BrasileirasPeloMundo.com
EUA Vistos & Cidadanias Pelo Mundo

Informações sobre o visto de noiva (K1) dos EUA

Quando você vive um relacionamento internacional à distância, você acaba conversando com muitas pessoas que já passaram pelo mesmo. É fundamental conversar, trocar experiências e compartilhar todos os perrengues burocráticos que a gente enfrenta para ficar com quem a gente ama. Foi assim que eu ouvi sobre o visto de noiva pela primeira vez em 2015, quando uma – agora super amiga – comentou comigo.

Apesar de ter escutado sobre ele em 2015, foi no finalzinho de 2016 que eu passei a mergulhar nesse universo burocrático. Antes de escrever sobre o processo, quero dizer que eu não sou advogada, consultora ou nada do tipo. Estou apenas compartilhando a minha experiência, pois espero ajudar quem também vai passar por isso.

Existem também algumas variações/extensões do visto: K2, K3 e K4 que não serão abordados por mim, pois não se aplicam a categoria noiva sem dependentes (filhos menores de 21 anos).

Mesmo que leiam sobre a minha vivência com esse visto, recomendo altamente que consultem os sites oficiais do governo americano, pois o processo está sempre mudando e eles mantêm as informações atualizadas!

Além disso, eu e meu marido não contratamos advogado para fazer nosso processo, nós
preenchemos todos os formulários sozinhos lendo as instruções que estão disponibilizadas
para download na página do USCIS (United States Citizenship and Immigration Services) e também buscando informações em fóruns online pela internet.

Segundo o site da embaixada americana, o visto K1 é:

“Um visto de noiva(o) ou visto K1 é o visto para noivo(a) de cidadão americano, para que possa viajar para os Estados Unidos com a finalidade de se casar e morar no país. Os vistos K2 são para filhos menores de 21 anos. Vistos de noivo(a) são diferentes dos outros vistos de não-imigrantes, como os vistos de turista ou negócios. Embora os solicitantes de vistos de não-imigrantes precisem comprovar fortes vínculos com o Brasil e a intenção de
regressar após uma visita temporária aos Estados Unidos, a lei de imigração dos Estados Unidos assume que os solicitantes de visto de noivo(a) têm a intenção de imigrar.”

Para saber se você pode aplicar para esse visto é necessário que as seguintes informações sejam verdadeiras:

1) Peticionário (cidadão americano que vai solicitar o visto) e beneficiário (cidadão não
americano com intenção de imigrar para casar) precisam estar livres para se casar. Ambos
precisam estar solteiros, divorciados ou viúvos.

2) O casal tem que ter se conhecido pessoalmente há pelo menos 2 anos. (É legal ter cópias das passagens de avião com data, fotos que mostrem o espaço de tempo como por exemplo, fotos no verão e também no inverno, também pode ser cartas, cartões de aniversário ou qualquer tipo de prova que mostre que vocês se conhecem pessoalmente mesmo).

Se as exigências se aplicam ao seu caso, então você pode começar o processo! O peticionário deve dar entrada para o pedido de noiva (K1) junto ao USCIS nos EUA. O peticionário precisa estar nos EUA e o beneficiário no seu país de origem, no caso, Brasil. Sendo assim, o primeiro passo é o peticionário dar entrada na petição através do formulário I-129. Você pode encontrar mais informações sobre o visto e petição I-129 aqui.

Você vai ver que o processo tem duas etapas diferentes; a primeira, realizada pelo peticionário é o envio da petição I-129. É cobrada uma taxa em dólar que deve ser paga através de um cheque enviado juntamente com o formulário para o endereço descrito por eles no site oficial do governo. E a segunda etapa é realizada pelo beneficiário, que é a solicitação do visto K1 através do Formulário DS-160. Nessa etapa também é cobrada uma taxa em dólar pelo visto, e além disso, será cobrada uma taxa também em dólar dedicada a uma consulta médica com um profissional e exames médicos nos laboratórios sendo ambos determinados pelo consulado americano. (Não vou colocar o valor das taxas porque elas mudam basicamente todo ano, então prefiro não passar informação que sei que ficará desatualizada. As taxas podem ser encontradas no site do USCIS.)

O USCIS vai te fornecer os links para download relacionados ao formulário I-129, assim como instruções e também uma lista de documentos que deverão ser anexados ao formulário no momento do envio. Junto ao formulário I-129, também é necessário enviar o I-134 (affidavit of suport) uma vez que esse formulário é sobre a vida financeira do peticionário, quem está solicitando à petição. Eles precisam ver que o peticionário tem condições de bancar a (o) noiva(o).

É importante enviar também o G-1145 para que você receba informações online sobre o seu processo. Lembrando que, tudo isso deve ser preenchido pelo peticionário (cidadão americano) nos EUA.

Após o envio da petição I-129, você vai esperar o seu Notice of Action, que é uma notificação contendo informações sobre à sua petição enviada. No meu caso, recebemos a primeira Notice of Action em dezesseis de janeiro, mais ou menos duas semanas após o envio dos documentos. Essa notificação informava que a petição tinha sido aprovada para dar inicio ao processo de investigação.

O momento depois da Notice of Action 1 (também conhecido como receipt I-797C), foi o mais estressante do processo, pois ficamos no “escuro” por três meses. Nenhum tipo de notícia, nenhum e-mail, zero informação foi passada por telefone. O que foi informado por telefone foi apenas que deveríamos esperar, uma vez que nosso processo ainda estava dentro do prazo estipulado por eles.

A Notice of Action 2 (também conhecida como receipt I-797) chegou em abril informando que nossa petição havia sido aprovada pelo USCIS. Foi um momento de muito alívio, pois quando ninguém te dá informações por algum tempo, você começa a pensar que não vai dar certo, que o processo tá demorando porque ficou esquecido ou negado… você começa a surtar mesmo! São dias muito difíceis e parece que o processo burocrático nunca vai chegar ao fim.

O que acontece depois que você recebe o NOA2 é o seguinte: seu processo é enviado do USCIS para o NVC (National Visa Center), lá eles vão gerar um case number. Depois que o seu case number é gerado no NVC, seu processo é enviado para o consulado no qual você realizará sua entrevista para tirar o visto. (No Brasil, o único consulado que realiza a entrevista para o visto K1 é o do Rio de Janeiro).

Nesse meio tempo, eles nos mantiveram informados através de e-mails. Recebi e-mail quando meu processo chegou no NVC e foi aprovado por eles no início de maio. No final de maio, recebemos um e-mail do NVC falando que a petição tinha sido aprovada e meus documentos seriam enviados para o consulado no Brasil e que eu (beneficiária), seria contatada em breve para preencher o formulário DS-160 e agendar minha entrevista.

Continuarei contando sobre essa experiência em meu próximo post. Até lá!

Leia sobre os costumes americanos estranhos para os brasileiros!

Related posts

Cinco vantagens de morar no interior dos Estados Unidos

Roberta Caraco

Super Bowl

Raiane Rosenthal

Tipos de visto para morar na França

Rafaela Prado

26 comentários

Lili Novembro 2, 2017 at 7:07 pm

Apesar de conhecer essa história de pertinho, estou super curiosa e ansiosa para o próximo post e o desfecho dessa história! Muito orgulho de você!

Resposta
Joana Miller Novembro 4, 2017 at 9:06 pm

Oi Lili,
Ter ajuda de amigas como você faz o processo ser mais fácil!
Beijos

Resposta
Jaqueline Novembro 2, 2017 at 8:17 pm

Muito bom poder contar com o relato de quem passou pela situação.

Resposta
Joana Miller Novembro 4, 2017 at 9:05 pm

Oi Jaqueline,
Que bom, espero ter ajudado!
Beijos

Resposta
Mot Novembro 2, 2017 at 8:39 pm

Muito interessante, Joana! Isso só reforça o quanto o casal está disposto a enfrentar juntos cada passinho! Parabéns!

Resposta
Joana Miller Novembro 4, 2017 at 9:05 pm

Obrigada Motoko!
É difícil, mas vale a pena! 🙂
Beijos

Resposta
Maiele Luz {Blog Sonhada Vida} Janeiro 5, 2018 at 2:53 am

Oi Joana! Que ótimo ter esse post aqui pois na hora de fazer dá um medão kkkkk por conta disso também contei toda a minha saga em detalhes lá no meu blog: maieleluz.blogspot.com
Beijinhos!

Resposta
Joana Miller Janeiro 11, 2018 at 7:42 pm

Oi Maiele,
Sempre bom podermos compartilhar nossas experiências com quem está passando pelo mesmo momento, né?
Beijos

Resposta
Veronica Janeiro 15, 2018 at 7:06 pm

Ansiosa pelo próximo post.

Resposta
Joana Miller Fevereiro 7, 2018 at 5:53 pm

Oi Veronica,
A parte 2 desse post está no Blog. É só clicar em ‘Mais sobre essa autora’
Obrigada!

Resposta
Germana Janeiro 18, 2018 at 8:39 pm

O visto K1 pode ser negado qdo se tem filho ilegal nos EUA.

Resposta
Joana Miller Fevereiro 7, 2018 at 5:55 pm

Oi Germana,
Infelizmente não sei responder essa pergunta, mas te aconselharia buscar a ajuda de um advogado que entende de imigração. Com certeza, saberá te ajudar!
Beijos

Resposta
Juciany Janeiro 22, 2018 at 4:40 am

GAROOOOTA… vc nasceu pra brilhar. Amei o post e você arrasou. Eu estava com milhões de dúvidas!

Resposta
Joana Miller Fevereiro 7, 2018 at 5:58 pm

Oi Juciany,
Obrigada! A parte 2 desse post está aqui no Blog também… é só clicar em ‘Mais sobre essa autora”. Espero ter ajudado!
Beijos

Resposta
Nara Fevereiro 14, 2018 at 3:37 am

Vivi 2 anos ilegal no EUA, mas entrei com visto de turista. Voltei para o Brasil, existe chances de voltar com Visto de Noiva? Conheci meu noivo durante a minha estadia no EUA.

Resposta
Joana Miller Maio 29, 2018 at 3:33 pm

Olá Nara,
Infelizmente não sei responder a sua pergunta, pois acho que cada caso é um caso… é o que sempre me falam por aqui. Te aconselharia a procurar ajuda de um advogado ou alguém especializado em imigração, pois eles vão poder te responder melhor.
Bjs

Resposta
Léo Março 22, 2018 at 1:57 pm

Bom dia, Joana.
Gostaria de saber se é possível a obtenção do visto de noivo sendo a peticionatária uma brasileira que ainda não é cidadã americana, mas que tem greencard.
Se isso não for possível ainda, sendo ela “apenas” detentora do greencard, seria possível quando ela conseguir obter a cidadania americana?
Muito obrigado e parabéns pelo post esclarecedor.

Resposta
Joana Miller Maio 29, 2018 at 3:36 pm

Ola Léo,
Até onde eu sei, sempre que mencionam o peticionário para o visto K1, falam de um cidadão americano, sendo este homem ou mulher. Sendo assim, acredito que seja necessário ter a cidadania. Não sei ao certo essa questão do greencard, te aconselharia a perguntar a um advogado ou algum especialista em imigração… pois com certeza eles saberão esclarecer suas dúvidas. Obrigada!

Resposta
valeria Julho 11, 2018 at 8:07 pm

Olá Joana, estou aguardando o noa2 fazem 6 meses, quanto tempo demorou o seu?

Resposta
Lumar Agosto 31, 2018 at 5:46 am

Ola Valeria, tambem estou aguardando o meu NOA2 e ja fazem 6 meses. Segundo o prazo no site, o tempo maximo para o processamento é de 7 meses. Esperando receber o NOA2 esse mês pra dar continuidade ao processo e ter uma luz pelo menos. Que venha logo!!!!

Resposta
Luciana Marques Outubro 2, 2018 at 6:10 pm

Boa tarde, conheço um norte americano a quase 3 anos, temos contato com muita frequência mesmo e já até enviei uma lembrança pessoal para ele, mas infelizmente não nos conhecemos pessoalmente pq tive meu visto B1/ B2 negado em novembro de 2016
Temos chance de poder solicitar este visto?

Resposta
Liliane Oliveira Outubro 3, 2018 at 12:28 pm

Olá Luciana,
A Joana Miller, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Paulo Ricardo Janeiro 25, 2019 at 7:59 pm

Olá boa tarde, minha prima é cidadã americana e já esteve aqui no brazil com seu marido americano, eles me convidaram para ficar uns meses por lá, eles fizeram o I 134, porém no ds160 não tem a opção de anexar essa. Petição, como devo proceder?

Resposta
Liliane Oliveira Janeiro 25, 2019 at 11:49 pm

Olá Paulo,
A Joana Miller, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Mayara Silva Maio 24, 2019 at 6:49 pm

Oii Liliane tudo bom, eu tenho uma dúvida e não consegui achar a resposta em nenhum site aqui na internet. No caso o meu pretendente é um residente permanente dos EUA, ele já possui o green card e tudo mais, porém falta 1 ano para ele se tornar cidadão americano. É possivel eu aplicar para esse tipo de visto?? Pois sempre quando pesquiso aparece que deve ser com um cidadão americano, entretanto ele já reside normalmente nos EUA com renda, casa etc.

Resposta
Liliane Oliveira Maio 28, 2019 at 2:00 pm

Olá Mayara,
Infelizmente, não sei informar.
No entanto, sugiro que você leia sobre Vistos para morar nos EUA no link que envio abaixo. Talvez te ajude de alguma forma.
https://www.brasileiraspelomundo.com/visto-para-morar-nos-estados-unidos-591175858
Boa sorte!
Liliane

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação