BrasileirasPeloMundo.com
Entrevistas EUA

EUA – Especial Entrevista – “Vegan Diva” Fernanda Capobianco

IMG_9889

Eu tive o prazer de entrevistar a Fernanda Capobianco, brasileira que faz sucesso em Nova Iorque com uma loja de doces veganos, a Vegan Divas. Na entrevista, a Fernanda nos conta um pouco de sua trajetória, inclusive como se tornou a escolhida para comandar um bufê de um evento para cerca de duas mil pessoas na Clinton Foundation, fundação comandada pelo Bill e Hillary Clinton. Fernanda segue uma dieta vegana, ou seja, sem qualquer produto de origem animal.

Fale um pouco da sua trajetória:

No Brasil eu era jornalista, mas abri o meu primeiro restaurante em 2006 e depois dois cafés. Mas como seguia uma dieta vegana, resolvi mudar pra NY em 2009, pois sabia que so teria possibilidade de sucesso nos EUA. Sempre gostei de Nova Iorque! Nesta cidade tudo é possível! Restaurante Indiano, Brasileiro, Paquistanês ou qualquer outro nicho. É a cidade mais competitiva do mundo onde tudo pode acontecer. Eu costumo dizer : aqui tem maluco pra tudo!

Como é ser uma Pastry chef fora do Brasil? Como você divide seu tempo?

Não sou pastry chef formada. O meu diferencial é que como sou vegana há mais de 10 anos,  eu tenho o paladar mais refinado. E claro, eu amo comida! Eu sempre cozinhei pra mim e experimentei novos ingredientes. E também por ter trabalhado com restaurante tradicional anteriormente e com os melhores chefes do mundo, adaptei as técnicas e tecnologias para o meu nicho e produto, que é vegano.

A agenda aqui no Vegan Divas é bem dinâmica. Entre a loja, o wholesale business (vendas no atacado), reuniões com clientes e criação de produto não sobra muito tempo! Cada dia acontece uma coisa nova, acredito que seja o trabalho mais dinâmico e gratificante que existe,  mas muitas vezes, o mais estressante também!

IMG_9927 (2) - CopyVocê acha que teria as mesmas oportunidades e sucesso no Brasil ou morar nos EUA afetou sua carreira? 

Não, no Brasil certamente não teria as mesmas oportunidades! Ter um negócio no Brasil é uma tarefa praticamente impossível! Infelizmente o sistema no Brasil não facilita o empreendedor e ainda é muito dificil encontrar mão de obra qualificada. Eu admiro muito aqueles que tem um negócio no Brasil. É trabalho para Super-Homem!

Como você aprendeu todas estas receitas deliciosas? Você fez algum curso que te ajudou? O que você recomenda para um leitor que tem o sonho de se tornar um pastry chef de sucesso como você?

Aprendi fazendo, treinando e pesquisando. Continuo aprendendo todos os dias com profissionais no mercado em Nova Iorque e no mundo, pessoas maravilhosas que encontro no meu caminho;  aqui em Nova Iorque (onde estão os melhores do mundo!), trabalhei com chefs como Daniel Boulud, François Payard, Floyd Cardoz entre outros. O melhor curso que alguém pode fazer é numa cozinha de um profissional de verdade. Nao me considero uma pastry chef pois não fiz a escola! Mas além da experiência com profissionais renomados, eu  indico o Natural Gourmet Institute  e o International Culinary Center,  onde já dei aula,  e os queridos amigos e Chefs Jacques Torres, Ron Ben-Israel e Cesare Casella.

IMG_9926 (2) - CopyO que te inspira na criação de suas receitas? E qual o produto mais vendido em sua loja?

Eu me inspiro no fato de que todos esses doces maravilhosos e saborosos sejam não somente deliciosos,  mas principalmente saudáveis. Todos os ingredientes que usamos são saudáveis e não agridem à saude. Todos nós adoramos comer um docinho de vez em quando,  e a ideia é que continuemos comendo os nossos “docinhos e sobremesas”, mas sem aqueles ingredientes refinados e pesados, com colesterol e cheios de gordura.

Os produtos mais vendidos no Vegan Divas são os donuts e o bolo de chocolate.

DSC_1451Como foi ser escolhida para ser a chef de um evento da Clinton Foundation para 2000 pessoas? Como isto aconteceu?

Recebi uma ligação da equipe que coordena o evento,  dizendo que o que eu faço é realmente diferente, que o produto que ofereço é o melhor do mercado e que era exatamente o que eles queriam.  Foi realmente gratificante!

Deixe uma mensagem para os leitores do Brasileiras pelo Mundo:

Abrir um negócio no exterior é um desafio,  não somente pelo negócio em si, mas o fato de estar fora do Brasil torna a tarefa mais difícil ainda. Se você tem um sonho, pesquise bastante primeiro a viabilidade do projeto e converse com profissionais da área antes de começar algo. Quanto mais pesquisas e opiniões você consultar, mais chances de sucesso terá. O ideal é ter algum “guru” na área. Isso ajudará nos momentos de decisões importantes.

Fotos: Rogério Voltan

DSC_1302

Related posts

Infopass: Solução para lentidão na imigração americana

Lorrane Sengheiser

Sustentabilidade em Portland

Lorena Nascimento

Enxoval de bebê em Nova Iorque

Debora L. Juneck

5 comentários

Maria Luisa Setembro 17, 2014 at 4:49 pm

Muito legal a entrevista. É motivador saber histórias de brasileiros que dão certo em outros países.

Resposta
Monica Bateman Setembro 17, 2014 at 10:19 pm

Ola Maria Luisa! Realmente é muito bom acompanharmos brasileiros que se deram bem fora do Brasil. Obrigada por acompanhar o blog! Bj

Resposta
Ana Setembro 18, 2014 at 1:09 am

Adorei a reportagem! Mal posso esperar para visitar NY e a Vegan Divas!

Resposta
ackolb Setembro 26, 2014 at 4:13 pm

Parabens Monica pela entrevista insoiradora e Fernanda pela garra e sucesso!!!!! ja coloquei na minha agenda proximal viagem a grande Apple, parada obrigatoria no Vegan Divas!

Resposta
Claudia Paranagua Julho 10, 2017 at 12:58 pm

Parabéns Monica pela entrevista e parabéns Fernanda pelo belíssimo trabalho!

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação