BrasileirasPeloMundo.com
Comemorações Pelo Mundo Espanha

Festa de San Isidro na Espanha

Festa de San Isidro na Espanha.

Enfim, maio! E com ele chega a época mais animada e acolhedora da capital espanhola.
Nesse mês, Madri celebra as festividades de San Isidro Labrador, padroeiro da cidade e dos agricultores.

Os locais celebram o seu patrono oferecendo o melhor de Madri e exibindo a sua principal marca: a hospitalidade.

Além dos trajes tradicionais de chulapos e chulapas e as touradas que já são conhecidas, este festival dedicado ao santo padroeiro da capital está ligado a uma série de elementos sem os quais ele não manteria a sua essência.

Diz a lenda que San Isidro Labrador fez brotar uma fonte de água batendo numa pedra com sua vara. Nesse mesmo local, foi construída a capela de San Isidro no bairro de Carabanchel, aonde ainda hoje os fiéis vão em peregrinação para beber a água que sai da fonte, especialmente dia 15 de maio.

Aparentemente, o imperador Carlos V e Filipe II adoeceram com terríveis febres que conseguiram curar depois de ingerir o “líquido milagroso”.

De fato, sob a fonte se lê: “Ó afilhada tão divina como mostra o milagre / pois tira a água de uma rocha, milagrosa e cristalina / o lábio se inclina e bebe da sua doçura / que San Isidro assegura que se com fé beber / e febre trazer retornarás sem febre “.

Esse ano, as festividades serão celebradas entre os dias 11 e 15 de maio, com música, shows e atividades intermináveis ​​para todos os públicos. Um programa completo de cultura e lazer que combina o tradicional e moderno.

Dia 15 de maio é feriado aqui e vai todo mundo para as ruas, alguns vestidos a caráter em homenagem a San Isidro.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Há mais de cem milagres que são atribuídos a ele e seguindo alguns marcos da vida desse santo você pode viajar por uma parte de Madri. Como foi mencionado, na época, San Isidro teve o dom de encontrar facilmente água. Por isso, as celebrações desse feriado de maio giram em torno da relação entre a água e o santo. A peregrinação acontece na Pradaria de San Isidro e nas ruas vizinhas, e é habitual que os chulapos e chulapas bebam a “água do santo” que brota na fonte da Capela de San Isidro.

Diferentes áreas da cidade recebem atividades gratuitas para todos os públicos e para todos os gostos.

Uma das maiores tradições da festa são as apresentações que acontecem na Plaza das Vistillas, com músicas típicas, apresentações e muita gente usando as roupas típicas. Eles aproveitam a ocasião para dançar o chotis, a tradicional dança madrilenha onde o homem gira em torno de uma mulher, sem tirar os olhos dos olhos dela, com três passinhos para trás, três passinhos para a frente.

Fonte: flickr.com

E quando eu digo que muita gente participa das festividades, eu me refiro tanto a crianças como idosos.

Nesse dia, os bares colocam barras do lado de fora e atendem os clientes na rua!

As pessoas aproveitam o bom tempo para tomar muito tinto de verano e comer o bocadillo de calamares.

Eu adoro essa celebração porque é exatamente o momento onde todos os madrileños, sejam os nascidos aqui ou os de coração, demonstram todo seu amor pela cidade.

Tem procissão, música ao vivo nas praças e parques da cidade, desfile de Gigantes e Cabeçudos (como os bonecos gigantes de Olinda) em vários pontos da capital.

Também faz parte da tradição ir ao prado fazer piquenique e desfrutar da noite, como imortalizou a imagem em “O Prado de San Isidro” pintado por Francisco de Goya, em 1788, que pode ser visto no Museo del Prado.

Comer as famosas rosquinhas com limonada no Prado de San Isidro, se o tempo permitir. E se você for pedir uma limonada, saiba que em Madri ela leva vinho, limão, açúcar e frutas picadas (geralmente maçã). Se você for comprar rosquinhas, você pode escolher entre as tontas (com ovo), as listas (com ovo e coberto com açúcar de confeiteiro), as de Santa Clara (com uma camada de merengue branco) e as francesas (com amêndoas).

Quando se fala nas festas de San Isidro, automaticamente fala-se também da Feira de touradas, que leva o mesmo nome.

A “Feria de San Isidro” dura a maior parte do mês de maio e parte de junho e também é parte das festividades do padroeiro. Nesse período, celebra-se a mais importante feira do mundo das touradas, com a qual todos os toureiros sonham. Dia 15 de maio, o dia do santo, é o dia mais importante desta feira. Não gosto e sou contra, mas tenho que dizer que são as touradas mais importantes da temporada, e claro, as mais caras.

Leia Também: Tourada na Espanha

Então, religiosos ou não, aproveitem para conhecer as tradições do camponês que viveu em Madri no século XII e foi levado aos altares. Tem quem diga por aqui que é a festa mais importante de Madri.

Escolha seu evento e boa festa!

Related posts

Verão na Espanha

Tati Sato

Ramadã na Turquia

Ariane Özalp

Galícia, um pedacinho celta no meio da Espanha

Marina Barreira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação