BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo Índia

Qual o idioma oficial na Índia?

Qual o idioma oficial na Índia?

Uma das principais dúvidas que a maioria dos estrangeiros tem em relação à Índia é o sobre o idioma corrente no país. Esta é, aliás, uma dúvida compreensível perante a diversidade de línguas faladas aqui.

Como tudo na Índia é autêntico, original e complexo, também sobre diversidade em relação a esse tema. De fato, o hindi e o inglês são consideradas línguas oficiais em âmbito federal pelo governo, todavia o pais possui outros 20 idiomas oficiais em contextos estaduais, além de centenas de diferentes dialetos. Ou seja, comunicar-se por aqui não é tarefa simples.

O inglês foi instituído como língua oficial em virtude da colonização inglesa, entretanto, como a cultura indiana tem características marcantes, as línguas e dialetos utilizados pela população não foram abolidos da rotina, especialmente porque muitos indianos lutaram para que o inglês não fosse eleito como fonte única de comunicação, uma estratégia para contrariar o colonialismo vigente à época.

O fato é que o inglês é o idioma aprendido nas escolas. Contudo, como na Índia há um número expressivo de analfabetos, muitas pessoas se comunicam apenas por meio dos idiomas e dialetos locais.

Assim, se por um lado há expressiva parcela da população que não fala inglês no dia a dia e tem conhecimento apenas do inglês básico ensinado na escola, por outro lado é possível constatar que nos grandes centros urbanos como Delhi, Mumbai, Bangalore e demais metrópoles, atualmente, a língua inglesa vem ganhando mais adeptos e o número de falantes em inglês vem crescendo bastante, principalmente em decorrência da globalização e do crescimento econômico.

Tanto é que nos supermercados os rótulos de todos os produtos estão em inglês, assim como as placas e sinalizações urbanas, fato que facilita muito a vida dos estrangeiros por aqui. Grande parte dos livros comercializados nas livrarias são em língua inglesa e ocupam as prateleiras em destaque; já os escritos em Hindi ou demais idiomas são em minoria nas estantes, fato que comprova a elitização do inglês na Índia.

Leia também: curiosidades sobre a Índia

O inglês falado na Índia também possui suas particularidades e características próprias, com pronúncia diferente da americana, da inglesa e da australiana. Em determinadas situações é muito difícil entender o interlocutor indiano devido tais diferenças. Popularmente, há o “hingles”, mistura do hindi com o inglês, donde surgiram palavras como, por exemplo, yoga, mantra, mandala, pashimina, namastê, monção, massala, kama sutra, henna, guru, casta, chacra, ashram, asana, dentre outras que a Índia tem exportado para o mundo

O hindi, considerado por muitos como língua mãe e falado por grande parte dos indianos, principalmente no norte, centro e oeste ____ é proveniente do sânscrito e possui inúmeros dialetos variantes. Este idioma é escrito pelo alfabeto devanagari, composto por 49 letras que, para nós, ocidentais, parecem desenhos alinhados a uma linha imaginária.

O estado no qual moro é Karnataka, cuja língua oficial é o canará, um dos idiomas mais antigos da Índia. Outros idiomas reconhecidos como oficiais no país são assamês, bengali, bodo, caxemira, concani, dogri, guzerate, maithili, malaiala, meithei, marata, nepali, oriá, panjabi, sânscrito, santalli, sindi, tâmil, térlugo e urdu.

Além das diferentes línguas e dialetos oficiais, os indianos têm na linguagem corporal uma forma muito própria de se comunicar. Tome-se como exemplo o famoso balançar da cabeça que, a meu ver, mais parece um enigma a ser decifrado, pois o mesmo movimento pode ter significados completamente diferentes.

A habilidade no movimento compassado de girar a cabeça para frente e para trás parece uma dança própria de tão flexível e ágil por meio da qual os nativos se comunicam e se entendem, por mais incrível que isso possa nos parecer. A série “Outsourced”, que aborda cultura indiana, retrata muito bem essa linguagem não verbal.

Apesar da diversidade de línguas e dialetos, os indianos fazem de tudo para se comunicar com os estrangeiros e dificilmente uma pessoa não será compreendida por um nativo, tal é o seu empenho. Caso não se façam entender, chamam outras pessoas para facilitar o processo de comunicação até que obtenham êxito e possam atender o seu interlocutor estrangeiro. Eu mesma já vivenciei mais de experiência positiva nesse sentido.

Leia também: Bangalore e Mumbai

Se analisarmos a comunicação sob esse prisma, o idioma na Índia é quase uma filosofia de vida e não só uma forma de sobrevivência, como afirma Paul Ricoeur em sua frase “Não pode haver uma totalidade da comunicação. Com efeito, a comunicação seria a verdade se ela fosse total.”

Sempre tão autêntica, criativa e original na sua forma de ser e viver, a Índia não poderia ser simples e “básica” no quesito comunicação e linguagem,   por onde também nos mostra que a diversidade é possível mesmo mantendo uma cultura milenar em padrões únicos.

Portanto, quem estiver pensando em visitar a Índia, terá muito mais facilidade em se comunicar se falar inglês. Contudo, caso não domine a língua inglesa, pode se tranquilizar, pois todos aqui são muito bem acolhidos pela comunidade independente do idioma que fale.

Related posts

Do Brasil para Bangalore

Rachel Tardin

Dicas de boas maneiras na Argentina

Fabi Lima

Ano sabático: o que é, para que serve e como planejar o seu

Rubiana Ozturk

5 comentários

Sandra Janeiro 29, 2018 at 4:19 am

Raquel,

Oi! Parabéns pelos textos!

Vou passar o próximo fim de semana em Bangalore e gostaria de conhecer a cidade. Você tem alguma dica de turismo seguro? Prefiro sempre guias oficiais e que falem Inglês.

Resposta
Rachel Tardin Janeiro 30, 2018 at 9:53 am

Oi Sandra,

Eu tenho sim, me adiciona no instagram, que te passo as informações no direct.

Resposta
Joabedan da Silva Março 3, 2018 at 5:19 am

Olá, Rachel. Gostei de seus relatos. Minha namorada e eu iremos à Índia no dia 22 de junho, Nova Delhi. Você conhece algum hotel limpo e com diárias justas (nada caras) pra me indicar?

Resposta
Rachel Tardin Março 4, 2018 at 3:38 am

Ola, que bom que gostou dos relatos. A Inida tem vários noteis de redes como Holliday inn, Vivanta Taj, …. sempre buscam padrões internacionais.

Resposta
Alexsandra Junho 3, 2018 at 11:57 pm

Rachel .
Eu amei os relatos através deles podi colhecer um pouco da Índia e seus idiomas.Parabéns pelo seu trabalho. Se um dia conseguir ir a Índia e vc estiver por aí posso pra te dá um alô e um abraço Deus te abençoe.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação