BrasileirasPeloMundo.com
Curiosidades Pelo Mundo EUA

Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos

O Dia de Ação de Graças (Thanksgiving Day, em inglês) é um dos feriados mais importantes nos Estados Unidos. Geralmente, durante a data, as pessoas usam seu tempo livre para reunir a família e amigos próximos. É também um dia em que muitas pessoas dedicam aos pensamentos religiosos e gratidão, orações e missas.

A grande pergunta é: como e quando começou essa tradição? Bom, os americanos aprendem, quando criança, uma história completamente diferente do que mostram os livros de História. Segundo a lenda, tudo começou em 1620, quando o navio Mayflower, saindo da Inglaterra e levando a bordo muitas famílias, trazia também a bordo peregrinos que, fugindo da perseguição religiosa, vieram para a América em busca da tão sonhada liberdade religiosa. Chegando ao continente americano, esses fundaram treze colônias, que foram consideradas a semente e raiz dos Estados Unidos da América.

O primeiro ano foi doloroso e difícil para os que vieram. O frio e a fome eram os maiores desafios desses que chegaram com a garra de conseguir uma vida melhor. Mesmo com tanta dificuldade, não desanimaram. Trabalharam pesado cortando árvores, construindo moradias e semeando o solo. Os índios nativos da América ensinaram a melhorar a plantação, e suas colheitas passaram de fracas para abundantes. Bastante agradecidos, reuniram os melhores frutos e convidaram os índios para uma celebração de gratidão, com uma grande festa.

optimized-kermit-985610_1920
Boneco Inflável do Caco durante uma parada do Dia de Ação de Graças. Foto: Pixabay

E assim nascia o “Thanksgiving Day”, celebrado até hoje nos Estados Unidos, na quarta quinta-feira de novembro, data estabelecida pelo Presidente Franklin D. Roosevelt, em 1939, e aprovada pelo Congresso em 1941. Essa é a estória contada até hoje, mas a história real do Thanksgiving é que essas pessoas que chegaram em Mayflower não foram os primeiros europeus a desembarcar por aqui. Já existiam as colônias e a maioria dos que aqui chegaram tinham uma boa condição de vida por lá. E o agradecimento aos índios não passa de um conto de fadas, pois, nessa época, houve uma enorme chacina. Muitos índios morreram e essa tal festa de agradecimento nunca aconteceu.

Na minha opinião, esse feriado é um dos melhores no país, claro que não pela tragédia que os índios sofreram, mas pela mensagem de paz e gratidão que passa aos dias de hoje. É comum, antes da ceia, cada um explicar o porquê se sente agradecido. Esse é um momento de olhar para o ano que passou e perceber todas as bênçãos alcançadas e os bons momentos vividos.

O Brasil também teve seu papel importante na história dessas celebrações. O embaixador brasileiro Joaquim Nabuco, participando em Washington da festa de Ação de Graças, disse: “Eu quisera que toda a humanidade se unisse, num mesmo dia, para um universal agradecimento a Deus”. Estas palavras moveram consciências no Brasil. No governo do presidente Eurico Gaspar Dutra, o Congresso Nacional aprovou a Lei 781, que consagrava a última quinta-feira do mês de novembro como o Dia Nacional de Ação de Graças.

Porém, em 1966, o Marechal Humberto Castelo Branco modificou esta Lei, dizendo que não a última, mas a quarta quinta-feira do mês de novembro seria o Dia Nacional de Ação de Graças, para coincidir com esta celebração em outros países.

Primeiramente, o dia de Ação de Graças era comemorado na quarta quinta-feira do mês de novembro, na região da Nova Inglaterra, e eram festivais em agradecimento às boas colheitas realizadas no ano. Por esta razão, o Dia de Ação de Graças é comemorado no outono (do Hemisfério Norte), após a colheita ter sido recolhida e, atualmente, é comemorado na última quinta-feira de novembro.

 

Por muitos anos, não era considerado um  feriado nacional. Apenas alguns estados reconheciam a data. Dentre eles, estão: Nova Iorque e Virgínia. Em 1863, o então presidente Abraham Lincoln declarou que a quarta quinta-feira de novembro seria o Dia Nacional de Ação de Graças.

Além do jantar farto, que inclui peru e muita comida, outra grande estrela do dia é o jogo de futebol americano. Todos se reúnem em frente à televisão para assistir ao campeonato. Nos filmes e seriados americanos, outra coisa marcante é briga entre familiares. Culturalmente, os americanos não são muito próximos de suas famílias e, quando se encontram, às vezes gostam de “lavar roupa suja” durante o jantar. Eu nunca vi isso acontecer na vida real, mas acontece com tanta frequência nos filmes e na TV que me faz acreditar ser bastante comum.

O Dia de Ação de Graças é também comemorado com grandes desfiles. A mais famosa de todas é da Macy’s, em Nova Iorque, que reúne mais de 3 milhões de expectadores e mais uns 44 milhões assistem pela TV os gigantescos balões do Snoopy, Caco (Muppets Babies), entre outros. Outra parada bastante conhecida é a do Mc Donald’s, em Chicago. A tradição é a mesma, mas dessa vez, além do Caco, você encontra balões dos famosos personagens da rede, como o Ronald.

Na Califórnia, a mais conhecida é a Parada de Hollywood (Hollywood Parade), que acontece na Hollywood Boulevard, uma das avenidas mais famosas da cidade. É lá que se encontram o Teatro Chinês e a Calçada da Fama. Na Hollywood Parade, além dos famosos balões de personagens animados, as bandas dos alunos das escolas da cidade se apresentam durante todo o percurso. Para assistir ao desfile você pode ficar do lado de fora, que é de graça, ou comprar ingressos para as arquibancadas.

A melhor mensagem do Thanksgiving é ajudar aos necessitados, também tradição por aqui. Existem muitos trabalhos voluntários para levar comida aos moradores de rua e necessitados. Por toda cidade, é possível achar pontos com doações e refeições. Essa parte consegue melhorar um pouquinho a horrível impressão da data, e leva, enfim, amor, união e gratidão. 

Related posts

Ser imigrante é viver no terceiro lugar

Gabriela Albuquerque

EUA – Entrevista com a chef Leticia Schwartz

Monica Bateman

Key West – A ilha paradisíaca na Flórida

Carla Werder

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação