Nova Inglaterra e Nova Iorque de carro e barraca

0
106
Advertisement

Nova Inglaterra e Nova Iorque de carro e barraca.

Viajar é sem dúvida uma das minhas maiores paixões, principalmente as viagens longas de carro, aqui chamadas de road trip. Esse tipo de viagem é sempre cheio de aventuras e muita diversão, bem do jeito que a gente gosta.

No último verão, eu e meu marido caímos na estrada da Nova Inglaterra. A Nova Inglaterra, considerada o berço dos EUA, é a região nordeste do país e engloba os estados de Maine, New Hampshire, Vermont, Connecticut e Rhode Island.

Não visitamos Connecticut e Rhode Island e incluímos a queridinha Nova Iorque no roteiro.

Bristol, Maine

Maine é conhecido como Vacationland, o lugar ideal para as férias, justamente por ser recheado de paisagens cênicas, por oferecer excelente gastronomia e aventuras ao ar livre. No meu texto de estreia contei que eu vivi em uma pequena cidade chamada Bristol e foi de onde partimos. Nossa primeira parada foi no Fort Williams Park em Cape Elizabeth. O parque, com uma área total de 36 hectares, foi aberto ao público em 1979 e tem instalações recreativas para praticantes de esportes como tênis, basquete e baseball. Há várias trilhas, ruínas militares e uma praia linda para relaxar e mergulhar apenas no verão, pois a água é muito fria. Depois de uma longa caminhada, aproveitamos o espaço com mesas de piquenique e visitamos o Portland Head Light. O farol é um dos pontos turísticos mais visitados de Maine e até quem não gosta muito dos faróis se rende a tamanha beleza. Aqui, nos deslumbramos com a vista e abastecemos as energias para seguir viagem.

Leia também: Visto para morar nos EUA

Informações:
Fort Williams Park e Portland Head Light
Entrada: Grátis
Estacionamento: Grátis
Museu: $2 adultos, $1 crianças. Crianças até 6 anos, gratuito.

Vermont

Esse é chamado de The Green Mountain State. Faz sentido pois Vermont é o estado mais rural do país, predominado pelas montanhas verdes e florestas. Confesso que só fomos para Vermont porque eu queria muito visitar a fábrica do meu sorvete favorito, o Ben & Jerry’s, em Waterbury. Depois de aprender como tanta delícia é produzida, saímos totalmente da nossa rota, dirigimos mais de 2 horas e fomos parar no Jamaica State Park. Valeu muito a pena! A bela paisagem foi um convite para que ficássemos.
O camping do parque tem estrutura para 41 barracas ou motorhomes. Garantimos nosso espaço, montamos a barraca e fomos explorar. Fizemos as trilhas: West River, Overlook e Hamilton Falls que dá acesso às cachoeiras. O banho foi revigorante!

Ben & Jerry’s Factory

Informações:
Ben & Jerry’s Factory – Visita guiada de 30 minutos com degustação gratuita no final.
Ingressos: $4 adultos. Crianças até 12 anos, gratuito.

Jamaica State Park
Ingressos: $4 adultos, $2 crianças. Crianças de até 3 anos, gratuito.
Acampamento: $20 diária
Banho: $0,50 por 5 minutos

New Hampshire

O Granite State, apesar de pequeno, oferece muita variedade para atividades ao ar livre nos inúmeros lagos, florestas, montanhas e praias.
Nosso objetivo aqui era chegar ao topo do Mount Washington, o ponto mais alto do nordeste americano. Infelizmente não conseguimos por causa das condições climáticas; os ventos além de extremamente fortes – registros indicaram a maior velocidade do vento da Terra – podem causar uma sensação térmica de até -75°C. Segundo o Centro de Visitantes do Parque Monte Washington, apesar da razoável altitude de 1.917 metros, a trilha ao cume da montanha é uma das mais perigosas do mundo. Subir nessas condições pode ser fatal até para os experientes trilheiros, imagina para amadores como nós. Obviamente, desistimos.
Poderíamos ter subido de carro pela Mount Washington Auto Road ou de trem pela histórica ferrovia Mount Washington Cog Railway, porém optamos por percorrer a Kancamagus Highway.
A rota que atravessa a White Mountains National Forest é recheada de trilhas, mirantes, cachoeiras, piscinas naturais e belas paisagens. Pontos imperdíveis: Lower Falls, Sabbaday Falls, Otter Rocks, Lincoln Woods Trail, Pemigewasset Overlook e Lily Pond. As trilhas para o Mount Osceola (14 km) e Mount Moosilauke (12 km) foram as que mais gostamos de fazer e são consideradas de nível moderado a difícil.
Acampamos no Gale River Loop Road que é localizado na Floresta Nacional. O acampamento é gratuito, sem banheiros e sem sinal de telefone. Excelente para se conectar totalmente com a natureza e dormir observando as estrelas ao som do vento. Se você também quiser encontrar acampamentos grátis, acesse.

New Hampshire

Informações:
Mount Washington Auto Road
Ingressos: $35 adultos, $15 crianças. Crianças até 4 anos, gratuito.

Mount Washington Cog Railway
Ingressos: $68 adultos, $39 crianças até 12 anos. Crianças até 3 anos, gratuito.

Gale River Loop Road
Acampamento: grátis

White Mountains National Forest
Estacionamento: $3 por dia

Massachusetts

Chegamos em Boston, a capital. Cidade rica em história, cultura e entretenimento. O lugar onde a Revolução Americana começou, onde foi publicado o primeiro jornal, fundada a primeira biblioteca pública e ali pertinho, na cidade de Cambridge, está Harvard, a mais antiga universidade do país e considerada a melhor do mundo e o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), universidade famosa pelas grandes invenções.
Como chegamos muito tarde, decidimos estacionar no Walmart mais próximo, inflamos nosso colchão de ar e transformamos a parte de trás do carro em uma cama confortável de casal. Foi muito divertido! A experiência de ser acordados pela luz do sol e observar o trabalho dos funcionários foi melhor do que dormir em um hotel de estrada. Usamos os banheiros do enorme supermercado para nossa rotina da manhã e fomos explorar.
Uma observação, não são todas as filiais que permitem que seus clientes passem a noite no estacionamento. A loja em que nós dormimos, por exemplo, não permitia. No entanto não tivemos problema porque estávamos em um carro de passeio e não em um motorhome. Consulte a lista dos estacionamentos em que o pernoite é permitido.

O passeio pelo campus da Harvard e da MIT foi muito interessante. Os prédios são enormes, a arquitetura impressionante e os jardins belíssimos. É tudo muito grandioso. Impossível não associar o lugar a pessoas tão influentes como Barack Obama (Harvard) e Bill Gates (Harvard). Fizemos por conta própria, mas quem quiser saber todos os detalhes sobre a história dos prédios e informações sobre a vida universitária, pode optar pelo tour agendado e guiado pelos próprios estudantes. Não deixe de visitar a loja de cada uma das instituições.
Depois de muitas horas caminhando, fomos provar uma das tradições de Boston: os famosos cannolis da tradicional confeitaria italo-americana Mike Pastry’s. Para amantes de doces como eu, o lugar é imperdível. Há uma loja perto do campus da Harvard, mas preferimos ir na outra situada no bairro italiano North End. A região é cheia de restaurantes, cafés, padarias, lojas, etc. Logo ali estava o Quincy Market. Mais uma vez, mergulhei no sabor das deliciosas iguarias encontradas neste mercado gastronômico super popular.
Para entender a importância histórica de Boston, viajamos no tempo pela Freedom Trail. O percurso de 4,5 km foi uma verdadeira aula de história sobre a Revolução Americana que culminou na Independência dos EUA em 4 de julho de 1776. Visitamos 16 atrações importantes incluídas na Trilha da Liberdade entre monumentos, navios, construções, igrejas, praças e cemitério. Na verdade, como não gostamos de cemitério, essa parte nós pulamos.
E como verdadeiros fãs do futebol americano, não poderíamos sair de Boston sem antes visitar o estádio do Patriots. Melhor do que somente passear por ali, tivemos a oportunidade de assistir ao treinamento aberto dos jogadores que se preparavam para o início da nova temporada. Foi muito legal ver Tom Brady e companhia tão de perto.
Partimos de Boston com a sensação de que estávamos deixando muitas coisas pra trás. Mas, tínhamos a certeza de que voltaríamos.

Quincy Market

Informações:
Visita guiada Harvard
Visita guiada MIT

Nova Iorque

New York é capaz de despertar tanto entusiasmo que assim que cruzamos a fronteira, imediatamente comecei a sentir milhares de borboletas no estômago. É impressionante como esse lugar é mágico! Minha paixão pela cidade é tanta que eu poderia escrever vários artigos só sobre ela. Neste, vou falar somente da inesquecível experiência que foi participar de um dos feriados mais importante dos EUA, lá… em New York City.
Em vez de nos hospedarmos na cidade, decidimos acampar. Isso mesmo! Acampamos no Beaver Pond Campgrounds no Harriman State Park. O acampamento tem uma ótima infraestrutura com banheiros, chuveiros e cada site (espaço para colocar a barraca) tem mesa de piquenique, fogueira e grill prontos para uso.
No meio de tanto verde nem parecia que estávamos a apenas 1 hora da cidade. Nós adoramos acampar e foi maravilhoso poder estar em contato com a natureza pertinho da cidade conhecida como a selva de concreto. Para economizar tempo e dinheiro, em vez de dirigir, pegamos o trem até Manhattan, pois seria quase impossível encontrar estacionamento livre na noite de 4 de julho.
A viagem foi tranquila. Quando chegamos na famosa Grand Central Terminal e abrimos a porta da estação, demos de cara com um mar de gente como nunca vi! Foram mais de 3 milhões de pessoas nas ruas prontas para assistir ao espetáculo. Foi realmente um verdadeiro show de luzes, cores, sabores e sons. E definitivamente, Nova Iorque é a cidade que não dorme e nem nos deixa dormir.

Informações:
Beaver Pond Campgrounds
$20 diária

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.