BrasileirasPeloMundo.com
Austrália Empregos Pelo Mundo

Alguns certificados necessários para trabalhar na Austrália

Alguns certificados necessários para trabalhar na Austrália.

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como é trabalhar na Austrália, se tem mesmo uma boa oferta de emprego, se é fácil conseguir, quanto é o salário, dentre outras. O que ninguém sabe (e não tem como saber mesmo, só estando aqui), é que o governo de New South Wales (ou NSW, estado onde fica Sydney, cidade em que moro) tem alguns pré-requisitos para determinados tipos de trabalho, ou seja, certificados que você é obrigado a tirar para estar apto a trabalhar em algumas funções. E quase todos eles são pagos, portanto é importante ter uma reserva financeira para arcar com essa despesa ao chegar aqui e, assim, conseguir um emprego.

O tipo de emprego que você vai ter está diretamente relacionado ao seu nível de inglês, ou seja, quanto mais você sacar da língua, maiores as chances de encontrar um job mais qualificado, ou até mesmo na sua área de atuação. Como, entretanto, a maioria dos brasileiros que chegam por aqui não tem inglês avançado, os empregos mais comuns são em restaurante, obra, faxina, como babá, eventos (ficando no bar, por exemplo, e aqui este tipo de serviço é chamado “Hospitality”), servindo em festas e eventos corporativos (por aqui isto se chama “Function”), etc. Todos esses cargos exigem algum tipo de certificado, e a seguir detalho para vocês cada um deles:

Leia também: custo de vida na Austrália

• TFN ou ABN: antes de mais nada, chegando aqui você precisa retirar um desses dois registros (ou os dois) que, traduzindo para a nossa realidade, seria mais ou menos a diferença entre Pessoa Física e Pessoa Jurídica. O Tax File Number (TFN) é o número que seu chefe vai utilizar para descontar o imposto do seu salário, e ele seria o equivalente ao nosso CPF, ou seja, Pessoa Física. O TFN também vai servir para que a Supperannuation, que é tipo o Fundo de Garantia australiano, seja depositada, mas vamos deixar essa parte para um outro post. O Australian Business Number (ABN), por sua vez, é seu registro como Pessoa Jurídica aqui na Austrália e, através dele, você poderá prestar serviços para outras empresas e também emitir suas próprias notas fiscais para receber seu pagamento.
A pessoa/empresa que te contratar é que vai dizer se ela atua no regime de TFN ou ABN, mas geralmente (atenção, isso não é regra!) restaurantes, empresas que trabalham com hospitality e/ou functions e afins utilizam o TFN; o ABN é mais comum para quem trabalha com obra ou como babá, por exemplo. E, no caso desse último, principalmente se você for contratado diretamente pelos pais da criança em questão. Um detalhe muito importante é que ambos são gratuitos (eba!), basta entrar diretamente no site do governo (deixei os links acima, para facilitar), clicar no nome de cada um dos registros e efetuar seu cadastro. Feito isso, você estará devidamente cadastrado e poderá passar para os demais certificados.

• RSA: sigla para Responsible Service of Alcohol, certificação necessária para toda pessoa que trabalha em estabelecimentos que comercializem bebida alcoólica. Esse aí vale a pena tirar, mesmo que seu objetivo não seja trabalhar em bares ou restaurantes: a demanda por serviços de hospitality costuma ser bem alta, então você pode pegar um bico ou outro no fim de semana e fazer uma graninha extra. Trabalhar em shows e festivais é muito popular entre os estudantes aqui: além da já mencionada demanda alta, você vai estar num ambiente animado, com pessoas da sua idade e, quem sabe, não consegue dar uma espiadinha no evento? Eu, por exemplo, trabalhei no show do Ed Sheeran em março deste ano e consegui assistir a algumas partes do show, até porque quando o artista começa a tocar, o bar tende a ficar bem vazio, não é mesmo?
Enfim, recomendo o RSA, pois eventos e comércio de bebida alcoólica estão intimamente relacionados. O processo é o seguinte: primeiro, você tem que fazer um curso de um dia (menos que isso, mas vai acabar comprometendo seu dia todo) em alguma escola credenciada (eu fiz na CBD College, mas há outras opções disponíveis), e o valor desse curso é AUD 110, já incluso o valor da segunda etapa que explicarei a seguir. Terminado o curso, você receberá o certificado por e-mail, e aí poderá solicitar a sua carteirinha RSA, que deverá estar sempre com você quando estiver trabalhando. Há fiscais do governo em todos os eventos, e eles podem te abordar a qualquer hora e pedir sua carteirinha. Mas voltando, com o certificado em mãos, você deverá comparecer a um dos Centros de Serviços de NSW para dar entrada na carteirinha do RSA. Não é nada muito complicado, nesse link você preenche as informações necessárias e depois vai até o centro mais próximo ou conveniente para você para tirar foto e solicitar o documento; alguns dias ou semanas depois, recebe sua carteirinha em casa.

Leia também: onde morar em Sydney

• RSG: Responsible Service of Gambling, esse certificado seria um par do RSA, obrigatório quem vai trabalhar em pubs, cassinos ou estabelecimentos que trabalhem com jogos de aposta. O procedimento é o mesmo do RSA, porém o valor é um pouco mais em conta: AUD 85. Se você optar por fazer o RSA e o RCG juntos, consegue um descontinho, e o total fica em AUD 185.

Working With Children (WWC): Caso você vá trabalhar em qualquer cargo de alguma forma relacionado com crianças, vai precisar dessa certificação, ainda que você não trabalhe diretamente com os pequenos. Por exemplo, eu faço um “estágio” no RH do zoológico aqui de Sydney, ou seja, trabalho no escritório deles e, consequentemente, não interajo com as crianças, mas precisei tirar o WWC para trabalhar lá. O processo é todo online, custa AUD 80, e tem 5 anos de validade. Para trabalhos voluntários, não há cobrança da taxa.

• White Card: Se você já ouviu falar nos bons salários para quem trabalha na construção aqui na Austrália (é verdade!) e deseja entrar no ramo, vai precisar desse certificado antes de começar! Assim como o RSA e o RCG, você fará um curso de 1 dia e sairá habilitado conforme as regras de saúde e segurança do trabalho australianas podendo, então, exercer a função de labour. O curso custa AUD 110.

Pixabay

Existem outras certificações, como o Food and Hygiene ou o curso de primeiros socorros, que os empregadores podem exigir, mas os mencionados acima são os mais comuns. De fato, a Austrália é um país com muitas regras e processos e estar por dentro deles é fundamental para ser bem-sucedido aqui!
Espero que tenham gostado das dicas e, caso tenham dúvidas, deixem nos comentários que responderei assim que possível!
Um abraço e até a próxima!

Related posts

Benefícios de um cão no ambiente de trabalho

Thais Amaral Tellawi

Dicas para deixar seu currículo mais atrativo nos EUA

Roberta Caraco

Australianos x aborígenes?

Aline Arruda

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação