BrasileirasPeloMundo.com
Cinema Pelo Mundo Espanha

Dicas de filmes espanhóis

Dicas de filmes espanhóis.

Cinema é um tema que me atrai muito e dessa vez resolvi falar sobre isso com vocês.

Logo que cheguei na Espanha, fui atrás de indicações de filmes espanhóis para assistir, tanto pelo idioma (ajuda muito a melhorar) quanto pela cultura, costumes, etc.

Descobri que a produção de filmes espanhóis cresce a cada ano. É um dos cinemas mais produtivos da Europa, com cerca de 100 longas por ano, já que a valorização do cinema nacional é algo levado a serio no país. Nas salas de cinema espanholas, pelo menos um a cada três filmes são produções nacionais. No Brasil, temos a opção de escolher assistir aos filmes dublados ou legendados. Na Espanha, raramente são encontradas salas com exibição de legendas.

Essa regra vem de épocas passadas, durante o período do General Franco, em 1941. Naquela época, foi lançada uma lei que exigia a dublagem de todos os filmes estrangeiros para a língua nacional. Era impossível encontrar filmes legendados no país.

Leia também: Escócia – 10 filmes para ver o país

Atualmente, ainda que o governo e a forma de lidar com a cultura estrangeira tenham mudado, as salas dubladas ainda são maioria.

A maior parte da filmografia da Espanha vem do século XX, fazendo referências à Guerra Civil e ao regime franquista. Ao final desse regime, muitos diretores muniram-se de metáforas e alegorias para atacar o Estado contemporâneo e a política espanhola, fazendo com que o cinema Espanhol seja marcante e cheio de obras-primas.

Fiz uma listinha de filmes para quem deseja conhecer um pouco mais da história ou dos costumes espanhóis.

1 – O Espírito da Colméia (El espíritu de la colmena)

Em um povoado castelhano, na década de 40, duas garotas, Ana e Isabel, vão assistir ao filme “Frankenstein” e voltam impressionadas. Logo elas descobrem que um novo “Frankenstein” passará pela região. O filme é uma parábola sobre o terror da ditadura franquista.

2 – Albergue Espanhol (Una casa de locos)

No filme, um estudante vai para Barcelona fazer um intercâmbio europeu graças à concessão de uma bolsa. Em toda a trama é possível ver sua relação com a cidade, pessoas da cidade, outros estudantes, cultura, idioma e muito mais. É um filme que retrata muito bem os estudantes quando vão estudar fora. O filme mostra o ambiente jovial e a vida de Barcelona.

3 – Às Segundas ao Sol (Los lunes al sol)

Diz o trailer que não é um filme baseado em uma história real e, no entanto, na atualidade descreve a realidade anônima e dura de muitas pessoas na Espanha. É um filme sobre pessoas normais, malabaristas do fim do mês, sem rede de proteção nem público. O filme mostra também que na Espanha nem tudo é uma festa. Cheio de diálogos carregados de ironia e crítica, nos dá uma análise dura de um dos problemas mais presentes na sociedade de hoje: o desemprego. Los lunes al sol é sobre a situação daqueles que se levantam todas as manhãs com nada a fazer senão colocar a segunda-feira no sol.

4 – Volver 

Raimunda é uma jovem mãe, trabalhadora e atraente, que tem um marido desempregado e uma filha adolescente. Como a família enfrenta problemas financeiros, Raimunda acumula vários empregos. Sole, sua irmã mais velha, possui um salão de beleza ilegal e vive sozinha desde que o marido a abandonou para fugir com uma de suas clientes. Um dia, Sole liga para Raimunda para lhe contar que Paula, tia delas, havia falecido. Raimunda adorava a tia, mas não pode comparecer ao enterro pois pouco antes do telefonema da irmã encontrou o marido morto na cozinha, com uma faca enterrada no peito. A filha de Raimunda confessa que matou o pai, que estava bêbado e queria abusar sexualmente dela. A partir de então, Raimunda busca meios de salvar a filha, enquanto Sole viaja sozinha até uma aldeia para o funeral da tia. O filme transcorre em um lugar em La Mancha e mostra uma Espanha rural de tradições enquadradas na busca de uma mãe perdida.

5 – Namoro à Espanhola (Ocho apellidos Vascos)

É uma comédia que conta a história de um andaluz que se apaixona por uma garota do País Vasco. A história decola quando ele viaja à cidade da sua amada, e as diferenças culturais entre os dois povos são ironizadas. Para se ter uma ideia, imagine a rivalidade entre Rio e São Paulo elevada a décima potência e adicione o sentimento nacionalista e o idioma exótico do País Vasco, aí você começará a entender a realidade espanhola.

6 – A Língua das Mariposas (La Lengua de las Mariposas)

O mundo do pequeno Moncho estava se transformando: começando na escola, vivia em tempo de fazer amigos e descobrir novas coisas, até o início da Guerra Civil Espanhola, quando ele conhecerá a dura realidade de seu país. Rebeldes fascistas abrem fogo contra o regime republicano e o povo se divide. O pai e o professor do menino são republicanos, mas os rebeldes ganham força, virando a vida do garoto de pernas para o ar.

A Espanha promove anualmente prêmios e festivais de grande importância no âmbito cinematográfico. Desde 1987, por exemplo, a Academia das Artes e Ciências Cinematográficas da Espanha promove o Prêmio Goya, o mais importante do país, concedido aos destaques de cada ano.

Já o Festival de San Sebastian é um dos maiores festivais de cinema internacional do mundo, como uma colunista do blog já contou nesse artigo.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar na Espanha

Essa foi minha dica de filmes espanhóis.

Claro que existem outros filmes legais e até mais interessantes, mas esses são os que eu assisti e posso recomendar.

Qual desses filmes já viram? Acrescentariam mais algum na lista?

Related posts

Transição continental: de Malta à Espanha

Marcela Bueno

Espanha e o efeito Zara

Thais Maciel Gomes

Novidades fiscais na Espanha

Susana Sawa Toledo

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação