BrasileirasPeloMundo.com
EUA Halloween Pelo Mundo

Curiosidades sobre o Halloween nos EUA

Curiosidades sobre o Halloween nos EUA.

Engana-se quem pensa que o Halloween nasceu na terra do Tio Sam. Apesar do famoso “Dia das Bruxas” ser mundialmente associado aos EUA, a celebração dessa data origina-se, na verdade, dos pagãos celtas nas ilhas britânicas, não dos americanos. Os celtas celebravam nessa época do ano o fim da colheita e o começo do inverno, nomeando a data de Samhain. Eles acreditavam que nessa época os espíritos ruins retornavam para assombrá-los, e a maneira que encontraram de “agradá-los” foi através de banquetes com muitos doces.

Quando o cristianismo chegou ao Reino Unido, a igreja acreditava que a melhor forma de converter as pessoas, era incorporando seus costumes, e não se desfazendo deles. Assim essa cultura pagã dos maus espíritos foi incorporada à outras datas. Dia 31 de outubro seria a Noite de Todos os Santos, dia 1 de novembro seria o Dia de Todos os Santos, e dia 2 de novembro seria o Dia das Almas. Por isso o Dia das Bruxas é tão próximo do que chamados de Dia de Finados no Brasil.

Mas o que essa história tem a ver com os EUA?

Bom, quando os ingleses (assim como irlandeses) vieram para os EUA, todas essas crenças foram repassadas à cultura americana, e anos mais tarde, como os EUA é um grande caldeirão de imigrantes de diferentes culturas, cada novo grupo que chegava aqui contribuía com novas crenças e aspectos do Halloween, criando esse que conhecemos atualmente.

Leia também: Halloween na Alemanha

No interior dos EUA, onde há grandes plantações, era comum que os fazendeiros colocassem espantalhos no meio de suas terras para assustar os maus espíritos e mandá-los embora. Além disso, eles mesmos se vestiam como criaturas assustadoras como uma forma de camuflagem, para que os maus espíritos passassem por eles, e achassem que eles também eram maus espíritos, não os assombrando. As abóboras também eram usadas contra os tais maus espíritos. Cortavam o topo delas para tirar as sementes, desenhavam rostos de monstros, e acendiam uma vela dentro de cada abóbora para iluminá-las e afastar os maus espíritos. Assim nasceu o famoso Jack’o’lantern aqui nos EUA.

foto 2 (20)
Jack’o’Lantern

Com o passar do tempo, a igreja foi perdendo o controle sobre as pessoas, e as novas gerações já não acreditavam como antes nessas histórias de fantasmas. No entanto, as pessoas perceberam que poderiam transformar o Halloween em um grande comércio, principalmente através das crianças. Como a cultura capitalista sempre fala mais alto neste país, o Halloween só cresceu por aqui.

Apesar de ainda existir uma minoria (muito religiosa) que não celebra o Halloween pela data ter origem pagã, a maioria dos americanos não deixa de celebrar por este motivo. Muitos deles na verdade nem sabem da real origem do Halloween.

Como o Halloween é celebrado atualmente nos EUA?

Durante os dias que antecedem o Halloween, é comum vermos famílias americanas indo aos famosos Pumpkin Patches (plantações de abóboras) para comprar abóboras para as crianças criarem seus próprios Jack’o’lanterns. Na verdade, essa é uma das épocas mais esperadas do ano pelas crianças. Ir comprar abóbora aqui é quase uma tradição de família.

Fazenda de Abóboras
Fazenda de Abóboras

Existem fazendas que vivem só desse comércio. Eles cultivam abóbora o ano inteiro só pra vender durante essa época do ano. Existem abóboras de todos os tipos, cores e sabores, e o que mais me chama atenção é o fato de que os americanos não comem abóbora como nós comemos. Eles compram essas abóboras apenas para criar os jack’o’lanterns e colocá-las na frente de suas casas durante o Halloween, mas não aproveitam a “carne” da abóbora para comer.

Leia também: Halloween nos Estados Unidos

"Limpando" as abóboras para fazer Jack'o'Lanterns
“Limpando” as abóboras para fazer Jack’o’Lanterns

Aqui, quando eu comento que no Brasil nós comemos abóbora como qualquer outro alimento eles fazem cara de espanto ou de nojo… Apesar de comerem o que eles chamam de pão de abóbora, torta de abóbora, ou tomarem café com essência de abóbora (a Starbucks fatura com o Pumpkin Latte!), cerveja de abóbora, etc, posso garantir que o gosto desses pratos e bebidas não tem nada a ver com o gosto da abóbora propriamente dita. É uma mistura de essência de abóbora com canela. Lembra daquela abóbora refogadinha? Camarão na moranga? Ou abóbora com carne seca que a gente come no Brasil? Nem pensar por aqui!

As lojas de fantasias ficam sempre lotadas. Existem lojas que são especializadas apenas em fantasias de Halloween e só abrem nessa época do ano. Os preços são super inflacionados.

Loja de Fantasias de Halloween. Algumas, como esta da foto, chegam a custar mais de US$ 1200,00!
Loja de Fantasias de Halloween. Algumas, como esta da foto, chegam a custar mais de US$ 1200,00!

A indústria cinematográfica, não fica de fora, e sempre aproveita para lançar um novo filme de terror, geralmente mais elaborado e mais assustador do que no ano anterior.

No dia 31 de outubro, o Halloween propriamente dito, há muitas festas pelo país, muitas com concursos que chegam a pagar muitos milhares de dólares para quem tiver a melhor fantasia.

No interior, é comum adolescentes irem às casas mal assombradas (Haunted Houses), onde atores encenam cenas típicas de filmes de terror. Algumas dessas casas são extremamente elaboradas, com decoração 3D, fazendo com que tudo pareça muito real, e chegando a empregar mais de 300 funcionários todas as noites.

As crianças se fantasiam e vão batendo de porta em porta nos bairros onde moram, vão pedindo doces ou “ameaçando” os donos da casa de se depararem com uma grande travessura, caso eles não deem doces para elas. Por isso a frase “doce ou travessura” (trick or treat?). A maioria das famílias tem grandes quantidades de doces em casa durante essa época só pra entregar para as crianças no Halloween.

Estima-se que mais de 200 mil toneladas de doces sejam vendidas nos EUA durante a data, e mais de US$ 6 bilhões sejam gastos apenas com a indústria dos Dia das Bruxas. Apesar de ser um grande comércio devo admitir que é bastante divertido. Tá esperando o quê pra comprar sua fantasia?

Happy Halloween!

Related posts

EUA – Como se veste a mulher americana

Cleo Vassiliou

Mulheres texanas na História

Alessandra Ferreira

O que vestir durante o inverno?

Cecília Bailey

4 comentários

Susan Gobbo Outubro 31, 2014 at 7:43 pm

Lorrane, parabéns pelo seu artigo, como sempre muito interessante! Happy Halloween!

Resposta
Lorrane Campos Outubro 31, 2014 at 8:14 pm

Susan,

que bom que você gostou!!!
Obrigada pelo recadinho.

Beijos

Resposta
Cleo Vassiliou Novembro 10, 2014 at 3:00 pm

Oi Lorrane, adorei seu texto, pois vc explicou muito bem a origem do Halloween.
Antes de mudar para os EUA conhecia a história, mas nunca tinha celebrado a data a não ser indo para uma ou outra festa à fantasia, mas sem me ater ao significado da data. Porém isso mudou já meu primeiro ano como residente na terra do Tio Sam e passei a decorar a minha casa, além de ter me interessado mais pela história.

Mwah 😉

Resposta
Lorrane Campos Novembro 20, 2014 at 4:38 am

Cleo,

obrigada pelo recado. Fico feliz em saber que tenha gostado do texto. Sempre tento mostrar a origem dessas datas, pois acho que dessa forma as coisas passam a fazer mais sentido.

Já estou aqui pensando na fantasia pro próximo ano. Risos

Beijos

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação