BrasileirasPeloMundo.com
Itália Turismo Pelo Mundo

Dicas de turismo em Isola d’Elba no arquipélago toscano

Dicas de turismo em Isola d’Elba no arquipélago toscano.

A Isola d’Elba é a maior ilha do arquipélago Toscano e, entre as italianas, é a terceira depois da Sicília e da Sardenha. É uma ilha selvagem e acolhedora, circundada por um mar cristalino. Ali, você será testemunha de uma natureza exuberante, praias que atendem as mais variadas necessidades dos turistas, história e tradições culinárias únicas no mundo.

Uma das maiores vantagens da Isola d’Elba e uma das suas características mais extraordinárias, é a incrível diversidade ambiental das costas e praias. As praias para escolher são realmente muitas e todas diferentes umas das outras. As águas límpidas assumem tons que vão do azul ao verde.

Se você preferir areia fina, não pode perder as praias da La Biodola e Cavoli, a última é perfeita para aqueles que amam as águas rasas, ideal para as crianças. E caso você seja o tipo que não gosta de areia fina grudando na pele e prefere cascalho, a Padulella e a praia de Sansão são ótimas alternativas.

Também são difundidas as baías rochosas, lugares mais selvagens e menos frequentados, ideais para aqueles que amam a privacidade e querem relax total. Como exemplo temos Patresi, Fetovaia, Chiessi.

Onde se hospedar?

A ilha é sob medida para todo tipo de turista. Como o melhor proprietário, Elba sabe receber seus visitantes, satisfazendo qualquer gosto ou necessidade. (B & B, Hotel, Hotel Residência, Apartamento, Campers). As famílias podem mergulhar em dias de mar e diversão. Campistas, mochileiros, podem satisfazer sua sede de exploração, enquanto aqueles que procuram tranquilidade podem encontrá-la nas localidades de La Zanca e Costa dei Gabbiani. E a noite, as cores e os movimentos dos mercados de Porto Azzurro são um convite para se deixar envolver pela vivacidade da ilha.

Leia também: como abrir conta bancária na Itália

Isola d’Elba com crianças?

Sim, é uma ilha bem estruturada para acolher e atender todas as necessidades dos pequenos. Além das praias belíssimas já mencionadas, muitas delas são equipadas com escorregadores, balanços, jogos aquáticos. A ilha oferece para as crianças muitas opções de lazer.

Gabbiano: é um hotel/restaurante e escola de equitação em Porto Azzurro, onde as crianças de até 3 anos de idade podem montar em pôneis e receber um certificado de batizado de sela e as crianças maiores podem fazer passeios à cavalo.

Piccola Miniera: também em Porto Azzurro, as crianças sobem a bordo de um bonde, descobrem como são feitas as minas e recebem uma lembrancinha no final do passeio.

Dunapark de Lacona: um parque cheio de insufláveis para a criançada se divertir horrores.

Mini-golfe: localizado em Porto Azzurro é diversão garantida para todas as idades.

Mergulho na ilha?

Se você é apaixonado por mergulho, a Isola d’Elba é um dos paraísos italianos de mergulho. A água cristalina da ilha é o cenário perfeito para explorar o fundo do mar. Existem caminhos projetados para mergulhadores iniciantes e experientes, garantindo o máximo de diversão e segurança para todos os mergulhadores.

Vale lembrar que para praticar este esporte na ilha, é necessário possuir uma carteira que comprove o conhecimento teórico e prático das manobras básicas para mergulhar em segurança. Alguns pontos mais indicados para o mergulho são: Formiche della Zanca, Isolotto della Corbella, Punta delle Cornelle entre outros.

Kitesurf e windsurf são indicados?

A conformação particular da costa, as condições climáticas e a presença constante dos ventos são, de fato, condições naturais que tornam muitos locais lugares privilegiados para praticar kitesurf e windsurf, como as zonas de Chiessi, Lacuna, Margidore, Pomonte etc.

Excursões de barco, como funcionam?

Durante a estadia, existem várias opções para realizar estes tipos de excursões com os numerosos barcos que operam na ilha. É possível organizar viagens de barco a vela ou a motor guiadas por profissionais experientes, viver a emoção de descobrir os naufrágios depositados no fundo do mar ou visitar um barco de pesca.

Cultura e história

A Isola d’Elba é muito popular porque além do mar, que é de uma beleza de tirar o fôlego, tem muito à oferecer. E estou falando de história, arqueologia e cultura. Quando você estiver cansado de se bronzear, há muitas descobertas que você pode fazer. Imagine esta ilha, no meio do mediterrâneo, cuja posição estratégica teve uma representação muito importante no passado. E isto é testemunhado pelas muitas fortalezas e torres, ainda hoje preservadas. Bastioni Medicei, Forte Inglese, Forte Langone são todos testemunhos importantes da história da ilha.

E há muitas casas antigas para visitar, igrejas, santuários, museus e sítios arqueológicos ao ar livre. A Palazzina Dei Mulini e Villa San Martino e Museo Demidoff, por exemplo, são lugares favoritos dos visitantes porque conservam testemunhos da vida de Napoleão Bonaparte.

A culinária típica da ilha

A beleza desta cozinha é a mistura de culturas e tradições que a distingue. Com ingredientes simples e sabores inesquecíveis, você poderá saborear deliciosas refeições com o sabor do mar, enquanto o agradável som das ondas quebrando na costa lhe faz companhia. Os paladares mais rústicos poderão surpreender-se com as reinterpretações tentadoras dos pratos tradicionais, amplamente difundidos por toda a ilha. Você será embriagado com aromas intensos e únicos que é uma marca registrada desta culinária genuína e saborosa.

Pôr-do-sol para cartão postal

O pôr do sol mais romântico e bonito da Isola d’Elba certamente se encontra na costa oeste da ilha. Parando em Punta Nera (o ponto mais ocidental da ilha), ou nas aldeias vizinhas de Chiessi e Pomonte, será possível admirar os reflexos do sol que lentamente cai no mar.

E para concluir o tour e fechar com chave de ouro, vale a pena admirar a ilha do alto. Depois de uma subida com uma espécie de gôndola, ao chegar no ápice do Monte Capanne você poderá observar outras ilhas, outras terras distantes. A partir dali, será fácil compreender o encanto dos povos, a beleza deste território marinho e montanhoso. Uma ilha de pura beleza, uma simbiose única entre a vida e a natureza, no azul ondulante do mar Terreno.

Fonte: pixabay

Related posts

Adaptação na Itália

Ana Paula Ganzarolli

Hora de fazer as malas e partir

Juliana Gasparette

Valparaíso: A Joia do Pacífico

Gislaine Morais

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação