BrasileirasPeloMundo.com
Croácia Natal Pelo Mundo

Celebrações de Natal e Ano Novo na Croácia

Presentes de Natal

Celebrações de Natal e Ano Novo na Crácia

Fim de ano se aproximando, e logo vem aquela pergunta: como será a celebração de Natal e Ano Novo por aqui? Uma coisa é certa: vai fazer frio! E muito frio! Disso não temos como escapar. Nunca. Mesmo com toda essa problemática de aquecimento global e tal, desde que me conheço por gente, as festas de fim de ano na Croácia são diferentes das celebradas no Brasil.

No entanto, isso não quer dizer que nós, brasileiros expatriados que aqui vivemos, não possamos dar um toque de brasilidade e calor humano nessas datas festivas, ainda mais quando se tem toda a família brasileira reunida por aqui. Eu já passo Natal e Ano Novo aqui em Split há 8 anos e me lembro que a última vez que passei no Brasil foi em 2009, quando estava de férias do navio. E digo a vocês que sim, sinto muita falta.

Pensando nisso, resolvi fazer esse artigo com a contribuição de algumas pessoas que vivem aqui na Croácia, como eu (algumas chegaram recentemente, outras já vivem há mais tempo do que eu), e fiquei curiosa para saber como celebram as festas de fim de ano no país; se as tradições brasileiras são seguidas em casa ou se há mais espaço para tradições croatas; se sentem falta de passar essa época do ano tão especial no Brasil; e se costumam frequentemente passar Natal e Ano Novo no Brasil…. Essas foram algumas das questoes levantadas e que agora trago para vocês aqui no artigo.

Leia também: Tipos de visto para morar na Croácia

“Faço tudo no estilo brasileiro. Temos sempre farofa, feijão e guaraná. Aqui, assim como no Brasil, comemoramos na noite do dia 24, mas a família do meu marido não é religiosa e não liga muito para o Natal. Fazem as trocas dos presentes e um almoço no dia 25, e por isso procuro fazer um Natal bem brasileiro. Adoro passar o dia 25 na feirinha do centro da cidade. Já no Ano Novo, vou a alguma festa no centro de Zagreb e depois assisto aos fogos de artifício. Mas sinto falta porque na minha cidade no Brasil tem praia e sempre passamos perto do mar, pulando ondas e tal.”

Foto: Pixabay.com

“Eu me adaptei a comer as comidas tradicionais daqui da Dalmacia de Natal, como a pasticada (nhoque com carne) e bacalhau. Monto a árvore no começo de dezembro, como lá, e não no dia 24, como aqui. Eu gosto de ter a árvore montada em casa por bastante tempo para curtir essa época. Adotei tambem a tradição de acender as 4 velinhas nos 4 domingos do Advento, já que nunca havia visto isso no Brasil e achei bem legal. Mas o que mais sinto falta, sem dúvida, é de passar a véspera com a casa cheia e fazer amigo secreto. Nossa família daqui é pequena, então não é como a minha no Brasil. E eu também gostava mais de trocar presentes à meia-noite, mas não consegui convencer ninguém aqui. Acabamos trocando na manhã do dia 25, assim que acordamos”.

Leia também: Oportunidades de trabalho na Crácia

“Eu faço no estilo croata, mas com charme todo brasileiro… Amo as decorações, as velinhas, a missa do Galo, e as festas na rua ou nos bares depois da missa, principalmente pelo fato de a família nunca estar reunida. Meus filhos geralmente saem com os amigos, e só nos reunimos no almoço do dia 25. No Ano Novo, há festas ótimas a beira-mar em Crikvenica ou no centro de Rijeka. O frio acaba com a gente, mas o fogo na lareira em casa dá o aconchego e o charme!” 

“Eu sempre passei nos barcos, mas quando acontece de estarmos aqui, preparo a árvore de Natal e decoro a casa. Nunca faço ceia, porque meu marido nunca está em casa nessa época, então acaba que nem clelebramos. No dia 25, almoçamos com minha sogra. Meu filho abre os presentes antes porque ninguém aguenta segurar até o dia 25. No Brasil, a gente se reune, celebra, brinca, faz amigo secreto. Mas, no final das contas, não fico deprimida ou triste.”

“Fazemos um pernil com creme de milho, ou peixe, reunimos a família, já que o mais importante é o almoço do dia 25. Não comercializamos o nosso Natal e celebramos o nascimento do nosso Salvador.”

“Eu tento sempre passar o Ano Novo e Natal no Brasil. Não gosto de passar aqui. Em 2017, passei e foi um dos piores para mim. No ano passado, estive aqui, mas meus pais vieram do Brasil por conta do nascimento do meu filho, que nasceu no dia 24! Ou seja, foi um Natal feliz!”

Related posts

Turismo em Zagreb

Nathália Nascimento

Curiosidades sobre a Croácia

Nathália Nascimento

Natal na França

Ana Lozon

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação