Dicas de turismo em St. Augustine, na Flórida

0
204
Foto: Acervo pessoal
Advertisement

A Flórida é um dos destinos mais visitados por brasileiros quando viajam para os EUA e, tanto Miami quanto Orlando costumam ser os locais escolhidos para curtir férias em família ou com os amigos, porém há muito mais cidades para serem exploradas. Pensando nisso, decidi dar algumas dicas de turismo em St. Augustine, na Flórida, uma cidade localizada a 170 km de distância de Orlando ou aproximadamente uma hora e quarenta minutos dependendo do trânsito.

Uma dica para quem está curtindo férias na Disney e quiser desacelerar o ritmo agitado dos parques por um dia, um bate e volta a St. Augustine é uma excelente escolha! Com um carro alugado e GPS é super fácil de chegar e não é tão demorado, sendo assim, é possível visitar e voltar para Orlando no mesmo dia sem gerar aquele cansaço.

No caminho entre Orlando e St. Augustine, você também pode aproveitar e fazer uma parada na famosa Daytona Beach se tiver com tempo disponível. Dessa vez, eu estava com o tempo meio corrido, então não pude fazer isso, mas está anotado na minha lista para uma próxima vez!

St. Augustine é reconhecida como a primeira cidade dos Estados Unidos fundada pelos espanhóis em 1565. É uma cidadezinha pequena, muito charmosa e fica localizada no norte do estado da Flórida. A cidade conseguiu preservar um ar histórico e é possível ver a influência espanhola na arquitetura, principalmente no centrinho histórico e na Catedral de St. Augustine. Tive apenas um dia na cidade, mas considerei suficiente para caminhar pelos principais pontos turísticos localizados na área histórica.

Castillo de San Marcos

Foto: Acervo pessoal

É o forte mais antigo dos Estados Unidos e foi construído com o objetivo de proteger o país das ameaças espanholas ao Novo Mundo. O Castillo de San Marcos, também é a estrutura arquitetônica mais antiga de St. Augustine e um dos maiores pontos turísticos da cidade. A visitação ao castelo é aberta ao público mediante a compra de ingresso, que pode ser adquirido no local. O valor do ingresso é US$10,00 (dez dólares) por pessoa. Eu e meu grupo preferimos não entrar, pois só tínhamos um dia na cidade e escolhemos caminhar ao redor do forte até chegar na orla.

Centro Histórico

Foto: Acervo pessoal

O centro histórico de St. Augustine é perfeito para caminhar. O comércio é cheio de lojinhas locais que vendem desde produtos artesanais tipicamente espanhóis até grandes marcas como os sorvetes Ben & Jerry’s. Quase todas as lojas preservam um ar colonial que dão um toque especial ao centro, te fazendo viajar no tempo e imaginar como tudo era diferente no passado.

No centro, além do comércio, você pode encontrar restaurantes de vários estilos, no entanto, a maioria deles é de frutos do mar. Também é lá que se localiza a primeira escola primária de madeira dos Estados Unidos. Infelizmente, ela estava fechada no dia e não pudemos entrar para conhecer como era por dentro.

Catedral de St. Augustine

Foto: Acervo pessoal

A Catedral fica localizada bem próxima ao centro histórico e não é necessário pagar para entrar. Quando entrei na Catedral, um funcionário estava explicando detalhes sobre a arquitetura e influências trazidas pelos espanhóis. A influência espanhola é bastante visível em todos os cantos da Catedral que possui um certo ar medieval, mas os vitrais coloridos nas janelas fazem com que a luz do sol adentre de maneira colorida, trazendo vida e uma beleza diferente à Catedral. Ao final, é possível acender velas ao custo de US$ 1,00 (um dólar) cada e também explorar uma lojinha com itens religiosos como imagens de Santas e terços.

Restaurante “Harry Seafood Bar and Grill”

Foto: Acervo pessoal

O Harry Seafood Bar and Grill, está em primeiro lugar no ranking dos melhores restaurantes em St. Augustine. O restaurante fica localizado na orla da praia de St. Augustine e possui mesas tanto do lado de fora quanto do lado de dentro.

O lado de fora do restaurante parece um jardim encantado, cheio de árvores, flores e os passarinhos cantam o tempo todo. Resolvemos sentar do lado de dentro, porque ventava muito e não tinha nenhuma mesa vaga para aproveitar o sol. A comida é bem servida e uma delícia! De uma mesa com 5 pessoas, 4 pediram um sanduiche de Mahi Mahi, conhecido por nós como o peixe dourado e o outro prato foi também um peixe, cat fish, um peixe americano. Ambos os pratos muito saborosos!

Como mencionei anteriormente, fiquei apenas um dia na cidade e, por isso, não foi possível explorar as praias e também o farol que é um ponto turístico super conhecido. Outra dica legal, é andar no trem que corta a cidade. Preferi andar pelo centro histórico do que fazer o passeio de trem, mas por todos os cantos é possível encontrar letreiros informando os horários e também os locais para comprar os ingressos.

Leia também: vistos para morar nos Estados Unidos

Apesar de ter sido uma visita rápida, foi um dia super gostoso e relaxante! Aproveitei bastante e matei um pouco da saudade de ouvir o barulho do mar. A temperatura estava uma delícia, mais ou menos uns 16 graus com céu azul e o sol brilhando. Quase verão, para quem está morando em Ohio e continua tendo temperaturas abaixo de 0 grau, rs.

Espero que tenham gostado e tomara que eu possa voltar lá um dia para complementar este post com mais dicas!

Se você já visitou St. Augustine ou outra cidadezinha histórica nos EUA, deixe suas recomendações nos comentários.

Deixe um comentário

Por favor inclua o seu comentário
Por favor escreve o seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.