que as pessoas falavam e sempre pensava: “Meu Deus! Isso não é inglês, não entendo uma palavra!”. Mas com o tempo fui me adaptando, entendo e amando! Cheguei até a aprender umas palavrinhas de Xhosa. Sempre ouvia dentro do trem e achava o máximo aquele monte de gente falando com os estalinhos! Haha quanto aos robots, pedi informação uma vez na rua e me disseram: “vira a esquerda no terceiro robot”. Andei dois km e não vi robô nemhum. Só depois descobri que era o semáforo! Hahaha Amei o texto. Beijão

Resposta
Rafaella Junho 13, 2015 at 7:46 pm

Olá Michele! Seu texto me fez sentir uma saudade enorme desse país maravilhoso. Também adorava entrar no trem e ouvir as pessoas conversando. Quero muito voltar um dia!!

Resposta
Carlos Antonio Guimaraes Fevereiro 11, 2016 at 3:56 pm

Amei grato por ser tão esclarecedora
Carlito Guimarães

Resposta
Michela Março 4, 2016 at 3:48 pm

Olá Michelle, gostei demais do seu blog e saber mais sobre a África do Sul! Hugs from Brazil

Resposta
Patricia Weigert dos Santos Rossano Agosto 14, 2016 at 3:37 pm

Ola Michele, a partir de um trabalho escolar da minha filha, encontramos suas informações que estão sendo de infinita ajuda, estamos adorando tudo . gostaria de saber se ha uma tradução do primeiro video da Queen , pois ele será apresentado em sala de aula. Desde ja, agradeço muito, beijo grande

Resposta
Cristiane Leme Agosto 15, 2016 at 4:19 pm

Patricia, a Michele voltou ao Brasil e parou de colaborar conosco.
Talvez procurando no YouTube você consiga o vídeo com legendas.
Boa sorte,
Edição BPM

Resposta
Patricia Weigert dos Santos Rossano Agosto 21, 2016 at 7:28 pm

Oi Cristiane , muito abrigada pelo retorno. Vamos continuar nossa pesquisa, até mais

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação