BrasileirasPeloMundo.com
Arizona Brasil Curiosidades Pelo Mundo EUA Memphis Mississippi Nova Iorque Texas

Espanhol + inglês = espanglês

Espanhol + inglês = espanglês.

“Você já deu um like na nossa página?” Quem nunca fez uso de uma palavra em inglês na frase para encurtar a conversa ou facilitar a comunicação? O anglicismo ou estrangeirismo está presente na nossa cultura, especialmente na área tech (tecnologia).

Pois é, o espanglês ou Spanglish não é inglês nem espanhol, também não é um novo idioma, nem variação do esperanto. Então o que é isso? Como o próprio nome sugere, é uma forma de comunicação que usa palavras em inglês e espanhol na mesma sentença ou que cria uma terceira palavra com palavras das duas línguas. Isso também pode ser considerado um dialeto falado informalmente entre imigrantes hispânicos em regiões onde predomina tal comunidade. É como se fosse o nosso famoso portunhol.

Leia também: Portunhol, nem português, nem espanhol

Quando meu primo Eli veio nos visitar aqui no Texas no ano passado, ele notou essa variação linguística presente em todos os lados. Nós o levamos para conhecer a área central de Austin, a capital do Texas, logo no seu primeiro dia aqui. À medida que íamos passando pelas ruas comerciais, o Eli observou que anúncios, propagandas, outdoors e nomes de comércios levavam essa mescla idiomática. Por exemplo, washateria é clássica. Em inglês wash significa lavar (wash + lavanderia = washateria). Então, tecnicamente a tradução certa em inglês deveria ser laundromat ou, em português ou espanhol, lavanderia. Ufa!!! Enquanto isso, alguns hispânicos que não falam espanhol muito bem incorporaram esse modo de falar, outros como meu esposo e sua família que nasceram na América Latina rejeitam essa forma de comunicação. Será arrogância?

O universo linguístico de verbos e substantivos de origem anglo-saxônica conjugados ou flexionados em espanhol logo chamou a atenção de meu primo que é PhD em Linguística Aplicada. De acordo com a nossa conversa, isso é parte do estrangeirismo.

Às vezes a pessoa que usa o espanglês não fala inglês fluentemente mas tem um vocabulário de sobrevivência. Esse dialeto soa como o anglicismo ou estrangeirismo no Brasil. Você certamente já ouviu alguém dizer: faça o download da música, deleta tudo, chama o delivery… Não?!

Leia também: Visto para morar nos EUA

Por meio da lista de sentenças escritas em espanglês e traduzidas em português, abaixo, você terá uma ideia de como essa língua híbrida funciona.

 Espanglês                                                  Tradução inglês| espanhol | português 
Cleanpio

Make sure que quede bien cleanpio.

clean | limpio | limpo

Certifique-se de deixar bem limpo.

Janguear

I want to chill pero Alice quiere janguear.

to hang out | juntarse | sair, curtir              Quero relaxar mas a Alice quer sair.            
Lonche

 Voy a ordenar chili for lonche.        

lunch | almuerzo | almoçar

Vou pedir chili para o almoço.

Googlear ou gugulear

I will googlear los restaurantes de la calle 6th.

to google | investigar | checar  

Vou checar os restaurantes da rua 6th.

Biles

Ricardo, hay que pagar los biles. 

bills | cuentas | contas a pagar

Ricardo, tem que pagar as contas.

Clickear                  

Para visitar nuestra página cliqueie here.           

click | cliquear | clicar

 Para visitar a nossa página clique aqui. 

Sangweesh                                      Quiero un sangweesh for lonche today.sandwich | sándwich | sanduíche

Quero um sanduíche de almoço hoje. 

Updatear       

 Tienes que haver un update.             

to update | atualizar 

Você deve fazer uma atualização.

Rentar                                            Ricardo, tu estás late com la renta del seguro.      to rent | alquilar | alugar   

Ricardo você está atrasado com o aluguel do seguro.

Jamberger

I want to have a jamberger for lonche. Y tu?         

hamburger | hamburguesa | hambúrguer                                                                        Eu quero um hambúrguer de almoço. E você? 

 

 

O termo espanglês foi criado por um linguista porto-riquenho chamado Salvador Tió no final da década de 40. Ele morava em Miami e observou a evolução desse dialeto. Em 2004, o filme Spanglish com Adam Sandler e Paz Vega popularizou o termo, mesmo o filme em si não tem muito a ver com espanglês.

A população hispânica se aglomera em determinadas áreas e o espanhol predomina nas conversações sociais mas pode refletir também nos negócios. Veja a foto acima. O espanglês predomina fortemente nos seguintes estados: Arizona, Flórida, Califórnia, Texas, Novo México e na cidade de Nova York, onde a população porto-riquenha é imensa.

Concluindo, esse método de expressão é tão informal mas tão presente na linguagem falada que funciona como uma forma de identificação social. Todos querem falar um idioma a fim de se expressarem da melhor maneira possível. Uma vez uma pediatra brasileira me disse que o idioma a ser falado com os filhos deve ser sempre o português (para os pais brasileiros) porque iremos falar com sentimento. Portanto, o idioma é mais do que um meio de comunicação falada, ele reflete toda uma cultura, emoções e impressões que ficam nas entrelinhas. Ainda que o idioma passe por modificações ele carregará esses traços.

E na sua opinião, o que nós estamos “aportuguesando”?

Um abraço e até a próxima.

Related posts

O dia de ação de graças e o futebol americano

Lorrane Sengheiser

Fazendo amigos nos EUA

Lorena Nascimento

Casamento nos EUA através do visto K1 e Social Security Number

Joana Miller

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação