BrasileirasPeloMundo.com
Europa Itália Turismo Pelo Mundo

Dicas de turismo pelas regiões italianas

A Itália é situada no centro do Mar Mediterrâneo. A sua posição favoreceu o desenvolvimento e laços com tantas culturas. Além das antigas civilizações, como aquelas etruscas, gregas e romanas, a Itália é rica de maravilhosas paisagens naturais.

O texto aborda alguns lugares que valem a pena serem visitados em cada uma das 20 regiões italianas. E ao longo do passeio porque não se deliciar com os pratos típicos de cada região?

Valle d’ Aosta“ Parco Nazionale del Gran Paradiso”.
Oferece paisagens alpinas de grande beleza, muitos animais vivem nesta zona: íbex, camurça, marmota, águias.
Prato típico: um prato característico é a “fonduta”, um prato feito de queijo derretido, mantido quente em uma panela especial. A fonduta se come mergulhando o pão na panela com um garfo de cabo longo.

Piemonte- “Massiccio del Monte Rosa”
È o segundo monte em altura depois do “Monte Bianco”(montanha mais alta da Europa). È situado nos alpes ( Alpi Pennine).
Prato típico: um prato típico do Piemonte é a “ bagna cauda”, um molho feito com anchovas, óleo e alho que é comido com vegetais crus. Há uns tempos atrás era um prato muito comum nas áreas rurais.

Liguria- “Parco Nazionale delle Cinque Terre”
Há costas salientes com vista para o mar, aldeias medievais e caminhos pitorescos.
Prato típico: tipicamente “ligure” é o pesto, um condimento para massas feito com manjericão, azeite, alho, queijo pecorino e pinhões esmagados em um pilão.

Lombardia- “Parco Naturale del Ticino”
È um pulmão verde cercado por uma das áreas mais industrializadas e mais densamente povoadas da Itália.
Prato típico: o “risotto alla milanese” é certamente um dos pratos mais conhecidos da Lombardia. Sua cor amarela característica é dada pelo açafrão, um dos ingredientes fundamentais.

Veneto- “Dolomiti”
Nas rochas “Dolomiti” existem conchas, corais e algas fósseis, que emergiram do mar há 70 milhões de anos.
Prato típico: muito conhecido é o prato chamado “risi e bisi”, um prato à base de arroz e ervilhas, típico da tradição popular.

Trentino-Alto Adige- “Lago di Carezza”
Este lago foi apelidado como o “Lago dell’Arcobaleno”(lago arco-íris), por suas cores maravilhosas.
Prato típico: as maças são quase sinônimos desta região. Existem muitas variedades e são usadas em muitas receitas, por exemplo, como recheio do strudel, uma sobremesa típica do Trentino.

Friuli-Venezia Giulia- “Grotta Gigante” está localizada perto de Trieste e é caracterizada por maravilhosas estalactites e estalagmites.
Prato típico: a “polenta bianca” é um produto típico da região, é de fato, branca e é obtida de uma variedade específica de milho.

Emilia-Romagna- “Costa Romagnola”
As costas marítimas são muito frequentadas por turistas. Destaque para Rimini, cidade fundada pelos romanos e muito famosa pelas suas praias.
Prato típico: a “piadina” é um famoso produto de panificação feito com farinha de trigo. Você pode comer em alternativa ao pão recheado com salames e queijos.

Leia também: Dicas de turismo em Isola d’Elba no arquipélago toscano

Toscana- Na província de “Grosseto” existem os banhos naturais de “Saturnia”, onde você pode mergulhar em água quente a 37 C°.
Prato típico : um prato típico toscano è a “panzanella”, feito com pão amanhecido, tomate, cebola roxa e manjericão, tudo temperado com azeite, vinagre e sal.

Umbria- No parco nacional das montanhas ” Sibillini”, você pode encontrar prados com lindas flores de primavera, desfiladeiros atravessados por rios, bosques de carvalhos e faias povoadas pelo lobo dos apeninos, veado e o porco-espinho.
Prato típico: um produto típico da Umbria são as lentilhas de Castelluccio di Norcia, pequenas e muito perfumadas.

Marche- Praias selvagens, penhascos íngrimes, cavernas, rochas brancas cobertas de florestas de pinheiros que se estendem sobre as águas transparentes que caracterizam o Sirolo”, ( “Parco Regionale del Monte Conero”).
Prato típico :” olive ascolane”, para prepará-las , se usa azeitonas locais, grandes e carnudas sem caroço, recheadas com uma mistura de carne, depois são empanadas e fritas.

Lazio- “Oasi di Palo” é um verdadeiro ângulo de natureza intocada que se estende ao longo da costa do Lazio, foi criado em 1980 e seu símbolo é o meles.
Prato típico: um prato muito famoso em todo o mundo é o “spaghetti all’amatriciana”, feito com molho de tomate, queijo pecorino e um tipo de bacon não-defumado italiano.
O nome é em referência à cidade de Amatrice, na província de Rieti.

Leia também: Custo de vida em Roma

Abruzzo- O território do “Parco Nazionale d’Abruzzo, Lazio e Molise” consiste em um conjunto de cadeias montanhosas de altitudes entre 900 e 2200 m. Muitos animais vivem lá, como o lince, o lobo, a camurça, o veado e o urso marsicano que também é o símbolo do parque.
Prato típico: um produto típico presente na culinária de Abruzzo é o “spaghetti alla chitarra”, uma massa particular. O nome deriva do instrumento usado para fazê-lo, que é chamado precisamente guitarra.

Molise- Viajando pelo Molise você encontra “tratturi”, as antigas estradas usadas pelos pastores para o movimento dos rebanhos das pastagens das montanhas aos prados da planície( a transumância).
Prato típico: “cicerchiata” é um doce típico do Molise feito com amêndoas e mel, preparados para festas, por exemplo, no Natal ou no Carnaval.

Campania- “Grotte”
As cavernas da costa de “Marina di Camerota” estão localizadas no Parco Nazionale del Cilento, Vallo di Diano e Alburni”. Elas contêm evidências da presença do homem desde os tempos pré-históricos.
Prato típico: a pizza, especialmente a pizza margherita, é um prato da cozinha campânia conhecido em todo o mundo.

Puglia- “Grotte di Castellana”
Situadas na província de Bari, são um conjunto de cavidades subterrâneas de origem cárstica, alternando com cavernas, canyons, fósseis, estalactites e estalagmites com formas e cores surpreendentes.
Prato típico: um prato típico da Puglia é “orecchiette con le cime di rapa”. Orecchiette é uma pasta em forma de pequenas orelhas, da qual deriva il nome do prato.

Basilicata- “Parco Nazionale del Pollino”
Apresenta o ambiente típico da montanha do sul. O território é pontilhado de faias, abetos brancos e pinho loricate, uma planta muito rara.
Prato típico: a especialidade da Basilicata é “acquasale”. É preparado com pão velho mergulhado em água e depois temperado, com sal, azeite extra-virgem, tomate e orégano.

Calabria- A costa de “Capo Vaticano” é considerada uma das mais bonitas do mundo, algumas das pequenas praias que se abrem entre as falésias só podem ser alcançadas à partir do mar ou a pé.
Prato típico: um produto típico da Calábria é ‘nduja, um salame com pimenta picante.

Sicilia- “Scala dei Turchi” é um ambiente único, devido à forma e a cor branca brilhante da rocha. Uma espécie de escada natural leva ao topo, de onde se pode admirar toda a costa de Agrigento.
Prato típico: uma sobremesa siciliana muito famosa é o “cannolo”, recheado com ricota de ovelha açucarada.

Sardenha- “Colonne di Carloforte”
As colunas são dois pilares de pedra natural que emergem do mar na ilha de “San Pietro”. As lendas sobre sua origem são diferentes: segundo alguns, são marinheiros petrificados por punição; de acordo com outros, são monstros que San Pietro teria transformado em rocha para proteger os habitantes da ilha .
Prato típico: o “pane carasau” é um produto típico da Sardegna, conhecido como papel de música. É um pão muito fino e crocante.

Então fica a dica de visitar estes lugares particulares e se deliciar com as especialidades de cada região italiana.

Related posts

Conhecendo Wroclaw na Polônia

Vivian Kulpa

Teatro Alla Scala: A magia da lírica

Raquel Gonçalves

Fim de semana em Rouen

Rosana Alcântara

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação