BrasileirasPeloMundo.com
Custo de Vida Pelo Mundo Estônia

Custo de vida na Estônia

Custo de vida na Estônia.

Uma das principais preocupações de quem vai morar fora é o custo de vida: quanto custa fazer mercado, comprar roupas, pagar aluguel, contas, gasolina? E o mais importante, será que minha vida vai melhorar, morando fora do Brasil? Ou será que vou continuar “na mesma”?

Eu acho importante lembrar que custo, qualidade e padrão de vida são coisas diferentes. O custo de vida se refere aos preços pagos pelas pessoas por bens e serviços, e apesar de existir uma média para cada cidade/país, esse custo tem muito a ver com o estilo de vida e decisões pessoais de cada um. Aí entra o padrão de vida, que vai dizer quais bens e serviços uma pessoa pode comprar de acordo com seu poder aquisitivo. Já a qualidade de vida envolve saúde, educação, habitação, saneamento básico, segurança, além do bem físico e espiritual não só de uma pessoa, mas de toda a sociedade.

Por isso me arrisco a dizer que a qualidade de vida na Estônia é excelente, pois é um país super seguro, a educação pública recentemente foi nomeada a melhor da Europa e o transporte público é gratuito em quase todo o país, só para citar alguns exemplos. Mas quando sou questionada sobre o custo de vida, sempre respondo que: depende. Depende do seu salário e, sabendo isso, quanto você quer gastar, onde quer viver, enfim, onde deseja investir o seu dinheiro ou o que é mais importante para manter o seu padrão de vida.

Isso porque há diversas opções: você pode viver no centro da cidade (que é mais caro) ou em um bairro mais afastado (que é bem mais em conta); você pode escolher ter um carro ou usar o transporte público (que é gratuito); onde quer fazer suas compras (há diversas opções de supermercados com preços diferentes), enfim na Estônia, como em todos os outros lugares, há preços para todos os bolsos.

Leia também: curiosidades sobre os supermercados da Estônia

Na internet há diversos sites que se dedicam a comparar o custo de vida entre cidades e países, ou seja, é possível fazer uma busca onde os preços da sua cidade atual serão comparados lado a lado com os preços em Tallinn. Por exemplo, no site Numbeo eu comparei minha cidade natal (Jundiaí-SP) com a capital da Estônia e recebi a seguinte informação:

Preços em Tallinn são 26.64% maiores que em Jundiaí
Aluguel em Tallinn é 96.05% mais caro que em Jundiaí
Restaurantes em Tallinn são 61.64% mais caros que em Jundiaí
Produtos no supermercado em Tallinn são 22.56% maiores que em Jundiaí
Poder aquisitivo local em Tallinn é 139.12% maior que em Jundiaí

Em sites como esse, é possível ter uma noção básica da média de preços da cidade, mas também podemos pesquisar em outros meios valores mais específicos, por exemplo:

Aluguel – o site mais popular para aluguel e compra de imóveis é o City24, e os preços de aluguel de apartamento podem variar de 350 a 800 euros/mês, dependendo do tamanho. As contas de água e luz variam de 100 euros (no verão) a 200 (no inverno), mas também depende do tamanho do imóvel.

Supermercados – há diversas opções, desde hipermercados até lojinhas de esquina. O mais barato, e que contém todo tipo de alimento, é o Máxima e um dos maiores, que também contém mais produtos importados é o Prisma. Ambos contam com loja virtual, então você pode simular um carrinho de compras para comparar preços.

Transporte – aqui no BPM temos um artigo falando sobre todas as opções de meio de transporte em Tallinn, com preços e mais informação.

Roupas – diversas marcas como H&M e Zara contam com loja virtual na Estônia, então também é possível simular um carrinho de compras.

Lazer – durante o verão há muitos eventos gratuitos acontecendo pela Estônia, e também diversos festivais de música, comida e cultura onde geralmente a entrada não passa dos 20€. Para cinemas, shows e afins é possível conferir preços nos sites Piletlevi e Apollo Kino.

Vale lembrar que na questão de saúde, as pessoas que trabalham na Estônia são asseguradas pelo sistema público, portanto não necessitam de um serviço privado. Já os que precisam contratar um plano, devem procurar empresas como a Ergo.

Leia também: Sistema de saúde na Estônia

Com planejamento e um pouco de pesquisa, é possível viver confortavelmente na Estônia! Além de é claro, usufruir do excelente nível de qualidade de vida que temos por aqui.

Related posts

100 anos de Estônia e links úteis para expatriados

Ana Carolina Poli

Custo de Vida na Suécia

Priscilla Furlanetto

Qual é o custo de vida em Dublin?

Gabrielle Figueiredo

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação