BrasileirasPeloMundo.com
Carteiras de Motorista Pelo Mundo Nova Zelândia

Como validar a carteira de motorista na Nova Zelândia

Validando a Carteira de Motorista na Nova Zelândia

Como validar a carteira de motorista na Nova Zelândia.

Brasileiro adora carro, não vive sem. Talvez por isso uma das questões mais perguntadas quando as pessoas chegam na Nova Zelândia é sobre como validar a carteira de motorista e dirigir por aqui.

COMEÇANDO DO COMEÇO

É importante falar que aqui se dirige na mão inglesa, ou seja, do lado esquerdo da rua. Isso faz com que algumas coisas sejam bem diferentes do que estamos acostumados (para o pânico de alguns, como eu). Isso significa que nas rotatórias você irá entrar no sentido oposto ao que está acostumado. Por aí dá para imaginar a confusão que pode acontecer.

Assim, é importante sempre ter um seguro e seguir estritamente as recomendações das placas de trânsito para não correr riscos. Eu sugiro não pegar a estrada logo de cara, mas tentar se acostumar com pequenos roteiros antes de cair na estrada.

Neste post falo da categoria de carros “B” do Brasil e da “Full Licence” para carros e todas as informações estão no site da New Zealand Transport Agency, a agência de transportes local.

ANTES DE VIR

Para turistas, estudantes e imigrantes, o caminho inicial é o mesmo. Na versão são 2, você pode tirar uma carteira internacional (PID) ou fazer uma tradução juramentada da sua carteira de motorista.

Se optar por usar a PID, no site do DENATRAN estão todos os detalhes, mas basicamente ela será emitida pelo mesmo estado responsável pela emissão da sua carteira de motorista original (e terá a mesma validade) – aqui está o link para o Detran de SP. Os valores variam conforme o estado.

No site do Detran, basta basta preencher o formulário on-line e pagar a taxa conforme instruções. Após alguns dias o documento chegará até o endereço indicado.

Importante: quando usar aqui ou em outro local, não se esqueça de deixar sempre junto a sua carteira de motorista original brasileira, ela é que é o documento, a PID é só uma espécie de tradução para outros idiomas.

A outra opção é fazer uma tradução juramentada da carteira de motorista (aqui está o link para os tradutores recomendados por eles). Chegando por aqui, você deverá andar com os dois documentos oficiais e originais, a carteira de motorista e a tradução juramentada.

Em ambos os casos você poderá dirigir no país por apenas por 12 meses a contar da data de entrada no país. Perfeito para os turistas mas um ponto importante para quem se mudou para cá, uma vez que passado esse período é imprescindível que você faça a validação da sua carteira de motorista aqui na Nova Zelândia.

COMO VALIDAR A CARTEIRA DE MOTORISTA NA NOVA ZELÂNDIA

O processo todo é bem simples, e está descrito aqui, mas se você não prestar atenção nos detalhes pode se atrapalhar e ter que voltar várias vezes até conseguir fazer (como foi o meu caso).

A primeira coisa a fazer é a cópia colorida frente e verso da sua carteira de motorista (faça a cópia mesmo que o verso esteja em branco) e do seu passaporte (tire cópia colorida da página com seus dados e assinatura do passaporte e do seu visto).

Depois, basta enviar a cópia da carteira de motorista para fazer a tradução em um tradutor juramentado – o que irá te custar cerca de NZ$50 + postagem.

Com estes documentos em mãos, a cópia e a tradução da carteira de motorista do Brasil e o seu passaporte em mãos , dirija-se ao escritório para realizar o processo.

Neste local, eles irão fornecer um formulário para que você preencha, fazer um rápido exame de vista, tirar foto, assinar os documentos e pagar a taxa pra marcar a prova teórica (valores aqui).

Leia também: custo de vida na Nova Zelândia

A PROVA TEÓRICA

O teste teórico consiste em 35 perguntas de múltipla escola e você terá que selecionar a alternativa correta entre 4 opções. Neste teste você pode errar no máximo 3 questões, que são todas baseadas (para não dizer idênticas) ao que está no código de trânsito.

Não entre em pânico, quando estiver no local, irão te oferecer para comprar uns testes simulados (se não me engano no pacote que comprei vieram 20 testes). Eu recomendo comprar e praticar (ou compre os testes online), além de baixar o app gratuito e treinar (link aqui para Android e aqui para iOS / Apple).

Eu fiz os dois (praticava diariamente um teste e várias vezes ao dia o teste do aplicativo). O quanto mais você pratica melhor. Porque você vai decorando todas as perguntas e respostas e a prova real é idêntica a estas questões.

Outra opção é comprar o livro do código de trânsito ilustrado e completo para estudar ou aluga-lo em algumas bibliotecas municipais (neste caso a fila de espera para obter uma cópia emprestada é muito grande, cerca de 1 a 2 meses).

Quando eu estava indo bem nas simulados, marquei a minha prova. O resultado sai na hora e, caso seja aprovado, você poderá marcar a prova prática.

Leia também: tudo que você precisa saber para morar Nova Zelândia

A PROVA PRÁTICA

Cerca de duas semanas depois do teste teórico, chega no seu endereço uma carteira de motorista provisória. Com ela você pode dirigir até que você marque a sua prova prática, mas informe-se sobre as restrições que há neste caso.

A prova prática foi realizada no local próximo da onde eu escolhi, em um horário também conveniente (dica: fuja dos horários de pico, como a manhã, almoço ou final do dia para não se estressar).

A prova em si não é difícil mas você não pode cometer erros graves e tem que prestar muita atenção. O ideal é você praticar um pouco com alguém que já tenha feito a prova anteriormente, assim você vai se acostumando com os detalhes e ainda pratica o inglês.

Caso seu inglês não seja muito bom (ou você não esteja confiante), você pode levar uma pessoa pra te ajudar com a tradução das instruções. Aliás, no meu caso eles solicitaram que um suporte (uma pessoa com a carteira de motorista “full” da Nova Zelândia). Não sei se é uma regra, mas no meu caso, e de algumas outras pessoas que conheço, isso foi solicitado.

Algumas dicas são: além de olhar no retrovisor para mudar de pista, e dar a seta, você também tem que virar a cabeça e checar os pontos cegos, respeite as velocidades e não ande nem acima, nem muito abaixo dos valores.

Feito o teste e aprovado a sua carteira chegará rapidamente em seu endereço. Neste meio tempo você ficará com um papelzinho dizendo que você já realizou a prova e foi aprovado, caso algum policial peça seu documento.

E SE FOR REPROVADO?

Caso não seja aprovado em algum exame, teórico ou prático, após alguns dias você poderá remarcar as provas (e pagar tudo novamente).

Não se sinta mal, isso aconteceu com algumas pessoas e muitas vezes o nervosismo pode atrapalhar. Respire fundo, entenda seus erros, se prepare ainda mais para as provas e recomece de novo.

DIRIGINDO NA NOVA ZELÂNDIA

Pronto! Agora é só curtir as ótimas estradas e fantásticas paisagens que a Nova Zelândia tem.

Aqui estão algumas ideias de destinos, aqui um roteiro de motorhome e aqui uma ideia para fazer uma viagem de carro publicada no BPM.

Para onde você irá dirigir? Comente aqui!

Related posts

Adoção de animais na Nova Zelândia

Lilian Lima

Um novo amor na Nova Zelândia

Sandra Marengo

Como transferir a carteira de motorista na Suíça

Janaína Abreu

2 comentários

adriano costa Junho 2, 2018 at 6:58 am

Olá, gostei muito do seu post. Muito Bem explicado, Parabéns. Você sabe dizer se o processo para validação da habilitação categoria D é o mesmo? Estou planejando em ir para a Nova Zelandia ainda esse ano.

Resposta
Gabriela Nunes Junho 4, 2018 at 12:52 am

Oi, Adriano. Muito obrigada. Infelizmente não entendo muito das demais categorias. Mas aqui neste link você pode buscar mais detalhes: https://nzta.govt.nz/driver-licences/ Espero que ajude.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação