BrasileirasPeloMundo.com
África do Sul Vinhos e Vinícolas Pelo Mundo

Western Cape e a rota dos vinhos na África do Sul

Visitar Cape Town/Cidade do Cabo e incluir um passeio às vinícolas é um “must do”! Além dos vinhos você vai encontrar uma gastronomia de dar água na boca e paisagens de tirar o fôlego. É um dos lugares mais procurados pelos sul-africanos no mês de Dezembro, especialmente para as festividades de final de ano.

A África do Sul é um paraíso para os apreciadores de bons vinhos. Sāo 23 regiões que abrigam diversas vinícolas e, certamente, as mais famosas e belas delas estão em Western Cape.

Tokara
Tokara em Stellenbosch (Foto:M.Braga)

Atualmente a África do Sul é o sétimo maior produtor de vinhos do mundo (cerca de 4.2%).O vinho sul africano é considerado vinho de novo mundo, mas o primeiro vinhedo foi plantado aqui na metade do século XVII. Este fato, na minha humilde opinião, coloca ele à frente de outros vinhos de novo mundo como o chileno, o argentino, o australiano, etc. Infelizmente ainda nāo encontramos grandes variedades de vinhos sul-africanos no Brasil.

Para se ter uma ideia o melhor vinho branco do mundo, eleito em 2014 no concurso mundial de Bruxelas, foi um sul africano – o Kleine Zalze Family Reserve Chenin Blanc 2013; produzido em Stellebosch. Na época da premiação este vinho custava ZAR 148.00 (no câmbio de hoje 40 reais).

Degustaçāo na Jordan (Foto: M. Braga)
Degustaçāo na Jordan (Foto: M. Braga)

Seguem algumas curiosidades e dicas sobre as regiões mais conhecidas e suas principais vinícolas:

Constantia:
Situada próximo ao centro da Cidade do Cabo, os vinhos da regiāo de Constantia sāo famosos e estāo entre os mais “finos” do mundo. Algumas das principais vinícolas sāo a Klein Constantia, onde é produzido uns dos melhores vinhos de sobremesa: o Vin de Constance e a Groot Constantia que possui vários vinhos premiados, como o Chardonnay 2013. Uma curiosidade: dizem que em seu exílio Napoleão Bonaparte consumia uma garrafa de vinho doce de Constantia por dia.

Entrada de Klein Constantia (Foto:M.Braga)
Entrada de Klein Constantia (Foto:M.Braga)

Stellenbosch:
Uma pequena cidade localizada a 50 km da Cidade do Cabo abriga cerca de 150 vinícolas. As minhas favoritas sāo: Jordan, para apreciar o delicioso Cobblers Hill 2010 e almoçar no Jordan restaurant; Tokara que possui uma vista incrível e que além de vinhos produz deliciosos azeites de oliva; Spier para uma degustação de chocolates e passeios pelos jardins de proteas; Guardian Peak que possui uma linda paisagem e um bom vinho Shiraz e Kanonkop, uma das mais antigas vinícolas e com um dos melhores Pinotages do país. O Pinotage é uma uva típica da Africa do Sul e foi criada a partir de uma mistura de Hermitage com Pinot Noir.

Franschhoek:
Um pouco mais a frente de Stellenbosch, quase 80 km da Cidade do Cabo, você chega a Franschhoek. Conhecida pelos seus vários festivais durante todo o ano, possui 50 vinícolas com paisagens encantadoras. A palavra Franschhoek vem da língua Afrikaans que significa “canto francês”. Na época colonial essa era uma regiāo reservada aos franceses. Para visitar indico: La Motte para almoçar no Pierneef e a degustar o seu 2013 La Motte Pierneef Syrah Viognier e a Môreson com seus vinhos Chardonnays.

La Motte em Franschhoek (Foto: M. Braga)
La Motte em Franschhoek (Foto: M. Braga)

Outras dicas importantes:

1) Ao planejar uma visita às vinícolas lembre-se de consultar a previsão do tempo, pois a Cidade do Cabo é conhecida por ser uma regiāo mais fria e com fortes ventos. Nāo é a toa que os portugueses a denominaram de Cabo das Tormentas.
2) Tenham um motorista: novamente beber e dirigir nem pensar! Acho que este item dispensa mais comentários.
3) Reservar com certa antecedência é quase que obrigatório se você quiser almoçar em algum restaurante nas vinícolas.
4) Fique atento aos horários de funcionamento das vinícolas para degustação.
5) Geralmente as degustações sāo cobradas à parte, sendo que este valor pode ser retirado na compra de garrafas de vinhos.
6) Você pode levar até 16 garrafas (750ml) ou 12 litros de vinho para o Brasil, para consumo pessoal, segundo as regras da alfândega. Dicas de como levar vinhos para o Brasil você encontra neste site.

Última dica: aproveite! Com certeza você levará belas memórias para casa.

Leia sobre turismo na Cidade do Cabo!

Related posts

Maternidade na África do Sul

Michelle Braga

Uma mensagem de otimismo para quem chega na África do Sul

Thaís Helena

O vinho tcheco

Isadora Costa

3 comentários

Solange Dezembro 29, 2015 at 12:49 am

Michelle: congrats for choosing such an interesting topic ! The pictures were amazing and gave the reader who has never been to this area, a good idea of the beauty of this region. South Africa’s wines are absolutely exquisite ! Well said when you say that the region is a must visit !

Resposta
vanessa souza Outubro 24, 2016 at 1:11 pm

Olá, Michelle. Adoramos suas dicas. Pretendemos visitar algumas vinícolas em dezembro…vc sabe se alguma vinícola abre nos dias 25 e 26? Att.

Resposta
Cristiane Leme Outubro 25, 2016 at 4:03 pm

Olá e obrigada por comentar. A Michelle retornou ao Brasil e parou de colaborar conosco.
Equipe BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação