BrasileirasPeloMundo.com
Custo de Vida Pelo Mundo Turquia

Custo de vida em Istambul

Custo de vida em Istambul.

Uma das melhores razões para morar em Istambul é o baixo custo de vida, bom, pelo menos se comparado ao meu no Brasil, onde eu gastava quase o dobro do que gasto por aqui, com despesas cotidianas necessárias.

Claro que devo levar várias questões em consideração, como, por exemplo, o fato de que eu morava sozinha no Brasil, enquanto, na Turquia, divido apartamento com amigos, e também que, no Brasil, eu usava carro e aqui uso transporte público. Porém, eu morava em uma cidade de 400 mil habitantes, Maringá, já Istambul tem em torno de 16 milhões, e geralmente cidades maiores tem custo de vida mais alto. Por isso, acho mais justo compararmos Istambul a São Paulo, e todos os paulistas que vivem aqui são unânimes em dizer que Istambul tem um custo de vida mais barato do que Sampa. Outro fator que levo em conta é que eu aprendi a priorizar melhor meus gastos depois dos mochilões da vida, isso ajuda muito nas despesas cotidianas, não é verdade?

Naturalmente, os termos “barato”, “caro” e “baixo custo” são relativos, depende de coisas como estilo de vida, nível de conforto que a pessoa deseja ter, renda mensal etc.

Então, vamos ao que interessa:

Moradia

Como exemplo, trago o custo do aluguel de um quarto, em apartamento mobiliado, dividido entre 3 pessoas. No ano passado, 2016, eu paguei 650,00 Liras turcas (ou TL, sigla que identifica a moeda, o que dá em torno de R$ 565,00), incluindo gás (até o aquecedor no inverno), luz, água e internet. Já este ano, estou dividindo um quarto com uma amiga, mas em um apartamento maior, dividido entre 4 pessoas, e pago 375,00 TL (em torno de R$ 325,00) de aluguel. As contas variam, mas, em média, pago 60,00 TL (R$ 52,00), incluindo a limpeza geral do prédio e do apartamento.

Onde eu moro em Istambul? Kadikoy, um dos distritos mais legais da cidade, chamado por alguns até de “hipster”. Existem regiões mais baratas, e também mais caras. Mas essa sempre foi minha favorita para morar.

Tenho amigos que moram sozinhos, por opção própria, mas em bairros mais afastados, e pagam em torno de 1.200,00 TL (R$ 1.040,00).

Condomínio é bem barato, num prédio com garagem, porteiro, piscina, sauna, hamam (banho turco) e jardim, paga-se, geralmente, 250,00 TL (R$ 216,00). No meu, onde não tem nada disso, pagamos 35,00 TL , somente pela eletricidade e pela limpeza da área comum.

Plano de Saúde

Pago 400,00 TL (R$ 346,00), em um plano nacional parcial, daqueles que, quando usamos, pagamos uma porcentagem, que varia de acordo com a especialidade e emergência, custando cerca de 40% na hora das consultas. O plano dura um ano, ou seja, custa 34,00 TL (R$ 30,00) por mês.

Transporte Público

Usamos o Istanbulkart, um cartão que passamos nas máquinas dos ônibus, balsas (as que atravessam o Bósforo, do lado europeu para o asiático), metrôs, metroônibus e tramways (bondinhos).

Os valores da tarifa começam em 2,60 TL (quando atravessa a ponte, o valor aumenta) e vão diminuindo conforme vai sendo passado o cartão. Não há isenção na baldeação, apenas valores menores. Mas eu, por exemplo, que uso o cartão mensal, pago 185,00 TL por mês e posso usar o cartão por 180 vezes, em 30 dias, ou seja, para quem usa bastante o transporte público, como eu, a economia é grande.

Alimentação 

Como estipulado por lei, os impostos mais baratos são sobre a água (1,65 TL a garrafa de 1,5 L) e o pão (1,00 TL o pão grande), uma vez que são produtos básicos. Em geral, produtos alimentícios no supermercado são baratos, os mais caros são carnes, sendo a de boi a mais cara de todas (em torno de 50,00 TL o quilo). Frutas e verduras são baratas, por exemplo, 3,80 TL o quilo da maçã verde.

Comer em restaurante é bem fácil, existindo zilhões de restaurantes de comida caseira, que eles chamam de self-service, mas que não são, uma vez que eles nos servem (risos), e não é por quilo, pagamos pelas porções que escolhemos, podendo variar entre 10,00 TL e 30,00 TL.

Dica importante: se você gosta de economizar, os mercados mais baratos são BIM, A-101 e şok.

Bebida Alcóolica

Nesse tópico, todo o encantamento de gastar pouca grana no dia a dia termina. Os impostos sobre álcool e cigarros são altíssimos, já falei a respeito em um texto sobre os bares em Istambul, mas, falando apenas sobre comprar o produto, uma garrafa de vinho bom, chileno, por exemplo, custa 65,00 TL, existindo, porém, as opções mais baratas, como a cerveja local, a Efes. Uma long neck custa em torno de 6,00 TL, mas ela é como uma Skol no Brasil e, como eu não gosto de nenhuma das duas, prefiro pagar 8,00 TL em uma garrafinha de 330ml de Hoegaarden, por exemplo, que, nesse caso, é mais barata do que no Brasil.

Veja aqui informações mais detalhadas sobre custo de vida em Istambul, site atualizado em outubro de 2017.

Certamente que esta análise de custos é baseada no meu estilo de vida, que é simples e, além disso, se levarmos em conta que os salários dos nativos são mais baixos do que no Brasil (mesmo com o salário mínimo sendo mais alto), percebemos que não é assim tão barato viver na Turquia. No entanto, os salários dos estrangeiros são, em geral, três vezes maior do que os dos turcos.

É isso aí, viver custa caro, fato, mas não viver pode custar muito mais, né?!

Related posts

Como abrir uma conta bancária na Turquia

Cristhiane Mutlu

Dicas importantes para quem estiver indo morar na Turquia

Ariane Özalp

Custo de vida em Londres: é realmente tudo muito caro?

Nathália Braga Bannister

7 comentários

Maria ines Janeiro 28, 2018 at 7:43 am

Muito bom o texto.
Pelo visto Istanbul é apaixonante!

Resposta
Juliana Lima Janeiro 30, 2018 at 1:33 am

Muito obrigada 🙂
Istambul é apaixonante mesmo!

Resposta
Alba Lúcia Janeiro 8, 2019 at 5:06 pm

Oi Juliana, vc se importa de eu te seguir? Quero ir a Istambul, e nunca viajei sozinha, gostaria de falar um pouco se vc estiver afim e claro

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 8, 2019 at 9:13 pm

Olá Alba,
A Juliana Lima parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista que está dando uma volta ao mundo sozinha chamada Vanessa Tenório que talvez possa te ajudar.
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Celi Junho 20, 2018 at 7:15 pm

“No entanto, os salários dos estrangeiros são, em geral, três vezes maior do que os dos turcos.” Poderia falar sobre isso? Fiquei curiosa.

Resposta
Rosi Gouve Fevereiro 27, 2019 at 11:15 am

Olá!!
Sou de SP.
Em Julho eu e meu marido nos mudaremos pra Istambul.
Você poderia me passar seu WhatsApp para que eu tire algumas dúvidas?
Obrigada!!
Rosi

Resposta
Liliane Oliveira Fevereiro 27, 2019 at 3:00 pm

Olá Rosi,
A Juliana Lima, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação