BrasileirasPeloMundo.com

Related posts

Dinamarqueses e o Amor

Cristiane Leme

Como superar as barreiras culturais

Letícia Stallone

Como abrir um negócio na Dinamarca

Cristiane Leme

10 comentários

Bruna September 26, 2017 at 5:42 pm

Muito legal o seu texto, Camila! A gente muitas vezes pensa que certos tipos de comportamentos só existem aqui no Brasil, e inclusive julgamos as pessoas sem conhecer suas histórias.

Resposta
Camila Vicenci Witt October 8, 2017 at 7:37 pm

Obrigada, Bruna!

É interessante perceber que certos comportamentos não têm fronteiras 🙂
Beijos

Resposta
Adriano Rodrigues October 22, 2017 at 5:23 am

Olá Camila! Com vai?
Texto muito bem escrito, parabéns, aliás, todos os seus textos são demais, sempre os acompanho!
Sou estudante de Relações Internacionais e desejo muito um dia morar aí na Dinamarca também.

Resposta
Camila Vicenci Witt October 24, 2017 at 8:03 pm

Oi Adriano, tudo bem ?
Fico super feliz em saber que você me acompanha aqui no BPM 🙂 Eu lecionei Direito Internacional para Relações Internacionais, e desejo muita sorte na sua caminhada – e que ela te leve até aonde você quer chegar! Abraços

Resposta
MARIA LUIZA TEIXEIRA Feminino April 9, 2019 at 11:30 pm

Oi Camila, interessante seus artigos. Estou prestes a ir morar me Billund e não tinha a menor ideia de como seria o dia a dia aí. Estou preocupada com o uso da roupa preta, esta eliminei quase por completo do meu gurada roupa, causa-me depressão.
Uso muita roupa com alguma cor, mesmo no inverno gaúcho, e não sei se terei coragem para retornar ao preto para me compatibilizar com o padrão daí. Gostaria de saber da tua opinião.
Sucesso e abraço fraterno.

Resposta
Liliane Oliveira April 10, 2019 at 12:43 pm

Olá Maria Luiza,
A Camila Vicenci Witt parou de colaborar conosco, mas temos outra colunista na Dinamarca chamada Cristiane Leme que talvez possa te ajudar.
Você pode entrar em contato com ela deixando um comentário em um dos textos publicados mais recentemente no site.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Cristiane Leme May 15, 2019 at 9:13 pm

Maria Luiza, eu moro a 1 h de carro de Billund e posso lhe garantir que não há uma ditadura da moda aqui que nos impeça de usar cores. Meu guarda-roupa é o mais colorido da empresa (e da minha família dinamarquesa, hahaha!).

Estar bem na nossa pele é fundamental. Integrar-se significa continuar sendo você mesma, respeitando a cultura do país pra onde você se mudar, sem necessariamente ter que mudar para se adequar. Não precisa voltar a usar preto só porque muita gente na Dinamarca usa. Abrace a sua personalidade e mostre-a para o mundo! Tenha orgulho de usar as cores que te fazem feliz!

Abraços e as boas vindas! E aproveite para ler outros artigos sobre a Dinamarca, eu e minhas colegas colunistas temos mais de 100 artigos publicados 🙂

Resposta
Bianca Gomes April 29, 2019 at 9:06 am

Camila, amei seu texto e sua forma de escrever. Cheguei à pouco em CPH e o que escreves aqui me ajuda muito. Seria possível um contato contigo? Abç (biancagomesprofessora@hotmail.com)

Resposta
Liliane Oliveira April 29, 2019 at 4:56 pm

Olá Bianca,
A Camila Vicenci Witt, infelizmente parou de colaborar conosco.
Obrigada,
Edição BPM

Resposta
Cristiane Leme May 15, 2019 at 9:08 pm

Bianca, tem grupos de brasileiros na Dinamarca no Facebook, e há um grupo bem grande de brasileiros e brasileiras em Copenhague.
Dê uma procurada por esses grupos. Eu moro na Dinamarca, mas na Vestjylland, a mais de 300 km de Copenhague…
Recomendo dar uma lida em outros textos sobre a Dinamarca, temos mais de 100 textos publicados e 3 colunistas ativas no país.

Resposta

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação