BrasileirasPeloMundo.com
República Tcheca

Dez motivos para visitar Praga

Dez motivos para visitar Praga.

Turista é certamente um espécime que não falta na capital Tcheca. Contudo, em minhas andanças pelo centro, já observei que não se ouve muito o nosso português abrasileirado por aí. Seja por falta de oportunidade ou conhecimento mesmo, venho listar motivos para visitar Praga e quem sabe assim motivar alguns conterrâneos.

1. Uma viagem com bom custo benefício

O que isso significa? Na verdade, foi apenas meu jeito de criar um título menos apelativo para dizer: visite Praga, um destino de viagem bom e barato. Sem meias palavras, é isso mesmo. Apesar de membro da União Européia (UE) desde 2004, a República Tcheca ainda não aderiu ao euro. No mais a coroa tcheca, moeda oficial, tem se mantido relativamente desvalorizada em relação ao euro e ao dólar. No bolso do turista, isso é um indicativo de que se gastará menos do que numa visita aos países da Europa Ocidental.

2. Tranquilidade para ser turista

Sinta-se a vontade para andar pelas ruas de Praga admirando sua belíssima arquitetura sem se preocupar com assaltos a mão armada, sequestros relâmpagos ou o que quer que seja a ‘moda de violência’ do momento. No que diz respeito à segurança o único conselho que eu daria (e que está estampado em quase todo transporte público por aqui): Beware of pickpockets. Afinal, lugar 100% seguro nesse mundo acho que ainda é pura utopia.

3. Fácil de visitar

Com todas as ruas identificadas, ‘turistar’ pelo centro de Praga é simples e uma caminhada que até os mais sedentários dão conta. Mas se preciso for, vá de transporte público. Seja de ônibus, metrô ou tramvaj (algo como um bonde), mapa em mãos e saber o seu destino é tudo que você precisa. Autoexplicativo, todas as paradas são nomeadas e dispõem de uma tabela com itinerários e horários. O transporte é integrado e os tickets variam em valor de acordo com tempo de conexão. Mas atenção os tickets tem de ser validados ou você estará sujeito à multa caso um controlador lhe pegue em flagrante sem pagar a passagem.

image_3

4. Um bom ponto de partida

Não bastasse a riqueza de opções do que ver e visitar em Praga, a cidade é um excelente ponto de partida para quem quer mergulhar um pouco mais na cultura do país via day trip. Saindo da capital tcheca e sem ir muito longe, você pode embarcar num passeio romântico por um dos castelos da vizinhança ou fazer um tour por uma cervejaria ou simplesmente tirar o dia para relaxar numa das cidades-spas.

5. Beba cerveja na fonte

Talvez você já tenha notado nos rótulos por aí o termo pilsen para designar um tipo de cerveja clara. Pois bem, você sabia que foi uma cerveja criada numa cidade da República Tcheca que deu nome a toda essa classe de cervejas?! Não é a toa que os tchecos em geral são citados como os maiores consumidores de cerveja. Sendo assim, onde quer que você estiver em Praga há de encontrar um PUB para saborear uma cerveja. Aliás, aprenda desde já: jeden pivo, prosím (uma cerveja, por favor).

6. Vida noturna

Nem só de PUB e cerveja são feitas as noitadas em Praga. Para aqueles que curtem uma balada não falta opções. De festas anos 80-90 à baladas eletrônicas, passando por opções menos convencionais (como milongas de tango) ou ainda opções bem ecléticas oferecendo um mix de tudo. Isso sem contar que boa parte do que poderíamos chamar casas noturnas não cobram uma taxa de entrada. Em resumo, não vai ser a falta de grana ou dificuldades de se deslocar que vão te impedir de dançar até amanhecer.

7. Praga respira música clássica

É possível que os nomes tchecos Smetana ou Divorák não lhe digam nada; mas se eu disser Mozart, fica claro que o assunto é música clássica. Não é toa que Praga era queridinha do compositor austríaco; a música clássica foi, e continua sendo, bastante valorizada por aqui. Além dos inúmeros teatros espalhados pela cidade, Praga vive numa sequência de festivais. Na primavera o homenageado é Smetana, enquanto setembro é a vez de Dvorák e também marco do início do festival de outono.

image_1

8. Sempre tem alguma coisa acontecendo

Então você está no tram a caminho do hotel e pela janela vê um grupo de pessoas dançando salsa às margens do Vltava. Isso porque as coisas vão simplesmente acontecendo em Praga. Em setembro, por exemplo, a cidade foi palco de ópera ao livre, reunião de colecionadores de LPs, corrida de patins, etc. Essa é apenas uma pequena amostra do que você pode encontrar por aí… e sabe a melhor parte? Em geral os eventos são de graça. Um bom site para saber o que está acontecendo pela cidade é expats.cz

9. Um mergulho na História

Já comentei aqui no blog que uma caminhada por Praga é um passeio pela História. A cidade é praticamente uma documentação da arquitetura e estilos variantes da era medieval até o século 18. Tal é seu valor que o centro histórico de modo geral é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

10. Praga é simplesmente linda

Acho que esse motivo dispensa explicações.

Related posts

Plzen: uma cidade digna de ser visitada na Tchéquia

Clarice Smejkal

Dicas para estudar em Praga

Isadora Costa

O lado bom de se viver no interior da República Tcheca

Mariana Oliveira

14 comentários

Carol Outubro 21, 2014 at 4:25 pm

Adorei Praga, quando estive lá! Pretendo voltar e ver um pouco mais, porque minha viagem ficou com gosto de quero mais. 😀
Belo post!
Beijinhos!

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 6:07 pm

Oi Carol, obrigada pelo comentário. Praga é mesmo uma cidade para muitas visitas, há sempre algo acontecendo por aqui.

Resposta
Nathalia Outubro 22, 2014 at 12:06 am

Oi Giselle! Adorei seu texto, já visitei Praga e fiquei encantada! Praga é tudo isso mesmo, muito linda e rica em história, além de ser um lugar seguro! Viajei sozinha e não tive o menor problema! Tbm não tive problema para me comunicar, em todos os lugares que fui, sabiam falar ingles (mas é sempre interessante aprender algumas palavras msm numa viagem curta) ne?! Um dia voltarei! Bjs.

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 6:20 pm

Oi Nathalia, obrigada pelo comentário.
Que bom que foi bem recebida em Praga. Realmente, viajar sozinha por aqui não é problema. Tomara que que você você possa voltar no futuro 😉

Resposta
lena Outubro 22, 2014 at 7:02 am

Oi Gisele e a todos os que desejam viajar a Praga.
Gostaria de fazer alguns comentários a mais para os viajantes.
Praga é muito mais que uma cidade com muita história.
Importantepara os que acabam de chegar na cidade é a troca de dinheiro.
Existem mil casas de cambio. Nao troquem seu dinheiro lá. Se perde muito dinheirona troca nestes locais.
1 – Dirijam-se ao s Metros e em baixo há sempre automaticos e com o cartao se troca sempre pela melhor cotacao e é seguro.
2 – Pra quem deseja ver e vivenciar algo especial, dica de “insiders” vao visitar ao Cross Club
http://www.crossclub.cz/cs/
3 – Para que curti dancar, A maior e melhor festa na Rep. Tcheca.Será a última. Na antiga manufactura de cristal dos reis . IMPERDÍVEL! http://www.trancefusion.cz/
Nao sao dicas de turistas cliches, sao para aqueles quedesejam algo de muuuuuuuuito especial.
Grande abraco.
lena chocowax brasilian style

Resposta
lena Outubro 22, 2014 at 7:06 am

Perdao os erros de digito, o tastatur, melhor o teclado é em alemao dificultando a forma correta de escrever. Obrigado pela compreencao! lena

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 6:27 pm

Oi Lena, obrigada por compartilhar suas impressões e sugestões sobre Praga.
Abraço.

Resposta
Ana Lozon Outubro 22, 2014 at 8:18 am

Oi Gisele adorei o post!
Eu ainda não conheço a república Tcheca mas seus 10 motivos me deram vontade o suficiente para entrar na minha “wishlist”.
Tenho muitos amigos que foram e assim como você voltaram deslumbrados de lá!

bisous!

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 6:25 pm

Oi Ana, obrigada pelo comentário.
Que bom que o post lhe motivou incluir Praga na whishlist. Faço votos de que logo ela saia da lista para virar realidade.
Beijos.

Resposta
Juliana Outubro 22, 2014 at 8:36 pm

Oi, Gi! Obrigada por citar Smetana e Divorák. P
arabéns pelo post. Beijos !

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 3:19 pm

Oi Juliana, obrigada pelo comentário. Que bom que gostou do post. Para falar de música clássica aqui tem que se mencionar esses dois e até Mozart – queridinho em Praga.
Beijos.

Resposta
Ana Cristina Outubro 28, 2014 at 8:07 pm

HUmmm, tai tenho que visitar e em breve!Tta na lista de 2015 fins de semans prolongados! kkkkk Bjus linda adorei o post!

Resposta
Giselle Antunes Novembro 24, 2014 at 3:15 pm

Oi Ana, obrigada pelo comentário. Acho que Praga tem mesmo de estar na lista de lugares a visitar seja 2015, 2016 ou até quem sabe em ambos 😉

Resposta
Yuri Novembro 20, 2016 at 1:49 pm

Estou chegando em.praga jaja. Estou pesquisando sobre o que fazer e vi seu post. Achei interessante. Vamos ter dificuldades no idioma. Mas vamos nos virar.

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação