BrasileirasPeloMundo.com
Empregos Pelo Mundo Suécia

É fácil arrumar um emprego na Suécia?

É fácil arrumar um emprego na Suécia? Como eu arrumo um emprego? Consigo um emprego com meu inglês enferrujado e sem conhecer nada de sueco? Existe alguma maneira de procurar trabalho daqui do Brasil para trabalhar aí?

Esses são apenas alguns exemplos de perguntas que recebo com frequência no blog. E sabe o que acontece quando a mídia brasileira resolve explorar um pouquinho mais esse universo chamado Suécia? Vixi Maria! A galera fica enlouquecida e corre para o Google para saber se há vagas de trabalho, como é o processo de contratação, como fazer o currículo e o que é necessário para se mudar.

E esse sentimento também não é diferente para quem visita a Suécia durante o período de férias. Todo mundo fica apaixonadinho pelo país, especialmente durante o verão, e decide que é aqui, na terra dos vikings, que quer morar.

Mas uma coisa é você assistir a uma reportagem, ler uma matéria num jornal/revista ou estar como turista no país por um curto período de tempo. Outra, completamente diferente, é morar e precisar trabalhar para ganhar o pão nosso de cada dia. E isso quando você consegue um emprego.

Saiba que arrumar um emprego por essas bandas não está fácil para ninguém. Nem para os suecos, que tem como língua materna (obviamente) o sueco e dominam muito bem o inglês, e nem para os estrangeiros. Sem inglês e sem sueco a situação é pior ainda.

Então, antes de sair à caça por uma oportunidade de trabalho nas terras do abominável homem das neves leve em consideração algumas questões. São elas:

  1. A estrutura do currículo nem é o mais importante, e sim o conteúdo. Afinal, como você irá se destacar na multidão?
  2. Lendo o currículo de um estrangeiro na Suécia, uma empresa sueca ou multinacional irá se perguntar:
    • Por que esta pessoa é melhor do que um sueco com as mesmas qualificações?
    • O que essa pessoa poderá trazer de diferente para o desenvolvimento da empresa para arcarmos com os custos de mudança e requerimento do visto?
    • Quantas línguas essa pessoa fala? Ela já fala sueco?
  3. Você consegue sobreviver a um longo, frio e escuro inverno? Não estou falando de 5 ou 10 graus positivos. Estou me referindo a temperaturas negativas e por vários meses.
  4. Você está num ramo específico do mercado de trabalho, como na área de TI, por exemplo?

É importante que você não tome como exemplo o processo de contratação que é feito no Brasil. Na Suécia, sendo estrangeiro, é necessário mostrar que vale a pena para a empresa contratar você no lugar de um sueco. Você precisa ter habilidades de trabalho tão excelentes que mostrem que você é mais adequado para a empresa do que um sueco.

O esquema é mais ou menos assim. Por aqui as empresas não podem contratar estrangeiros sem que ela prove por A mais B que a vaga não pode ser preenchida por um sueco supimpa. A empresa fará todo esforço possível para contratar um sueco primeiro. O estrangeiro nessa jogada vai lá para o final da fila.

Leia também: dicas para arrumar emprego na Suécia

Sendo assim, para ser o primeiro da fila, você precisa mostrar ser uma pessoa tão incrível ao ponto de um sueco não conseguir entrar nessa competição contigo, entende?

Só para exemplificar.  Das seguintes habilidades, você:

  1. Fala inglês fluente? Tem domínio de algum outro idioma que não seja a língua materna?
  2. Tem curso superior, mestrado ou especializações?
  3. Tem experiência de vários anos em algum tipo de gerenciamento?
  4. Tem experiência em linguagens de programação comuns e algumas mais complexas também?

Se de repente você não consegue dizer “sim” em pelo menos um dos itens citados acima, então eu acho que você precisa reconsiderar em se candidatar a empregos na Suécia. Você precisa se preparar bem primeiro para depois encarar o mercado de trabalho por aqui.

O fator QI e o idioma no trabalho

Por incrível que pareça, a melhor maneira de conseguir um emprego na Suécia é tendo o famoso QI. Sim, esse mesmo que você está pensando, o Quem Indica. Tendo isso já é meio caminho andado. Mas se você não conhece ninguém que possa ajudá-lo, outra maneira de você tentar uma oportunidade de trabalho na Suécia é se candidatando às vagas ainda estando no Brasil. Para isso, é necessário que você tenha uma formação acadêmica, uma boa bagagem profissional e o domínio do inglês (leitura, escrita e conversação). Sem esses requisitos, dificilmente você conseguirá um trabalho. E somado a tudo isso pode considerar também uma pitada de sorte.

As empresas que ainda contratam profissionais apenas com o inglês e sem terem o domínio do idioma local continuam sendo as multinacionais. Claro que o processo seletivo não tem nada de mamão com açúcar, porque é bem puxado e essas vagas disponíveis exigem graduação e experiência específicas. Apesar dos suecos não se preocuparem tanto com o nível de educação que você tem, saiba que as empresas que estão contratando estrangeiros se preocupam.

Conheço alguns brasileiros que conseguiram um emprego assim, espalhando o currículo aos quatro ventos ainda quando moravam no Brasil. E sempre tem alguém que tem um amigo, primo, conhecido de um amigo e que, de repente, pode dar aquela mãozinha.

Você deve considerar também deixar o seu currículo atualizado no LinkedIn (em inglês) e tentar criar uma rede de contatos com suecos para facilitar a tal da indicação.

Pesquise pela vaga desejada

Há muitas vagas de emprego que são publicadas na internet, tanto em inglês quanto em sueco. E se você é um profissional porreta, o esquema é atirar para todos os lados. Mesmo nesse primeiro momento não entendendo bulhufas do idioma local, não se deixe intimidar e use ferramentas de tradução para achar a sua profissão.

IMG_2833

A seguir deixo alguns sites que podem facilitar essa busca pela vaga desejada:

Sites para encontrar oportunidades de emprego (em inglês)

  • Jobb Safari (o portal mais procurado por suecos e estrangeiros)
  • The Local (jornal em inglês na Suécia e que disponibiliza uma lista razoável de vagas de emprego)
  • Job in Stockholm (empregos em Estocolmo, bem como em toda a Suécia)
  • Eures (um banco de dados para os candidatos a emprego em toda a Europa)

Sites para encontrar oportunidades de emprego (em sueco)

Agências de recrutamento que também operam em portais de emprego

Contate diretamente a empresa

E por último, se você tem interesse em trabalhar em uma empresa específica na Suécia, uma boa ideia é se candidatar a uma vaga diretamente na empresa. Corra atrás, porque muitas dessas empresas disponibilizam as vagas em seus sites. E se por ventura a vaga não estiver publicada no portal da empresa, deixe a vergonha de lado e entre em contato através de e-mail ou telefone.

Poxa, é uma trabalheira danada, não é mesmo? É aquela velha história, quem disse que as coisas caem do céu? Mas também não é impossível. Portanto, estude e se especialize, construa sua carreira e dê uma aprimorada no inglês para aí sim correr pro mercado de trabalho. Quem sabe, no final das contas, você virá para a Suécia com uma oportunidade de trabalho em mãos e ainda irá me dar aquele abraço, hein?

Related posts

Licença maternidade pelo mundo

Ann Moeller

Do Brasil para a Suécia: checklist para mudar de país

Cristiana Judar

Trabalhar como audiologista na Inglaterra

Ann Moeller

38 comentários

islajô Fevereiro 18, 2015 at 8:04 pm

claro meu sonho

Resposta
Vânia Romão Maio 12, 2015 at 12:10 pm

Olá!
Sonhar faz muito bem, mas lembre-se que qualquer mudança de país exige um bom planejamento, tá?
Obrigada pela visita! 😉

Resposta
Giselly Junho 4, 2015 at 4:17 pm

olá!!! Parabéns…gostei do seu post…muito bem explicado…Esclareceu todas minhas dúvidas…Sucesso a você
!!

Resposta
Vânia Junho 8, 2015 at 6:57 am

Obrigada Giselly, fico feliz que tenha te ajudado 😉

Resposta
Luiz Carlos Ferreira de Lima Setembro 24, 2015 at 11:20 am

Olá Vânia,

Gostei muito de seus comentários, eles realmente me ajudaram a ter uma visão mais realista sobre a busca de emprego na Suécia. Tenho este sonho de morar e trabalhar na Suécia.

Tenha um bom dia.

Resposta
Vânia Romão Setembro 24, 2015 at 12:44 pm

Olá Luiz!
Procuro compartilhar um pouco da minha experiência e de como a banda toca por aqui. E fico muito feliz que eu tenha te ajudado de alguma forma. A gente não deve desistir nunca dos sonhos, mas devemos ir atrás e nos prepararmos profissionalmente para que isso vire realidade.
Tenha uma excelente dia também! 😉

Resposta
Fernando Outubro 15, 2015 at 12:10 pm

Olá gostaria de saber como é o mercado de economia na Suécia (minha esposa já é mestre e está terminando o doutorado)

Resposta
Vânia Romão Outubro 15, 2015 at 5:09 pm

Olá Fernando!
É uma área que tem demanda de trabalho, porém, sem falar sueco fica complicado de arrumar um emprego, independente de quantos títulos o profissional venha a ter. A única área que não exige o domínio do idioma local é a de TI.

Resposta
marcelo Dezembro 14, 2015 at 12:35 pm

Bom dia Vânia, sou da área de Ti, e estou pensando em fazer uma experiência por aí.. como é a situação para brasileiros, e em caso de emprego, como fica a questão do visto para a familia(esposa e criança de colo)?
abração

Resposta
Vânia Romão Dezembro 14, 2015 at 1:30 pm

Oi Marcelo!
Foi como mencionei no texto, se você tem um bom background e é engenheiro na área de TI há oportunidades na Suécia. Caso você receba uma proposta de emprego e aceite, geralmente a empresa dá o suporte/orientações para providenciar o visto da família. De qualquer forma eu recomendo que você olhe o texto “Permissão Para Trabalhar” que fiz há algum tempo. O link é esse aqui: http://www.brasileiraspelomundo.com/suecia-permissao-para-trabalhar-08114207.
Abs. 😉

Resposta
Telma Dezembro 20, 2015 at 5:50 pm

Oi vania boa tarde e para área de saúde(enfermagem) existe vaga de trabalho ?

Resposta
Vânia Romão Dezembro 21, 2015 at 9:11 am

Olá Telma!
Eu infelizmente não conheço o mercado de saúde, mas posso te dizer que pessoas com formação nessa área fora da Europa, o diploma não vale muita coisa por aqui. É preciso aguardar a validação dos mesmos, fazer estágio mesmo que você seja formada e estudar muito para dominar o idioma local que é o sueco. Isso pode levar de 3 a 5 anos para arrumar um emprego na sua área de formação.

Resposta
Priscila Fevereiro 13, 2016 at 11:57 am

Acho que só vale reforçar que no Brasil também não é fácil para estrangeiros conseguirem trabalho, a lei é bem parecida. Já vi estrangeiros trabalhando escondidos em grandes bancos e ouvi história da Polícia Federal invadir pra fazer o flagrante. E mesmo meu namorado sueco não conseguiu trabalho no Brasil, tentamos bastante e ele é chefe de cozinha, mas nenhuma empresa quer arcar com os custos com visto e burocrácia. Sou da área de TI e tenho algumas especializações e muitos anos de experiência em grandes bancos, quando tentei buscar emprego na Suécia morando no Brasil, nao funcionou! Agora aqui na Suécia e com o visto já tive a oportunidade de fazer algumas entrevistas, as empresas já informaram que alguns cursos que fiz no Brasil custam uma fortuna aqui, então isso me torna diferenciada aqui para algumas vagas, a maioria dos cursos na Suécia são pagos pela empresas, então para eles é mais fácil contratar quem já tem.. Talvez isso seja uma dica boa para galera no Brasil, invista nas certificações, aproveite que no Brasil podemos fazer isso como Pessoa Física com preço acessível…

Resposta
Vânia Romão Fevereiro 15, 2016 at 8:02 am

Olá Priscila, obrigada pelo teu comentário. É sempre muito bom saber de outras experiências pessoais. Como eu sempre digo, cada um tem uma história e um ponto de vista diferente. Vou passar esse teu comentário para o meu blog também, pois quem sabe poderá ajudar outras pessoas. Além disso, vou entrar em contato contigo, pois quero te fazer uma proposta, ok?
Valeu!

Resposta
Elias Fevereiro 15, 2016 at 3:29 pm

Olá Vânia! O comentário da Priscila me fez lembrar uma matéria que falou sobre a importância de atrair estrangeiros qualificados para o mercado de trabalho do Brasil (o link é esse: http://tab.uol.com.br/brasil-estrangeiro/ ), tendo em vista que há um crescente desinteresse nos jovens brasileiros de almejarem ter uma boa qualificação profissional. Mas acredito que os problemas de Brasil e Suécia tem razões diferentes: na Suécia, creio que essas restrições acontecem porque há uma procura muito grande de estrangeiros para trabalhar e morar no país; enquanto no Brasil, o problema é a burocracia (sempre ela!) e a legislação arcaica, que impedem e desestimulam empresas de contratar estrangeiros qualificados, mesmo quando nenhum brasileiro consegue preencher os requisitos para tal emprego. Nosso país seria bem melhor se as autoridades do Brasil tivessem uma visão mais empreendedora. Uma pena!

Resposta
Vânia Romão Julho 1, 2016 at 8:32 am

Olá Elias!
Estou vendo seu comentário somente hoje. Me desculpe por demorar tanto tempo para responder..
A Suécia tem uma grande procura por emprego, não somente por parte dos europeus (já que muita gente está vindo de países em crise econômica, como a Grécia e Espanha), mas como também pelo fato do país receber muitos refugiados. A procura está acirradíssima!
Mas como você mencionou, Brasil e Suécia são países diferentes… na minha opinião em todos os sentidos.

Resposta
Marcos Vinicius Prestes P Fernandes Fevereiro 21, 2016 at 10:45 pm

Olá Vânia, adorei seu post, sucinto e claro, muito fácil de interagir, e bem legal a idéia do blog, estão de parabéns!
Seguinte, somos em 3, eu (Marcos, 23, graduando de engenharia com previsão de término para o fim do ano), minha namorida(hehe,10 anos de namoro [22, entrou em algumas faculdades, mas ainda não conseguiu passar na sonhada medicina]) e minha cunhada (20, tentou pela primeira vez medicina, mas como todos nós não quer ficar no Brasil).
O que eu queria saber era, pra mim teria alguma vaga? E caso eu quisesse fazer especialização, mestrado e etc, teria como estudar e trabalhar ao mesmo tempo? Mesmo que em um emprego sem muita qualificação? E no caso delas, qual perspectiva de fazer faculdade ai? Aceitam imigrantes para todas as faculdades e cursos? Ou só alguns específicos? E como é o custo de vida ai? Quanto em reais, os 3 morando juntos daria pra viver? A idéia era principalmente a gente trabalhar, e quando desse estudar, eu como já tenho faculdade, achar uma especialização na área que gosto é mais dificil que achar um técnico ou universidade para ingressar, mas ideal principalmente era achar uma de medicina, ou pelo menos enfermagem/paramédico!

Grato desde já, grande abraço!

Resposta
Vânia Romão Fevereiro 23, 2016 at 8:45 am

Olá Marcos, seja bem-vindo e obrigada pelo feedback. 🙂
Antes de mais nada é importante vocês verificarem se estão dentro do perfil para requerer o visto. Sem isso, infelizmente, vocês não conseguirão morar na Suécia. Sendo assim, dê uma olhadinha nos links abaixo que tenho certeza de que te ajudarão:
1) Como faço para morar na Suécia: http://diariodeumateimosa.com/2014/12/16/como-faco-para-morar-na-suecia/
2) Custo de vida: http://diariodeumateimosa.com/2013/11/24/custo-de-vida-na-suecia/
3) Estudar na Suécia: https://studyinsweden.se/

Abraços.

Resposta
Denis Março 28, 2016 at 6:30 pm

Hej Vania!

Minha dúvida é a seguinte… Sou dentista e vou para a Suécia ano que vem para validar meu diploma. Tenho cidadania italiana e precisarei arrumar um emprego na Suécia quando chegar, o problema é que estes sites de empregos oferecem vagas de nível superior… Gostaria de saber como procurar empregos mais simples, não importa qual seja… apenas até adiquirir uma fluencia em Sueco, e poder me matricular na faculdade.

Tack sa mycket…

Resposta
Vânia Romão Março 29, 2016 at 6:33 pm

Olá Denis!
Uma das alternativas é você entrar em contato com o Arbetsförmedlingen (citado nesse texto) para tentar uma colocação no mercado de trabalho. Entretanto, já te aviso de antemão que você pode ter uma longa jornada pela frente, pois a oferta de emprego na Suécia não anda mais em abundância. E sem querer te desanimar, mas ter cidadania europeia não significa que a Suécia te dará autorização para morar por tempo indeterminado, ok? Isso estará sujeito a análise do Migrationsverket (http://www.migrationsverket.se/Privatpersoner.html) e que você comprove que tem meios financeiros para se manter no país.
Qualquer dúvida me avise.
Boa sorte!

Resposta
BabyLoves Maio 7, 2016 at 4:01 pm

Olá Vânia,

Quero estudar Psicologia na Suécia, porém, tenho uma dúvida muito intrigante.
Pesquisei nos órgãos oficiais da Suécia porém não tive muito resultado…
Há oportunidades de empregos para Psicólogos na Suécia?
Domino Sueco e Inglês

Resposta
Vânia Romão Maio 10, 2016 at 9:50 am

Olá Baby!
Como eu não sou formada em Psicologia não sei te dizer se há oportunidades de emprego. Um site que pode te ajudar a procurar informações é o Arbetsförmedlingen (que inclusive está mencionado nesse texto). Como você domina o sueco não terá problemas para consultar as ofertas de emprego. 😉

Resposta
Lais Maio 24, 2016 at 4:09 pm

Oi!! Nossa.. adorei as dicas. Gostaria muito de saber como é o mercado na área de educação ou gastronomia. Sou pedagoga formada desde 2012, tenho alguns cursos específicos de confeitaria e tenho fluência em sueco, espanhol e inglês. Eu gostaria de saber pois estou me programando para realizar uma visita e quero aproveitar para deixar alguns currículos.

Resposta
Vânia Romão Maio 25, 2016 at 9:28 am

Olá Lais, seja bem-vinda!
Para ser bem sincera contigo eu realmente não sei te dizer se há oportunidades de emprego nas áreas de Educação e Gastronomia, já que sou formada em Economia e Marketing. Mas olha, um site que com certeza pode te ajudar a procurar essas informações é do Arbetsförmedlingen (tem link nesse texto). Você mencionou que tem fluência no idioma sueco, certo? Portanto, tenho certeza de que será fácil consultar as ofertas de emprego e como anda a projeção para as suas áreas de atuação para os próximos 5 anos. Boa sorte! 🙂

Resposta
lais Maio 25, 2016 at 3:47 pm

Vou dar uma olhada! Muito obrigada 😉

Resposta
RODRIGO CARVALHO Agosto 8, 2016 at 9:42 pm

Boa noite gostaria de saber ai na Suécia se oportunidade para trabalhar e estudar e possível , e quais tipos ?que mas precisa para trabalhar se dénpeter inglês fluente .
obrigado

Resposta
Tatiane wieser Agosto 10, 2016 at 5:25 pm

Nossa, é bem difícil trabalhar na Suécia né! Aqui na Alemanha é mais fácil mesmo sem curso superior , tem apenas que falar alemão, com inglês fica difícil , na área de enfermagem tem muita vagas

Resposta
aline leticia do lago ferreira Setembro 3, 2016 at 1:32 am

Ola, sou fisioterapeuta e tenho 10 anos de experiencia. Gostaria de saber como é o meu campo de trabalho na suecia? Tenho que validar o meu diploma? Qual empresa de intercambio voce me indicaria?

grata

Resposta
Adriel Duarte Novembro 14, 2016 at 12:17 pm

Bom dia Vânia, primeiramente parabéns pelo Blog, e obrigado pelo ótimo trabalho. Peço a você que me ajude com sua experiência sobre a Suécia. Sou Mestre em Economia pela Unicamp, minha linha de pesquisa é o “Estado de bem estar social” ou Welfare State dos países nórdicos, com foco nas políticas da Finlândia. Falo bem o inglês, espanhol e compreendo bem o finlandês (escrito), por conta da minha tese de mestrado, onde estudei o sistema estatal de bem estar público da Finlândia, mas na conversação ainda tenho muitas dificuldades. Quero morar na Suécia, sei que o Finlandês é mais próximo do estoniano e do Húngaro, todavia compreender bem o Finlandês pode me ajudar? Pretendo fazer um doutorado na Suécia, e estudar o sistema de políticas públicas do país, considera que existe a possibilidade de conseguir um emprego enquanto estudo?
Agradeço desde já, um grande abraço.

Resposta
Cristiane Leme Novembro 15, 2016 at 9:47 pm

Olá. A Vânia parou de colaborar conosco.
Falar finlandês só ajuda se você for para a Finlândia. Na Suécia, saber inglês e sueco ajuda. Saber outras línguas escandinavas como norueguês e dinamarquês pode ajudar na compreensão do sueco. Na Finlândia também é (ou era) obrigatório o ensino do idioma sueco.
Doutorado na Escandinávia é considerado como emprego e os doutorandos recebem salário e cumprem carga horária. Visite o site oficial do ensino superior na Suécia para mais informações: https://studyinsweden.se/plan-your-studies/degree-programmes/phd-studies/

Boa sorte,
Equipe BPM

Resposta
Michel Raick Maio 7, 2017 at 2:24 pm

Ola gostei do seu texto, muito bom e realista. Sou engenheiro civil, tenho ainda pouca experiência na área devido aos problemas econômicos no país, por isso a ideia de sair do pais se tornou mais forte, ainda mais porque tenho um amigo de infância que mora na Suécia a muito tempo porém meu inglês é intermediário. Mesmo assim imaginei que conseguindo um emprego em qualquer área, com objetivo de criar uma rede de contatos e aprimorar meu iinglê seria possível, futuramente trabalhar em minha área. Mas depois de ler seu texto fiquei com um pouco de receio. Por isso gostaria de perguntar, com sua experiência o recomendaria? E o fator idade tambem influência? Tenho atualmente 33 anos.

Resposta
Cristiane Leme Maio 7, 2017 at 2:52 pm

Michel, a Vânia parou de colaborar conosco. Procure ler os demais textos sobre a Suécia para ver se encontra a resposta para suas perguntas. Há outras colunistas no país, procure pelos textos publicados recentemente.
Edição BPM

Resposta
David Junho 5, 2017 at 7:45 am

eu pesquisei muito sobre atuação no âmbito jurídico, mas não foram positivas, todas as informações mostraram que deveria a pessoa fazer uma nova graduação e ter anos de atuação mais aprovação na ordem dos advogados local. existem boas oportunidades para um economista na suécia ?

Resposta
Kelaine Setembro 11, 2017 at 4:00 pm

Olá,adorei a matéria!!!!!!
– Tenho uma dúvida.E quanto a trabalhadores autônomos?Eu e meu marido somos trabalhadores autônomos e queríamos muito ir pra Suécia (tenho uma tia que já mora aí )Gostaria de saber como funciona? E como faço pra saber se tem trabalho na nossa área (Meu marido trabalha com pintura e manutenção em residências,trabalhava na qualidade de uma construtora)
– Desde já agradeço a atenção.

Resposta
Vikki Novembro 7, 2017 at 9:03 am

Posso chegar como turista e tentar conseguir um visto de trabalho na Suécia ou em outro país que se fale inglês?

Resposta
Liliane Oliveira Novembro 7, 2017 at 1:59 pm

Olá Vikki,
A Vânia Romão parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Suécia.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
André santos Junho 5, 2019 at 2:13 pm

queria saber sobre para área de engenharia civil ser é bom ai na suecia …

Resposta
Liliane Oliveira Junho 6, 2019 at 2:50 pm

Olá André,
A Vânia Romão parou de colaborar conosco, mas temos outras colunistas na Suécia que talvez possam te ajudar.
Você pode entrar em contato com elas deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação