BrasileirasPeloMundo.com
Irlanda

As particularidades de uma casa irlandesa

As particularidades de uma casa irlandesa.

Quando estamos acostumados a uma vida inteira no mesmo lugar: país, cidade e bairro, como era o meu caso, assim que chegamos em outro país tudo parece completamente diferente. No início você chega a se sentir um estranho no ninho e as comparações com o que você tem como referência, às vezes, chegam a ser assustadoras ou até mesmo engraçadas e curiosas. Este é o caso do texto deste mês. Se preparem para rir ou até mesmo notar que estão lendo com cara de interrogação.

Para começar, preciso dizer que a situação imobiliária na Irlanda, mais especificamente em Dublin, sua capital, não é das melhores. O país tem crescido consideravelmente desde que grandes empresas vieram para cá atraídas pelos baixos impostos fiscais, e com isso trouxeram muitos estrangeiros. Mas Dublin já é uma cidade que atrai muitos estudantes intercambistas, por oferecer oportunidades de trabalho mesmo enquanto estudantes, por facilitar viagens pela Europa a baixo custo e muitos outros motivos que ficarão para um outro texto. O que quero explicar aqui é que por conta dessa saturação de pessoas procurando casas, principalmente pela região central, não é de se estranhar quando se escuta alguém falando que divide casa ou até mesmo divide o quarto com pessoas que nunca viu antes.

Morando em casa compartilhada ou não, dividindo o quarto com uma ou até três pessoas, certamente um brasileiro vai notar as diferenças que vou listar abaixo.

Banheiro: (só aqui encontramos pelo menos 6 curiosidades)

Interruptor – Creio que um dos primeiros choques de diferenças quando comparamos com as casas no Brasil é que aqui o interruptor para acender a luz do banheiro não fica na parede dentro do banheiro e sim do lado de fora. Quantas vezes me peguei entrando no banheiro e tateando as paredes para acender a luz. Em vão! Primeiro acenda o interruptor e depois entre.

Lixo – Eis outra coisa que, creio eu, todo brasileiro leva um tempinho para se acostumar: jogar o papel higiênico usado no vaso sanitário. Não, o baldinho de lixo do banheiro daqui não é para papel higiênico e sim para o descarte de absorventes ou qualquer outro item. Não existe o medo de entupir o vaso sanitário por conta do papel, inclusive até mesmo alguns lencinhos umedecidos podem ser descartados descarga abaixo sem culpa.

Torneiras – Ok, você acendeu a luz antes de entrar, jogou o papel no vaso sanitário e aí, quando vai lavar suas mãos, nota que na pia tem duas torneiras. Ah! Mas isso também tem no Brasil. Realmente, na minha casa do Brasil também tinha, mas a diferença não está aí. O que chama a atenção é que uma torneira é de água fria e a outra é de água QUENTÍSSIMA! Não há a possibilidade de ter água morna. No inverno, lavar as mãos chega a ser quase um ato de coragem.

Leia também: Stamp 4: Visto de residência na Irlanda

Chuveiro – O chuveiro elétrico, algo tão normal no Brasil, não é tão popular na Irlanda. Muitas casas contam com um sistema de aquecimento chamado boiler, que é uma espécie de caldeira que dependendo de como funciona ou de quanta água comporta, deve ser ligada até 1 hora antes de tomar banho e então você terá um banho quentinho. Banhos decididos por impulso não tendem a acontecer em casas com boiler.

Não tem no banheiro – Algo que notei também é que dificilmente, eu ouso em dizer que será quase impossível você encontrar um banheiro em que exista um ralo no chão sem considerar o ralo embaixo do chuveiro. Na Irlanda não é nada comum lavar o banheiro do jeito que somos acostumados no Brasil. Outra coisa quase impossível de se achar é um banheiro com tomada. Esqueça a possibilidade de secar seus cabelos em frente ao espelho no banheiro.

Por falar em tomadas, eis algo bem diferente do Brasil: todas são 220 V, elas geralmente têm um interruptor para iniciar a transmissão de energia e o plug é totalmente diferente.

Foto: arquivo pessoal

Leia também: Nem só de pub vive a Irlanda

Cozinha: (praticidade define)

Fogão – Não sei qual é a sua realidade no Brasil, mas antes de mudar para Dublin eu nunca tinha tido um fogão que preciso ligar um interruptor na parede primeiro, que não usa gás nem fogo. Sim, meu fogão aqui é elétrico e demorei um pouquinho para me adaptar ao seu funcionamento, confesso, mas hoje já não gostaria de voltar a ter um fogão a gás. A facilidade de limpeza é considerável.

Máquina de lavar – Em casas maiores é muito comum encontrar a máquina de lavar louça camuflada. Sua frente mais parece a porta de um dos armários da cozinha e eu, particularmente, acho isso muito requintado. Infelizmente a minha casa é menor e a máquina de lavar que tenho na cozinha na verdade é a máquina de lavar roupas, acredita? Pois é, por aqui a chamada área de serviço, comum nas casas brasileiras, não existe. Tanque de lavar roupa, então? Nunca vi! Praticidade: jogar tudo na máquina.

Pela casa em geral:

Aquecedor – Devido às baixas temperaturas, até as casas mais simples costumam ter o heater ou aquecedor de ambientes. É tão gostoso poder dispensar casacos e camadas extras de roupa dentro de casa! Isto foi uma das novidades que mais me agradaram, principalmente durante o outono e o inverno, mas a minha novidade preferida é a que vem a seguir.

Energia elétrica pré-paga – Esta é uma das diferenças mais incríveis que vi e uso (ainda bem!) por aqui. Na atual casa em que moro, a única conta que pago é a de eletricidade e pago o quanto quiser, na hora que quiser. Isso não é incrível? Assim é possível controlar mais facilmente os gastos mensais.

Bom, estes são alguns dos itens curiosos que facilmente são encontrados em casas irlandesas. Alguns nós amamos e nos adaptamos logo de cara e outros nós levamos um tempinho mesmo, mas isso faz parte da vida de qualquer brasileira pelo mundo. Espero que tenham gostado!

Related posts

Irlanda – Dez dicas para evitar a depressão de inverno

Luciana Damasceno

Natal na Irlanda

Luciana Damasceno

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação