BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Índia

Dez curiosidades sobre a Índia

Dez curiosidades sobre a Índia.

Pelo milenar e autêntico estilo de vida do seu povo, a Índia é um país que desperta nos ocidentais as mais variadas fantasias e imaginações por conta das famosas e incontáveis excentricidades do país. Ao residir na Índia, pude constatar “in loco” grande parte dessa lista e escolhi dez curiosidades sobre a Índia para compartilhar com vocês neste artigo.

  1. Comportamento à mesa: Os indianos não usam talheres, mas sim a mão direita para comer. Esse comportamento deve-se a duas razões, uma de caráter religioso e outra de caráter higiênico. Com base nos valores da medicina Ayurveda, os indianos acreditam que o processo digestivo começa com o toque do alimento com a mão para estabelecer uma troca de energia importante para o processo digestivo. Eles revelam que quando comem com talheres não se sentem saciados com a refeição. A alimentação é feita somente com a mão direita, já que é com a mão esquerda que eles fazem a higienização corporal após usar o banheiro.

2 O fardo da filha mulher: a maioria das famílias não querem bebês do sexo feminino e, por isso, o país possui uma das maiores taxas de abortos do mundo. Mesmo que na Índia o aborto seja oficialmente legalizado, grande parte das intervenções ocorrem de forma ilegal, haja vista as muitas restrições para solicitar o procedimento, o qual ainda não foi incluído no sistema público de saúde. Como a Índia é o país das contradições, uma dos maiores motivos da alta taxa de aborto está relacionado ao sexo do bebê, pois, culturalmente, além da família da noiva ter que pagar um dote à família do noivo por ocasião do casamento, a futura esposa passa a cuidar e a servir os sogros e, consequentemente, deixam de ter responsabilidade com sua família de origem. Assim a grande preferência pelo sexo masculino fez o governo proibir a descoberta do sexo do bebê durante a gestação. Tal fato é respeitado pelos médicos com grande rigor, pois eles estão sujeitos a perder, perante o Conselho de Medicina, o registro que lhes permite exercer sua profissão. Para aquelas que fazem questão de saber o sexo da criança durante a gravidez, a única opção é viajar a países vizinhos, como a Tailândia, por exemplo, para realizar o exame devido.

3 Demonstrações públicas de afeto: dificilmente casais andam de mãos dadas ou trocam carícias em público porque tais manifestações entre casais não são bem vistas pela sociedade. Por outro lado, curiosamente, amigos do mesmo sexo, principalmente os homens, andam de mãos dadas e se abraçam publicamente.

pixabay.com

4 Ritual de puberdade feminina: Quando a menina menstrua pela primeira vez é um importante acontecimento para as famílias, que preparam um evento que varia de região para região. Via de regra, a menina fica reclusa em casa por um tempo e, após esse período, é realizada uma grande festa para anunciar o fato aos amigos e familiares. Após a primeira menstruação a menina está apta a usar o sari e, sobretudo, a iniciar o processo de busca do “tão sonhado” noivo. Grande parte dos casamentos ainda são arranjados, já que a os indianos acreditam que o amor é construído ao longo da relação do casal.

5 O primeiro corte de cabelo do bebê: Esse é um importante ritual na tradição Hindu, denominado Mundan e realizado quando o bebê, independentemente do sexo, tem em torno de um ano de idade. Na cerimônia, geralmente conduzida por um monge, a criança tem a cabeça raspada e o cabelo cortado é oferecido a algum Deus ou jogado no Ganges, o rio sagrado. Esse ritual é para eles tão valoroso pelo fato de acreditarem que os cabelos do nascimento apresentam vestígios de vidas passadas e impedem o caminho para o futuro.

6 Mausoléu como prova de amor: O Taj Mahal, uma das sete maravilhas do mundo moderno, classificado como patrimônio mundial da Unesco, é um mausoléu construído pelo imperador Sahn Jahn em homenagem à memória da sua esposa favorita. Reza a lenda que o imperador mandou decepar as mãos dos 20 mil artesãos que trabalharam na construção para que eles nunca construíssem nada parecido.

7 Ostentação contrastante: Na Índia, é possível ter num mesmo cenário a pobreza alarmante e a ostentação da riqueza. Tanto é verdade que em Mumbai está localizada uma das cinco casas mais caras do mundo, construída por um magnata, que ocupa a nona posição entre as pessoas mais ricas do mundo. A casa possui 27 andares, heliporto e todo o exagero possível e demorou sete anos para ser construída.

Leia também: qual o idioma oficial na Índia?

Dez curiosidades sobre a Índia

8 Profissões executadas na rua: Na Índia, barbeiros, passadores de roupa, costureiros e tiradores de cera de ouvido rotineiramente executam suas atividades nas ruas. Os profissionais colocam seu material de trabalho nas calçadas e os clientes usam com frequência tais serviços.

pixabay.com

9 Cremar e jogar as cinzas dos mortos no Ganges: como os hindus acreditam que o rio Ganges é sagrado, as famílias para lá levam seus mortos para serem cremados e, em seguida, jogar as cinzas no rio para que suas almas sejam purificadas. Para os hindus, movimento das cinzas dos mortos no Ganges simboliza a jornada da alma rumo à consciência eterna, conhecida como Nirvana, ponto alto do equilíbrio, da sabedoria de si mesmo e do universo. Contudo, ao mesmo tempo que o rio recebe as cinzas dos mortos, há corpos que não queimam na sua totalidade e, por isso, é comum encontrar vestígios de cadáver boiando no Ganges. Paralelamente a esse ritual de despedida, existem pessoas bebendo e banhando-se nas águas sagradas do Ganges para se purificar dos pecados e ascenderem a uma nova e melhor reencarnação.

10. Big Mac diferenciado: Único país do mundo onde o Big Mac é diferente. Como a maioria da população indiana não come carne de vaca, por ser um animal sagrado, o sanduíche é preparado com uma variação do frango.

Related posts

A cultura do usado na Dinamarca

Camila Vicenci Witt

Mini favelas na Suíça? Não, Schrebergärten!

Mel Barbieri

Manias e hábitos alemães que eu adquiri

Marcela Vieira

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação