BrasileirasPeloMundo.com
EUA Nova Iorque

Como economizar em Nova Iorque

Economizar em Nova Iorque pode ser mais fácil do que se pensa. Abaixo, darei algumas dicas que eu mesma sigo como moradora, mas que podem servir também para quem vem passear por aqui:

Moradia e Hospedagem

Viver em Nova Iorque é caro. O que pesa mais no bolso é o custo do aluguel. Morar num muquifo em Manhattan pode custar uma fortuna. Na época que estava procurando casa para alugar, visitei um apartamento de um quarto sem janela alguma, cujo valor era de US$ 2 mil dólares mensais, o equivalente a R$ 7.400,00 reais. O engraçado era que, para compensar a falta de horizonte, a dona do lugar colocou cortinas para criar a ilusão de que havia uma janela escondida. Como se eu não fosse perceber…

Se vier morar aqui e quiser controlar os gastos, não pense duas vezes: melhor não morar em Manhattan ao sul da rua 96. Muitos bairros mais afastados têm boa ligação de metrô com Manhattan, como Queens, Bronx e Brooklyn. Algumas áreas do Brooklyn, hoje, têm preços iguais ou superiores aos de Manhattan por ser reduto de hipsters e jovens profissionais bem remunerados.

A mesma dica vale para quem vem só a passeio à cidade. Se for alugar um AirBnB, opte por apartamentos que estão fora de Manhattan, mas perto do metrô. Os hotéis mais baratos ficam no Queens, Harlem ou Bronx. Fuja de Midtown. Não só pelos preços, mas porque o barulho é infernal.

Escolha onde vai ficar de acordo com o que planeja fazer na cidade: busque uma linha de metrô que te conecte diretamente aos lugares que são suas prioridades.

Transporte

Táxi, Uber ou Lyft? Do aeroporto para a cidade, talvez. Mas em geral, em Manhattan, nem pensar! O trânsito aqui é caótico. Se quiser economizar mesmo, use o metrô e compre os passes semanais, mensais ou por valor fixo, que são mais baratos que uma passagem avulsa.

Quando for possível, caminhe, especialmente Manhattan. Se estiver morando na cidade, é bom para se exercitar. Se estiver como turista, é bom para conhecer. Em ambos casos, é uma boa ideia! Citibike, o sistema de aluguel de bicicletas compartilhadas de Nova Iorque, também é uma ótima opção para curtas e médias distâncias.

Leia também: meios de transporte em Nova Iorque

Comida

É engano pensar que economizar em Nova Iorque significa injeção de frituras e fast food na veia. Aqui tem comida para todos os gostos e que se encaixa em todos os bolsos também.

Sinceramente, prefiro os restaurantes pequenos de bairro do que os famosos de Manhattan, principalmente os de comida típica de um país específico.

Geralmente, estes pequenos restaurantes não são caros e as porções são bem generosas. Se você não tiver um apetite voraz, é possível dividir o prato. Além disso, quase sempre a comida neles é mais gostosa.

Na minha opinião, o melhor restaurante indiano, por exemplo, fica em Jackson Heights, no Queens e não em Manhattan. Claro que a decoração é duvidosa, mas ninguém come enfeite, certo?

Aqueles dumplings (uma espécie de pastelzinho no vapor ou fritos) chineses são deliciosos e baratíssimos nos bairros de Chinatown, em Manhattan, e no bairro de Flushing, no Queens. O Vanessa’s Dumpling House serve essa iguaria a menos de 50 centavos cada um. Dá para almoçar por US$ 5 dólares. E lá ainda tem sopinhas, vegetais, tudo a preço de banana! Nada mal, certo?

O novaiorquino não cozinha muito em casa. Sair para jantar, para eles, não chega ser uma ocasião muito especial, é parte da rotina. É normal as pessoas se surpreenderem quando digo que preparo absolutamente todas as refeições em casa.

Uma dica importante se você é turista: evite a tentação de comer na área da Times Square. A maioria dos restaurantes da região é excessivamente cara e não oferece pratos tão apetitosos e autênticos. É o inferno da comida em cadeia.

Agora, se você não se interessa por comida étnica ou típica de algum país em particular e quer mesmo um bom e tradicional cachorro quente, a boa é o Grays’s Papaya. Menos de US$ 2 dólares por um hot dog!

Se quiser parecer local e comer uma pizza dobrada no meio enquanto caminha, é fácil encontrar fatias por US$ 1 dólar pela cidade. Se encontrar uma filial da 2Bros Pizza, saiba que chegou no paraíso do glúten barato.

Café no Starbucks ou chazinho na loja fofa da esquina é furada. Claro que pode experimentar, mas se quiser economizar dinheiro, fuja desse supérfluo.

E mais: se quiser comer na rua, melhor que seja o café da manhã ou o almoço. A maioria dos restaurantes tem cardápios com preços diferentes para o almoço e jantar.

Supermercado

A regra para compras vale para qualquer lugar do mundo. Nunca compro tudo no mesmo supermercado.

O Whole Foods é uma cadeia de supermercados que segue uma linha mais natural e orgânica. Se você quiser economizar, aqui não é o lugar para fazer todas as suas compras. Mas há muitos produtos que são mais baratos e de melhor qualidade do que em outras lojas. Fique atenta aos da marca própria deles: 365 Everyday Value. Se você é assinante da Amazon Prime, também há boas promoções. Normalmente, compro frutas congeladas, leites vegetais e produtos sem glúten.

Os supermercados perto da minha casa são o Foodtown e o Food Dynasty. Nada muito sofisticado, mas comum pela cidade. No primeiro, posso encontrar produtos latinos com facilidade. Apesar de estar no Queens, acho careiro. Deixo para comprar produtos que sei que não encontro no Whole Foods e também mantenho o foco total nas promoções. O Food Dynasty tem mais produtos do Oriente Médio e Ásia. É onde compro grãos, como lentilha e grão de bico.

Normalmente, os supermercados dão descontos se você tiver o cartão de fidelidade. Mesmo se você for turista, pode fazê-lo na hora e aproveitar as promoções.

Outro supermercado com boas promoções é o Trader Joe’s. Se tiver um perto de você, não deixe de dar uma passadinha em busca das melhores promoções.

Carne aqui é caro. Então, se você for vegetariano, saiba que vai economizar e muito em Nova Iorque.

Em relação aos produtos de limpeza, só tenho comprado sabão em pó. O resto, fazemos misturinhas em casa com bicarbonato de sódio, limão e vinagre. Bom para o ambiente, para o bolso e limpa. Essa dica é econômica, mas poderia estar em uma lista de qualquer ambientalista.

Leia também: Tudo o que você precisa saber para morar nos EUA

Diversão

Engana-se quem acha que para se divertir em Nova Iorque é preciso gastar rios de dinheiro. Há sempre eventos gratuitos como show de música, exposições, exibição de filmes, especialmente nos meses mais quentes. Um site que recomendo visitar sempre é o da TimeOut, com dicas de eventos que não doem no bolso ou o Free in New York City.

Se você gosta de museus, pesquise na internet antes de ir! A maioria dos museus tem dias gratuitos específicos de visita. O Museu de Arte Moderna, por exemplo, é grátis toda sexta-feira entre 16h e 20h. Neste site aqui, você tem uma lista com os museus da cidade e quando eles são gratuitos.

E não se esqueça: o Central Park é de graça, passear pelos bairros mais tradicionais também. Dei dicas de alguns passeios baratos aqui, aqui e aqui. E, nos meses quentes, você pode passear de Citibike por todos esses lugares, por um preço bastante razoável.

Se você gosta de uns bons drinks, vá sempre na hora do happy hour dos bares. Os gringos levam essa parte do dia a sério e as bebidas são sempre mais baratas e com promoções de 2×1.

Se você gosta de ir ao teatro, a TKTS é a mais conhecida para economizar nas entradas da Broadway. Mas tem também o site da BroadwayBox.com, onde dá para conseguir bons descontos para os musicais . Outra opção para garantir um preço ainda mais barato: ir ao teatro uma hora antes de começar o show. Alguns teatros vendem as entradas a US$ 25 dólares cada uma. Só precisa ter atenção porque, algumas vezes, não há poltronas juntas. Se você está com companhia, pode não ser a melhor opção.

Related posts

O alto custo de vida e os problemas no sistema educacional em São Francisco

Flávia Criss

Dicas para comprar carro usado nos EUA

Lorrane Sengheiser

O quê e onde comer em Washington DC

Lorrane Sengheiser

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação