BrasileirasPeloMundo.com
Irlanda Natal Pelo Mundo

Cinco curiosidades sobre o Natal na Irlanda

Desta vez vou compartilhar com vocês cinco curiosidades sobre o Natal na Irlanda que me chamaram a atenção. Umas me fizeram rir, outras refletir.

Dezembro começa e as luzinhas espalhadas pelas fachadas de casas e comércios anunciam que algo especial se aproxima. A caminho da noite feliz, o espírito natalino floresce nas pessoas e a bondade e solidariedade – muitas vezes deixadas de lado durante a correria cotidiana – se tornam cenas comuns nas ruas.

Parece que estou descrevendo o cotidiano do mês de dezembro no Brasil, certo? Mas estou falando sobre o Natal na Irlanda, e durante o meu primeiro Natal aqui pude notar que nem tudo era tão parecido com o nosso país.

A começar pela estação do ano: inverno por aqui. Dias muito frios, com poucas horas de claridade – o sol nasce por volta das 8 horas e se põe antes das 17 horas – mas sem neve. Minha primeira frustração. Acostumada àquela imagem de White Christmas, como sendo a única opção contrária ao nosso Natal tropical.

A seguir listo cinco das coisas que mais me chamaram a atenção quando comparava as nossas tradições natalinas às irlandesas:

1- Na véspera de Natal as famílias mais tradicionais vão à missa que começa, de fato, à meia noite. O resto do dia é um dia absolutamente normal.

Graças à segurança que podemos usufruir por aqui, a tradição católica da celebração da Missa do Galo foi mantida com o início à meia noite como sinal de preparação para receber o Deus menino. Apesar de ser um país com raízes fortes no catolicismo, o público na missa dominical durante o ano não é muito grande, diferente desta noite. As celebrações comumente contam com a presença de corais profissionais, verdadeiras harmonias angelicais, o que deixa a noite ainda mais solene. E não, não há medo em voltar para casa por volta da uma hora da manhã.

2- O Natal aqui é festejado no dia 25 de dezembro.

Diferente de nós, brasileiros, que celebramos o Natal na noite da véspera com um jantar farto, família reunida e troca de presentes, na Ilha da Esmeralda esse ritual acontece no próprio dia 25. Este é o dia em que a família se reúne para uma refeição com pratos típicos à base de batatas, cenoura e mini couve (couve de Bruxelas). O peru também está presente na mesa natalina irlandesa, mas só surgiu no século 20. Antes disso a carne de ganso e a de cordeiro eram as mais comuns. A sobremesa mais tradicional fica por conta de pudins de frutas com ameixa, regados à uísque.

Essa refeição familiar começa por volta das três ou quatro horas da tarde e se estende noite a dentro regada à muito álcool, provavelmente para ajudar a aquecer.

3- Em bairros mais residenciais, na véspera de Natal, é muito comum ver velas ou luminárias em forma de velas nas janelas.

Este fato particularmente me chamou a atenção e depois que descobri o motivo achei mais interessante ainda. Mais comum nos anos 70, as velas nas janelas, simbolizavam que as pessoas daquela casa acolhiam José e Maria quando em sua busca de alojamento, e também que ali os desconhecidos e menos favorecidos poderiam encontrar um prato de comida.

4- Dia 26 de dezembro por aqui é dia de Saint Stephen (Santo Estevão) e também é feriado!

Este, que foi o primeiro mártir do cristianismo, é lembrado e celebrado em terras irlandesas com um dos (apenas) nove feriados presentes no calendário oficial do país. Visitar os parentes é a atividade mais comum nesta data, mas para garantir a visita é preciso ter carro próprio já que as linhas de ônibus praticamente não funcionam. Mas caso não dê para fazer a visita neste dia, os irlandeses têm em janeiro o “Little Christmas”. Mais precisamente no dia 6 de janeiro, os irlandeses celebram seu pequeno Natal com mais uma farta refeição em família comemorando o encerramento dessa época. Assim como é comum no Brasil, a desmontagem da árvore e o recolhimento dos enfeites também acontecem neste dia.

5- Esta é a curiosidade que ouso dizer ser mais “a cara” do povo irlandês, apesar de saber que na verdade é originário dos EUA: vestir jumpers (suéteres) com temas natalinos.

Muitos sabem que o povo irlandês é conhecido por sua simpatia e bom humor, especialmente depois de algumas pints nos pubs da vida! E nada mais divertido do que ver nas ruas as mais diferentes estampas natalinas vestidas por crianças e adultos. É ainda mais engraçado ver que a tecnologia se espalhou pela indústria têxtil e jumpers com luzinhas são vestidos até por “marmanjos” nos escritórios.

Eu não quis ficar de fora dessa e tratei de ter o meu, sem luzinhas é verdade, mas mais natalino, impossível. A foto explica!

Arquivo pessoal.

E estas foram as minhas observações com informações obtidas através da minha experiência pessoal e com a contribuição de amigos nativos, que carinhosamente partilharam comigo um pouco de suas tradições familiares. E por falar em família, essa creio ser a época mais difícil de estar longe dos meus. No entanto, carrego eles em meus pensamentos, preces e no bolso. Viva a tecnologia que encurta um oceano de distância!

Feliz Natal a todos!

Leia mais sobre Natal Pelo Mundo

Related posts

Mercado de Natal em Stuttgart

Luciana Castro

Conheça um pouco da gastronomia irlandesa

Viviane Miranda

Os desafios da transição de estudante para residente na Irlanda

Annaline Stepien

5 comentários

Dinda Luciana Dezembro 19, 2017 at 7:24 pm

Muito interessante a diferença das comemorações do Natal. Espero que pelo menos na noite de Natal neve para você não ficar tão frustrada rsrs.
Bem que essa moda de usar roupa com tema natalino podia vim pra cá também, eu ia amar!!!!

Resposta
Annaline Stepien Janeiro 4, 2018 at 9:51 pm

Menina, aqui em Dublin normalmente não neva. Este último natal passei em Varsóvia, mas também não nevou. rs
Ah! E eu tenho certeza que você adoraria o jumper de natal, pena que no natal tropical não tem como usar esse casaco de lã, né? rs
Obrigada pela leitura!
Bjs

Resposta
Diego Santos Dezembro 19, 2017 at 8:07 pm

Gostei.
Continue a escrever coisas do dia a dia boas e não tão boas kkk.

ABS.

Resposta
Annaline Stepien Janeiro 4, 2018 at 9:49 pm

Valeu, Dieguito!
Pode deixar. Se você tiver curiosidade sobre algo mais específico, por favor, me sugira o tema.
Agradeço a leitura.
Bjs

Resposta
marina Novembro 29, 2018 at 12:00 pm

EU USEI PARA AZER UM TRABALHO DE ESCOLA ME AJUDOU MUITO A GORA POSSO ENTREGA SEM MEDO
DE BOMA NA PROVA DA ESCOLA OBrigado o texto ficou otimo s

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação