BrasileirasPeloMundo.com
Argentina

Argentina – Dez razões para Morar em Buenos Aires

Buenos Aires é melhor que o Brasil? Por que não investir numa cidade europeia, mais desenvolvida e tudo mais? Muitos amigos, tanto no Brasil quanto aqui perguntam o mesmo.

Por muito tempo essa era uma resposta complicada, afinal o que nos faz querer sair do nosso país para viver em outro não por problemas econômicos, mas simplesmente porque gostamos? Será mesmo que a Argentina é melhor que o Brasil? Não, não é.

Acontece que cada pessoa tem sua personalidade e não necessariamente ela combina 100% com o local onde nasceu. Na verdade, se pudéssemos reunir todas as características dos lugares e aspectos que gostamos criaríamos um novo país ou uma nova cidade e o planeta Terra seria uma grande colcha de retalhos. Buenos Aires combina comigo e vou lhes dar meus 10 motivos de morar aqui.

BPM_Post_08

1.Cafés e Restaurantes

Simplesmente adoro estar numa cidade onde tem um café e um restaurante em praticamente todas as quadras da cidade, independente do bairro. O outro único lugar que tem essa característica é Paris e eu realmente adoro isso. Ter essa facilidade para passar um bom momento a qualquer hora do dia e em qualquer lugar.

2.Uma cidade compacta

Buenos Aires é uma cidade não muito grande e bastante compacta. O fato de todas as ruas terem exatamente 100 números é muito bom para qualquer pessoa se localizar e também a maioria das ruas e avenidas são muito longas, atravessando vários bairros mantendo o mesmo nome e as principais avenidas da cidade são separadas uma das outras por quatro ruas. É muito organizada neste ponto.

3.O vinho

Sim, o vinho argentino é muito, muito bom. Eu não bebo cerveja, nem caipirinha, nem sou fã de drinks com bebidas variadas, o que gosto mesmo é de um bom vinho, por isso aqui, para os amantes do vinho, é o paraíso na terra. Tem “winerias” por toda a cidade e todos os mercados tem uma grande área para essa bebida que cabe em todos os bolsos e gostos. O vinho aqui é muito barato porque realmente é muito popular.

4.Vida fora de casa

Uma das coisas que mais me chamou atenção quando voltei a Buenos Aires e que fez com que quisesse morar aqui por um tempo foi o fato de ver tantas pessoas aproveitando a vida. Sempre tem alguém nos restaurantes, nos cafés, nas praças vemos amigos bebendo o mate, cerveja, pais levando seus filhos e cachorros para passearem. Nos dias de sol muitos saem para fazer um piquenique. Adoro ter tantas praças a cada par de quadras que estão sempre limpas para seremaproveitadas por todos. Ir às feiras de artesanato. Enfim, vive-se muito fora da casa. Adoro estar num lugar onde os fins de semana não se resumem a ficar em casa descansando e vendo Faustão e Fantástico. Nos fins de semana é difícil alguém ficar em casa, geralmente estamos fazendo uma caminhada, visitando ou recebendo um amigo, fazendo um churrasco, indo ao cinema ou teatro.

5.Mente aberta e liberdade para todos

Londres sempre foi uma cidade conhecida por receber várias tribos, ser eclética e sem preconceitos. Aqui na América não precisamos ir tão longe para ver tudo isso, basta vir a Buenos Aires. Só Deus sabe como aprendi a ver tudo sem julgar tanto. Percebi como meus preconceitos e por que não, um pouco de discriminação foram caindo nesta cidade. Vista-se como quiser, tenha o cabelo que quiser, use ou não maquiagem, coloque um piercing ou faça uma tatoo, tenha seupróprio estilo de música, seja vegetariano, vegano, homossexual, heterossexual, normal, estranho ou o que quiser. Eis um lugar onde suas escolhas serão respeitadas pela maioria da sociedade. Já vi de tudo e aprendi que tudo faz parte do ser humano e que o ser humano não é mais ou menos por suas escolhas. Aqui temos a possibilidade de ampliarmos completamente o conceito de abrir a mente.

6.O jeito de ser do portenho

Claro, que não dá para gostar de tudo, mas eu gosto do jeito direto do portenho. Se quer ser seu amigo, o será. Se não quer, não quer e pronto. Eles sabem dizer não e ao morar aqui descobri que saber dizer não quando é necessário é muito importante na vida de uma pessoa. Muitas pessoas vêem essa característica de forma negativa, arrogante até, mas não vejo assim. O fato de não ficar dando voltas para pedir algo poupa o tempo de todos.

7.Tem pouco Shopping Center

Parece bobagem e para muitas pessoas é essencial, mas eu realmente nunca gostei de ficar nos shoppings e estar num lugar que tem poucos e a maioria dos existentes estão distantes da capital é muito bom. Na capital mesmo são apenas três shoppings centers: Abasto, Alto Palermo e Recoleta. O que tem muito aqui são as galerias, pequenas, bonitas e charmosas. Não ter tantos shoppings faz com que as pessoas tenham que caminhar e ir de uma loja a outra para compraro que precisam e com isso vêem a cidade e não ficam apenas presas todo o dia dentro de um edifício.

8.Não perder hoooras no trânsito

É muito, muito bom morar numa cidade onde todas as coisas estão ao alcance das mãos. O transporte daqui cobre toda a cidade e é até engraçado ouvir algum brasileiro que já mora aqui há algum tempo reclamando de ter ficado ido a um lugar longe porque ficou 1h dentro do ônibus ou do trem. Alguns já reclamaram por passarem 40 minutos. Imagine só! E também é diferente demorar 2h para chegar num lugar mais distante todo o tempo viajando e não porque ficou presono trânsito lento. Isso sim é tempo perdido.

9.Gastronomia

A gastronomia argentina, como já disse num post anterior, é basicamente italiana, com muita massa, pizza e argentina mesmo é a carne. Adoro a carne argentina. Tem um sabor maravilhoso. Só aqui tem medialunas e um doce de leite de fazer chorar de tão bom e claro, não poderia deixar de fora, o alfajor e as empanadas.

10.Estações do ano definidas

Quando crescemos num lugar como o Brasil, que faz calor na maior parte do tempo e o frio acontece em alguns dias e sem estação definida é difícil perceber como a vida, a moda, o humor e a comida de todos ficam diferentes em cada uma delas. Gosto de ver as folhas amareladas do outono pelas ruas e o ar frio prenunciando o inverno. Gosto do inverno muito frio, com suas árvores secas e desfolhadas e depois quando elas se vestem de muitas folhas verdes e flores paraa primavera que prepara a passagem para o verão quente, úmido e muito chato que Buenos Aires tem. É bom ver a cidade, o país e as pessoas mudarem conforme as estações vão passando. Acho legal ter que mudar as roupas e guardar outras. Isso nos dá uma sensação de constante renovação e a vida precisa disso.

 

Related posts

Argentina – Os imigrantes aceitáveis

Ina de Oliveira

As mulheres argentinas e suas lutas

Ina de Oliveira

Viajar para fora da Argentina desde Corrientes

Fabi Lima

107 comentários

byad Novembro 23, 2014 at 4:16 pm

Como amo Buenos Aires! Todas as coisas que você disse me identifico demais 🙂 É uma cidade livre, ampla, tem uma peculiaridade apaixonante e um quê de Europa que é difícil explicar! Tenho planos de morar aí no futuro, e sempre que vejo alguém falando daí bate aquela vontade de pegar o primeiro avião haha
Beijo!

Resposta
Selia Março 10, 2015 at 10:01 pm

Achei super legal o que escreveu. tenho vontade de passar um tempo em Buenos Aires.
Moro em Salvador, sou baiana.

Resposta
Luiz Fernando Março 21, 2016 at 3:34 am

Sou baiano e estou morando em Buenos Aires, e estou gostando!

Resposta
Ueliton Abril 18, 2016 at 11:51 pm

Ola Boa Noite!
Gostaria de pode conhecer alguém que esta morando em Buenos Aires, pós estou com intenção de ir mora ai.

gostaria de poder conversar com alguém dai atravesses do WhatsApp para pode tira algumas duvidas.

11 95958-9118

Resposta
Amanda Fonseca Abril 19, 2016 at 3:08 pm

Olá luiz Fernando, Bom dia.
Legal vc morando em Buenos Aires, to louca pra ir tambem, sou de Minas Gerais.
O que vc ta achando do custo de vida, e é dificil arrumar trabalho?

Resposta
Claudiane Santos Junho 12, 2016 at 3:31 pm

Hei! Pode me contar como está sendo sua experiência, moro na Bahia tmb! Me passa seu whats para conversamos!

Resposta
Helder Junho 29, 2016 at 2:27 am

Oi, sou do Rio de Janeiro estou pensando em ir passar um tempo ai pra conhecer.
tem alguém com um grupo no zap pra falar sobre?

Resposta
Daniela Madureira Novembro 23, 2014 at 11:05 pm

Eu amo amo amo Buenos Aires! Aliás, amo a Argentina em geral. O número 4 é algo que vejo bastante na Europa também, e isso pra mim é uma grande vantagem sobre minha cidade natal, São Paulo, assim como o número 7.
Ai que saudades de Buenos Aires, espero conseguir visitar novamente logo. Sua lista está perfeita.

Resposta
Ellifer Machado Fevereiro 10, 2015 at 8:35 pm

Moro na fronteira com a Argentina sempre gostei muito da cultura Argentina, e quero muito ir morar la…E Buenos Aires pare ser uma ótima escolha…

Resposta
Elaine valente Fevereiro 13, 2015 at 8:55 pm

gostaria de morar em Buenos Aires… mas fico preocupada com meu trabalho que é o artesanato…. o que achas?

Resposta
Ina de Oliveira Fevereiro 15, 2015 at 4:51 pm

Oi Elaine,
Por aqui tem muita gente trabalhando com artesanato. Acho que dependeria do tipo de artesanato com o qual está acostumada a trabalhar. O pessoal que trabalha com isso geralmente oferece seus trabalhos nas inúmeras feiras da cidade ou conseguem um posto numa destas. Eu acredito que sempre existe espaço para mais um em qualquer lugar do mundo, a questão seria ver como funcionaria porque aqui a concorrência é muito forte pois existem muitas feiras de artesanato por toda a cidade.

Resposta
Luis R. Fevereiro 17, 2015 at 11:04 pm

Muito legal, Ina. O ponto 10 é algo que me deixa também contente. Sou do Sul do Brasil e temos também essa mudança de estações do ano, que não existe na maior parte do resto do país. É algo muito bonito mesmo.

Só acho que você deveria deixar claro que, quando vc diz que não ´há inverno no país, isso se refere a região onde você nasceu, o Nordeste. No Sul do Brasil temos as quatro estações como na Argentina e Uruguai. O que vc relatou ali é exatamente o que nós fazemos durante o ano 🙂

Um abraço e desconsidere por favor meu cometário anterior que ficou incompleto.

Resposta
Ina de Oliveira Fevereiro 18, 2015 at 2:49 am

Oi Luis,
Desconsiderei o outro comentário e obrigada pelo comentário. Sempre morei entre Rio de Janeiro e São Paulo e conheço as demais regiões do país e realmente qualquer lugar acima do sul do país não tem as estações definidas. Mas morei em Curitiba um tempo e também não achei as estações muito definidas por lá, já que está praticamente todo o ano nublada e cinza e tempo fresco e as folhas não caíram no tempo que estou acostumada a ver isso aqui por BAs no outono. Mas os moradores me disseram que as folhas caírem fora de época é por causa da alteração climática, pois antes era como um reloginho. Pelo visto o clima está deixando todos loucos cada vez mais.

Resposta
Ricardo Outubro 22, 2017 at 5:18 pm

Em Curitiba, o tempo geralmente é cinza e nublado, mas há diferenças bem claras entre as estações. O fato do tempo ser fresco no verão não impede isso.

Qualquer pessoa que morou na cidade sabe disso.

A temperatura nos meses de dezembro (verao), abril (outono), julho (inverno) e setembro (primavera), por exemplo, são super diferentes.

Aliás, em julho faz muito mais frio em Curitiba do que em Bs As.

E sim, antigamente as folhas caíam com mais frequencia no outono. A mudança climática fez isso mudar tb.

Resposta
frança Março 12, 2015 at 2:55 am

Quero morar na Argentina

Resposta
frança Março 12, 2015 at 2:57 am

Quanto custa em média uma casa em um lugar bom Ina? Pedi amizade em seu face, me aceita?

Resposta
Ina de Oliveira Março 18, 2015 at 2:27 am

Oi França,
Não tenho como responder à sua pergunta, ainda mais agora que o setor imobiliário está bastante fechado. Mesmo os argentinos que estão procurando algo para comprar não estão conseguindo, pois o setor decidiu esperar as eleições de outubro para ver como ficará o mercado imobiliário do país. O que posso adiantar é que aqui todos os imóveis são vendidos em dólares e funciona da mesma forma que nos EUA, por hipoteca. Talvez você possa ver algum valor nos classificados do jornal Clarin, só lembrando que é em dólar. Ah e darei uma olhada nos pedidos de add do meu face.

Resposta
João Bosco. Março 16, 2015 at 4:32 pm

Gostaria de lhe fazer algumas perguntas. Qual o valor de uma casa ou apartamento de 3 quartos em um bairro razoável? Um casal de aposentados gastaria quanto(aproximadamente) para viver em Buenos Aires de maneira confortável? É difícil conseguir visto permanente? Obrigado. Um abraço.

Resposta
Ina de Oliveira Março 18, 2015 at 2:35 am

Oi João Bosco,
Não tenho como responder à sua pergunta, ainda mais agora que o setor imobiliário está bastante fechado. Mesmo os argentinos que estão procurando algo para comprar não estão conseguindo, pois o setor decidiu esperar as eleições de outubro para ver como ficará o mercado imobiliário do país. O que posso adiantar é que aqui todos os imóveis são vendidos em dólares e funciona da mesma forma que nos EUA, por hipoteca. Talvez você possa ver algum valor nos classificados do jornal Clarin. Quanto a um aposentado viver aqui, depende do estilo de vida, mas atualmente não tem como ser barato, já que estamos com 41% de inflação e já sabemos que após outubro vamos ultrapassar, na mais otimista das hipóteses, uns 50%. Primeiro, estando aqui deve dar entrada no visto precário que dura 3 meses, depois desse deve conseguir o temporário de 2 anos. Somente ao término deste tempo é que poderá dar entrada no pedido de permanente que pode variar entre 10 a 25 anos.

Resposta
Franciele Março 17, 2015 at 6:57 pm

Oi Ina, achei muito bom tudo o que vc disse, cada dia mais tenho vontade de conhecer Buenos Aires, agora no mes de junho eu e meu marido vamos ficar 10 dias ai, tens alguma dica?
Sucesso pra vc…e parabéns pelo seu relato sobre a Argentina.

Resposta
Ina de Oliveira Março 18, 2015 at 2:39 am

Oi Franciele,
Venha conhecer sim. A cidade é muito bonita e romântica. 🙂
Procure os posts sobre a Argentina no meu blog. Lá tem muitas dicas. Principalmente nos arquivos de 2010 e 2011. Nos outros anos também tem dicas de lugares, restaurantes, etc. Deixo o link: http://inadeliveira.blogspot.com.ar/

Resposta
Karina Março 18, 2015 at 7:13 pm

Olá Ina,

Ano que vem, provavelmente, irei morar em Córdoba. Já estou preocupada. Será que será fácil conseguir um emprego?? Aqui no Brasil, trabalho em uma multinacional, mas também sou formada em Letras…

Abraços
Karina

Resposta
Ina de Oliveira Abril 20, 2015 at 1:58 pm

Olá,
Não existe uma resposta para a sua pergunta, pois depende de muitos fatores, o primeiro sendo se fala espanhol e qual tipo de emprego pretende procurar. Córdoba não é uma cidade com muitas oportunidades como BAs, assim que acredito que a concorrência será maior e a prioridade é sempre para os locais, por isso ter o idioma é fundamental ao pensar em mudar para outro país.

Resposta
alex Abril 15, 2015 at 4:26 pm

Cara Ina, vou pelo menos duas vezes por ano a Buenos Aires. Adoro essa cidade, pois me sinto um cidadão, no sentido grego de habiante da polis. Em Buenos vivemos, sentimos a cidade pulsar, caminhar nas suas ruas, suas livrarias, cafés, teatro, caminhar na recoleta, palermo, enfim boa escolha vc fez. felicidades.

Resposta
jose carlos Maio 28, 2016 at 11:05 pm

é disso que preciso uma cidade de cultura, to querendo passear em buenos aires e conhecer e talvez morar la, mas eu sou motorista autônomo, sera que teria serviço deste tipo la par mim?

Resposta
Carlos Eduardo Abril 17, 2015 at 5:29 pm

Muito legal o que descreve, uma noção boa de várias coisas.

Saberia me dizer se pra Área de engenharia estaria numa boa oportunidade, sou técnico em edifícios e tecnólogo em estradas, o que poderia me dar de dica nesse caso?

Obrigado!

Resposta
Ina de Oliveira Abril 20, 2015 at 2:01 pm

Olá,
Não sei como está esta área para quem vem de fora, uma vez que com a crise muitas áreas sofrem com o desemprego e aqui é costume as pessoas trabalharem na área nas quais se formam na faculdade. O ideal é procurar um pouco na net local sobre isso.

Resposta
Renata Dias Abril 17, 2015 at 9:17 pm

Talvez eu seja transferida para Buenos Aires, mas tenho muitas duvidas em aceitar a proposta.
Sei que o pais esta em crise, assim como o Brasil. Moro no Rio de Janeiro e tenho uma vida estavel
Ja fui a Buenos Aires 2 vezes a turismo,mas gostaria de saber qual o melhor bairro para morar
Quanto esta o aluguel por ai,num bom bairro, 3 quartos.
Sobre a saude, o setor ai funciona
E educação, tenho um filho de 1 e 7 meses

Resposta
Ina de Oliveira Abril 20, 2015 at 2:09 pm

Oi,
Bem, a primeira coisa é não ficar comparando crises e sim descobrir exatamente a quantas anda em cada lugar. Aí a inflação é de 9%, aqui 41%, ambas em ascensão. Acontece que 2016 será um ano terrível para a Argentina, já que nas eleições deste ano é provável que a atual presidente saia e o próximo terá mexer na questão dos controles econômicos e sociais que temos agora e haverá fuga de capital. Isso é quase certo, portanto não será um ano de estabilidade para ninguém que viva aqui, mas as coisas voltarão a melhorar (é o que todos esperamos) a partir de 2017. Então, você precisa pensar se vale ou não a pena se mudar num momento tão complicado, já que são países completamente diferentes. Para morar, qualquer bairro da capital é bom, pois a capital é pequena. Quanto ao aluguel, como sugeri nos comentários anteriores, entre nos classificados dos jornais argentinos como Clarin e poderá ter uma ideia dos valores atuais. Como tem criança, procure pelos bairros mais residenciais como Palermo, Recoleta, Caballito, Abasto, Barrio Norte, Almagro e Belgrano.
A saúde funciona bem por aqui.

Resposta
Geralda Domingos (Ge Frado) Abril 22, 2015 at 5:33 pm

Olá,
Trabalho no financeiro, mas atuaria no comercio em geral!
Acha que consigo ganhar razoavelmente bem? Digo, o suficiente, para manter os meus custos e guardar um determinado valor!

Resposta
melissa Abril 27, 2015 at 11:29 pm

Oi Iná,muito bom seu blog,resclarece bem as dúvidas,parabéns.Bem,minha família e eu estamos decididos a ir viver na Argentina,estamos um pouco perdido em relação ao aluguél de casa e trabalho.O que devemos fazer,ir prara um hotel e depois alugar casa?Meu esposo é estofador há mais de 20 anos,cursado em controle de qualidade nessa area de estofaria e eu sou vendedora também há 20 anos.Tens alguma informaç~es sobre essas profissões?Falamos espanhol básico,ajuda né?Desde já,obrigada por nos responder.

Resposta
Ina de Oliveira Maio 4, 2015 at 1:13 pm

Oi Melissa,
Já respondi algumas das suas perguntas nos comentários acima. Vai ajudá-la com certeza. 🙂

Resposta
Cléu Maio 1, 2015 at 7:10 pm

Olá Iná boa tarde, hein estou de mudança pra Buenos Aires vou trabalhar na área de alimentação ( comidas rápidas ). O que você me diz?

Resposta
Ina de Oliveira Maio 4, 2015 at 1:05 pm

Oi Cléu,
Boa mudança para você. Se você já estiver vindo com um trabalho certo é muito bom, mas caso esteja pensando em trabalhar aqui com comidas rápidas, precisará conhecer bem os hábitos alimentares daqui. Comida rápida funciona apenas no Microcentro porque tem muitas empresas, porque aqui o costume é ir a restaurantes e o menu não é variado. Os portenhos têm esse costume dos italianos de a maioria não comer nada diferentes. Portanto, não há muita variedade. E à noite nossas comidas rápidas são pizzas, empanadas e sorvete. Desejo muita sorte nesta nova fase.

Resposta
Raul Gonçalves Ribeiro Neto Maio 4, 2015 at 5:44 am

Concordo com quase tudo, também adoro BsAs. Mas há uma afirmação no texto que está absolutamente incorreta: a Grande Buenos Aires é a cidade mais extensa do hemisfério sul, ocupando mais espaço físico que a Grande São Paulo, até em visão de satélite noturna se nota isso. Classificá-la como “não muito grande” é, no mínimo, incoerente. Talvez a sua impressão esteja relacionada com o bom planejamento urbano, inexistente no Brasil.

Resposta
Ina de Oliveira Maio 4, 2015 at 12:59 pm

Olá Raul,
Você está fazendo confusão.
Eu não me referi em nenhum momento à Província de Buenos Aires, sempre escrevo apenas sobre a capital, que realmente não é muito grande se comparada a capitais como as de SP e RJ. Basta saber que nós podemos cruzar a capital, caminhando, em 4 horas! Coisa impossível de se pensar no Rio ou em Sampa. E o bom planejamento urbano existe em várias cidades do Brasil, vide capitais como Curitiba e Belo Horizonte.

Resposta
Raul Gonçalves Ribeiro Neto Dezembro 27, 2015 at 10:55 am

Iná, mais uma vez insisto que a sua informação/interpretação está absolutamente incorreta!

Você Está confundindo a Província de Buenos Aires com a Grande Buenos Aires. É o mesmo que confundir o Estado de São Paulo com a Grande São Paulo.

A Grande Buenos Aires é a segunda área metropolitana da América do Sul, terceira da AL e quarta das Américas, no quesito população, com 15 milhões de habitantes no conurbano contra 19 milhões da Grande São Paulo, sendo, também, a mais extensa da América Latina em área urbanizada, superando aí a Grande México (a maior de todas), a Grande São Paulo e o Grande Rio. as outras três megacidades da América Latina (cidade que ultrapassaram a marca de 10 milhões de habitantes conurbados)

Entendo que a sua confusão se dá em função do é conhecido como CABA, Cidade Autonoma de Buenos Aires, conformada dentro dos limites da Avenida General Paz pelo norte/oeste e pelo Riachuelo ao sul. Esse é o Distrito Federal, que soma 3 milhões de habitantes ao seu entorno, com mais 12 milhões. A guisa de comparação é como se dizer que São Paulo tem dez milhões de habitantes, sua população municipal, desprezando o conurbano, com mais 9 milhões, que só existe nessa magnitude por causa da própria capital. Afinal, o que seriam, por exemplo, de Osasco, Guarulhos ou Santo André, se não fosse a capital? Nem existiriam ou não passariam de paragens no caminho.

Lembro que esta informação que disponibilizo é bastante precisa, uma vez que sou geógrafo especializado nesse tema, urbanização. Não é achismo!

Outro dado, Belo Horizonte, que soma 2,5 milhões de habitantes no município e 5 milhões se considerada a sua conurbação, que é a terceira do Brasil, e Curitiba, com aproximadamente 1,8 milhões no município e 3,3 em sua conurbação (ou Grande Curitiba, ou Área Metropolitana de Curitiba), não são comparáveis em seus aspectos urbanos e mesmo econômicos com BsAs, São Paulo, Rio ou México.

Apenas dois dados para corroborar todo o texto: Londres, que está ao lado de Paris e Moscou no ranking das megacidades europeias, tem, apenas, 1,8 milhão na “cidade”, sendo que sua área metropolitana ultrapassa a marca de doze milhões. E Sydney, na Austrália, cuja área metropolitana passa de seis milhões de habitantes, tem em seu “município” apenas 100 mil, pois este é somente o centro daquela metrópole.

Resposta
Leonice Almeida Paiva Abril 24, 2017 at 8:20 pm

Raul preciso que entre em contato comigo.
Bjs

Resposta
Patricia idalgo Maio 9, 2015 at 10:06 pm

oi Ina gostaria de saber se é difícil encontrar emprego aí e quanto é o valor do salario minimo. Obrigada.

Resposta
Ina de Oliveira Maio 12, 2015 at 8:19 pm

Oi,
Quanto a questão de conseguir emprego vejam meu último post aqui sobre Emprego.
O salário mínimo na Argentina é de 4.700 pesos. De acordo com os últimos dados o gasto mensal atual para manter o nível de vida para quem tem imóvel próprio é de 11 mil pesos. Para quem paga aluguel na capital o gasto sobe para até 15 mil pesos para uma família de 4 pessoas. Para alguém os gastos mensais ficam em torno de nove mil pesos. Como temos 41% de inflação os valores realmente estão muito altos e por os gastos atuais têm esses valores. Também o salário mínimo não é como no Brasil, tanto que a maioria dos portenhos nem sabem quanto é, pois aqui é oferecido um valor x para o contrato de trabalho. Não ouve-se aqui: o salário será de 2 salários mínimos. Não funciona assim. É bom procurar se informar mais.

Resposta
Ina de Oliveira Maio 12, 2015 at 8:19 pm

Oi,
Quanto a questão de conseguir emprego vejam meu último post aqui sobre Emprego.
O salário mínimo na Argentina é de 4.700. De acordo com os últimos dados o gasto mensal atual para manter o nível de vida para quem tem imóvel próprio é de 11 mil pesos. Aqui também o salário mínimo não é como no Brasil, tanto que a maioria dos portenhos nem sabem quanto é, pois aqui é oferecido um valor x para o contrato de trabalho. Não ouve-se aqui: o salário será de 2 salários mínimos. Não funciona assim. É bom procurar se informar mais.

Resposta
Adinea Fevereiro 4, 2016 at 2:35 pm

Olá ina tb sou artesa e quero sair do Brasil e acho que o promeiro passo será buenos aires

Resposta
Ina de Oliveira Fevereiro 4, 2016 at 11:01 pm

Oi Adineia,
Acredito que não é o melhor momento para vir, muito menos sendo artesã, mas desejo sorte com a sua decisão.

Resposta
Adinea Constantino Fevereiro 7, 2016 at 12:24 pm

bom dia Ina sou artesã mas sou tb aposentada tenho minha renda por sinal razoável sou só e te pergunto será legal eu passar por um tempo ai? a vida é muito caroem Buenos aires

Ina de Oliveira Fevereiro 9, 2016 at 3:38 am

Oi,
Sim, atualmente a vida está bastante cara. Imagine que estive agora em janeiro em SP, capital, e comparada com aqui SP está muito mais barata, mais ou menos cinco vezes mais barata que BAs e quando voltei estava ainda mais cara. Imagine que com o equivalente a 15 R$ aqui consigo comprar 2 pepinos médios, 2 bananas, 2 limões e 4 beterrabas. Nada mais. Ou que com 5 R$ aí consigo comprar 5 garrafinhas de iogurte e aqui apenas uma. Essa é a proporção atual de gastos entre os países.

Antonio Carlos Maio 11, 2015 at 11:12 am

Olá Ina.
Parabéns pelas informações e auxílio aos brasileiros.Estou pensando em cursar medicina na UNR, o que pode me informar sobre ela?

Resposta
carla Maio 12, 2015 at 7:52 pm

Ina, boa tarde! Qual o salário médio de um executivo na Argentina e quantos pesos seriam necessários para uma família com três filhos em idade escolar viver de forma confortável? Desde já agradeço pela atenção! Carla.

Resposta
Osvaldo Freitas Maio 24, 2015 at 5:43 pm

Oi Ina, boa tarde!
Em breve irei aposentar do serviço público e pretendo morar uma temporada na Argentina, com minha jovem esposa.

Como é a vida ai, para pessoas da terceira idade, que possui saúde e boa energia para viver uma vida de qualidade?

Atenciosamente,

Osvaldo Freitas

Resposta
Ina de Oliveira Maio 29, 2015 at 5:58 pm

Olá Osvaldo,
Tudo bem?
Como a cidade é bastante tranquila é ótima para pessoas da terceira idade, pois aqui temos o costume de sair muito, caminhar. Sempre estão em alguma atividade. A única coisa que pode acontecer é de não fazer muitos amigos porque os mais velhos têm mais resistência em relação aos imigrantes e muitos não falam outro idioma. Claro que não são todos, mas é bom saber já que culturalmente somos países bastante diferentes.

Resposta
Osvaldo Freitas Maio 30, 2015 at 12:25 am

Meus sinceros agradecimentos pela sua atenção e informações concedidas, Ina!

Posso obter mais algumas informações? Com quantos mil reais mais ou menos, um casal sem filhos, consegue viver bem, em Buenos Aires, morando em um pequeno apto mobilhado, alimentação e transporte?

Resposta
Ina de Oliveira Maio 31, 2015 at 2:28 pm

O post de junho será sobre o nosso custo de vida atual e valores. Logo, logo será publicado.

Resposta
igor Junho 6, 2015 at 11:34 pm

sou professor de geografia tem mercado pra essa area?

Resposta
Ina de Oliveira Junho 7, 2015 at 11:47 am

Oi, para trabalhar em escolas daqui precisa ter um espanhol pra lá de fluente e ser muito bom em geografia e história argentina, além de já estar morando aqui há algum tempo, caso contrário as chances são praticamente nulas para estrangeiros já que na área de humanas há muitos alunos.

Resposta
Osvaldo Freitas Julho 3, 2015 at 1:20 pm

Bom dia, Ina!

Será que posso obter algumas informações suas sobre traslado de Buenos Aires para Montevidéu, via (terrestre ou de barco).

Resposta
Ina de Oliveira Julho 3, 2015 at 2:17 pm

Oi, sim, você pode ir de carro ou com alguma empresa de ônibus que sai do Terminal Retiro e via marítima de balsa pelo Buquebus ou Colonia Express.

Resposta
Osvaldo Freitas Julho 3, 2015 at 5:27 pm

Obrigado por suas informações, Ina!

Qual o tempo em média, de ônibus ou de barco?

Resposta
Clsudete Julho 8, 2015 at 12:10 am

Olá Ina gostei Muito dos seus comentários, tenho um filho de 12 anos como é a questão de escola ai meu marido é aposentado e eu não trabalho no momento gostaríamos de morar como funciona a respeito de locação de apartamento, se poder ajudar agradeço!

Resposta
Ina de Oliveira Julho 13, 2015 at 2:14 am

Oi, não sei muito sobre escolas, aconselho procurar na net se tem alguma coisa sobre o assunto que possa ajudar.

Resposta
Paulo Julho 11, 2015 at 10:58 pm

Amo Buenos Aires, se pudesse estaria todo fim de semana ai, mas estou realmente querendo deixar o Brasil e viverem Buenos Aires,gostaria de tentar algo por ai, porque Brasil esta cada dia mais dificil,, trabalharia nem que fosse no mercado informal.pq aqui as coisas estao dificeis principalmente em minha area, onde qualquer pessoa diz fazer massagem e isso esta denigrindo cada vez mais a profissão., mas quem sabe para ano que vem estou por ai, ja estou pensando em tirar o meu DNI .

Resposta
Ina de Oliveira Julho 13, 2015 at 2:17 am

Bem, se você acha que no Brasil está difícil com 9% de inflação, definitivamente não será para cá que você vai gostar de vir. Nós estamos com 41% de inflação -e subindo.

Resposta
Rodrigo Julho 25, 2015 at 3:09 am

Buenas noches! como verán en mi escritura no soy Brasileiro, sino Argentino y me interesó lo que hablan aquí en este sitio sobre vivir = morar en Buenos Aires (procuren a traducao rsrs). Quiero decirles que también hay otros lugares en el país para vivir, no solo Buenos Aires, ya se que aqui se habla eclusivamente de esa ciudad pero es también para que lo tengan en cuenta. Cuando dicen por ahí de ver las hojas de los árboles amarillas………. yo les recomiendo una ciudad que se llama Mendoza y ahí verán en Invierno esa densa arboleda cubierta por un manto amarillo que son sus hojas. A mi me pasa lo mismo que a muchos aqui pero a la inversa; yo quiero vivir en Brasil, me gusta mucho su país y de ser posible me agradaría vivir en el Nordeste Brasileiro es muy bonito, he visto bastante de esa parte del país así que a mí me gustaría poder ir a vivir por aquellos lugares, para tener una nueva experiencia de vida porque no?. Así como yo tengo que saber el Portugués para MORAR NO BRASIL, VOCES deben aprender algo de Español para vivir en la Argentina rsrsr. Yo les enseño a ustedes y ustedes a mi. Saudacoes irmaos brasileiros. Parabéns! Ina de Oliveira.

Resposta
Ina de Oliveira Julho 25, 2015 at 4:46 am

Hola Rodrigo,
Gracias por dejar tu comentario. Mendoza es realmente una muy bonita ciudad como tantas otras de Argentina. Es la verdad. Espero que realices tu sueño de vivir cerca de las playas del nordeste que es un lugar verdaderamente hermoso y de gente espectacular. Abs

Resposta
Lais Agosto 20, 2015 at 6:14 pm

Olá!
Estou no 3 ano do curso de Letras Português e Espanhol, e penso em ir viver na Argentina depois que me formar. O emprego nessa area aí como é? Desde já agradecida.

Resposta
Roberta Agosto 29, 2015 at 10:07 pm

Adorei seu texto e me identifico muito com tudo que você falou. Conheci Buenos Aires em 2011 e fiquei encantada. Desde então, passei a alimentar o desejo de morar nesse lugar lindo! Estou cursando Design de Interiores e penso em tentar me aventurar para as bandas argentinas em 2017. Será que esta minha área de atuação é muito complicada de conseguir emprego? Desde já agradeço sua atenção e a parabenizo por partilhar suas experiências conosco! Abraços e sucesso sempre!

Resposta
Viviane Ribeiro Agosto 31, 2015 at 11:03 am

Oi bom dia !!! Estou pensando em morar em Buenos Aires,trabalho com estética, unhas,cabelo etc,como está nessa área ai Ina???

Resposta
Ina de Oliveira Setembro 30, 2015 at 12:24 am

Oi Vivianny,
Aqui tem muitos saloes, mas as brasileiras sentem falta de manicures e esteticistas brasileiras, pois o trabalho daqui é realmente bastante diferente do que temos no Brasil.

Resposta
Bruno Oliveira Setembro 29, 2015 at 6:23 pm

Excelente texto, parabéns! Fui a BA no final do ano passado e revivi muitas coisas ao ler o seu artigo. Sem dúvidas, nem todos combinam com o local de origem, no meu caso, que é parecido com o seu, percebo que a vida exige mudanças constantes e em BA podemos senti-las a cada estação do ano.

Resposta
Karla Setembro 30, 2015 at 1:57 pm

Amei seu texto, realmente é tudo penso a respeito de Buenos Aires , sempre que posso vou BSAS! Si, tengo muchas ganas viver allá.

Resposta
Natália Correia Novembro 1, 2015 at 2:29 am

Pretendo ir no próximo ano morar na Argentina, então necessito esclarecer uma dúvida; tenho q ter o visto de permanência para realizar os trâmites de retirada do DNI definitio? Ou para eu retirar o DNI definitivo não necessito de visto e faço essa operação já estando na Argentina? Sabendo que só terei a permanência apenas dos 90dias. Tem um passo a passo? Tipo:
Primeiro o visto q solicita aqui no Brasil e já na Argentina da entrada no DNI? Ou não preciso de visto e só entro com o pedido do DNI? Ah, ainda não tenho passaporte, sempre q vou, apresento o RG. Pode me orientar?
Obrigada!

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 1, 2015 at 4:16 am

Olá,
Ao chegar aqui você terá um visto de turista válido por 90 dias. Assim que chegar vá à delegacia de policia mais próxima e peça o atestado de residencia, terá que dar o endereço do local onde estará morando. no dia seguinte ao recebê-lo já poderá solicitar seu Antecedentes criminais na polícia federal da Argentina, e passado uns dias qdo for buscá-lo poderá entrar na web da Migraciones e com o número do documento agendar a entrevista. Que pode demorar um mês. Nela, após pagar a taxa, vc obterá a residência precária que será válida até que receba o dni no endereço fornecido no atestado de residência. O processo é por etapas, mas bastante simples.

Resposta
Felipe Leme Novembro 6, 2015 at 9:39 pm

Olá Ina, tudo bem?

Adorei seu texto e achei ele totalmente realista comparado com aqueles que ando lendo pela internet
cuja finalidade é te levar ao agenciamento.
Eu sou apaixonado pela Argentina e tenho alguns amigos que já partiram e não desejam voltar… rsrsrs
Estou pensando seriamente em deixar o Brasil e queria começar pela Argentina, alias me identifiquei totalmente com o começo do texto “Acontece que cada pessoa tem sua personalidade e não necessariamente ela combina 100% com o local onde nasceu.” e é exatamente isso que está me levando a “cambiar”… hahaha
Por favor se caso puder tirar algumas dúvidas minhas,afinal nenhuma dica é demais, por favor entra em contato comigo pelo email.
Obrigado por compartilhar suas experiencias com todos.

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 8, 2015 at 7:05 pm

Oi Felipe,
Obrigada por escrever e que bom que gostou do meu texto.
Bem, eu nunca sou a favor quando alguém escreve dizendo que está querendo deixar o Brasil. Que tal simplesmente pensar que está querendo ter a experiência de morar num outro país por um tempo? Isso evitará muitas decepções e desilusões futuras. Terei prazer em tirar dúvidas, sem problema algum, mas primeiro indico que leia meus posts posteriores a esse, pois eles foram escritos justamente para ir respondendo as diversas dúvidas que recebi depois deste post.
Sorte e espero por qualquer pergunta que não tenha sido respondida neles.

Resposta
Natalia Romera Novembro 6, 2015 at 10:57 pm

Olá!!
Já passei por diversos sites sobre o mesmo assunto: se mudar para outro país. A resposta que encontro é sempre a mesma: O Brasil é bom e qualquer outro país é ruim. O mais interessante e inusitado em tudo isso é que, as pessoas que geralmente falam isso, não moram no Brasil e dizem que o Brasil é mil maravilhas. Discordo! Se o Brasil é tão melhor que a Argentina no caso, porque a pessoa pelo qual escreve mora fora do Brasil? É sempre assim!! Criticam o outra pátria e o Brasil continua no topo como o melhor. Viver no país com suas riquezas naturais é coisa do passado. Aqui nem água temos mais! Pedras preciosas à flor da pele já foram exploradas, ou seja, já tem suas mafias que dominam os garimpos. Nossa pátria sempre será nosso berço, sem dúvida alguma! Mas procurar um lugar em que possamos viver um presente-futuro com menos corrupção, diferenças sociais, econômicas, trabalhista ou qualquer que seja o motivo, sempre será o melhor. Essa ladainha de que o Brasil é o melhor lugar pra se viver, quando a pessoa já não mais mora no lugar em que se refere, é conversa pra boi dormir. Não sou patriota, hoje em 2015, não tenho orgulho de ser brasileira, estão detonando o país, acabando com os empregos e ainda assim tenho que ouvir isso, que aqui é melhor! Ahhh faz me rir.
Sem mais.

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 8, 2015 at 6:59 pm

Olá Natália,
Respondendo ao seu comentário, primeiro acredito que você não leu o meu post, já que nada do que você escreveu está escrito nele. Segundo, não conheço ninguém que mora fora do Brasil e que escreve a respeito, com responsabilidade, que tenha escrito que “qualquer outro país é ruim”. Todos têm o cuidado de mostrar as diferenças e deixam claro que deve ser uma decisão muito bem pensada, pois o que percebemos é que muitos brasileiros acham que morar em outro país vai resolver todos os problemas e na verdade apenas estarão trocando os problemas de um lugar (pois não existe lugar perfeito) que já conhecem por outros numa cultura diferente e na qual sempre será visto como imigrante. Nunca será realmente parte dela pelos que lá vivem. É preciso ter cuidado com essa veia pessimista e prestar atenção no que realmente é dito. E outra coisa, NO MEU CASO, muito especificamente não vim morar em outro país porque ser melhor ou pior que o meu. Simplesmente eu queria um pouco de aventura e experiência num lugar para melhorar um idioma que passei anos estudando. Informação que você teria encontrado se realmente tivesse lido o que eu escrevi.

Resposta
MARILZA BASSANI ALVES Novembro 13, 2015 at 4:28 pm

tenho um filho que esta pretendendo ir estudar medicina ai, na UBÁ, você pode informar-me quanto fica em media para viver ai, levando uma vida simples.

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 15, 2015 at 6:33 pm

Oi,
Dê uma lida neste post: http://www.brasileiraspelomundo.com/argentina-crise-parte-5-custo-de-vida-411015673, com certeza ele vai responder muitas das suas perguntas.

Resposta
Grasiela Martins Vicentini Novembro 13, 2015 at 9:28 pm

oi Ina, tudo bem ? Eu também sou colaboradora aqui do Brasileiras pelo mundo ! Eu amo Buenos Aires e estive aí 3 x e te falo que sempre tenho vontade de voltar. Falem bem ou falem mal daí, eu sou encantada por essa cidade.
Saudades de caminhar por Puerto Madero, Recoleta, San Telmo, Galerias Pacifico, calle Florida, admirar os belos predios antigos e praças. Se eu pudesse eu moraria aí…meu marido que não me ouça rs !!! E agora morando em Toronto, mais difícil fica eu voltar a passear por aí, pois o tempo de férias é sempre curto e vamos ver a família no Brasil.
Parabéns pelo texto, beijo
Grasiela

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 15, 2015 at 6:26 pm

Oi Grasiela,
Esse é o problema quando moramos fora, como temos que aproveitar as férias para visitar a família falta tempo para ir a outros lugares. Mas quando puder aparecer, avise. 🙂

Resposta
Natalia Tribeck Novembro 19, 2015 at 12:57 pm

Ola Ina tudo bem, adorei seu texto,
bom pretendo estudar medicina na UBA mas levo comigo meus filhos… O que eu gostaria de saber é o seguinte:
No caso da minha filha que tem nove anos eu consigo matricula-la em uma escola sem muitas burocracias, pois ouvi dizer que é bem difícil tipo quase impossível, que provavelmente ela teria que refazer desde o primeiro ano??

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 28, 2015 at 5:42 pm

Oi Natalia,
Tudo bem? Eu nao saberia responder sobre a questao da escola para os seus filhos. O ideal é você enviar um email ao Consulado do Brasil na Argentina para que eles informem tudo melhor.

Resposta
carolina Novembro 20, 2015 at 12:57 am

Oi,,querida! E a parte buracratica da documentação, licença permanente. …. levar o próprio automóvel etc.
abs
Carolina

Resposta
Ina de Oliveira Novembro 28, 2015 at 5:41 pm

Oi Carolina,
Para todas essas infos o melhor é entrar no site de Migraciones: http://www.migraciones.gov.ar/accesible/indexN.php

Resposta
João Carlos Novembro 23, 2015 at 1:30 am

Olá Ina!
Você expressou exatamente o que sinto e penso sobre Buenos Aires. Parabéns pelo texto e obrigado por compartilhar sua experiência.
Em fevereiro estarei mais uma vez nessa cidade encantadora!
Um abraço!

João Carlos

Resposta
João Pedro Vieira Janeiro 20, 2016 at 7:11 pm

oi Ina!
Gostaria de saber sobre a profissão de Jornalista na Argentina e se o curso de jornalismo aqui no Brasil serve para a Argentina também ! Forte abraço , tenho planos de morar na argentina assim que acabar a faculdade . Já conheço cordoba , san luis e um pouco de BA

Resposta
Ina de Oliveira Janeiro 21, 2016 at 9:51 pm

Oi João,
Ser jornalista aqui é como em qualquer país: se não tiver os contatos certos nada acontece. Tem que abrir o caminho a paetir daí se quiser trabalhar na área em outro país. Slds.

Resposta
Marcia Chia Março 8, 2016 at 1:04 am

Ola Ina,

Muito bom o seu texto! Voce poderia dar informacoes de como e o sistema de saude na Argentina? Quais sao as chances de sobrevivencia (emprego, amizades) para alguem com espanhol basico? Obrigada desde ja pela atencao!

Resposta
Ina de Oliveira Março 11, 2016 at 2:51 pm

Oi Marcia,
Que bom que gostou do texto. Sugiro que leia os outros post pois vai encontrar respostas às suas dúvidas. 🙂

Resposta
Estela Quaresma Março 25, 2016 at 12:10 am

Olá gostaria de saber sobre aluguel de apartamentos e universidades gratuitas. Um apartamento pequeno custa em torno de quanto o aluguel? As universidades daí são realmente boas? Procedi a história de medicina não precisar de vestibular?

Resposta
Ina de Oliveira Março 28, 2016 at 8:36 pm

Oi Estela,
Aconselho a ler outros post que escrevi aqui sobre o custo de vida, de moradia e quanto aos valores, basta multiplicar por dois.

Resposta
Jurema Março 28, 2016 at 3:49 pm

Olá Ina

excelente matéria, passa uma positividade contagiante

estou para me aposentar e quero muito aprender espanhol, tem alguma outra forma de moradia, além dos hotéis ou albergues, tipo pensionatos, algo mais acessível pois vou ter que sobreviver com o dinheiro da aposentadoria daqui do Brasil

obrigada

Resposta
Ina de Oliveira Março 28, 2016 at 8:34 pm

Oi Jurema,
Que bom que gostou. Aconselho a ler outros posts que escrevi aqui que falam sobre custos de vida e etc.

Resposta
Maria Aparecida Vieira Souto Abril 1, 2016 at 3:49 pm

Ina, adorei teus comentários. Gosto muito do ambiente de Buenos Aires. Vou aproveitar as tuas dicas e agora te acompanharei. Abs

Resposta
daniel Abril 16, 2016 at 4:19 pm

Muito bom ler td isto. Valeu

Resposta
Marco Antonio Maio 20, 2016 at 7:51 pm

Olá. Boa tarde. Viajei para a Argentina no ano passo e voltei tão encantado com o estilo de vida argentino, este mesmo que você citou nos dez tópicos que estou realmente tentado a viver definitivamente na cidade. A verdade é que não sei por onde começar, leio tantas coisas na internet, comentários bons e outros ruins, entretanto gostaria de saber se você pode clarear alguns pontos. Trabalho, o mais importante, claro. Sites, agências, não sei. Moradia. Ainda estou perdido, afinal a internet é uma loucura. Agradeço desde já sua possível ajuda. Aguardo alguma luz. Obrigado.

Resposta
Ina de Oliveira Maio 23, 2016 at 2:32 pm

Oi Marco Antonio,
Aconselho a dar uma lida nos demais post aqui no blog que tratam justamente destes temas como moradia, custo de vida e etc. Vai ajudá-lo a conhecer mais com certeza.

Resposta
MURILO Janeiro 5, 2017 at 3:59 pm

Olá, preciso de alguém que possa me enviar um livro da Argentina. Eu remunero o trabalho. Se alguém puder fazê-lo, por favor me contem em [email protected]
Murilo

Resposta
raquel Março 1, 2017 at 5:13 pm

Olá, gostaria se possível algumas informações sobre trabalho na área de estética para brasileiras em buenos aires, tenho faculdade de estética e meu namorado pretende ir mês que vem para buenos aires ingressar no curso de medicina, eu pretendo ir com ele e trabalhar na minha área. As brasileiras tem oportunidade boas de emprego nessa área? como são os salários? é fácil arrumar emprego nesta área? as argentinas gostam do trabalho das brasileiras quando o assunto é estética? Se puder esclarecer algumas dúvidas ficaria muito agradecida! Um beijo!

Resposta
Ina de Oliveira Março 1, 2017 at 5:24 pm

Oi Raquel,
O que percebo é que as brasileiras que trabalham com estética ficam muito restritas a comunidade de brasileiras. Nao conheço nenhuma argentina, nem amigas nem minhas alunas, que faça qualquer serviço de estética com brasileiras e ainda nao vi nenhuma em algum salao daqui. Provavelmente pelo fato de virem para cá sem falar o idioma e ninguém quer ficar fazendo mímica na hora de fazer qualquer serviço estético.
O que é vi começar no ano passado foram algumas mulheres que se reuniam em um dos apartamentos de uma delas e fazem como “um dia de beleza” e avisavam as clientes para que fossem e aí passam o dia com cabelo, manicure, etc. Algo como um mutirao. Mas as clientes sao brasileiras. No mais sao pessoas que trabalham de forma independente e como um extra.

Resposta
raquel Março 2, 2017 at 2:12 pm

Você acha apenas pelo fato de elas não falarem espanhol? ou por haver algum outro motivo? A procura por estética é como no brasil? ou a cultura muda muito? obrigada pela ajuda!

Resposta
Ina de Oliveira Março 2, 2017 at 9:36 pm

O fator de nao falar o idioma contribui muito, muitos termos diferentes e até técnicos. As argentinas sao desconfiadas por natureza e fazer um serviço com alguém – ainda mais de estética – onde a comunicaçao nao será 100%, acho que as chances sao zero. Por outro lado tem o fato também de ser imigrante. O que vejo em muitas estéticas daqui sao funcionários argentinos e alguns colombianos que estudam estética aqui. Sinceramente, em sete anos morando aqui, nunca vi uma brasileira trabalhando num salao e nem nos spas onde a populaçao argentina é atendida. Elas ficam restritas à comunidade brasileira, (no momento está cheio de brasileiras oferecendo serviços de estéticas e manicure e cabelo nas comunidades de brasileiros) da mesma forma que os caribenhos somente frequentam os saloes de dominicanos. Tem muitas áreas aqui que nao existem misturas de nacionalidades. Pode ler mais sobre isso aqui no blog, neste texto: http://www.brasileiraspelomundo.com/argentina-os-imigrantes-aceitaveis-301421860

Resposta
Mirella Março 20, 2017 at 5:11 am

Olá Ina!
Amei o seu post, estou pensando em estudar fora do Brasil por não haver muitas oportunidades satisfatórias na área da educação por conta do salário e desvalorização do profissional, enfim, gostaria muito de seguir carreira de professora. Você saberia me informar se esta área é boa na Argentina, no caso pretendo fazer licenciatura em letras ou ciências sociais, e para pesquisa há bom investimento? Para estudar em uma universidade pública é difícil conseguir vaga por ser estrangeira ou somente depende de um “vestibular”?
Aguardarei seu feedback.

Resposta
Ina de Oliveira Março 20, 2017 at 3:22 pm

Oi Mirella,
A carreira de professor é a mesma em todos os países. Nada de muito novo, mas se quiser seguir carreira precisa ter o espanhol fluente.
No quesito pesquisas, o Brasil ganha de longe. Para estudar numa universidade pública terá que fazer o CBU, que é um curso de 2 anos, onde deverá estudar e manter todas as notas acima da média para ter a vaga garantida. Somente depois de terminado o CBU é que poderá ingressar na universidade pública. Mas já aviso que por ser todo o curso em espanhol, muita leitura e provas escritas e orais, a maioria dos brasileiros que chegam aqui acabam desistindo e entrando numa faculdade privada.

Resposta
Kitty~ Abril 14, 2017 at 11:02 pm

Sobre a 10~
É estranho porque até mesmo os brasileiros tem um estereótipo do Brasil quente… Eu cresci em uma cidade onde o ano todo praticamente faz frio (tem até neve no inverno) e somente em dezembro e janeiro chega a 22,3 ºC. No geral, é um bom texto! Fui a Buenos Aires e só a Casa Rosada a noite já seria um motivo e tanto para eu morar ai ^-^ É uma cidade muito linda, digna do título “Paris da América do Sul” <3

Resposta
Ina de Oliveira Abril 25, 2017 at 1:29 am

Oi Kitty,
Nao é uma questao de estereótipo neste caso, pois o Brasil é um país tropical e sim tem temperaturas quentes, a exceçao é realmente o sul do país por estar mais ao sul do hemisfério. Excetuando o sul todos os demais estados sao bastante quentes, posso excetuar um pouco SP também por causa da proximidade com o Paraná e cidades que estao na parte mais alta que sao frescas, já que o Brasil tem bastante planalto. E quanto a BsAs é realmente uma cidade muito bonita, mas atualmente já nao seria a Paris da A.Sul, está muito suja e abandonada, mas esperamos que um dia volte a ser. 🙂

Resposta
Genaildo Agosto 22, 2017 at 10:48 pm

sou comerciante e estou pensando em ir morar ai e cursar faculdade de medicina quais são os comercios deveria colocar alguém pode me ajudar?

Resposta
Elaine Souza Março 20, 2018 at 1:24 am

Alguma brasileira que viver em Córdoba Argentina?

Resposta
Liliane Oliveira Março 20, 2018 at 1:42 pm

Olá Elaine,
A Ina de Oliveira parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Argentina que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação