BrasileirasPeloMundo.com
Cuba

Como funciona a internet em Cuba?

É uma liustração feita pela marca de roupa cubana, Clandestina, que descreve com bom humor os dilemas pra se conectar à internet em Cuba.

Como funciona a internet em Cuba?

Se deseja fazer um “detox” das redes sociais e se desconectar: Cuba é o melhor destino!

Entretanto, existe, sim, internet em Cuba. E para os mal informados, digo a vocês, os cubanos também têm acesso. Mas é limitado.

Como tudo em Cuba é muito cubano, existem muitas peculiaridades sobre o acesso, aviso aos navegantes que aqui a vida dos internautas é bem mais difícil, mas faz parte da magia de estar em Cuba e, infelizmente, também é por isso que se tem pouca informação sobre a ilha. E por quê? O acesso à internet é caro, falho e nem te conto sobre velocidade e quantidade de dados disponível.

A internet em Cuba é fornecida por meio de uma empresa estatal chamada ETECSA. É a única que existe. A rede wi-fi está disponível em hotéis, lugares públicos, como praças, teatros etc. Onde estiverem muitas pessoas paradas em pé ou sentadas com seus telefones, é garantido que é um ponto de rede. O que significa que para acessar você terá que estar nestes pontos. E, será somente nestes pontos que terá a chance de se conectar, e claro, se tiver um cartão com os códigos que te dão a possibilidade de obter a conexão.

Teatro Karl Marx um dos pontos de rede wi-fi. Onde se pode ver durante todo o dia, muitas pessoas em pé ou sentadas na calçada usando a internet. – Foto: acervo pessoal

Atualmente, não existem muitos pontos de wi-fi, apesar de a cada dia aparecerem pontos novos. E por isso, por muitas vezes, as pessoas têm que caminhar longas distâncias para poder utilizá-la.

Leia também: Cinema em Cuba 

Para obter este cartão de acesso, você deverá ir aos pontos de venda da empresa ETECSA. E terá a opção de comprar o cartão Nauta. O Nauta é direcionado para qualquer usuário que poderá pagar o acesso no valor de 1,5 CUC ( 1 CUC é a moeda conversível que equivale a 1 dólar), por uma hora de uso, ou 3 CUC, por duas horas e assim vai… No cartão terá um nome de usuário e senha que devem ser inseridos na página que se abrirá automaticamente da ETECSA, no ponto de acesso.

É comum que a rede se desconecte quando se está usando, então você necessariamente terá que colocar tudo de novo, o nome de usuário e senha. Por isso, nunca jogue fora o cartão, mesmo depois de já estar conectado. Lembrando que isso tem que ocorrer nos pontos específicos onde existe a rede wi-fi. Para cubanos ou estrangeiros residentes, existe uma opção, a qual é necessário apresentar seu documento para abrir uma conta Nauta. Quando abrir essa conta, automaticamente será fornecido um e-mail Nauta e uma senha criada por você e assim poderá realizar recargas de dados e armazenar aí todo seu tempo para chamadas. É complicado realizar essa recarga. Quem precisa estar conectado constantemente é uma opção para poupar tempo na hora de chegar no ponto wi-fi, porque utiliza sua própria conta.

Ainda, não existe conexão em massa para internet nos dados do telefone em Cuba! Somente funcionam para ter conexão ao correio eletrônico Nauta e não tem nada relacionado com o uso de internet. Em período de prova, está o serviço de dados para celulares corporativos, mas só funciona para Whatsapp ou similares, com uma capacidade muito restrita de megas.

Essas informações confundem um pouco para quem não está em Cuba, mas para quem está aqui, com o tempo vai entendo melhor como funciona.

Existe internet nas casas? A resposta é majoritariamente não, mas tem exceções. Se acostume, nada em Cuba é preto no branco. A resposta será, não, porque o cidadão comum não tem. No caso dos estrangeiros residentes que trabalham para alguma empresa internacional, a companhia faz um pedido às autoridades para que permitam a instalação de internet em casa.

Mas mesmo existindo, posso te dizer que não será tão privilegiado assim, já que a velocidade é dos tempos iniciais pós-internet discada. Por exemplo, em minha casa eu tenho, porém, contudo e todavia, além de ser muito lenta, minha velocidade é 512 Kb. Mas em algumas casas é 128 Kb. Assistir a um video é uma penitência.

Existem muitos aplicativos que são bloqueados como, por exemplo, Snapchat e o Spotify. E sequer o código do país está disponível para registar um ID de Iphone ou uma senha de iCloud. E a “culpa” não é de Cuba porque esses aplicativos não oferecem o serviço no país. E como podemos usar? Através do ¨jeitinho cubano¨ ou VPN, também usado para fazer as atualizações do telefone e computador. Entretanto, ao ligar o VPN a internet fica infinitamente mais lenta. É uma dificuldade a mais para manter a conexão e realizar as tarefas que você necessita fazer. Enfim, os computadores e telefones que, por exemplo, em minha casa podem demorar quase uma hora para se completar, são mais facilmente atualizados quando você se desloca aos lugares públicos que oferecem a rede wi-fi, como as praças, onde a velocidade é de 2 MB.

Contudo, segundo as últimas cifras oficiais, em 2016, se conectaram à internet 4,5 milhões de pessoas. Em Cuba, a população é de 11 milhões.

As praças aonde vamos para conectar, sempre estão muito cheias de gente e podemos ver pessoas conversando com seus parentes em video chamada, com seus laptops, ou totalmente compenetrados em seus telefones. É um pouco desgradável porque não há privacidade e, também, pelo fato de ter que se deslocar a uma parte da cidade, em um lugar que muitas vezes não há espaço para sentar e ficar bem acomodado.

Ë uma luta para se usar internet neste país. Podem imaginar o trabalho para os youtubers cubanos, o esforço e a paciência que têm que ter para subir um video no Youtube. E aqui existem muitos youtubers, como  Frank Camallerys, criativos e com conteúdos bem interessantes. Essa nova geração de cubanos está super antenada, apesar de ter grandes dificuldades para estarem “online” no mundo.

Related posts

Copa do Mundo em Cuba

Viviane Naves de Alencar

Cinema em Cuba

Viviane Naves de Alencar

Vinte dicas para viajar por Cuba

Viviane Naves de Alencar

6 comentários

Luanda Fernandes Agosto 31, 2018 at 6:45 am

Muito obrigada pelas informações Viviane, esse é um dos grandes questionamentos de quem considera se mudar pra Cuba.

Resposta
Viviane Naves de Alencar Setembro 17, 2018 at 3:58 pm

Sim, Luanda. todos me perguntam esse tema.
Grande bj

Resposta
Janayna Guerra Setembro 3, 2018 at 8:52 pm

Adorei o texto, Vivi! Por isso vc fica meio sumida das redes, hahah!
Saudades, beijos!

Resposta
Viviane Naves de Alencar Setembro 17, 2018 at 3:58 pm

Muito obrigada pelo carinho, Jana.
Saudade, bjs!

Resposta
MARIA TEREZA Outubro 30, 2018 at 8:26 pm

Olá, Viviane! Tudo bem?
Desculpe-me se minha pergunta for muito idiota, mas gostaria de saber se o whatsapp do meu telefone vai funcionar em Cuba se eu comprar o cartão Nauta. Talvez eu precise fazer umas transações bancárias através de aplicativo de banco no meu celular. Isso também será possível?

Muito obrigada!
🙂

Resposta
Viviane Naves de Alencar Novembro 1, 2018 at 3:23 am

Sim, Maria Tereza. Vc poderá usar o whatsaap sem problema.
Abraços

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação