BrasileirasPeloMundo.com
Guatemala Turismo Pelo Mundo

7 destinos imperdíveis na Guatemala

7 destinos imperdíveis na Guatemala.

Na Guatemala você pode fazer seu próprio chocolate, provar cafés incríveis, subir vulcões, visitar as ruínas Maias ainda com suas pirâmides em excelente estado de conservação, ouvir a musica local marimba enquanto come o famoso frijoles com tortilhas ou aproveitar o artesanato local, de alta qualidade e com ótimos preços.

A Guatemala é um país tão bonito e diversificado que você precisaria passar meses explorando esse país, e ainda assim fica impossível aproveitar tudo o que ele tem a oferecer.

Já estive em algumas cidades e atrações, mas admito que quanto mais pesquiso e planejo as viagens por aqui, mais encontro lugares e coisas para fazer, restaurantes para provar, cafés e chocolates naturais e orgânicos para experimentar!

O mínimo que recomendo para conhecer as principais atrações da Guatemala são 7 dias inteiros, considerando que serão dias bem cheios e que as visitas são de certa forma superficiais, sem aquele tempo para uma real imersão cultural.

Se você quer saber o que fazer na Guatemala, fica aqui uma relação dos destinos e atividades imperdíveis no país.

Antígua

Destino número um de moradores da região e turistas que vêm à Guatemala, Antigua é Patrimônio Mundial da UNESCO, e vibra com atividades a serem descobertas por trás de cada uma de suas portas e fachadas externas que nada revelam o que se passa dentro, fazendo da cidade um local a ser literalmente explorado e descoberto!

Antígua possui uma arquitetura magnífica, com suas antigas ruas de paralelepípedos aos seus brilhantes edifícios coloniais e vulcões expelindo fumaça. Antígua é uma cidade muito fotogênica. Com três vulcões rodeando a cidade ao fundo, toda vez que você vira uma esquina, você será provavelmente presenteado com uma vista linda.

A cidade também fica somente a uma hora de viagem da capital. Há ônibus regulares, Uber ou Shuttle direto do aeroporto que podem te levar até lá.

Cidade de Guatemala

Muitos visitantes da Guatemala costumavam ignorar a capital, mas atualmente a Cidade da Guatemala está comprovando suas credenciais. Esta metrópole é agitada e extremamente variada em atividades, por isso, os turistas vão encontrar muito o que fazer.

Há muito mais bares legais, excelentes restaurantes, museus, zona 1 com seu mercado municipal, zona 4 com bares e restaurante nas ruas conhecidas como 4 grado.

Na capital você pode experimentar a realidade social e política da Guatemala, como em nenhum outro lugar.

Tikal

Tikal é localizada nas profundezas da floresta tropical na região de Peten. Foi a cidade mais próspera do Período Clássico Maia, e suas vastas estradas e pirâmides gigantes atraem visitantes de todo o mundo.

Esses edifícios de pedra calcária envoltos em selva parecem algo de um filme de Indiana Jones, e até hoje, esse antigo reino está envolto em mistério. Os visitantes de Tikal podem subir ao topo dos templos e desfrutar de vistas incomparáveis ​​do parque nacional, com os topos de pirâmides espreitando através do dossel da floresta tropical.

Da capital é possível fazer um day tour, com uma operadora de turismo que oferecem voos que saem super cedo e voltam no final do dia, que não é a maneira mais barata, mas para quem tem pouco tempo e não pode dispor de mais dias para ir de ônibus ou carro, pode ser uma ótima opção, o que você não pode é deixar de visitar Tikal durante a sua viagem à Guatemala.

Vulcões

Atividade imperdível na sua viagem para Guatemala, aproveite para se encantar com uma caminhada até o topo para apreciar um vulcão bem de perto. Há opção de trilha mais tranquila e agradável ou nível hard para os mais aventureiros, seguem os dois vulcões mais famosos:

Pacaya é um dos vulcões mais ativos da América Central, além de ser um dos mais acessíveis. Pode ser facilmente escalado em um dia a partir de Antígua ou da Cidade da Guatemala. A melhor maneira de ver o vulcão é com um dos muitos passeios que operam fora de qualquer cidade.

Acatanenango: a subida ao topo é feita em dois dias e você irá acampar em um local estratégico para avistar o vulcão com o nascer do sol. Há empresas de turismo que incluem tudo o que é preciso: barraca, comida, sacos de dormir e roupas de frio. Você só precisa ter disposição!

Lago Atitlan

Rodeado por vulcões, o Lago Atitlan da Guatemala é outro local imperdível e inspira até o viajante mais experiente. O Lonely Planet considera o Lago Atitlan “a coisa mais próxima do Éden na Terra”. Nada mal, não é?

Com 7 vilarejos Maias ao redor do lago, Atitlan oferece aos turistas uma riqueza de coisas interessantes para fazer. Festas é em San Pedro La Laguna, ambiente mais hippie e tranquilo você encontra em San Marcos, para conhecer um pintor famoso internacionalmente e comprar uma de suas peças por preços incrivelmente baixos, ou então provar o melhor chocolate artesanal, vá à vila de São Pedro.

Fiquei 3 dias na região, foi ótimo para uma primeira visita mas esta longe de ser o ideal para conhecer melhor os vilarejos, que podem ser acessado mais facilmente de barco através da cidade principal de Panajachel.

Semuc Chamei

Semuc Champey, que significa “Água Sagrada”, é um aglomerado de piscinas em camadas acima de uma ponte de calcário natural no meio da selva guatemalteca.

A água azul-turquesa e a vegetação exuberante fazem a viagem valer a pena, e com cores vivas de verde esmeralda e azul safira, é um local incrivelmente fotogênico também.

Monterrico

A maioria das pessoas não pensa em praias quando pensa em Guatemala, mas localizada na costa do Pacífico da Guatemala, esta região tem praias de areia preta espetaculares, perfeitas, e a vida selvagem aqui também merece uma visita.

Os canais de mangue são o lar de todos os tipos de animais, como jacarés, iguanas e tatus, e se você visitar na época certa, poderá observar milhares de tartarugas marinhas recém-nascidas fazendo sua jornada até o oceano.

Livingston

Visitar Livingston lhe dá a chance de ver um outro lado da Guatemala.

Lar de uma esmagadora maioria da população garifuna do país. Os garífunas são integrantes de um grupo étnico formado pela miscigenação de índios com escravos africanos. Livingston funde o charme descontraído do Caribe com a história maia e a cultura latina.

Mais semelhante a Belize do que a Cidade da Guatemala, esta cidade costeira tem excelente música, comida deliciosa e é uma base ideal para explorar a adorável Rio Dulce.

Existem dezenas de outros lugares que vale a pena conhecer na Guatemala, que ficarão pra um próximo artigo, mas aqui você já tem os melhores destinos para planejar sua visita a esse país ainda pouco conhecido pelos brasileiros!

Related posts

Verão no Mar Negro

Aimée Bardella Aihst

O que visitar na Noruega

Wendy Dantas

As praias da Austrália Ocidental (Western Australia)

Aline Arruda

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação