BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Dicas para viajar sozinha

Ano sabático: o que é, para que serve e como planejar o seu

Ano sabático: o que é, pra serve e como planejar o seu.

Gap year, volta ao mundo, férias prolongadas, ano sabático, viagem de longo prazo. Existem vários nomes esse período em que se deseja, por diversos motivos, dar uma pausa na rotina e se dedicar a outros projetos, sonhos e desejos.

Viajar por diferentes países por um período pode ter diversas motivações. Não se trata de largar tudo de maneira irresponsável e sair por aí sem rumo. Trata-se de um período pensado e planejado com cautela. Um período, que varia de 6 meses a dois anos, onde a vida rotineira fica suspensa e a prioridade passa a ser você.

Estamos imersos nas atividades e correria do dia a dia e simplesmente seguimos o fluxo da vida. Trabalho, relacionamentos, família, compras, contas, mais e mais trabalho. Somos completamente absolvidos por nossos deveres como filhos, namorados, esposas, maridos, amigos.

Tirar um ano sabático e realizar uma viagem de longo prazo, pode ter diversas razões. Talvez porque você sinta que precisa de uma pausa para repensar a vida, pode ser por curiosidade de saber mais sobre diferentes culturas e estilos de vida.

Talvez seja para aprender mais sobre algum interesse pessoal, como por exemplo, viajar visitando escolas com diferentes modelos de educação ou viajar conhecendo fazendas orgânicas ou ainda explorando diferentes tipos de culinária ao redor do mundo.

Pode ser simplesmente por que você está de saco cheio cansado da vida atual e precisa de um tempo. Ou talvez, porque queira mudar o rumo das coisas mas não saiba por onde começar e dar uma pausa para repensar na vida lhe parece uma boa ideia, e por que não, fazer isso enquanto conhece mais do mundo?

Quando viajamos, expostos a tantas coisas novas, ficando distantes de nossa zona de conforto, e isso faz da viagem uma escola, aprendemos muito, sobre o mundo e sobre nós mesmos. Viajar o mundo é como uma imersão, que nos faz descobrir, repensar e questionar as nossas verdades, nossos medos, nossas prioridades, valores, hábitos, gostos, crenças, propósitos, estilo de vida – reaprendemos muitas coisas e consolidamos outras.

Todos deveriam se dar esse tempo que pode ser de reflexão da vida, de aventura, ou de aprofundamento em determinado interesse pessoal. Oportunidade única na vida onde ficamos longe da pressão do dia a dia, e onde as palavras “devo” e “tenho que” ficam suspensas.

Experimentar, conhecer, vivenciar, provar. Uma viagem pelo mundo pode ter diversas motivações. Mas independente do que te faz desejar colocar o pé na estrada, por onde começar?

Esse post vai te mostrar os 5 passos de maneira macro, os principais passos que fazem parte da preparação para você conhecer, decidir e planejar a sua viagem sabática pelo mundo.

1 – Descubra mais sobre o mundo das viagens de longo prazo e abra seus horizontes

Largar tudo para viajar, será mesmo? Como é viajar por vários meses? E a segurança? Não é muito caro? São dezenas de perguntas que você se faz e é claro que há muitas dúvidas e inseguranças envolvida, afinal é uma decisão de grande importância e ter mil e uma perguntas é natural.

A melhor maneira de ter respostas e base para sua decisão é através de informação, de exemplos de outras pessoas que estão fazendo ou fizeram o que você gostaria de fazer. É través de inspiração.

Acompanhe outra pessoas pelas redes sociais que estão viajando pelo mundo por longo prazo (e não de férias) e se inspire. Leia blogs, livros, veja filmes e vídeos. Aproveite toda a informação disponível na rede e nas livrarias. Visite o blog: Como Planejar a Sua Viagem

2 – Planeje: Qual o roteiro? Quanto gastar? Precisa de visto? Que tal trabalhar na viagem?

Ok, quer mesmo viajar por alguns meses? Não se preocupe em planejar toda a sua viagem nos mínimos detalhes já no início. Você pode e precisará administrar a sua viagem enquanto estiver na estrada. Mas é necessário ter um norte.

Você precisará saber quanto pode gastar, por isso definir um orçamento é essencial. Você precisa saber os seus objetivos com essa viagem para poder traçar um roteiro. Você gosta de cidade, praia ou montanha? Prefere destino frio ou calor? Defina alguns critérios para te ajudar na escolha dos destinos.

Por exemplo: cidades com muita opção cultural e vida noturna. Ou campo com atividades ao ar livre, ou ainda, lugares com atividades relacionadas a espiritualidade e meditação por exemplo. Cidade de língua espanhola ou inglesa, segura para mulheres e com opções de atividades de aventura.

O roteiro pode ser definido com base no quanto você pode gastar também. Se o orçamento estiver apertado, escolha destinos baratos como diversos países da América do Sul, Ásia e Leste Europeu. Da também para fazer um mix é claro. Focar em coisas diferentes em cada destino.

Você pode considerar a possibilidade de trabalhar em troca de hospedagem e alimentação por exemplo, caso queira visitar destinos mais caros porém esteja com a grana curta ou queira ficar mais tempo em um país para praticar o idioma local, por exemplo.

3 – Defina uma data! Daqui um mês, um ano ou talvez dois, mas assim que possível compre a sua  passagem.

Esse dia em que você terá dinheiro, tempo, poucas responsabilidades, nenhum amigo ou familiar para sentir falta, o dia em que você terá as respostas para todas as suas dúvidas e medos…bom, sinto muito lhe dizer, mas ele nunca vai chegar.

Nunca haverá um dia perfeito para começar a viajar pelo mundo. Sempre há compromissos, aniversários, datas especiais, uma unha quebrada. Mil e uma desculpas que te fazer adiar esse dia. Programe-se e compre sua passagem, assim não tem mais volta e você fará tudo que realmente precisa ser feito até o dia da viagem e deixará as coisas de menor importância para depois.

Ter dúvidas e medos é super normal e todo viajante se sente ansioso ao pensar em como será os próximos meses e o desconhecido da um medinho danado. É você saindo da sua zona de conforto e é isso mesmo…super incômodo, incerto, da medo, da vontade de desistir e mudar de ideia.

É preciso parar de encontrar razões para adiar. Comece a encontrar soluções para os empecilhos que aparecerem nesse fase de pré-viagem. Trate o seu sonho como prioridade.

Eu sabia que se eu desistisse, iria me arrepender. Eu sabia que tinha um monte de gente fazendo isso e pensava: eu também posso! Eu sabia que seria bom, seria ótimo, seria sensacional. Eu sabia também que haveriam perrengues, mas que tudo valeria a pena, pois no final das contas, é uma experiência de vida que ninguém mais poderia viver além de mim mesma.

4 – Enquanto o dia não chega, prepare-se para a maior e melhor aventura da sua vida.

Pesquisar com mais detalhes. Reservar acomodação, ver como sair do aeroporto, estação de trem ou ônibus. Moeda local, câmbio, veja o que levar na mala, qual mala ou mochila é melhor para você, o que você quer fazer naquele destino.

Organize a vida pessoal. Aproveite os amigos e familiares.

Check list pronto?

5 – Chegou a sua hora de partir. Sua vez de escrever a sua história, viver novas experiências e aventuras. De se encantar com o mundo, com as pessoas e a diversidade. Sua vez de se apaixonar e se transformar com essa experiência única que é viajar pelo mundo.

Tirar um ano para sí e viajar pelo mundo por longo prazo é um investimento, certamente um dos mais recompensadores e com alto retorno que você terá em toda a sua vida! Seja por onde for e como for,  a pé, de bicicleta, mochila, ou carro,  sem dúvida conhecer mais do mundo é revelador, intenso e transformador!

Viajar só tem um início, mas nunca um fim! São memórias para se contar as futuras gerações. E mais que memórias são as experiências vividas, os aprendizados, as descobertas, as aventuras e tudo mais que só uma viagem pelo mundo pode proporcionar! E nada disso se perde, se esquece ou se desfaz. Ela se incorpora e faz parte de quem nos tornamos.

Saiba mais em: Como Planejar a Sua Viagem

Related posts

Quando a Holanda me apresentou o Suriname

Roberta Veronezi Figueiredo

Dicas preciosas para viajar feliz sozinha

Teca Hungria

Sexta-feira Negra ou Black Friday

Alessandra Ferreira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação