BrasileirasPeloMundo.com
Custo de Vida Pelo Mundo França

Custo de Vida em Toulouse

As pessoas no Brasil costumam me perguntar se as coisas são caras por aqui e, de pronto, falo que não. No entanto, lembro que isso vai depender do ponto de vista de cada um, ainda mais quando pensamos em nosso país com tantos impostos e com um salário mínimo relativamente baixo. Mas para facilitar para os brasileiros, peço primeiramente para não converter a moeda e levar em consideração o que costumo dizer quando estou em férias: Quem converte, não se diverte – isso vale somente para o período de férias e para os que já vivem fora, claro. Então, vamos lá saber sobre o custo de vida em Toulouse!

Alimentação

Para comer em restaurantes “normais” que no Brasil poderíamos classificar de medianos para altos, não gastamos muito. A média que se gasta por aqui é de €12,00 (doze euros), considerando: prato principal e sobremesa ou €14,00, €15,00 (catorze, quinze euros) considerando: entrada, prato principal, sobremesa e em alguns restaurantes, um café. Todos os restaurantes aqui servem água natural como cortesia, algo que não é muito comum no nosso país, portanto, se você não tem o costume de pedir nenhuma bebida que não seja água, fique feliz, pois não pagará pela bebida.

Aqui, diferente dos Estados Unidos, por exemplo, não se tem o hábito de dar gorjetas, pelo menos ainda não vivenciei isso. Quanto ao supermercado, há opções de pratos prontos para cada refeição nos quais você pode gastar uns €6,00 (seis euros) por dia e, dependendo da fome, daria até para dois dias. Se você quiser colocar em prática seus dotes culinários, é possível fazer uma boa compra semanal com uma média €20,00 (vinte euros), por pessoa, comprando o básico: frutas, legumes, arroz, feijão e acompanhamentos.

Vestuário

Há lojas e lojas. Não sou de me ligar em marcas, pois preciso me apaixonar pela roupa ou sapato e, melhor, necessito precisar deles para pensar em comprar. Não me considero muito consumista, mas claro que tenho meus dias de querer comprar o mundo. Contudo, fico nas lojas populares que tenham uma boa imagem. Também adoro olhar as novidades nas lojas “saldões”. Claro que, para quem quer sofisticação, terá à disposição lojas desse nível também, afinal estamos no país do glamour. É difícil precisar os preços, pois os valores mudarão de acordo com o que cada um gosta de comprar, mas você encontra blusas de boas marcas a partir de €5,00, €7,00 (cinco, sete euros), ou calças jeans por €17,00 (dezessete euros), apenas para exemplificar.

Moradia

Há dois pontos de vista nesse quesito: 1) Morar em um lugar bem localizado, com facilidade de acesso ao transporte público – metrô, trem e ônibus ou; 2) Morar em um local mais afastado e muitas vezes nestes casos, optar pelo próprio meio de transporte: moto ou carro. Decidi pela primeira alternativa, até porque preciso resolver minha documentação para tirar a carteira de habilitação.

Moro próximo à praça Capitole – Centreville com fácil acesso ao metrô, ônibus e estou em busca de um apartamento para morar sozinha, por isso, não quero ultrapassar meu limite mensal de €500,00 (quinhentos euros) com gastos de aluguel, mas por estar próximo ao centro e ter a possibilidade de fazer tudo a pé, acaba sendo mais puxado assumir sozinha um aluguel deste valor. Para se ter uma ideia, com esse valor aluga-se um apartamento de até 26m2 (vinte seis metros quadrados). Além disso, a procura por imóveis aqui é bem grande, pois nessa área temos universidades, escolas e, por esse motivo, aplica-se a lei da oferta e procura, como em qualquer lugar nesse mundão afora.

Transporte

O metrô custa €1,60 (um euro e sessenta centavos) e o ônibus, €2,00 (dois euros) por viagem. Não sei dizer o tempo de duração de cada bilhete, caso seja necessário utilizá-lo em mais de uma viagem, mas sei que há um cartão próprio para estudantes assim como no Brasil.

Para a população em geral, há descontos para quem compra bilhetes com 10 viagens, para 3 dias ou 1 dia. Também existe a possibilidade de comprar um bilhete que leva ao aeroporto que custa €35,00 (trinta e cinco euros), válido para seis viagens. A compra pode ser realizada em máquinas presentes na própria estação do metrô, porém o ônibus é pago diretamente ao motorista. Na foto abaixo, vocês poderão visualizar preços e opções de bilhetes disponibilizados nas máquinas. Há também um cartão que possibilita utilizar múltiplos transportes – ônibus e metrô em diversas viagens, como o Bilhete Único em São Paulo.

Acho importante deixar registrada também uma informação: esteja sempre com seu bilhete durante todo o tempo da viagem, pois há fiscalização e já vi pessoas sendo “convidadas” a deixar o transporte por não ter o bilhete com a data da viagem em mãos. Além do mais, como já disse em meu outro post, você pode usufruir da bike por 30 minutos free (grátis) ou pagar €2,00 (dois euros), por dia, caso prefira ter mais liberdade.

Tela de compra dos bilhetes de metrô

Dei uma olhada em valores das motos automáticas por aqui, pois adoro aquela tipo Vespa. O preço varia de €1.900 (mil e novecentos euros), menores e práticas, a €5.000 (cinco mil euros), gigantes e sofisticadas. É um meio de transporte que muito me agrada. Valores de carro não sei precisar, mas sei que também não são caros dependendo do modelo desejado, claro.

Celular

Item importantíssimo para nossa vida atualmente. Meu aparelho veio do Brasil, mas minha amiga comprou um por aqui e participei da busca com ela, por isso, pude observar que os modelos mais populares variam entre €80,00 (oitenta euros) e €350,00 (trezentos e cinquenta euros). Se você quiser modelos mais sofisticados, como por exemplo, um Iphone, precisará desembolsar um pouco mais. Os modelos mais antigos, como um 5S, custa a partir de €350,00 (trezentos e cinquenta euros) enquanto os modelos mais modernos, chegam a custar até €850,00 (oitocentos e cinquenta euros).

Quanto aos planos, atualmente utilizo um plano pré-pago da operadora Orange. Pago €20,00 (vinte euros) por mês para um plano que contempla: 2GB de internet, ligações ilimitadas e SMS na França que são suficientes para mim. Há também os planos com benefícios de desconto em aparelhos, porém não sei dar detalhes de cada operadora. As operadoras mais populares aqui são a SFR, Bouygues e a Orange. Sei que existem descontos em aparelhos, porque vi que oferecem essa facilidade para clientes que possuam planos mensais a partir de €20,00 (vinte euros), além do valor do aluguel ou compra do aparelho parcelado – varia de acordo com o modelo e plano escolhido. É o cliente que define a quantidade de parcelas ou se quer alugar o aparelho. Achei bem interessante.

Quando estamos morando em um país em que constatamos “justiça social” como um todo, temos inicialmente uma loucura temporária de dois tipos: a primeira, é aquela em que temos vontade de comprar tudo, pois no dia seguinte o produto pode não ter o mesmo preço já que em nosso país, muitas vezes as coisas funcionam desta maneira. Não sei se todos passam ou já passaram por essa fase, mas eu já passei principalmente em algumas viagens de férias, onde você acaba se tornando consumista por ocasião. A segunda, é quando você fala: “Não vou gastar nada, imagina pagar €2,00 (dois euros) por uma garrafinha de água ou quase R$8,00 (oito reais), compro um galão de 20 litros no Brasil com esse valor”. Já vivi essa fase também na minha primeira viagem, mas ela também passa e você pensa: “Ah, trabalho para isso.”

O conselho que posso dar é: divirta-se dentro das suas possibilidades, acho que não deve ser nem 8 e nem 80. Cada um sabe onde seu calo aperta, como sempre dizemos, mas estando de férias, procure trabalhar com o que sobra dentro do seu orçamento. Caso esteja de mudança, procure pensar mais e não se deixar levar pela emoção. Em resumo, equilíbrio sempre.

Apenas para se ter um exemplo concreto, você consegue, no início, viver razoavelmente bem por aqui com €1.000 (mil euros) mensais, mas para algumas pessoas pode ser um pouco difícil por conta da adaptação. Mesmo sabendo que nós brasileiros temos muita facilidade para nos adaptar, é importante ressaltar que boa parte da nossa população sobrevive com menos que isso.

Related posts

Gravidez na França

Anna Mendonça

O que dá para fazer com 1000 dólares em Sydney

Lívia Campos

Custo de vida na Bulgária

Aimée Bardella Aihst

2 comentários

Diego Novembro 29, 2017 at 4:29 pm

Olá, muito bom post, gostaria de tirar uma dúvida, para um casal, para um apt com 2 quartos, um padrão de vida mediano, acho que classe média, quanto precisa para passar o mês aí?

Resposta
Rafaela Honorato Novembro 29, 2017 at 9:16 pm

Ola Diego, tudo bem? Isso é relativo, pois vai depender se você vai fazer happy hour com frequencia (o que encarecerá sua estadia). Vou usar um exemplo em relação a comer fora, o dia todo fica em média de 30 à 50 por pessoa. Como disse é relativo, vai depender o propósito da viagem. E sobre apartamento, fiz um post falando sobre eles, se for para um casal passar um mês, seria bom vocês ficarem em um Studio, já economizariam uma graninha. Qualquer coisa, pode perguntar…segue o link dos aos…

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação