BrasileirasPeloMundo.com
Espanha

As gírias mais usadas na Espanha

As gírias mais usadas na Espanha.

Quando você planeja uma viagem para trabalhar ou estudar em outro país, uma das principais preocupações é o idioma. Há pessoas que se preparam com cursinhos; outras, quando já tem uma base, por descendências ou demais influências.

No meu caso, por exemplo, sou de uma cidade que faz fronteira seca com o Paraguai: meus avós eram paraguaios, minha família tem negócios no país vizinho, ou seja, sempre estive muito próxima do castelhano.

Quando resolvi vir para Espanha pensei: entendo tudo, me comunico bem, vai ser fichinha! Ledo engano.

Primeiro, porque o castelhano falado aqui na Espanha tem muita coisa diferente do falado na América do Sul; segundo, porque eles costumam falar muito rápido e cortar algumas palavras e terceiro, pela quantidade de gírias que existem.

Não é que você não saiba falar, mas é inevitável, alguma palavras possuem vários significados. São gírias e expressões desconhecidas e você fica sem entender direito as coisas.

Melhorando seu espanhol com as gírias

Aqui as gírias são conhecidas como “jergas” e são usadas com frequência, não só pelos jovens, mas por todas as faixa etárias.

Não precisa ficar muito tempo em Madri para começar as escutar algumas palavras e expressões espanholas, e algumas delas você só vai encontrar na capital espanhola. Essas gírias usadas na Espanha são bem características e para muitas, fica difícil até encontrar uma tradução exata. Algumas delas mudam segundo a região do país. Até porque aqui existem zonas que possuem seu próprio dialeto, o que acaba ampliando ainda mais esse vocabulário.

Esteja onde estiver, com amigos, em bares, na universidade, ou no trabalho, ao escutar pela primeira vez essas palavras e expressões típicas dos espanhóis, fica difícil entender o significado logo de cara. Quando cheguei aqui, muitas vezes eu ficava em dúvida se o sentido era positivo ou negativo, ou em que ocasião eu poderia usar esses termos.

Mas depois de passado um tempo e escutando diariamente o espanhol e todo seu coloquialismo, você acaba aprendendo e já consegue saber como e para que eles usam cada uma dessas palavras e expressões, e passa até a incorporar nas próprias conversações.

Algumas gírias e expressões espanholas são tão fortes que até mesmo as grandes marcas já utilizaram em suas campanhas.

Resolvi trazer para vocês uma lista das gírias que eu considero mais frequentes, e espero que os ajude para quando resolverem dar um passeio ou até mesmo morar aqui na Espanha.

Leia também: custo de vida em Barcelona

As gírias mais usadas na Espanha

Mono: Mono é macaco, mas também significa fofo. É usado principalmente para coisas relacionadas a crianças ou quando alguém faz algo meigo, romântico. Também pode ser usado como substantivo, passando a ser “monada”.

Guay: legal.

Chulo: legal, principalmente para descrever roupas, lugares ou um penteado novo. Quando se refere a uma pessoa, significa que aquela pessoa se acha.

Pasada: legal, interessante, normalmente usado para algo que surpreende.

Currar/curro: trabalhar/trabalho. Há várias conjugações do verbo.

Chaval: um menino, moleque, cara jovem, criança.

Flipar: é mais ou menos surpreender, podendo ser usado tanto no sentido positivo ou negativo. Você pode dizer que está flipando com alguma coisa ou que determinada coisa flipa (nesse caso, o sentido é: me faz flipar, me surpreende).

Pesado: Ser chato no sentido de insistir com alguma coisa.

Mola: algo muito legal.

Cojonudo: você vai escutar isso para definir algo realmente muito legal.

Curro: usado como sinônimo de trabalho, é normal escutar as conjugações do verbo “currar”.

Gilipollas: usado para falar que alguém é tonto, bobo ou idiota.

Ligar: paquerar.

Pillar: se usa a expressão “te he pillado” como: te peguei, para quando pega alguém no flagra ou “luego te pillo” como: logo te alcanço.

Mazo: muito.

Chungo: ruim, perigoso, difícil.

Coñazo: algo muito chato, entediante.

Pirarse: ir embora. Exemplo: “me piro”.

Pringado: uma pessoa tonta.

Tía/o: aqui não precisa ter sobrinho para ser “tía” ou “tío”, eles se referem a qualquer pessoas dessa maneira, como cara, por exemplo.

Outra curiosidade sobre o modo de falar do pessoal daqui é que eles costumam cortam palavras. Como por exemplo: “No te queda na” (nada); Porfa (Por favor); Pringao (Prigado)…

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Dicas de ouro

Bom, acredito que a melhor maneira de se adaptar a um novo idioma é meter a cara, se esforçar para aprender. Não pare de tentar mergulhar em um novo idioma apenas porque você tem medo de estar errado. Os erros são parte da educação e podem até ser úteis para quebrar o gelo com os outros.

Recomendo a leitura desse outro post do blog que Tati Sato listou as expressões que considera mais faladas na Espanha, é La Leche!

Se você tiver alguma dúvida, o site da Real Academia Espanhola tem não só a seção dicionário, mas também o dicionário de dúvidas. Fácil de usar e o melhor, é gratuito.

E ai, você já escutou alguma dessas expressões espanholas? Tem alguma que você já adotou? Conhece alguma que não está nessa lista? Conta pra gente!

Related posts

Entrevista com a chef Juliana Aguiar

Juliana Bezerra

Exposição pelas ruas de Madri “As Meninas” de Velásquez

Erika Menezes

Dicas de filmes espanhóis

Daiane Antunes

6 comentários

Yza Dezembro 11, 2017 at 8:20 pm

Olá Diana.
Sou brasileira com nacionalidade portuguesa casada com cidadão português e residindo em Lisboa há 13 anos. Sou percussionista free-lancer profissional com toda documentação legal na área da música para além de professora primaria(com reconhecimento também em Portugal) mas só dou aulas de música nas atividades extra curriculares, quando tem vaga. Meu marido trabalha há 12 anos numa multinacional de cargas e pretende pedir demissão daqui um ano pois queremos mudar de vez para Espanha e gostava de saber de si quais sãos os trâmites que devemos fazer, pois queremos ter a mesma segurança que temos em Portugal (conta em banco, segurança social etc) Necessito também de orientação para o meu caso de free-lancer pois ele na área dele arruma emprego fácil com contrato e minha filha também maior é legalizada em Portugal já até trabalha para uma marca de beleza espanhola com sede em Itália e contrato. Pode me orientar por favor sobre onde devemos ir, com que documentos etc…..
Um forte abraço que Deus a ilumine,
Yza

Resposta
Daiane Antunes Janeiro 7, 2018 at 3:39 pm

Olá Yza.
Bom, será um pouco difícil te ajudar nesse assunto porque meu caso foi diferente. Eu vim diretamente do Brasil e com visto de estudante, por isso não saberia te orientar da maneira correta.
Deixo aqui alguns links de textos do blog que acredito que poderão te guiar:

http://www.brasileiraspelomundo.com/nacionalidade-espanhola-e-os-documentos-oficiais-para-morar-no-pais-420978309
http://www.brasileiraspelomundo.com/como-morar-legalmente-na-espanha-2-171517983
http://www.brasileiraspelomundo.com/previdencia-social-na-espanha-221943434
http://www.brasileiraspelomundo.com/como-abrir-conta-bancaria-na-espanha-011171009

Dentre as colunistas daqui da Espanha tem a Susana Sawa Toledo que é advogada licenciada tanto no Brasil como aqui na Espanha (eu estou em processo de convalidação de título, não advogo aqui ainda) ela poderá te ajudar melhor.
Boa sorte com todo esse processo.
Um abraço.

Resposta
Tatiana Dezembro 27, 2017 at 10:05 am

Hóstia… Algumas sim é outras nunca tinha escutado. Não sei se por que vou mais para região da Galícia. É como você falou vai mudando.

Resposta
Daiane Antunes Janeiro 7, 2018 at 12:02 pm

Olá Tatiana!
Bem lembrado, “hóstia” se usa muito aqui em Madri também.
Exatamente, acredito que existam aquelas que são usadas somente em determinada região.
Obrigada pela leitura. Até mais.

Resposta
Julia Maio 1, 2018 at 12:19 am

Coño que equivale ao pelotudo na Argentina hahaha

Resposta
Katmandu Fevereiro 12, 2019 at 8:20 pm

Mujer, eso no es una jerga, es una malsonante! 🙂

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação