BrasileirasPeloMundo.com
Singapura

Diversidade Cultural em Cingapura

Esta pequena cidade-estado, Cingapura,  é lar de grande diversidade cultural, que envolve idiomas, religiões, arquiteturas, etc… Mas o mais incrível é como no dia-a-dia isso é visível e o respeito entre todas essas diferenças é maravilhoso.

Em Cinga (para os íntimos), os feriados públicos são compostos por celebrações das diferentes religiões, mulçumana, hindu, cristã e os festivais de cada comunidade são incrívelmente coloridos. Se você quiser conhecer um pouco mais sobre cada uma dessas etnias, é necessário apenas caminhar pelas ruas visitando os diferentes bairros.

A Cingapura moderna foi fundada por Thomas Stamford Raffles, em 1819, transformando uma simples ilha de comércio de pesca, em uma cidade cosmopolita, atraindo imigrantes da China, do sub-continente indiano, da Indonésia, da península malaia e do Oriente Médio.

Estes imigrantes trouxeram com eles, suas culturas, seus festivais e os casamentos entre diferentes raças auxiliaram na formaçao da sociedade existente hoje.  Aqui encontramos chineses, malaios, indianos, peranakans e eurasians. De acordo com dados de 2010, 74,2% da população são chineses, os malaios (habitantes originais do país) compõe 13,4%, os  indianos formam 9,2%,  eurasians, peranakans e outros completam  3,2%.  Hoje Cingapura conta com um grande número de expatriados do mundo inteiro aumentando ainda mais esta multi-diversidade cultural.

Como resultado dessa mistura cultural, 4 idiomas são falados oficialmente por aqui, Inglês, chinês, malaio e tâmil, mas o idioma nacional é em reconhecimento a comunidade indigina malaia: Bahasa Melayu (malaio).  O que realmente representa a língua por aqui, em minha opinião é o “Singlish”, que é o inglês informal, com grande influência dos demais idiomas. O sentimento é único e estranho de quando ouvido pela primeira vez, você não entenderá nada e ficará nervoso, mas com o passar do tempo se acostumara, e posso garantir que algumas expressões do seu dia-a-dia sofrerão grande influência desta forma engraçada de se falar inglês.

Aqui, todos falam mais de um idioma. As vezes paro para pensar, que enquanto isso no Brasil mal falamos o português corretamente.

 Cultura Chinesa

A maioria dos chineses por aqui são budistas e taoístas. A cultura chinesa, tem origem das práticas culturais do sul da China, etnias locais e influências ocidentais. E os principais festivais de seu calendário são as celebrações do Ano Novo Lunar Chinês, a  colorida Chingay Parade e o Mid-Autumn Festival. O bairro de Chinatown aqui é uma gracinha, diferentes de muitos que já vi pelo mundo.

 Cultura Malaia

Os colonos daqui são muçulmanos sunitas que seguem o Islã como sua religião. Eles oram à Deus, que é Allah, cinco vezes por dia, comem apenas alimentos halal e jejuam durante o Ramadã. O principal festival deles é o Hari Raya Puasa que é comemorado no final do Ramadã, onde após as orações da manhã na mesquita, os malaios costumam convidar os amigos para casa para aproveitar a festa juntos, tipo uma “Open House Party“. Podemos encontrar esta grande influência em muitos bairros por aqui como, Paya Lebar, Arab Street,  entre outros.

 Cultura Indiana

Metade dos indianos são hindus e existem em torno de 30 templos hindus no país,  sendo dois deles Monumentos Nacionais. O principal festival deles é o Deepavali (Diwali, ou Festival das Luzes) que celebra a vitória do bem sobre o mal e marca o Ano Novo Indiano. O bairro que representa esta cultura é a Little India, um bairro super colorido,  onde você encontra um mercado 24 horas que tem tudo o que você pode imaginar, o Mustafa Center.

 Cultura Peranakan

Durante séculos, muitos estrangeiros vieram em busca das riquezas do sudeste asiático.  Enquanto muitos voltaram aos seus países de origem, alguns ficaram para trás e se casaram com mulheres locais. As crianças, frutos desses casamentos, são os Peranakan, que significa em malaio,  ‘nascido localmente’.  Sua maior expressão cultural  e individual é a vestimenta super colorida, o homem é chamado de “baba” e mulher de “nyonya”. A arquitetura Peranakan é composta de lindas shophouses pré-guerra, e podem ser encontradas facilmente na região de Emerald Hill, Koon Seng Road. E para entender um pouquinho mais sobre esta cultura, é recomendada uma visitinha ao Peranakan Museum.

 Cultura Eurasian

Uma mistura entre o Oriente e o Ocidente,  Eurasian são os descendentes do casamento entre europeus e locais durante a época colonial. Hoje em dia, ha aproximadamente 20.000 eurasians, eles representam uma pequena fusão étnica e em sua maioria são cristãos católicos e celebram o Natal, Páscoa e Corpus Christi. Existem muitas igrejas cristãs por aqui.

O Espiritimo também se faz presente, existe um grupo grande, chamado Seara Espírita Cristo Redendor na comunidade brasileira, o que me deixa imensamente feliz e foi através deste grupo que tive meu primeiro contato com a comunidade brasileira.

Cingapura na minha opiniao é única, quando se trata desta mistura cultural, pois por mais que existam tantas influências diferentes, é magnifico como cada uma faz o possível  manter vivas suas tradições e crenças!!!

Related posts

Empregadas domésticas e as leis em Cingapura

Ana Paula Cariello

Tiong Bahru: o bairro tradicional e descolado de Cingapura

Fernanda Froimtchuk

Cingapura – O país do consumo

Fernanda Froimtchuk

15 comentários

Ann Julho 29, 2013 at 8:55 am

Ju, texto muito bacana. Eh tao positivo saber que por ai, as religioes se mesclam amigavelmente e em lugar pequeno. Se um dia nao tiver mais medo de voar, Singapore e Japao estao na minha lista na Asia…Aproveita a tua estadia por ai, a “bagagem” que voce vai levar para onde for, sera imensuravel. 🙂 bj

Resposta
Ju Julho 31, 2013 at 12:48 pm

Ann, obrigada pelo apoio… e sim é muito interessante esse respeito intercultural que se vê por aqui . o que é tão dificil de encontrar em outros lugares!! E please vem pra Asia enquanto estamos por aqui neh… heeheh bjosssss 🙂

Resposta
Tati Sato Julho 29, 2013 at 10:37 am

Oi Ju! Essa mescal de culturas e religiões é algo muito interessante de Cingapura! Estive aí há alguns anos e, ainda que estivesse por poucos meses, notei isso.

Acho que uma coisa muito importante (e que existe aí) é o RESPEITO. Porque de nada adianta ser católico, muçulmano, budista ou protestante se não existe o respeito; sem isso, a coexistência se torna impossível!

Parabéns pelo texto, linda!!! Um beijo!

Resposta
Ju Julho 31, 2013 at 12:49 pm

Tati….. é bem isso o Respeito por aqui é muito legal!!!! obrigada pelo apoio.. e estou esperando sua visita em setembro hein!!!

Resposta
Cristiane Leme Høg Agosto 6, 2013 at 11:41 am

Eu sempre tenho comigo que os povos orientais têm uma maneira mas holística de ver a espiritualidade, diferente da vista pelas culturas ocidentais. A tolerância e o respeito à diversidade parece ser maior na Ásia. E que bom saber que é assim em Cingapura! Há uns três anos atrás fiz um trabalho de consultoria em vinhos para um casal que mora aí. Ela é brasileira e ele, inglês. Achei um barato o fato de eles terem origens diferentes e se encontrarem em Cingapura, e construírem uma vida juntos, lá. Adoro essas miscelâneas culturais… Bjo

Resposta
Ju Setembro 11, 2013 at 1:02 pm

Sim, Cris.. e muito interessante mesmo… e as uniões de casais de culturas e nacionalidades é muito comum por aqui….. adoro conhecer as histórias e os romances que surgem neste pais tão cheio de misturas culturais

Resposta
Maiuly Agosto 27, 2013 at 1:51 am

Jú,
Gracias a você e seus relatos me sinto muito próxima de “Cinga”.
Esta cidade-estado me inspira muita curiosidade e admiração. Ela representa um mix muito bacana do povo Asiático e de sua cultura.
Sabes que um dia ainda irei dar um pulo ai!!

Abração 🙂

Resposta
Ju Setembro 11, 2013 at 1:00 pm

Obrigada Mai!!! Venha mesmo a Asia é tudo de bom!!!

Resposta
Cingapura – Viajar pelo Sudeste Asiático Outubro 3, 2013 at 12:38 pm

[…] Mais textos sobre Cingapura […]

Resposta
patricia varga Maio 30, 2014 at 9:14 pm

Estavamos planejando ( eu e minha amiga ) ir pra Tailandia, enquanto os nossos maridos surfam na Indonesia. Diante do Golpe Militar que esta vivendo, deisistimos. Temos que encontrar com eles 14 dias depois da nossa partida do Brasil, em Sydney, onde ficaremos todos juntos.
Que locais sugere, de moeda barata, riqueza cultural e tranquilidade com a politica, como e o caso da Indonesia?
Ja conheco Kuta e Ubud, e nao quero voltar por agora!

Resposta
Juju Junho 10, 2014 at 12:12 pm

Ola Patricia.
Obrigada por visitar o blog e por seu contato.
Que show que virão para Asia… claro que posso ajudar… Super recomendo Cambodia, Vietnã, Laos e Myanmar (so fui ao Cambodia e Vietnã destes), mas tenho certeza quer irão gostar de todos… sera uma super aventura… me manda um email ([email protected]) com suas dúvidas e tento ajudar o maximo que puder… mas a Tailandia depois que as coisas melhores voces precisam ir conhecer.. pq e lindo demais da conta heheeeh

Resposta
patricia varga Maio 30, 2014 at 9:15 pm

Detalhe importante: queremos sair do Brasil no dia 03/ 09/ 14!!

Resposta
Cingapura – Estudando na Cidade Leão Junho 25, 2014 at 6:56 pm

[…] Pesquisei e listei algumas dicas que poderão te ajudar. Eu estudei inglês no Brasil por 7 anos, mas nunca o usei, quando cheguei na Europa em 2011 vi que conseguia me comunicar mas não foi nada fácil. Em Cingapura ter inglês é importante, mas com um nível intermediário você consegue se virar bem, afinal mesmo sendo um dos idiomas oficiais do país, a predominância é o 'Singlish' entre os locais, como comentei no texto sobre as Diversidades Culturais. […]

Resposta
Ana Maria Abril 14, 2015 at 2:29 pm

Já estou chamando cingapura de cinga agora ahaha

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação