BrasileirasPeloMundo.com

Related posts

Diferenças entre morar nos EUA e na Dinamarca

Laila Hansen

Entrevista – Paula Ruiz, fotógrafa

Renata Salas Collazo

Uma crônica do metrô de Nova Iorque

Michelle Marinho

4 comentários

Ricardo November 8, 2017 at 8:44 pm

Me desculpe, mas que analise distorcida!
A pessoa doa $385 e tem um beneficio de $105. Então na verdade ela não está sendo generosa? Claro que está! Se não fossem generosos, pagariam os $105 de imposto e ficariam com os outros $280 no bolso.
Porque tanta mania de tentar encontrar uma falha em tudo que vem dos EUA?
Poxa vida!! São extremamente generosos e comprometidos em ajudar o próximo sim.

Resposta
Lorrane Sengheiser November 9, 2017 at 3:36 pm

Prezado Ricardo,

Primeiramente obrigada por acompanhar o Brasileiras Pelo Mundo.

Em referência a sua pergunta “porque tanta mania de tentar encontrar uma falha em tudo que vem dos EUA?”, acho que você não interpretou o texto da forma correta.

Acredito eu, que quem quer fazer exclusivamente caridade não se preocupa em ter o dinheiro doado descontado no imposto de renda, do contrário a doação deixa de ser apenas caridade e passa a ter interesse pessoal e financeiro. Ressalto ainda que esse comentário seria feito independente de ser EUA, França, Japão ou Brasil, até porque, o objetivo do blog não é encontrar falhas nos EUA ou em qualquer outro país, mas sim mostrar, por diferentes ângulos a vida em cada um deles, desde suas coisas boas até suas coisas ruins. Todo lugar tem coisa boa e coisa ruim e absolutamente país algum é perfeito, incluindo os EUA, que tem muita coisa boa, mas tem muitos defeitos também.

Continue nos acompanhando.

Atenciosamente,

Lorrane

Resposta
Rafael Diniz July 11, 2020 at 1:49 am

Olá Lorrane,

parabéns pelo texto, além de bem escrito foi muito didática. Porém fiquei com uma dúvida sobre o calculo que fez na dedução do valor no jantar. Do valor de US$ 385,00 você deduziu US$ 300,00, mas a seção 501(c)(3) não permite a dedução de apenas 50% do valor para pessoa física? Nesse caso o valor deduzido não seria US$ 192,50 (US$ 385,00 x 50%)

Resposta
Haroldo Eugenio Hermes December 19, 2020 at 1:16 pm

Penso exatamente como como você Lorrane.
No momento em que estas tendo beneficio fiscal, estas “dividindo” sua doação com o resto da população que paga imposto.
A meu ver, isso não é caridade no sentido amplo da palavra.
Fico muito indignado com alguns super ricos chamados de filantropos quando na verdade, apesar de realmente fazer “caridade”, estão dividindo o custo com o resto da população que já paga impostos e não precisaria e deveria estar pagando mais.

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação