BrasileirasPeloMundo.com
EUA

Uma carioca em Maine, nos EUA

Uma carioca em Maine, nos EUA.

Era final de verão no Rio de Janeiro. Praia, sol, feijoada, festa, família, amigos… tudo uma maravilha. Para ficar ainda melhor, que tal comemorar o meu aniversário no lugar mais divertido dos EUA? Como presente a gente não recusa, fui feliz da vida com meu então namorado para a DisneyWorld. Passamos uma semana na Flórida, nos dividindo entre Orlando, Miami e Key West. Quando estávamos pensando na volta para o Rio, eis que a vida nos prepara uma surpresa e o que eu mais temia durante todo o período de relacionamento aconteceu: ir para o Maine.

Maine é um dos 50 estados americanos e fica no EXTREMO nordeste do país, coladinho com o Canadá. Eu já tinha visitado a região, porém durante o outono – e já era frio. Mas foi um finalzinho de inverno que doeu. Maine, que nem estava no roteiro, virou o meu lar por quase um ano!

Fomos para Round Pond, um vilarejo que faz parte da cidade de Bristol. Depois de dois dias, meu namorado teve que viajar a trabalho e eu, pela primeira vez, fiquei totalmente só. Eu, a neve, aquela casa enorme, numa região totalmente isolada e sem poder dirigir. Definitivamente foram os dias mais longos de toda minha vida, mas foram os que mais me ensinaram a ser forte, equilibrada e adaptável.

Depois desse choque, a vida no estado mais branco dos EUA se tornou menos traumatizante. Eu finalmente mudei a minha atitude e a maneira como enxergava aquele lugar. Parei de ficar pensando nas coisas boas que deixei para trás para me colocar totalmente no momento presente e viver a oportunidade que estava bem ali, a minha chance de amadurecer, de lidar com as diferenças e aprender com as frustrações. E descobri que todo lugar tem a sua beleza, independente da estação.

Leia também: Vistos para morar nos EUA

Fonte: acervo pessoal

Tudo depende da nossa perspectiva, do nosso olhar, dos nossos sentimentos. Eu me entreguei totalmente àquele momento e vivi a máxima: a felicidade está definitivamente dentro de nós. Quando sentimos alegria e paz interior, independente do lugar, da companhia e das circunstâncias, a gente pode realmente transformar tudo ao redor. No meu caso, eu não mudei Maine. Foi Maine que me mudou.

Logo a neve começou a derreter, as flores surgiram, os pássaros voltaram e tudo ficou colorido com a chegada da primavera. Nos próximos meses depois dessa descoberta pessoal, muitas, muitas coisas aconteceram. Dirigi, reformei, noivei, construí, casei, viajei e explorei… E como explorei! E olha que legal, agora posso dividir dicas e incentivar o turismo nesse estado que é perfeito para reabastecer as energias e viver em paz.

Leia também: Dicas de turismo nos EUA fora da rota tradicional do turista brasileiro

Acadia National Park: Para quem gosta de acampar, caminhar e se deslumbrar com vistas de tirar o fôlego, Acadia National Park é o lugar. Localizado na ilha de Mount Desert, este parque nacional é recheado de praias rochosas, florestas, montanhas e vida selvagem. Uma das caminhadas quase obrigatória é até o topo do Cadillac Mountain que, inclusive, é um ótimo lugar para observar as estrelas. O Parque fica bem próximo de Bar Harbor que é um excelente point para explorar a animada vida noturna da região.

Fort Williams Park: O parque é imenso, lindo e tem como principal atração o Portland Head Light. Esse farol é o mais antigo, um dos mais importantes do estado e dizem que é o mais fotografado do país. Além de ser um passeio muito interessante pela história, vai render belas memórias.

Muscongus Bay Lobster: Maine é conhecido pelos mais de 50 faróis e principalmente por ser o principal estado produtor de lagosta nos EUA. Eu particularmente nunca comi tanta lagosta na vida! E pra quem quer se lambuzar com essa delícia, o Muscongus Bay Lobster é perfeito. Eles oferecem um cardápio super simples com alta qualidade. São lagostas fresquinhas pescadas diariamente que você pode desfrutar enquanto se perde admirando a vista para o mar. Detalhe: é permitido levar suas próprias bebidas e acompanhamentos. Música ao vivo nos fins de semana.

Coveside Marina & Restaurant: Linda vista, ótima comida, mas o melhor é a animação. Esse é o point onde os locais se encontram pra conversar, dançar, namorar, etc. Música ao vivo, lugar autêntico…diversão certa!

Damariscotta: Cidade pequena, muito charmosa e única pelas lojas, restaurantes e galerias. Bom para fazer passeios de barco, pescar, remar caiaque, etc.

Todas as dicas eu aprendi com locais e principalmente com o meu marido que é de lá. A maioria dos turistas vão para Augusta que é a capital ou Portland que é a cidade mais populosa do estado. Eu morei na região mais afastada e por isso, infelizmente, não tive muita interação com pessoas de outros estados e países. No final, me apaixonei por Maine e por todas as cores e beleza que esse estado tem.

Related posts

O que a TV não conta sobre Nova Iorque

Larissa Rinaldi

O que fazer com mil dólares em Portland nos EUA

Lorena Nascimento

Como não se perder na correria do fim de ano

Thais Amaral Tellawi

2 comentários

Kamila Outubro 23, 2019 at 2:50 am

Caroline, a região de Augusta, Maine, costuma ser atingida por furacões? Pois vi que Portland costuma ter….

Obrigada pelas informações do site!

Resposta
Liliane Oliveira Outubro 23, 2019 at 1:02 pm

Olá Kamila,
A Caroline Rebouças, infelizmente, parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação