BrasileirasPeloMundo.com
Connecticut Estudando Pelo Mundo EUA

Como fazer curso de inglês gratuitamente nos Estados Unidos

Em meu texto publicado no mês passado, contei aqui um pouco sobre a cidade que estou morando. Cheguei no começo do mês de março e, desde que soube que viria para cá, uma das minhas preocupações era dar continuidade aos estudos de inglês.

Antes de sair do Brasil, comecei a pesquisar escolas de idiomas em Stamford e descobri, que não seria possível realizar minha matrícula em março, pelo fato dos cursos já estarem em andamento. Fiz muitas buscas, mandei e-mails para algumas escolas e todas me deram a mesma resposta. Estava inconformada com a possibilidade de ter que estudar à distância – até então, era minha única alternativa, mas ainda assim, continuei minhas buscas.

Como realizei minhas pesquisas?

Como não conhecia ninguém na cidade, meu parceiro foi o Google. Revirei a internet e acreditem, depois de tanto fuçar, encontrei informações bem interessantes. Algo importantíssimo para realizar este tipo de pesquisa, são as palavras que deverão ser utilizadas no buscador. Os cursos de inglês para estrangeiros são chamados de ESL – English as a Second Language – Inglês como Segunda Língua e, ao fazer a pesquisa utilizando esta sigla, os resultados estarão mais direcionados ao que se procura, facilita muito.

O que encontrei?

Quando aprendi a utilizar a sigla ESL, minhas pesquisas renderam absurdamente e assim, encontrei as seguintes instituições: Adult Learning Center foi a primeira instituição que achei em minhas buscas e me informou que as aulas já estavam em andamento. Neste link, com instruções em inglês e espanhol, pode-se ver também uma escola chamada Cloonan Center que oferece cursos no período noturno. Tenho uma colega que estudou nesta última e achou muito bom. Ela me explicou, que cursos do nível básico ao intermediário são gratuitos e a partir do nível avançado, são pagos. As inscrições são realizadas duas vezes por ano, nos meses de janeiro e setembro. Vale a pena pesquisar.

Já os cursos oferecidos pela Norwalk Community College localizada em Norwalk, uma das cidades vizinhas de Stamford são pagos. Os preços de cursos oferecidos pelas Communities Colleges – Instituições de Ensino Universitário, normalmente são mais acessíveis se comparados a escolas convencionais e pelo que soube, a qualidade destes cursos e infraestrutura oferecida, em geral, são muito bons.

Onde estudo?

Depois de ler tudo que encontrei sobre o assunto, pensei em entrar em alguns grupos de brasileiros no Facebook. No meu caso, entrei em um grupo chamado brasileiros em Connecticut e quando fui aceita, mandei um post perguntando se alguém conhecia alguma instituição que oferecesse cursos ESL e bingo! Uma pessoa me indicou o Building One Community, na mesma hora mandei um e-mail.

Me surpreendi com a agilidade do retorno e principalmente com a resposta: Os cursos eram gratuitos e eu poderia ir qualquer dia da semana para realizar um teste de nível. Se quisesse, poderia iniciar as aulas no mesmo dia. Pois bem, dois dias depois de ter me instalado fui até lá fazer meu teste (de conversação, gramática e redação). Achei tudo muito tranquilo e ao final do teste, já assisti minha primeira aula.

O Building One Community é um centro que oferece programas de apoio aos imigrantes como: ESL, aulas de computação, cursos de culinária, serviços de orientação e suporte à família como por exemplo: educação, saúde, auxílio na busca de trabalho, suporte para obter carteira de habilitação, etc. A instituição é tão relevante para a região, que tanto colegas quanto professores residentes de algumas cidades vizinhas vão para lá.

Fonte: Building One Community

As instalações são simples, não tem a infraestrutura que uma escola de idiomas de rede teria no Brasil, mas a simpatia, atenção, dedicação e carinho que recebi desde o primeiro e-mail e recebo no dia a dia dos profissionais do centro, que aliás, são todos voluntários, é extremamente gratificante, me sinto muito bem por frequentar aquele espaço.

Por não ser uma escola formal, não há um programa fiel a ser seguido. Meu professor, por exemplo, prepara a aula e se organiza da seguinte forma: distribui aos alunos uma folha de exercícios para trabalharmos em sala: escrita, leitura, conversação, tiramos dúvidas ele vai corrigindo e assim vamos aprendendo. Tudo muito simples e funcional. Não discuto, em hipótese alguma o método utilizado, pois acredito que o mais importante é ter a possibilidade de estudar.

Neste meio tempo, descobri também que a biblioteca pública Ferguson Library localizada no centro da cidade também oferece cursos de conversação. Juro que no mesmo dia que soube, fui para lá buscar maiores informações. Tive muita sorte, porque quando fui era o último dia para realizar matrícula e no período da noite, lá estava eu feliz e contente.

O que estou aprendendo?

Sinto que meu inglês está melhorando. A prática e vivência tem feito algumas coisas se encaixarem, algumas coisas estão fazendo mais sentido, tudo isso tem me deixado muito feliz. Outro ponto que considero enriquecedor neste processo, é a possibilidade de conhecer pessoas de outras nacionalidades, formações, idades e histórias diferentes que estão passando pela mesma experiência. Tenho colegas chilenos, chineses, colombianos, egípcios, haitianos, marroquinos, peruanos, poloneses, porto-riquenhos, russos, ucranianos, uruguaios, venezuelanos que já vivem aqui há algum tempo; ou chegaram recentemente; ou estão trabalhando; ou estão em busca de um trabalho. Contudo, vou tendo a certeza de que conhecer um pouco sobre outras culturas, ouvindo diferentes sotaques é uma das provas de que o aprendizado também vai além do idioma.

Diante de tudo isso, é normal sentir um certo frio na barriga, mas antes de chegar aqui, embarquei em uma experiência que escrevi aqui exatamente para perder o medo de falar inglês. Além de ter sido desafiador, foi muito importante para que eu pudesse destravar. Não ter ninguém para te “salvar” nestas horas, te faz sair da zona de conforto e não tem jeito, você precisa se virar. Posso garantir que dá certo!

Dicas

Vale lembrar, que escrevi este texto com base em minha vivência, por isso, não posso afirmar se todas ou a maioria das cidades americanas contam com instituições como as mencionadas acima. No entanto, aproveito para deixar algumas dicas para ajudá-los a buscar maiores informações:

• Pense na palavra chave para realizar sua pesquisa;
• Procure textos, artigos, blogs que falem a respeito do assunto;
• Procure no Facebook grupos de brasileiros na localidade que pensa em estudar;
• Converse com quem já teve alguma experiência – ouvir relatos é sempre bom;
• Estude onde quer que esteja, nunca é tarde para começar. Hoje há aplicativos, sites, vídeos no Youtube, enfim, não importa o formato, não pare!

Meu aprendizado tem sido diário. Sei que ainda tenho muito para aprender, mas depois de tudo, vou tendo plena certeza de que valeu a pena insistir. A colunista Johana Quintana, conta aqui em um excelente texto sua experiência estudando inglês em Londres, acho que também poderá inspirá-los.

Espero ter ajudado. Se tiver algum comentário, vou adorar!

Até o próximo post!

Related posts

Festival Nacional das Cerejeiras e a Primavera em Washington DC

Lorrane Sengheiser

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

Austin, a capital hippie da tecnologia

Alessandra Ferreira

42 comentários

kelly cristina da silva Julho 25, 2017 at 7:42 pm

pretendo ingles

Resposta
kelly cristina da silva Julho 25, 2017 at 7:42 pm

sonho com ingles

Resposta
Liliane Oliveira Julho 26, 2017 at 1:14 pm

Olá Kelly!
Agradeço pela sua mensagem.
Liliane

Resposta
Ivone Julho 26, 2017 at 3:12 am

Adorei o texto Liliane, dicas bem esclarecedoras. Parabéns

Resposta
Liliane Oliveira Julho 26, 2017 at 1:11 pm

Ivone,
Fico feliz em saber que tenha gostado.
Obrigada pela mensagem.
Beijos,
Liliane

Resposta
Luciana Julho 28, 2017 at 2:48 pm

Oi Liliane eu sou bem ruim de ingles quase não falo, o curso atente pessoas do zero também?

Resposta
Liliane Oliveira Julho 28, 2017 at 8:29 pm

Olá Luciana!
Tudo bem?
Então, escrevi este texto pensando em ajudar pessoas que já estejam no país e que queiram/precisam estudar inglês, pois acredito que nem todas saibam das possibilidades de estudar gratuitamente. Mas respondendo sua pergunta, sim em um dos locais que estudo (Building One Community) oferece cursos para pessoas no nível zero (eles chamam assim mesmo). De qualquer maneira, aconselho que vc estude (mesmo que seja por conta) para começar a se familiarizar com a língua.
Espero ter ajudado.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
ALINE Agosto 8, 2017 at 4:04 pm

a inscricao na Building One Community dá possibilidade de conseguir o visto americano como estudante, mesmo sendo o curso gratuiro? acredita que como ingles que você esta aprendendo há a possibilidade de fazer a prova do IELTS/TOELF?

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 8, 2017 at 4:49 pm

Olá Aline!
Tudo bem?
Então, os cursos oferecidos pelo Building One Community acabam sendo uma grande oportunidade para estrangeiros que já estão na região poder se familiarizar, aprender e estudar o idioma. A instituição oferece cursos gratuitos de inglês, mas não tem um programa a ser seguido como uma escola convencional, por isso, não disponibiliza vistos para estudantes e muito menos cursos direcionados para os testes que você mencionou. Aliás, pelo que sei, para fazer as provas do IELTS e/ou TOEFL há instituições que oferecem cursos específicos para quem pretende tirar esse tipo de certificação.
O Building One Community, na minha concepção pretende dar apoio aos que chegam, o que acho bem interessante.
Espero ter te ajudado.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
Keilamar Agosto 29, 2017 at 11:50 am

Oi Liliane! Parabéns pelo excelente texto e pelas valiosas informações. Muito bacana você repassar conhecimento e experiência, isso ajuda muita gente. Adorei você, parabéns pela atitude! Bjim!

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 29, 2017 at 7:38 pm

Olá Keilamar!
Fiquei contente em saber que tenha gostado do meu texto.
Aproveito a oportunidade para agradecê-la pela mensagem carinhosa.
Um beijo,
Liliane

Resposta
Camila Setembro 10, 2017 at 11:36 pm

Oii, nessas suas buscas vc não encontrou nada para estudar online que venham dessas escolas?

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 11, 2017 at 7:33 pm

Olá Camila!
Tudo bem?
Então, respondendo sua pergunta, nenhuma das instituições mencionadas em meu artigo contam com conteúdos online, mas se você fizer uma busca no Google, certamente encontrará diversos sites e/ou páginas no Youtube que se dedicam ao tema.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Màrcio Oliveira Maio 31, 2018 at 1:17 am

Olà Liliane, eu Amei o conteudo, vale nota maxima, muito obrigado, sô uma pergunta, ao fazer a matricula devo pagar um certo valor nâo é?

Resposta
Liliane Oliveira Maio 31, 2018 at 4:03 am

Olá Márcio,
Obrigada pela leitura e comentário.
Então, se você for estudar no Building One Community você não precisará pagar nada.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
WILSON DE SOUZA BRITO Junho 18, 2018 at 5:02 pm

Como posso me matricular no curso Building One Community este também dar direito a visto de estudante

Resposta
Liliane Oliveira Junho 18, 2018 at 5:56 pm

Olá Wilson,
Infelizmente, o Building One Community não disponibiliza vistos para estudantes, por isso, prestam somente atendimento aos estrangeiros que já se encontram na região.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
PAMELA DANIELA PEREIRA Junho 20, 2018 at 10:52 pm

Olá Liliane tudo bem? Você poderia me passar seu e-mail por gentileza? 🙂
Eu já fiz um curso intensivo de inglês nos EUA por um mês e nesta escola a qual estudei a mesma utilizava sites abertos sabe, alguns deles eu marquei os links e consigo abri-los e acompanha-los, gostaria de saber se você conhece sites abertos de inglês, ou até mesmo se tem alguma escola a qual eu poderia estudar inglês aqui do Brasil.

Resposta
Liliane Oliveira Junho 21, 2018 at 2:11 am

Olá Pamela,
Tudo bem comigo e com você?
Podemos trocar mensagens por e-mail sim. O meu é: [email protected]
Obrigada pela leitura e comentário.
Liliane

Resposta
Jacqueline Junho 23, 2018 at 5:56 pm

Oi Liliane boa tarde!
Obrigada pelo texto!
Por ex: nessa escola que você estudou qual era a carga horária?
Você ia até a escola todos os dias?
E você praticou inglês de alguma outra forma grátis, por ex: bibliotecas com aulas de conversação?
Obrigada

Resposta
Liliane Oliveira Junho 23, 2018 at 9:02 pm

Olá Jacqueline,
Antes de mais nada, gostaria de agradecê-la pela leitura e comentário.
Então, respondendo suas perguntas, o local onde estudei, não tinha uma carga horária exata para ser cumprida. Por exemplo, um aluno poderia se programar para ir às aulas diariamente ou três vezes por semana, pois não existia o rigor e exigência de uma escola convencional. No entanto, as aulas aconteciam durante o período da manhã sempre das 9:30 às 11:30. O local também oferece aulas no período noturno, mas não sei te dizer exatamente os horários.
Respondendo sua outra pergunta, tanto o Building One Community quanto a biblioteca da cidade onde moro oferecem os cursos gratuitamente como cheguei a mencionar em meu texto.
Espero ter ajudado.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Daniele Julho 18, 2018 at 12:45 pm

Oi Liliane.
Obrigada pelo texto e pelas esperanças rs!! Lhe enviei um e-mail com uma dúvida. Se puder me responder, ficaria muito grata.
Um abraço!

Resposta
Liliane Oliveira Julho 18, 2018 at 2:49 pm

Olá Daniele,
Recebi sua mensagem por e-mail e já respondi suas dúvidas. Espero ter ajudado.
Obrigada,
Liliane

Resposta
Marcos Agosto 9, 2018 at 2:21 pm

Po, esse foi um dos textos na internet que mais me ajudou. Desde já agradeço demais seu compartilhamento desta experiencia e dica.
Estou indo morar em Bridgeport com minha esposa e estava em busca exatamente de um curso ESL assim, agradeço demais a você por isso!
Caso seja possível tirar umas dúvidas por e-mail, agradeço muito.

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 12, 2018 at 12:52 am

Olá Marcos,
Fico muito contente em saber que tenha gostado do meu artigo e principalmente te ajudado de alguma maneira.
Continue acompanhando o BPM! Diarimente conteúdos de excelente qualidade e tenho certeza que você vai gostar.
Podemos conversar por e-mail sim. Fique à vontade para me escrever.
Boníssima sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
BEATRIZ Agosto 9, 2018 at 3:37 pm

OIII,
ONDE FICA ESTA ESCOLA BUILDING ONE COMUNNITY EXATAMENTE?
DO BRASIL EU PRECISO DE QUAL VISTO PARA IR? COMO FUNCIONA A INSCRIÇÃO? POSSO FAZER DAQUI MESMO?
E O QUE TEM PERTO DA ESCOLA?

OBRIGADA PELA ORIENTAÇÃO!

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 12, 2018 at 1:06 am

Olá Beatriz,
Como disse em meu texto, o Building One Community fica na cidade de Stamford, em Connecticut.
O Building One Community é um centro de apoio ao imigrante e o curso de inglês é um dos diversos serviços prestados, mas eles não emitem vistos.
Se você tiver interesse em saber mais sobre a cidade, veja o link do meu texto abaixo:
https://www.brasileiraspelomundo.com/stamford-opcao-perto-de-nova-iorque_junho-581258715
Espero ter ajudado.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Luciane Agosto 20, 2018 at 12:02 am

Olá Liliane, muito bom seu post; obrigada por compartilhar sua experiência.
Tenho dúvidas: esse curso q faz, eu poderia fazer com visto de turista??

Resposta
Liliane Oliveira Agosto 20, 2018 at 1:43 pm

Olá Luciane,
Fico contente em saber que tenha gostado do meu post. Obrigada pela leitura e comentário!
Respondendo sua pergunta, o Building One Community, é um centro de apoio aos imigrantes que se encontram na região, por isso, o visto não é uma exigido aos interessados que queiram frequentar o espaço.
Espero ter ajudado.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Tamires o Venâncio Setembro 16, 2018 at 12:06 am

Liliane boa noite, adorei seu blog e estou acompanhando.
Você me mostrou uma possibilidade em poder estudar gratuitamente, porém tenho uma dúvida estou no Brasil e gostaria de saber se consigo um visto F1/F2 ?
Ou tenho que está aí no EUA

Resposta
Liliane Oliveira Setembro 16, 2018 at 1:13 pm

Olá Tamires,
Obrigada por ler e comentar.
O Building One Community não exige nenhum visto para que os interessados frequentem os cursos. Confesso que não entendi o motivo de você ter perguntando sobre o visto F1/F2.
No entanto, vou encaminhar um artigo que trata sobre alguns dos vistos para entrar/morar nos EUA.
https://www.brasileiraspelomundo.com/visto-para-morar-nos-estados-unidos-591175858
Um abraço,
Liliane

Resposta
Marcielly Souza de Matos Outubro 27, 2018 at 4:54 am

Olá Liliane, adorei ler seu texto, tocou exatamente no assunto que eu tanto buscava, bom saber que existe a opção de cursos gratuitos, afinal o preço de cursos convencionais nos EUA ainda não cabem no meu orçamento. Tenho algumas dúvidas pra tirar, mas enviarei por e-mail, ficarei muito grata se puder me responder. Agradeço por compartilhar sua experiência conosco, foi muito valiosa! Bj

Resposta
Liliane Oliveira Outubro 27, 2018 at 4:03 pm

Olá Marcielly,
Fico feliz em saber que você tenha gostado do meu artigo.
Sinta-se à vontade para me escrever.
Obrigada pela mensagem.
Um abraço,
Liliane

Resposta
Cinthia Dezembro 4, 2018 at 11:35 pm

Olá, estou o Brasil e tenho interesse em ir ao EUA para aprender inglês efetivamente, porém as instituições pagas que encontrei sao muito caras, voce sabe me dizer se daqui eu consig oo me matricular na escola aí e depois solicitar o visto ou eu preciso estar aí para me matricular? alem disso acha que eu conseguir me matricular em uma com curso gratuito eu terei problemas para conseguir o visto.
Agradecida.

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 5, 2018 at 2:59 pm

Olá Cinthia,
Se você pretende vir para estudar, você precisará providenciar um visto específico para esse objetivo e, neste caso você pode contar com o auxílio das escolas.
Eu fiz o curso gratuito que mencionei em meu artigo porque moro aqui. No entanto, eles não providenciam nenhum tipo de visto já que a ideia é auxiliar o imigrante que vive na região.
Espero ter ajudado.
Boa sorte!
Liliane

Resposta
VALERIA BURMEISTER MARTINS Dezembro 28, 2018 at 6:09 pm

Olá Liliane, seu texto foi de grande ajuda. Obrigada!

Resposta
Liliane Oliveira Dezembro 28, 2018 at 6:39 pm

Olá Valéria,
Fico muito contente em saber.
Obrigada pela leitura e comentário.
Um abraço,
Liliane

Resposta
Séfora Março 14, 2019 at 9:30 pm

Olá Liliane,
Gostei muito das suas informações, foram de grande valia, não sabia que existia esse tipo de escola nos US. Meu marido e eu estamos pensando em passar uns 2 a 3 meses aí estudando inglês.
Obrigada por compartilhar sua experiência!
Séfora.

Resposta
Liliane Oliveira Março 15, 2019 at 10:44 pm

Olá Séfora,
Fico contente em saber que meu artigo tenha te ajudado de alguma forma.
Muito obrigada pela leitura e comentário.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta
Vera Silva Março 22, 2019 at 1:08 pm

Caramba!Gostei muito do artigo do seu site. Estarei acompanhando sempre.Grata!!!

Resposta
Gabrielly Abril 22, 2019 at 2:44 am

Oii, então eu preciso muito fazer um curso de inglês, mas estou sozinha aqui nos Estados Unidos e meu dinheiro eh mais para as necessidades, mas queria saber se eles falam português, pois mesmo entendo muito de inglês tenho dificuldade com a pronúncia se não for explicada como falar hahaha mas o inglês agora seria o mais importante agora, tanto pra conseguir uma promoção em algum dos meus empregos, até para outros estudos, mas amei muito seu texto, foi muito bom para mim, obrigada ❤️

Resposta
Liliane Oliveira Abril 22, 2019 at 4:58 pm

Olá Gabrielly,
Fico muito contente em saber que você tenha gostado do meu artigo.
Muito obrigada pela leitura e comentário.
Boa sorte!
Um abraço,
Liliane

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação