As 7 Maravilhas Naturais do Oregon

0
104
Foto: Crater Lake (fonte: acervo pessoal)
Advertisement

As 7 Maravilhas Naturais do Oregon.

Oregon é o estado americano que abriga a cidade de Portland. Mas existem outras atrações por aqui além da famosa Portlandia. Por exemplo, no Oregon existem 7 Maravilhas Naturais. Eu orgulhosamente posso dizer que já visitei seis lugares dessa lista e vou compartilhar informações básicas e curiosidades destes locais.  

Começando pelo local mais próximo de Portland, se encontra o Desfiladeiro do Rio Columbia (Columbia River Gorge). O Rio Columbia separa os estados de Oregon e Washington e possui um cenário de tirar o fôlego. A cachoeira Multnomah Falls com quase 190 metros de altura faz parte desta Maravilha. Ela é a maior no estado do Oregon. Na  estrada histórica, que beira o desfiladeiro, é possível conhecer mais sobre a cultura dos indígenas norte-americanos e sobre os exploradores Lewis and Clark. Estes foram responsáveis por umas das primeiras expedições ao lado oeste dos EUA. Assim, descobriram sobre os recursos naturais na parte mais inexplorada do país no século XIX.

Leia também: As belezas do Colorado

Outro ponto turístico do Desfiladeiro do Rio Columbia é a Vista House. Neste mirante, é possível ter uma vista panorâmica do Rio Columbia, das florestas e das montanhas ao redor. Ano passado, ocorreu um grande incêndio florestal nas margens do Rio Columbia. Isto bloqueou o acesso a muitas trilhas, devido ao risco de deslizamento de terra. O incêndio foi provocado por adolescentes com bombinhas durante o verão, período de secas no estado. O dano causado pelo incêndio vai levar dezenas de anos de reflorestamento para recuperar a vegetação natural. Portanto, lembre-se que quando for fazer trilhas, não deixe vestígios de atividades humanas como lixo e fogueiras acessas.

A segunda maravilha, que fica pertinho do Rio Columbia é o Monte Hood (Mt. Hood). Esta é uma montanha nevada com muitos resorts de esqui, lagos, e que atrai aqueles que curtem esportes radicais. A cidade de Hood River fica aos pés da montanha. Esta cidade tem um Circuito das Frutas (Fruit Loop). Um mapa indica onde as pessoas podem adquirir produtos agropecuários fresquinhos. O passeio pelo Circuito das Frutas inclui visita à vinícolas, fazendas de girassóis e lavandas, pomares, e até uma fazenda de lhamas. 

A terceira maravilha é a costa do Oregon (Oregon Coast). São dezenas de cidades no litoral que contam com praias com belas rochas, florestas, e trilhas. Também existem diversos faróis e pontes que servem de cartão postal. Eu já visitei várias cidades e sempre me encanto. As minhas preferidas são Canon Beach, Newport, Rockaway Beach, Cape Perpertua e Yachats. O único problema é que a água é muito gelada. Mas mesmo assim existem surfistas corajosos que colocam a proteção de neoprene encaram as águas congelantes. O que eu mais gosto de fazer quando vou para costa é fazer um som na areia e curtir o phttps://www.brasileiraspelomundo.com/visto-para-morar-nos-estados-unidos-591175858 por-do-sol. No Oceano Pacífico o sol sempre se põe dentro do mar. 

Foto: Canon Beach na costa do Oregon (fonte: acervo pessoal)

A quarta maravilha é o Crater Lake, que é um grande lago originado após uma forte erupção que destruiu a cratera do antigo vulcão. Fortes chuvas preencheram a cratera com água, criando assim o lago com quase 600 metros de profundidade. O mais profundo dos EUA. A melhor época de visita é durante o verão americano, dos meses de Junho até Setembro. Há uma trilha que leva até o lago, podendo nadar e fazer mergulho. Também há um grande centro de visitantes, com vídeos que mostram sobre a formação geológica deste lago.

Leia também: Visto para morar nos EUA

A quinta maravilha é o Smith Rock, um parque ótimo para alpinistas, com rotas de escaladas para atletas de todos os níveis. Este parque fica no meio deserto. Eu recomendaria visitar na primavera ou no outono americano. Eu fui em março, no final do inverno e a temperatura estava bem agradável para encarar a trilha que fizemos. A sexta maravilha são as montanhas pintadas (Painted Hills). Elas são formadas por um solo argiloso com coloração variada, que produz belos padrões que não cansam a nossa vista. É proibido subir nessas montanhas e tocar o solo, mas a há trilhas que passam por entre as montanhas.

Foto: Smith Rock Park (fonte: acervo pessoal)

Smith Rock e Painted Hills ficam bem próximos e eu visitei os dois na mesma viagem. Outro lugar belíssimo e pouco comentado nas listas de viagens é o Blue Basin. Esta cadeia de montanhas também fica perto destas outras maravilhas e vale muito a pena visitar. As montanhas tem uma coloração azul, verde e amarela e parece um cenário extraterrestre. 

E para se hospedar ao visitar o Smith Rock, Painted Hills e Blue Basin, recomendo ficar em Bend. É a cidade com melhor infraestrutura na região. Além disso, tem um famoso resort de esqui, o Mount Bachelor, cavernas, trilhas, florestas, além de bons hotéis e cervejarias.

A sétima e última maravilha é o Wallowas, na parte leste do Oregon e bem distante de Portland. Este local eu ainda não visitei, mas ouvi bons relatos dos meus amigos que visitaram. Trata-se de uma cadeias de montanhas com um belo lago, proporcionando mais uma paisagem surreal. Dá pra chegar ao topo do Monte Howard, a principal montanha, andando pela trilha, ou de cavalo, ou de teleférico! 

Agora é só escolher uma das maravilhas do Oregon para conhecer. Mas lembre-se que aqui o clima é geralmente temperado. Portanto, durante os meses de novembro até fevereiro é melhor evitar alguns passeios. Algumas estradas e atrações ficam fechadas nesse período (como o teleférico do Wallowas). Por outro lado, pra quem busca esportes de inverno como montanhismo, esqui e snowboard, tem que colocar um bom casaco e encarar o frio.

Leia também: Lugares escondidos nos EUA – Parte 1

Em locais com neve, é obrigatório o uso de correntes nos pneus para evitar acidentes. E sempre é bom buscar mais informações sobre área apropriadas para acampamento e hospedagem. Na viagem que fiz para o Smith Rock, Painted Hills e Blue Basin quase ficamos sem gasolina. O centro e a parte leste do estado é mais isolada e não tem muitos postos de gasolina. Nos resorts de esqui, vale a pena pagar por uma aula inicial. Assim, é possível esquiar corretamente e se divertir na montanha. Segurança em primeiro lugar para aproveitar todos esse passeios com um sorriso no rosto do início ao fim da aventura.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.