BrasileirasPeloMundo.com
10 Motivos EUA

Dez motivos para morar nos Estados Unidos

Dez motivos para morar nos Estados Unidos.

Todo mundo sabe que os Estados Unidos são um dos destinos favoritos dos brasileiros. Seja para “turistar” em Nova Iorque ou na Disney, ou mesmo para “tentar a vida”, a terra do Tio Sam atrai milhões de brasileiros todos os anos. Mas por que os Estados Unidos? As razões são as mais diversas, e cada um tem as suas. Uns tentam uma vida melhor, outros pretendem aprender inglês, fazer faculdade ou outros vêm atrás de um grande amor. Eu vim porque o trabalho do meu marido o transferiu, nós achamos que seria um bom lugar para morar e já moramos aqui há mais de  3 anos.

1)      O idioma é o inglês – tudo bem, você pode não saber inglês fluentemente, mas ao menos alguma vez na sua vida você ouviu a frase “The book is on the table”. Em tese o idioma faz parte do currículo escolar, e a influência do idioma no Brasil é grande. Se você não sabe inglês, vai precisar aprender quando chegar aqui? Sim. Vai pagar muitos micos? Absolutamente sim. Mas muito pior é você morar na China e ter que conviver com o aprendizado do mandarim.  Imagine a situação, em Xangai: você vai a uma loja destas como a Home Depot, que vende material para construção, e precisa ir desesperadamente ao banheiro. Você olha por todos os lados ansiosa para encontrar um, nem que seja um daqueles banheiros chineses com apenas um buraco no chão. Nada! Ai você encontra um vendedor da loja e tentar iniciar uma conversa para perguntar onde fica o dito cujo do banheiro. Depois de muitas palavras desencontradas e muita mímica, você pensa que ele te entendeu… E ele te leva até o departamento que vende vasos sanitários ao invés de mostrar onde fica o banheiro!! Socorro! Então, caro leitor, viver num país em que o idioma oficial é o inglês facilita muiiiiito a nossa vida! E temos ainda o espanhol, que é o segundo idioma mais falado nos EUA, e sua proximidade com o português faz com que todos nós sejamos PhD em portunhol!!

 2)      A vida é muito prática – de todos os lugares em que eu morei, os Estados Unidos são imbatíveis neste quesito. Existe produto para limpar de cueca encardida até parede manchada, e tudo o que você imagina pode ser comprado online. As lojas abrem cedo e fecham tarde. Drive through de todo tipo, de farmácia a banco. As crianças vão à escola das 8 às 15 horas, e lá mesmo fazem várias atividades extra-curriculares, então aquela vida de “mãetorista” brasileira praticamente é inexistente. Muitas crianças se utilizam dos ônibus escolares, aqueles amarelos, então nem levar e buscar a prole na escola você precisa. Frutas e verduras limpas, cebola cortada, alho descascado, frango temperado. Tudo para facilitar a sua vida!

 3)      Boas escolas públicas – os EUA podem não ter a melhor educação do mundo, mas ainda estão muito à frente do Brasil. As escolas públicas são muito boas, e você só precisa morar na zona da escola para poder matricular seu filho. Claro que existem escolas ruins, mas se você souber escolher bem onde vai morar, poderá com certeza dar uma educação de qualidade e gratuita aos seus filhos. A situação muda um pouco quando falamos sobre universidade, já que as melhores são pagas, e bem pagas!

school bus

4)      Esportes – se seu filho(a) gosta de praticar esportes e a família aposta que a criança tem futuro, aqui ela encontra todo o incentivo do mundo para se dar bem no esporte. É uma vida dura e cheia de dedicação, mas com chances de sucesso. As crianças que praticam natação, por exemplo, treinam todos os dias bem cedo, das 5 da manhã até a hora de irem à escola (e ainda depois da escola e nos finais de semana). O mesmo se dá para quem é bom em ginástica olímpica. Muitos pais até optam por home schooling (ensinar a criança em casa), para ter mais flexibilidade nos horários e para que a criança assim possa treinar mais. Tudo isso porque uma criança boa em esportes tem grandes chances de conseguir uma bolsa de estudos na universidade, que custa muito dinheiro por aqui. Agora eu consigo entender porque eles são tão bons nos Jogos Olímpicos!

Leia também: vistos para morar nos EUA

5)      Aqui não tem novela das 8 – (a não ser que você seja assinante da Globo Internacional)!  Esse hábito onde a família toda se reúne ao redor da TV após o jantar para assistir à novela, não tem aqui. O que me choca não é a novela em si, que é cultura inútil mas tem até algumas com umas estorinhas divertidas – mas o fato de crianças pequenas assistirem a novela, cheia de sacanagem, de gente puxando o tapete do amigo, de mulher se vestindo de uma forma bem vulgar – e crianças de 6, 7, 8 anos assistindo junto com o papai e a mamãe na sala! E todo mundo acha isso completamente normal! Não acho de maneira nenhuma que a TV americana tenha programas de qualidade, mas eu acho que no Brasil as crianças são expostas muito cedo a programas impróprios à idade.

6)      Boa qualidade de vida – além de boa educação, o fato de se viver com mais segurança ajuda MUITO na sua qualidade de vida. E olha que os EUA estão longe de ser o paraíso nesta área, mas não achar que você pode constantemente ser assaltado, sequestrado e até assassinado todos os dias não tem preço, como diz o chavão da propaganda da Mastercard! A segurança, associada a uma vida prática, boas escolas, parques, programas ao ar livre fazem com que tenhamos uma boa qualidade de vida aqui. Difícil trocar isso por uma vida na caótica São Paulo.

7)      Custo de vida  – devido ao tamanho dos EUA, pode ser que para alguns isto não seja um ponto favorável. Se eu ainda estivesse morando em Manhattan, o custo de vida com certeza não faria parte da minha lista. Mas em Houston eu posso dizer que o custo de vida é baixo se comparado a muito lugares do Brasil, inclusive São Paulo, de onde eu sou, e isto se estende a diversos lugares dos EUA.  Aqui no Texas não pagamos imposto municipal ou estadual – apenas imposto de renda e o Property Tax, que é mais ou menos como um IPTU. E embora o Property tax possa ser bem caro, pois varia de acordo com o tamanho e localização de sua casa, ainda assim eu acho o custo de vida baixo, se comparado a muitos das grandes cidades no Brasil.

8)      Turismo – Os EUA são um país enorme, o quarto maior do mundo, com diferenças regionais marcantes. Além de Orlando, Miami e Nova Iorque, os queridinhos dos brasileiros, os EUA têm muitos lugares a serem descobertos, como grandes estações de esqui, parques nacionais, paisagens maravilhosas e clima para todos os gostos. E se você acompanhar os sites de venda de passagens aéreas vai perceber que é possível achar uma pechincha e conhecer um lugar diferente nas suas férias. Os preços praticados pelas companhias aéreas e hotéis no Brasil parecem até piada de mau gosto quando comparados com o que se consegue por aqui.

Rio Colorado

9)      O idoso continua a viver – no Brasil, eu tenho a impressão de que os idosos se isolam a partir de certa idade. Você encontra poucos idosos que viajam pelo país, que praticam exercícios todos os dias, que vão ao teatro. São minoria. Aqui eu me surpreendo ao encontrar idosos nadando na piscina do clube todos os dias, fazendo ioga, indo às compras sozinhos. Eu não me lembro de encontrar o pessoal da terceira idade fazendo ginástica na Cia Athletica, por exemplo (espero que isso tenha mudado). Claro que aqui não é o melhor país do mundo para se envelhecer por conta do custo altíssimo do seguro saúde, mas percebo que os idosos tem mais espaço na sociedade. Inclusive você encontra muitos deles trabalhando em lojas como Walmart ou Home Depot, por exemplo.

10)   Menos burocracia – se tem uma coisa que encontramos em excesso no Brasil, é burocracia. Tanto que existem os cartórios, uma instituição que existe para comprovar sua assinatura, para carimbar três vezes o mesmo papel e claro, cobrar taxas absurdas por esses serviços. Para abrir e fechar uma empresa no Brasil, você precisa de muitos documentos. Para fechar, então, é um parto à fórceps. Nada é facilitado nesta área. Aqui tudo é mais simples. Precisa reconhecer firma de sua assinatura? Vá até o banco onde você tem conta, e no próprio balcão de informações eles fazem isso, na hora, sem cobrar nada. Igualzinho ao Brasil, né?

E você? Por que você gosta de morar nos EUA? Deixe seu comentário!

Fotos: Pixabay

Related posts

Praias do estado de Maryland nos EUA

Lorrane Sengheiser

Compras e sistema de pagamentos nos EUA

Liliane Oliveira

Deixei minha carreira no Brasil para ser babá pelo mundo

Mari Proença

96 comentários

Cintia Novembro 6, 2014 at 1:59 pm

Monica, concordo com tudo…já morei aí e realmente a praticidade da vida nos EUa nao tem preço. Bjs

Resposta
Monica Bateman Novembro 6, 2014 at 7:35 pm

Cintia,é isso mesmo. A praticidade da vida aqui faz tudo ser mais fácil! Bj

Resposta
quellindona Abril 20, 2015 at 6:44 am

Ola Monica, meu sonho é morar nos EUA.
Sei que a vida ai não é um filme, que tem dificuldade tambem, mas acredito que o padrão de vida seja melhor. Tenho quatro filhos pequenos, e queria muito dar uma vida melhor pra eles, aqui no brasil é muito difícil. Tenho uma amiga que mora em dallas, e ela diz que vive muito bem. Como queria ir, mas não sei como, queria que meu marido conseguisse algum trabalho. Mas as vezes acho impossível isso acontecer.

Resposta
Luciana Novembro 6, 2015 at 4:49 am

Nao e impossivel, emprego e muito facil De arrumar, com 4 criancas seu marido poderia virtual primeiro, arrumava um local pra vcs ficarem, dai vinha o resto da familia

Resposta
pedro Janeiro 31, 2016 at 11:49 pm

Olá Luciana!
Desculpe; mas que o marido da.nossa colega indo na frente não seria a melhor forma.uma vez que no preenchimento do DS160 ela colocará que é casada e possui filhos. Certamente a embaixada saberá que o marido deu entrada no país e não deu saída… A primeira pergunta da embaixada obviamente seria essa: “Você quer entrar nos EUA com seus filhos mas seu marido ja deu entrada a alguns meses e ainda não deu saída… Lembrando que todas as perguntas são com base no DS160! Experiência própria… Diz que vai a passeio ideal se conhecer alguem la para auxiliar ate arrumar um emprego!

Resposta
Gislaine Caetano Novembro 6, 2014 at 3:55 pm

Monica excelente artigo! estou aqui em Houston há menos de um ano e é bem isso mesmo. O que mais me surpreende é a praticidade da vida. Se por um o custo de vida é mais baixo, eu acho que o custo dos serviços em geral são bem mais altos se comparados com o Brasil. abraços

Resposta
Monica Bateman Novembro 6, 2014 at 7:36 pm

é verdade, Gislaine, serviços aqui são caros. Mas eu acho que no Brasil não é mais tão barato como antigamente…..trocar um salto do sapato, arrumar um serviço de costureira – nos grandes Centros como SP, sai bem caro tambem!

Resposta
Paulo T Castro Março 12, 2016 at 6:54 pm

Olá. Acredito que os serviços por aí sejam caros pela razão dos americanos amarem de paixão o DIY. O faça você mesmo por aí é quase uma religião, existem materiais e ferramentas pra tudo que se queira consertar ou fazer… aí a imaginação é o limite!!! Morar nos USA, sonho de consumo!!!
Abraços e sucesso!!!

Resposta
Doris Novembro 6, 2014 at 4:26 pm

Eu amo o meu Brasil. Mas por estas 10 razões e outras mais é que eu resido aqui por 24 anos.

Resposta
Suzana Novembro 7, 2014 at 2:43 pm

Na verdade acredito que os altos custos de serviços daí, se deve a valorizaçao das pessoas, diferente do Brasil que quem nao mete a mao na massa ganha horrores e quem chega no fim do dia suando tarde da noite são escravizados pelo serviço e mal pagos.É uma diferença enorme.
Adorei seu post! Bjs
Suzana

Resposta
andreia medina Novembro 6, 2014 at 5:02 pm

verdd, uma das coisas q amo aqui e de fato o exesso de boa educacao e gentileza uns com os outros, no transito nao temos a loucura dos carros correndo desesperados q no brasil nao para para ninguem passar na faixa de pedestre aqui se para ate apra uma tartaruga que esta cruzando, eu falo isso porq ja presenciei uma senhora descer do carro e pegar as bixinhas e tirar do asfalto srsrsr e nao tinha um carro sequer buzinando ou querendo corta ….

Resposta
Monica Bateman Novembro 11, 2014 at 4:36 pm

Andreia, é verdade, as pessoas sao bem mais civilizadas no transito! Abraços!

Resposta
gabriela dedolph Novembro 6, 2014 at 6:12 pm

Mônica, o seu texto chegou logo após uma longa conversa com um amigo no Brasil hoje, onde estávamos falando sobre isto. Muitos dos seus pontos citados, foram exatamente o que falei para ele. Então concordo com suas razões para morar aqui! Também sai de São Paulo e moro atualmente no Texas.

Resposta
Monica Bateman Novembro 11, 2014 at 4:37 pm

Oi Grabriela, em qual lugar do Texas você mora? abraços e obrigada por acompanhar o blog.

Resposta
AdRiaNa Novembro 6, 2014 at 7:10 pm

Eu e minha familia mudamos para Massachussets há quase 5 meses . Por minhas observações , te digo…..concordo com seus 10 motivos . Moravaamos em São Paulo. A qualidade de vida que estamos tendo aqui realmente é “priceless”!!!bjo

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:36 pm

Adriana, que legal que você está gostando da vida em Massachussets! Eu nao sinto falta do caos de Sampa! Abraços!

Resposta
Giselle Novembro 6, 2014 at 7:59 pm

Meu noivo tenta me convencer de ir pros EUA, mas eu relamente tenho muitas dúvidas. Amo o Brasil, mas adorei os EUA e uma das coisas que me encantou foi encontrar de tudo. Eu pensava e tinha. Um máximo!
Mas fico pensando muito a questão da minha família estar aqui e de emprego também. Bem o que vocês poderiam me dar de conselho? Vocês foram sem pensar em nada disso? Como vocês se organizaram para ir?
Abs

Resposta
Monica Bateman Novembro 6, 2014 at 8:15 pm

Giselle, deixar a família não é fácil. Sai do Brasil ha 11 anos e minha mae tinha 76 anos na época. Hoje tem 87, está bem, mas sofro de pensar que ela esta envelhecendo e eu estou distante. Mas faz parte da vida. Quando ao emprego, quando me mudei a 1a vez, do brasil para Londres, fiz questao de arrumar um emprego. Acho que nao teria ido se nao tivesse, mesmo apaixonadissima pelo meu futuro marido. É importante. Estude ingles, se planeje para poder se recolocar aqui.

Resposta
Miriam Pontes Novembro 7, 2014 at 3:23 am

A questão da segurança realmente faz toda a diferença no que diz respeito a qualidade de vida. Pelo menos em relação aos impostos podemos ver o retorno, o que não acontece no Brasil… Parabéns pela matéria!

Resposta
diostenes Novembro 7, 2014 at 4:15 am

gostei muito do texto ,gostaria de morar aii .

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:34 pm

Diostenes, obrigada! Acompanhe o blog porque em 2015 vamos escrever como morar nos EUA (visto, etc). Abraços!

Resposta
Martucha Novembro 9, 2014 at 1:13 am

Mônica, a única maneira que vi de morar ai é com visto de trabalho (o qual é muito difícil de conseguir uma empresa que queira custear isso) ou casando, se você souber de outras sem que eu precise abrir uma empresa de 500 mil dolares se tiver como abrir uma menor kkkk eu to aceitando todas as dicas agora essas que disse fica praticamente impossível.

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:32 pm

Martucha, estou trabalhando em um texto sobre o assunto, em breve sai no meu blog, o Discovering Houston – acompanhe meu blog e voce recebera a materia! Abraços.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:36 pm

Suzana, a qualidade dos serviços aqui, no geral, é superior ao Brasil, por vários motivos (capacitação é uma delas). Abraços e obrigada!

Resposta
Marcos Borges Novembro 7, 2014 at 7:42 pm

Muito interessante texto, abrange varios pontos que realmente fazem toda a diferença, com certeza existem outros mas esses são motivos suficientes para fazer a decisão de estar por aqui. Moro aqui a 13 anos e não troco minha qualidade de vida por um caos total por que passa o Brasil.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:33 pm

Marcos, é isso mesmo, a vida em São Paulo (e em vários outros lugares do Brasil) está um caos, infelzimente! Obrigada por acompanhar o blog!

Resposta
Urias Ramos Novembro 8, 2014 at 6:05 am

Muito bom artigo, Monica. Obrigado.
Tambem moro em Houston e concordo plenamente.
Vou subscrever ao seu blog.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:30 pm

Ola Urias, muito obrigada!

Resposta
lucimar Novembro 8, 2014 at 10:08 am

Adorei sua materia, concordo completamente com vc… estou aui a 13 anos nesse periodo tentei morar no Brasil novamente mas os precos altas, falta de seguranca, saude e educacao me fizeram voltar… moro em new Hampshire e adoro o USA, eu e meus filhos adotamos esse paiz como casa…

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:28 pm

Lucimar, é difícil voltar ao Brasil ne? imagino que a readaptação não seja fácil. Sucesso para você!

Resposta
Marta Severo Novembro 8, 2014 at 12:09 pm

Monica, vc resumiu exatamente o que eu penso! É isso aí, bem prático, como os americanos!

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:28 pm

Obrigada Marta! eu realmente adoro a praticidade desta terra!

Resposta
Elisabeth Brasil de Brasil Novembro 8, 2014 at 1:31 pm

Monica parabens pelo belo artigo.Tens razao ,nao sou do tipo que cria raizes pq nasceu em tal pais.Quero estar e viver onde estao meus amores,ou seja minha familia.Tenho forte ligaçoes com os Estados Unidos.Amo este pais,sua organizaçao,segurança e tudo mais.Pretendo se Deus quizer um dia viver ai para curtir sempre meus amores,e nao em visitas de um mes ou 50 dias.Sucesso para voce sempre.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:27 pm

Obrigada Elizabeth! Muito sucesso para você também, no Brasil ou nos EUA!

Resposta
Flávia Lima. Abril 19, 2018 at 3:04 pm

Ainda morando no Brasil?

Resposta
Rozania Faria Magalhaes Novembro 8, 2014 at 4:42 pm

Monica, estou pensando em ir morar em Windermere, Fl, pertinho de Orlando. Tenho uma filha de 14 anos e ela sonha ir morar nos Estados Unidos. Vou tentar um visto para estudante porque quero fazer um curso e pretendo ficar uns 2 anos e isso facilita. Tenho medo , mas o medo de morar no Brasil hoje é maior, moro no RJ. Beijos

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:26 pm

Rozania, ótimo, vocês com certeza vão adorar a aventura! Vão ter muita história para contar e sua filha vai ficar com uma bagagem de aprendizado excelente!

Resposta
Elaine Morita Novembro 8, 2014 at 4:45 pm

Oi Mônica, estou de mudança no início do ano, e um pouco apreensiva, mais por causa da parte da saúde, ainda estamos resolvendo como iremos fazer, o custo nessa ãrea é muito alto, como vocês resolveram, quais os planos de saúde vc recomenda, para uma família de 2adt e 2ch? Parabéns pelo seu post, me deixou mais feliz e confiante pela escolha que meu marido fez na carreira dele e para nossas vidas.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:24 pm

Elaine, que legal que você está de mudança para ca. Para qual cidade? Você já leu meu texto sobre o seguro saúde? A empresa onde se marido vai trabalhar dá como benefício o plano de saúde? É um importante benefício que muitas empresas dão. Pesquise com seu marido. Um site que fornece informações sobre health insurance é o healthcare.gov, o famoso site do Obama Care. Existem milhares de opções, inclusive dentro de cada plano, então fica muito difícil eu recomendar. Difere também em cada Estado. Converse direitinho com o marido sobre os beneficios da empresa, e qualquer coisa me escreve – pode ser pelo meu blog, http://www.discoveringhouston.com, la tem uma pagina de contato. Abraços e boa sorte, vocês não irão se arrepender de mudar!

Resposta
cmtenito Novembro 8, 2014 at 5:58 pm

Eu e esposa já passamos uma temporada de 3 meses em San Diego-CA, em casa de família – isso nós com mais de 50 anos de idade, mas com cara de 35, hahaha. Well, foi tudo espetacular até de chegar lá sabendo pouquíssimo de inglês; deu vontade de voltar no 1o dia de aula. Curtimos bastante; passeamos bastante; viajamos bastante e compramos bastante. No primeiro aluguel, na Alamo, demorei a acreditar que tinham me dado um SUV Mazda novinha no lugar de um pop alugado. Dirigir lá foi moleza comparando com a confusão daqui. Aprendemos a cumprimentar as pessoas a qualquer hora e lugar sem precisar conhece-la. Os EUA não é tudo de bom mas, na balança, ganha daqui, essa é minha opinião, pois já experimentei.

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:20 pm

Haha adorei os 50 anos com cara de 35! Mas é uma fase tão boa, não é mesmo, filhos crescidos, tudo mais estável, por que não fazer o que vocês fizeram? deve ter sido uma aventura com muitas boas lembranças. E é o que vc falou, aqui está bem longe de ser o lugar perfeito, mas na comparação, ganha do Brasil, infelizmente!

Resposta
Selma de Ávila Novembro 8, 2014 at 7:48 pm

MONICA, meus parabéns. Você conseguiu resumir, e muito bem, como se vive aqui nos US. Resido em Orlando, há dois anos, e seu trabalho foi o melhor que encontrei a respeito desta matéria. Estou divulgando…

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:18 pm

Selma, muito obrigada ! Fico feliz que este texto foi tão popular e chegou ao alcance de tantas pessoas! Um abraço aqui de Houston!

Resposta
Gerson Tillmann Novembro 8, 2014 at 8:35 pm

Como posso ir morar ai?

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:18 pm

Gerson, obrigada por acompanhar o blog. Pretendo escrever em detalhes sobre o assunto, então em breve você terá mais detalhes. Mas, de forma geral, é vir como estudante ou como relocado pela sua empresa ai no Brasil. Mas existem outras formas tambem. Acompanhe o blog e em 2015 cobriremos este tema!

Resposta
Braner Dantas Novembro 8, 2014 at 10:37 pm

Monica, parabéns pelo post! Vc só poderia ter pego um mapa correto dos EUA né? Os estados Oregon e Washington estão invertidos rsrs..

Resposta
Monica Bateman Novembro 8, 2014 at 11:16 pm

Braner! e não é que é verdade, e eu nem tinha percebido? Para ser sincera, eu nem pensei em checar nada! Uso um site que fornece fotos sem custos para publicações, e não percebi! Obrigada!

Resposta
Edwina Novembro 9, 2014 at 2:12 am

É isso mesmo. O que eu adoro daqui é a variedade e quantidade de comida saudável. Pois é minha gente, o país do fastfood é maravilhoso para veganos e vegetarianos. A variedade de produtos é muito, mais muito grande mesmo, e o melhor: då para pagar, mesmo sendo um pouquinho mais caro que a comida ” convencional” os produtos são acessíveis.

Resposta
Monica Bateman Novembro 11, 2014 at 4:38 pm

Edwina, percebo realmente que as opcoes para dietas especias sao infinitas aqui, e como voce disse, não é preciso vender um rim para pagar! Abraços!

Resposta
Veronica Novembro 9, 2014 at 4:15 am

Adorei seu resumo. As minhas razaoes sao as mesmas que as suas e mais a educacao universitaria que e de excelente nivel. Moro com minha familia nos US por mais de 20 anos. Nos tornamos cidadoes Americanos e este pais virou a nossa casa. Claro que adoro o Brasil, mas apenas para visitar a familia e viajar.
Meus filhos cresceram, estudaram em escolas publicas e se formaram nas Universidades Americanas. A terceira ainda esta na Universidade. O que significa que a cultura de casa, comida, roupa passada e lavada, acaba no momento que vao para a universidade. Amadurecem, viram adultos, bons profissionais e cidadoes de maneira geral. Adoro isso. Bastante diferente da cultura Brasileira que carrega os filhos eternamente dependentes.
.
As lojas sao maravilhosas aonde voce anda livremente, sem ninguem te assediar ou tentar te vender alguma coisa.
Pagamos todas as nossas contas online sem nenhum problema.
Sem falar do servico do consumidor – funciona.

A assistencia aos menos favorecidos vem de todos os lados e funciona. Trabalho com isso e vejo a coisa fluir.

Um abraco!

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:32 pm

Ola Veronica! Que legal que é ver os filhos se darem bem aqui, não é mesmo! Concordo com você, com a história da cultura da casa, comida e roupa lavada. As pessoas crescem sendo mais independentes! Um Abraço!

Resposta
Anapaula Novembro 9, 2014 at 2:05 pm

Concordo com tudo que voce disse mas tb acrescentaria a questao saude!!! Moro em Boston ha 20 anos…sabemos que o sistema de saude apresenta varias falhas mas ainda assim como e bom vc saber que tera um atendimento digno pra vc ou seu filho na hr q for preciso, independente da cor, raca e condicao financeira! Sem ter que esperar por meses por um exame ou um leito de hospital….eu amo esse pais por tudo que me foi disponibilizado independente de quem eu era!!

Resposta
Monica Bateman Novembro 11, 2014 at 4:40 pm

Oi Ana Paula. Acho que a qualidade da saúde é boa. Mas o custo é altíssimo – por isso não sei se incluiria a saúde nas razões para morar aqui. Ao menos para quem não tem uma condição financeira boa ou um bom seguro saúde, acho complicado! Abraços

Resposta
Danielle Filipe Novembro 9, 2014 at 3:03 pm

Adorei sua matéria!!! Eu e meu esposo estamos pensando em futuramente ir morar em Orlando. Mas não tenho idéia de como ir visto e tal. Vi q vc sugeriu visto de estudante, com certeza vou querer estudar inglês lá, mas com esse visto eu posso trabalhar tb pois terei q trabalhar. Aki sou nutricionista mas lá eu topo trabalhar com turismo no q der…Obrigada e boa Sorte aí no paraíso …

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:30 pm

OI Danielle, com visto de estudante nao da pra trabalhar. estou escrevendo um texto sobre vistos e vai sair la no Discovering Houston em breve – fique de olho! Abraços!

Resposta
Haroldo Rodrigues Dias Novembro 9, 2014 at 7:06 pm

Caríssima Monica eu trabalho aqui no Brasil com móveis planejados,e vejo muitas reportagens de brasileiros sendo atraídos pelo grande fluxo imobiliário,tenho imensa vontade de ir morar e trabalhar em Miami,pois vejo que os americanos são tratados pelo governo muito bem,ao contrário daqui onde cada dia que se passa da muito medo e incerteza do futuro.Tenho uma irmã que mora em São Francisco, o nome dela é Sonia Bernardes ela trabalha como Designer,é só procurar no Facebook quem sabe vcs se tornam amigas virtuais ela morou em Ribeirão Preto e durante minha vida vi ela somente uma vez,de mais te desejo td de bom nesta vida,fique com Deus e um forte abraço.

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:29 pm

Haroldo, nem tudo aqui sao flores, mas estamos melhor do que no Brasil, com certeza. Obrigada pela indicação da sua irmã, vou procura-la no FB – e conte pra ela do blog Brasileiras pelo Mundo! Boa sorte, espero que seu sonho de mudar para Miami se concretize!

Resposta
Janaina Novembro 9, 2014 at 10:51 pm

Oi Mônica!
Adorei seu artigo!
Mas às pessoas menos informadas não é simplesmente aprender o inglês e virem.
Precisam vir legalizadas, ou seja, com visto, e não visto de turista.
As vezes as pessoas chegam aqui com visto de turista e vão ficando.
É muito ruim e não vira sonho e sim pesadelo se você fica ilegal.
Bju

Resposta
Monica Bateman Novembro 11, 2014 at 4:41 pm

Janaina, corretissimo. Muita gente vem com visto de turista e vai ficando, dando um jeitinho. Acaba vivendo as margens da sociedade. Muitos destes sonhos realmente acabam em pesadelo!

Resposta
Maurizio Porzia Novembro 10, 2014 at 5:37 am

Muito bom seu texto!!!
Infelizmente aqui no nosso Brasil caminhamos na contra mão de tudo que você comentou.
Não há mais uma única cidade segura, temos que ter portas, grades, alarmes e seguros, vivemos em estado de medo todos os dias e todos os horários, se um filho demora um pouco mais para chegar ficamos loucos e desesperados, mesmo dentro de um condomínio.
Amigos de motocilcismo sendo roubados e assassinados todas as semanas, a vida perdeu seu valor, um tênis ou um celular é motivo para ser assassinado.
Estou pesquisando as alternativas para migrar legalmente para os Estados Unidos ou Canadá, pois desisti de viver e amar meu país, aqui virou uma barbárie, a Lei da selva, bandidos tem mais direitos que o cidadão comum.
Passados anos do descobrimento, não aproveitamos os bons exemplos do Mundo, continuamos destruindo o país, jogando lixo nas ruas e rios, vivendo como eternos subdesenvolvidos.
Comentários pessimistas de minha parte, mas a grande realidade que vivemos é essa.

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:27 pm

Maurizio. Sei muito bem o que você descreve. em cada visita minha ao Brasil, morro de medo de andar de carro, de ser assaltada no próximo farol, principalmente estando com minha filha – que fica me perguntando porque eu verifico se as portas de casa estao trancadas, por que as janelas dos carros sao escuras, e por ai vai. Fique em paz!

Resposta
BiaBrazil (@BiaBrazil) Novembro 10, 2014 at 3:03 pm

Depois de 15 anos aqui nos EUA, passados no Texas, na Florida e agora na Carolina do Norte, eu diria que é mais fácil um brasileiro se adaptar neste país do que o brasileiro daqui ter que se readaptar com o estilo de vida que o Brasil oferece. Aqui a gente amadurece como ser humano e cresce como cidadão, por isso passa a questionar todos os “nonsenses” do Brasil. Obrigada pelo texto, Monica!

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:25 pm

Obrigada Bia! É isso mesmo, bem difícil nos readaptarmos a vida no Brasil! Uma das escritoras do Blog, a Fabiana mesquita, que retornou ha pouco, já escreveu sobre isto no Blog! Abraços.

Resposta
Monica Bateman Novembro 10, 2014 at 8:36 pm

Ola Gabriela, em que lugar do Texas você mora? Voce conhece meu blog, o Discovering Houston?

Resposta
ackolb Novembro 12, 2014 at 9:40 pm

Monica querida, arrasou! ADOREI o texto!!!!! nao tem muito o que falar, com certeza as suas dicas pra ir morar nos EUA em 2015 vai ser uma explosao de cliques! 🙂 Namasté e sucesso sempre linda!

Resposta
Antonia V. Carvalho Dezembro 10, 2014 at 6:56 am

Mônica, amei seu post. Daqui a cinco anos me aposento. Pretendo morar fora do Brasil. Até lá eu gostaria de passar férias nos lugares que penso em viver, os EUA é um deles. Vou assinar seu blog. Já tenho visto, mas de turista, estive no Canadá e aproveitei pra conhecer NY, apenas pra sentir o gostinho, fiquei hospedada em New Jersey, adorável. Gostaria de saber dicas de como proceder para mudar para o pais de forma bastante planejada. E dicas para vencer a barreira do idioma. Obrigada.

Resposta
Monica Bateman Dezembro 10, 2014 at 8:17 pm

Antonia, obrigada! Otima ideia a sua, usar este tempo ate a aposentadoria para pesquisar e se planejar. Com relação ao idioma, não tem jeito: estudar e ser cara de pau. Ouvir musica, assistir a TV, e tentar falar. No começo é difícil, mas so tende a melhorar. Quanto mais exposição ao idioma, melhor. Se você fizer amigos brasileiros apenas, vai so falar portugues. Quanto ao visto, estou planejando escrever sobre o assunto no inicio de 2015, tipos de vistos e formas de se mudar para os EUA. Fique de olho! Um abraço e obrigada por acompanhar o blog!

Resposta
suscenia Abril 8, 2015 at 6:05 pm

Olá Monica,meu noivo e eu estamos tentando ir morar ai,mas p conseguir o green card não é fácil, tem alguma maneira de ir morar ai? Não temos faculdade, e conseguir o visto de trabalho não é fácil, se souber de algum emprego nos avise. Bjos

Resposta
Tyler. Maio 1, 2015 at 6:28 pm

pretendo morar nos estados unidos daqui a alguns anos. qual o melhor jeito de conseguir um bom emprego nos estados unidos ?

Resposta
Carol Maio 11, 2015 at 2:40 pm

Monica Boa tarde!
Sou brasileira, possuo cidadania italiana, moro na Itália atualmente, e estou pensando em ir para Orlando, aonde tenho primos que moram legalmente. Penso em morar e trabalhar ai, mas com visto de turismo.
O que você acha?

Resposta
Monica Bateman Maio 11, 2015 at 11:04 pm

Carol, trabalhar com visto de turismo é ilegal. Muita gente faz, eu sei, mas não é uma situação que eu recomendaria para ninguém. Por que você não vem como estudante, por exemplo? Ou nao tenta um emprego com alguma empresa Italiana que esteja interessada em bancar seu visto? Obrigada por acompanhar o blog!

Resposta
Maximilian Silva Junho 4, 2015 at 7:16 pm

Monica boa tarde !!

Monica , eu tenho 19 anos e pretendo ir mora ae no Estados Unidos em 2017 , porque em 2017 , vou trabalha aqui ajunta um pouco de dinheiro pra mim ir , mais antes de ir pra mora eu quero ir pra conhece . e assim eu não sei fala nada em inglês , você acha que pra mim me muda assim de um pais pra outro vai ser mt difícil arruma um trabalho ? E ainda mais não falando nada do idioma do pais ? E eu pretendo ir sozinho , sem conhece ninguém ai você acha que eu vou encontra mt dificuldade ? E gostaria de sabe sua opinião sobre isso . !!

Eu moro no Brasil , no interior de São Paulo em uma pequena cidade chamada Mogi Mirim . um forte abraço

Resposta
Monica Junho 9, 2015 at 9:14 pm

Max, sim, você terá dificuldades, não vou mentir. Ao meu ver, estudar inglês antes é fundamental, assim como ter um dinheiro extra. Como estudante você não pode trabalhar, muito menos como turista, e conseguir visto de trabalho aqui eh quase impossível. Muita gente fala que vem com a cara e a coragem apenas – mas eu acho que mais do que isso eh necessário para ter sucesso aqui. Pesquise muito e faça a coisa da forma correta! Boa sorte!

Resposta
Germana Agosto 28, 2015 at 6:57 pm

Olá Monica, parabéns pelo blog, postagens e toda a atenção com nossas dúvidas. Morar no EUA faz parte dos meus planos, em um futuro breve, ja passei por muita violencia e assalto aqui no Brasil e procuro por qualidade de vida, algo nosso país não proporciona. Sou psicóloga e procuro informações sobre minha profissão para a possível mudança, vc teria alguma dica a respeito. Abraço.

Resposta
Mayza carvalho Outubro 3, 2015 at 2:28 am

Mônica como fazer para conseguir mudar de vez pra aí? Tenho vontade de ir embora.

Resposta
Cristiane Leme Outubro 8, 2015 at 7:51 pm

Olá Mayza. A Monica deixou a colaboração do blog. Por favor procure textos de outras colunistas nos EUA, como a Lorrane e a Debora.
Edição BPM

Resposta
jailson Julho 1, 2015 at 1:12 am

hum muito bom o blog gostei

Resposta
Renan Julho 8, 2015 at 1:59 am

Monica; moro no Brasil, em Arujá, sou arquiteto tenho um escritório e um comércio, tenho 30 anos e estou sinceramente cansado da política econômica e social de nosso pais (Brasil) onde você trabalha 10 anos para constituir um patrimônio e acaba sempre tendo que se desfazer dele para conseguir pagar as contas de nossa política, minha família é de empresários e meus 3 irmãos e meus pais pensam igual a mim e compartilham desse pensamento, nesse ano começamos a pensar em nos desfazer de alguns patrimônios e inciar um negócio pequeno em outro país, onde me mudaria e moraria fora do Brasil, vendo os pontos que você colocou é bem o que não temos no Brasil e que buscamos para nossas vidas, porém você sabe me dizer como é a recepção a novos empreendedores nos EUA ? Você tem conhecimento se existe algum tipo de cooperativa, associação ou incentivo a novos empresários estrangeiros (brasileiros) nos EUA… agradeço desde já;

Resposta
Cristiane Leme Novembro 6, 2015 at 6:05 pm

Entre em contato com outras colunistas nos EUA, já que a Monica deixou a colaboração do blog.
Edição BPM

Resposta
MARCIA Novembro 4, 2015 at 5:12 pm

Olá! Amei seu texto. Também sou de São Paulo e cheguei em NYC recentemente. Ainda não estou trabalhando pois não sei em que devo começar. Estudei Comunicação social com ênfase em publicidade. Minha carreira foi como Assistente Administrativo dando suporte a diretores. Como tb sou mãe gostaria de um trabalho part time mas que fosse algo interessante onde eu pudesse melhorar o meu inglês e ir ganhando experiência. Por favor me de uma luz.O que vc sugere ? Obrigada

Resposta
Cristiane Leme Novembro 6, 2015 at 6:03 pm

Por favor note que como comentado em outros comentários nesse texto, a Monica deixou a colaboração do blog. Entre em contato com a Debora, nossa colunista em Nova Iorque.
Edição BPM

Resposta
Izabella Lyra Novembro 5, 2015 at 10:05 am

Sim, eu concordo e acredito que isso tudo seja ma grande verdade, apesar de nunca ter saído do Brasil. Mas a situação está muito complicada por aqui e tenho quase certeza que vai piorar, não estou vendo uma saída mais e olha que não sou pessimista, rsrsrs… Eu adoraria ir morar nos EUA mas o grande obstáculo, “ter o visto definitivo”, é muito caro, muito difícil e isso vc não fala aqui, pois eu te pergunto, como fazer??? Como conseguir o visto definitivo e se tornar cidadã norte americana??? Grata! Izabella Lyra.

Resposta
manga Novembro 6, 2015 at 3:39 am

edson manzano 26 anos morando na florida ,,,,,,,,,, very happy this is my country,

Resposta
Debora Vieira Novembro 6, 2015 at 9:04 am

Meninas, uma pergunta que não achei no blog: Sobre o sistema de saúde aí. É muito caro mesmo? Mesmo com convênio , não cobre 100%, certo? Obrigada

Resposta
Cristiane Leme Novembro 6, 2015 at 1:51 pm

Olá. Por favor note que a Monica deixou a colaboração do blog. Para saber mais sobre o sistema de saúde dos EUA, leia o artigo da Monica: http://www.brasileiraspelomundo.com/eua-saude-direito-de-todos-e-dever-do-estado-aqui-nao-53102566
Caso o artigo seja insuficiente para responder sua pergunta, pedimos que redirecione o questionamento para outras colunistas nos EUA, como a Lorrane e a Debora.
Obrigada
Edição BPM

Resposta
LIVIA Novembro 6, 2015 at 4:31 pm

Ola, Monica! Tudo bem? Eu e meu marido estamos decididos a tentar a vida na Flórida, temos muitas dúvidas, mas dentre elas gostaria que nos desse uma luz sobre qual cidade morar, gostaríamos que fosse na Flórida (por causa do clima quente) e que fosse um lugar com bastante trabalho (de preferência que tenha bastante brasileiro pra nos ajudar) e que tivesse uma boa escola pública e é claro, que tivesse segurança. O que você nos recomenda? Em que site eu posso encontrar as notas das escolas? Desde já agradeço imensamente a atenção. Livia

Resposta
Cristiane Leme Novembro 6, 2015 at 6:00 pm

Olá. Por favor note que a Monica deixou a colaboração do blog.
Edição BPM

Resposta
Luis Franco Novembro 8, 2015 at 10:38 pm

Mônica, muito legal seu blog. Também sempre tive vontade de morar fora do Brasil e os EUA são o meu lugar favorito. Eu já falo inglês, tenho visto para os EUA, já tive oportunidade de fazer alguns cursos por lá (Houston, Califórnia, Minessota) mas não sei ainda o caminho das pedras para me mudar e conseguir um trabalho por lá. Tenho nível técnico aqui no Brasil mas com alguns cursos internacionais. ë possível conseguir um bom emprego por lá com curso técnico e viver ainda assim melhor que no Brasil? Um grande abraço.

Resposta
Cristiane Leme Novembro 8, 2015 at 11:45 pm

Por gentileza note que a Monica deixou a colaboração do blog. Dirija a sua pergunta a uma das outras duas colunistas nos EUA, Lorrane ou Debora.
Edição BPM

Resposta
Johnatas Novembro 9, 2015 at 3:30 pm

Parabéns pelo texto. Eu queria muito imigrar para os EUA, mas queria ir com meu núcleo familiar – Padrasto, Mãe e 2 irmãos. Sei que isso é impossível. Rsrsrs. Mas, queria muito me tornar um cidadão americano, pois estou muito triste com o Brasil. Pagamos muitos impostos por serviços de péssima qualidade. Não tenho nem o direito a sensação de segurança. Tenho medo de ir a padaria e não voltar mais. E as pessoas aqui não mudam. Se acostumaram com essas coisas absurdas. Todo país tem seus problemas, mas o Brasil passou dos limites e as pessoas daqui simplesmente toleram. Queria sair e ser útil de verdade em uma sociedade mais justa com seus cidadãos, estou disposto a honrar e a amar outra bandeira.

Resposta
Solange Molina Maltez Janeiro 29, 2016 at 3:41 pm

Olá Monica, muito legal sua disposição em ajudar as pessoas á encontrarem novos caminhos.Eu já sonhei em morar nos EUA , já tive até empresa aberta lá, paguei IR e outras coisas tentando fazer uma base. Conheço alguns dos vistos que abrem as portas para *viver* nos EUA .
Ter imóvel lá não faz de ninguém um residente.Os meios *legais* para mudar p/ lá são na sua maioria de investidores e custam caro.
Quem vai com visto de estudante não pode fazer nenhuma ação que não seja *estudo*…ou seja , os EUA não é o Brasil , o País do jeitinho .
Eu aconselharia sempre muita cautela pois passos errados pode impedir uma entrada definitiva lá.
Existem advogados sérios que orientam como proceder.
Boa sorte á todos !

Resposta
carmen Abril 24, 2016 at 6:32 pm

Sou angolana e vou para os eua e tenho lido muitos artigos mais esse ajuda muito porq aqui o dolar ta caro e mau o estilo de vida ta ruim tenho 3criancas e vou mesmo com elas ,com a cabeca bem feita q nada e de bandeja posso sofrer mais vou conseguir porq aqui ta porco muito sujo pessoas morrendo de febre ctiancas entao e de chorar na rua nos vimos sempre carros funebres levando pessoas e criancas e ate para caixoes usa-se qualquer carro e abrem todas as portas to cansada muito obrigd pela tua ajuda obgd mesmo bj grande agora vou a luta

Resposta
LUIS VINICIUS SQUERUQUE ELIZEU Agosto 3, 2016 at 7:08 pm

OLÁ MONICA, GOSTARIA DE MUDAR DE PAIS PARA TER UMA MELHORA DE VIDA EM VARIOS SENTIDOS, FINANCEIRO E QUALIDADE TBM, TO PESQUISANDO TUDO SOBRE OS EUA, GOSTEI MUITO SOBRE AS DEZ RAZOES EM FIM, EU TENHO 22 ANOS SOLTEIRO QUASE FORMADO EM ADM CNH AB E UM AMIGO NOS EUA, A POSSIBILIDADE DE TRABALHO SAO BOUAS ? E AINDA NAO FALO INGLES ?

Resposta
Cristiane Leme Agosto 3, 2016 at 10:33 pm

Luis, a Monica parou de colaborar conosco. Temos diversas outras colunistas nos EUA para quem você poderá direcionar seus questionamentos. Leia outros textos sobre o país aqui no blogue e deixe um comentário para a colunista no próprio texto.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
schmytt Maio 19, 2018 at 2:08 pm

Bacana!

Resposta
Katiane Março 20, 2019 at 11:57 pm

Muito bom conteudo adoro o Estados Unidos vou compatilhar com os meus amigos pois o seu conteúdo e bem interessante vale a pena compartilhar nas redes socias!

Obrigado

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação