BrasileirasPeloMundo.com
Chile

Costumes chilenos estranhos – Parte II

Costumes chilenos estranhos – Parte II.

Dando continuidade ao último post,  vamos falar um pouco mais sobre coisas estranhas de um ponto de vista brasileiro, que encontramos no Chile.

1) Metrô de Santiago

Se um dia estiver por Santiago e for fazer um passeio utilizando o metrô, procure ficar no meio ou no inicio da plataforma, pois alguns trens são menores que a plataforma, então o pessoal que gosta do “fundão” deverá sair correndo atrás do metrô quando ele parar, já que o vagão  parará alguns metros de distância do final da plataforma. A explicação para essa bizarrice é que antigamente as estações de metrô eram menores e com o tempo aumentaram as estações, mas deixaram os mesmos trens.

2) Atendimento com senha

Se for em alguma farmácia ou supermercado na parte de frios, padaria ou carnes, ao entrar no local lembre-se de procurar uma máquina para tirar a senha, o atendimento aqui é organizado! Se ficar na frente do balcão sem a senha, esqueça que não será atendido, poderá ter a sensação de ser invisível pelos atendentes.

3) Farmácias

Quando entramos nas farmácias,  não podemos “ ver com as mãos” muitos produtos, pois eles estão na parte de dentro do balcão ou em alguma vitrine fechada, e em ambos casos deverá pedir ao atendente que os entregue.

4) Manicures

Para as mulheres vaidosas que querem aproveitar a viagem e ir à manicure, não se iludam que terá a cutícula tirada, e toda a unha pintada, as manicures daqui não tiram as cutículas como nós brasileiras e não usam o palitinho para limpar os cantos das unhas, logo não pintam as unhas por completo, é algo “feito nas cochas”.

5) Bebidas alcoólicas

Quer ver algum show em Santiago? Ok, mas saiba que está proibida a venda de bebidas alcoólicas nos estádios, sendo assim, contente-se apenas em ver o show tomando água ou refrigerante.

A mesma regra é válida para beber álcool na rua, que está proibido, exceto na semana das festas pátrias.  Assim, para beber uma cervejinha, deverá estar em um local apropriado, sentado e desfrutando a bebida.

Leia também: No Chile se fala chileno

6) Uniformes de profissionais da saúde

O branco aqui nem sempre significa um uniforme de algum profissional da saúde, pois os enfermeiros usam azul e os dentistas usam verde.

7) Gripe

Estar no Chile durante o inverno e conviver com os chilenos, pode-se tornar uma experiência um pouco desagradável,  já que nessa época é comum as pessoas ficarem resfriadas, e como faz “parte da natureza” um resfriado, eles não acham feio ou mal educado assoar o nariz na frente das pessoas, não importando o lugar, e pior… pois não é aquela assoada discreta, e sim aquela barulhenta – desculpem aos estômagos fracos….

8) Churrasco com piscina

Embora considerado um país frio, aqui em Santiago é muito comum nos edifícios residenciais terem uma parte com piscina e churrasqueira, e se o terreno do edifício for pequeno, isso não é problema, já que muitos edifícios têm as piscinas no último andar, então, as festas com churrascos e piscinas são muito comuns (embora a piscina seja muitas vezes apenas contemplativa, devido ao frio).

9) Comida chilena

Para cozinhar no Chile tem que ter algumas manhas, pois quem gosta de uma carne poderá ficar um pouco perdida no açougue, já que os cortes são diferentes dos cortes brasileiros.

10) Praias chilenas

Se as suas férias se estenderem até as praias chilenas, vá preparado para o frio e leve alguns lanches na bolsa, já que quiosques com comida, bebida e música não existem nas praias do lado do Pacífico. A praia chilena acaba mais sendo um refúgio de paz e contemplação do que de festas, como encontramos nas praias brasileiras. Pobres chilenos que não sabem o que é comer queijo coalho, milho assado ou milho com manteiga sentado na areia escutando um axé.

Leia também: As quatro estações do ano no Chile

11) Dias de sol em Santiago

E se estiver em Santiago em dias calorosos, aproveite para ir a um parque, deitar um pouco na grama e até mesmo fazer um piquenique, é muito comum no verão as pessoas se reunirem em parques, onde esporadicamente acontecem aulas de yoga e danças.

12) Calçados femininos

A moda feminina tanto para sapatos como para sandálias são com salto plataforma, mas não como as plataformas brasileiras que a parte de trás é mais alta do que a da frente. Os sapatos de plataforma chilenos são uma coisa uniforme, na realidade parecem um pedaço de tijolo ou madeira que acoplaram na sola do sapato. Sinceramente, não entendo qual a referência que as chilenas têm de moda… mas, enfim, gosto não se discute, verdade?

Entre essas diferenças que vamos levando a vida, aprendendo cada dia um pouco sobre a cultura vizinha, ensinando e mostrando também nossos costumes para viver em harmonia.

Related posts

Dicas para curtir um dia em Cajón del Maipo

Isabela Vargas

Chile – Aborto terapêutico

Joy Matta

4 coisas que aprendi em 4 anos no Chile

Isabela Vargas

2 comentários

Marina Março 22, 2020 at 4:29 pm

Oi muito bom o post, tenho um namorado chileno e penso em morar no Chile, gostaria de ver uma resenha sobre o comportamento do homem chileno, por exemplo eu acho meu namorado muito reservado e no começo não entendia e também achava estranho a seriedade, pois eu sou muito brincalhona, na verdade me achava séria mas depois que conheci meu namorado eu me acho muito alegre rsrs enfim acho interessante relatar sobre a convivência com um namorado chileno.

Resposta
Kátia Ribeiro Março 25, 2020 at 3:03 am

Oi Mariana, tudo bem? Em geral os chilenos são muito sérios e “frios”, obviamente que sempre há exceções. São culturas muito diferentes, será uma questão de adaptar-se. Abraços.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação