BrasileirasPeloMundo.com
Aplicativos pelo mundo Japão

Aplicativos úteis para usar no Japão

Aplicativos úteis para usar no Japão.

A mudança para um país distante ou mesmo uma viagem de turismo geralmente implica em uma série de preocupações. Frequentemente sou procurada por amigos e conhecidos que planejam vir ao Japão, mas arrancam os cabelos atrás de informações básicas na internet, como o funcionamento do transporte público e formas de facilitar a comunicação.

O Japão não é um desses países em que a população tem domínio da língua inglesa, mesmo não sendo a língua oficial. Muito pelo contrário, quem vem ao país e precisa de ajuda, muitas vezes se encontra em uma situação difícil, em que poucas pessoas sabem um pouco de inglês e muitas delas, possuem grande dificuldade com a pronúncia, o que as vezes torna a comunicação incompreensível.

Antes de você entrar em pânico, tenho uma boa notícia. Felizmente, os japoneses são muito solícitos e adoram ajudar. Se você se encontrar perdida em algum lugar e mesmo que não consiga se comunicar, provavelmente irá encontrar um japonês disposto a decifrar mimicas e até te levar pela mão até onde deseja ir, assim que entender o seu problema, é claro.

Porém, ninguém quer (e nem precisa) passar por perrengues em um país tão distante, de cultura e costumes tão diferentes do Brasil. Se adaptar ao Japão não é fácil, mesmo para aqueles que já estudam o idioma e se preparam antes de vir, há sempre uma série de surpresas, aprendizados e muitos micos para viver todos os dias.

Felizmente, nesta era digital, contar com o apoio da tecnologia é uma excelente escolha e uma forma de se virar sozinho com mais segurança. Independente do país, sempre há uma série de aplicativos locais úteis, alguns feitos para ajudar aos estrangeiros e que prometem soluções simples para os problemas básicos do turista ou do morador de primeira viagem.

Confesso que paguei meus micos nesses cinco anos de Japão. Já peguei trem do lado errado, fui parar onde Judas perdeu as botas, caminhei 20 minutos no bairro onde morava em busca do meu apartamento (no dia em que me mudei) e até apertei o botão de emergência de um banheiro público, jurando ser a descarga.

Mesmo depois de muitos anos de estudo de japonês no Brasil e de chegar aqui com conhecimento suficiente para me virar, passei poucas e boas, dei risadas, chorei de medo e aprendi em cada situação. Por isso, preciso dizer que a minha vida mudou bastante (para melhor) depois que descobri a maravilha que os aplicativos podem fazer pela gente. E são esses mesmos que eu gostaria de compartilhar.

Leia também: Dicas para morar no Japão

A lista não é muito longa, apenas com os aplicativos que eu acho mais importante. Porém, tenho certeza de que será útil para os recém-chegados, independente de ter vindo morar ou apenas visitar o país. Se essa lista ajudar você a ter uma viagem tranquila, fico muito satisfeita por compartilhar! Vamos lá!

1. Japan Transit Planner IOSAndroid
Esse aplicativo de informações de trens no Japão é o mais utilizado pelos estrangeiros. A ferramenta mostra um roteiro completo para se chegar onde deseja, informa onde descer, onde trocar de trem, qual a plataforma, os horários e preços. Porém, atenção com os horários, pois nem sempre o aplicativo acerta. Para quem fala japonês recomendo baixar o Navitime, um aplicativo utilizado pelos nativos, com informações mais precisas. Se não for o seu caso, não se preocupe que este desenvolvido pela Jorudan quebra o galho!

2. Yurekuru Call IOSAndroid
Vir ao país do terremoto e não se preocupar com os tremores de terra é imprudência. Baixe o Yurekuru para ficar atento aos abalos sísmicos diários. O aplicativo em inglês permite salvar a sua localização e avisa com alguns segundos de antecedência quando um tremor forte está para acontecer. Já levei muitos sustos com esse aplicativo, mas sem dúvidas é uma ferramenta fundamental para quem vive em terras nipônicas.

3. Meetup IOSAndroid
Vai passar um tempo no Japão e está atrás de uma oportunidade de conhecer pessoas e fazer amigos? Nada de Tinder! Baixe o Meetup e encontre um grupo ideal para você. O aplicativo permite criar grupos por interesses e participar dos mais variados eventos. Desde um encontro para praticar esportes até uma reunião para praticar inglês, japonês, espanhol e quem sabe até português!

4. Imi wa? IOS (sem versão para Android)
Sabendo ou não japonês, um aplicativo de dicionário é sempre bem-vindo. O tradutor do Google quebra muitos galhos, mas nada como o “Imi wa”, um aplicativo preciso, com traduções para vários idiomas e ferramenta de busca de kanjis (ideogramas). É útil para o estudante e o viajante, que só quer saber como dizer uma palavra determinada e sem precisar de internet para pesquisar.

5. Fake Call IOSAndroid
Esse aplicativo é ótimo! Parece inútil, mas não é. O Fake Call é muito simples, você aperta um botão e a ferramenta simula uma ligação para o seu telefone em questão de segundos. Mas Ana, como isso será útil durante a minha estadia no Japão? Sabe quando você está sendo perturbada (o) por alguém em algum lugar e quer escapar? É neste momento mesmo que você aperta o botão, espera o celular tocar e sai de fininho. Útil no Brasil, Japão, China e em qualquer lugar.

6. SmartNews IOSAndroid
Este é exclusivo daqueles que estão dedicados ao estudo de japonês ou tem um certo domínio do idioma. Este aplicativo é uma compilação de notícias e é útil não apenas para aprender, mas para ter uma noção rápida do que está acontecendo no país. Outra forma de se manter informado é o aplicativo da NHK, com notícias e informações sobre desastres em inglês. Para quem sabe japonês, cuidar o site da NHK também é interessante.

DICAS
Se você estiver vindo ao Japão apenas para uma viagem de turismo, não deixe de tomar algumas precauções. Fazer turismo no Japão fica muito mais fácil e tranquilo com o apoio da tecnologia! Uma dica preciosa é fazer o download do mapa da cidade que você irá ficar, para poder acessar mesmo off-line.

Tenha em mãos os aplicativos essenciais do viajante, como o Airbnb para reservas baratas e emergenciais ou o TripAdvisor, para verificar o que há nas redondezas. Mesmo com um roteiro elaborado, as vezes é preciso mudar de planos, trocar hospedagem ou fazer reservas de última hora e ter as ferramentas certas em mãos evita problemas maiores depois. Boa sorte!

Related posts

Dia da Maioridade no Japão: Seijin no hi

Alessandra Ozbir

Ministérios liberam a volta dos retornados de 2009 no Japão

Deisi Shimabukuro

Japão – Fazendo e Contando Histórias do Brasil

Emilia Hanashiro

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação