BrasileirasPeloMundo.com
EUA

Super Bowl nos EUA: A Final da “Copa do Mundo”

Super Bowl nos EUA: A Final da “Copa do Mundo”.

Enquanto no Brasil  fevereiro é ansiosamente aguardado em decorrência do Carnaval, aqui nos EUA é o mês mais esperado do ano pelos amantes do futebol americano. É quando ocorre o tão esperado Super Bowl, a final da Liga Nacional de Futebol Americano. Por aqui, se diz que o Super Bowl é como a final da Copa do Mundo no Brasil. Há muita festa, as pessoas reúnem a família, os amigos, muitos (e muitos) litros de cerveja são consumidos, há promoções de televisões com uma tela maior, com uma resolução melhor, etc. Tudo isso em nome do Super Bowl!

Acho que para nós, brasileiros, essa comparação pode ser considerada um tanto quanto exagerada, afinal o que chamamos de futebol é acompanhado por pessoas ao redor do mundo todo e não apenas por um único país, além de ocorrer apenas a cada quatro anos, o que torna o espetáculo muito mais esperado. No entanto, julgamentos e comparações à parte, os norte-americanos amam o Super Bowl, e apesar de temperaturas muitas vezes abaixo de zero fazem um enorme festa todos os anos.

As casas são decoradas, as bolsas recebem grandes apostas, os bares ficam lotados e conseguir uma mesa no dia do jogo é uma missão quase impossível dependendo da cidade onde você mora. Para as pessoas mais caseiras, que preferem assistir o jogo, beber e comer no conforto de suas casas, as filas dos supermercados dias antes são sempre mais longas do que o normal. Tudo isso, porque os americanos tem certas comidas “típicas” para o Super Bowl. Os famosos dips, nachos, asas de frango, guacamole, sanduíches estão entre os pratos mais conhecidos. Além disso, é preciso estocar a geladeira com a famosa cervejinha, não é mesmo?

Adrenaline-rush-775x390

 

Este ano a celebração será ainda mais especial, pois este é o 50ᵒ Super Bowl. Isto mesmo! Há cinquenta anos os americanos celebram este grande evento. Ao longo destes cinquenta anos o Super Bowl foi se tornando cada vez maior e atualmente um ingresso para o evento, mesmo que seja aquela cadeirinha na última fileira do estádio pode chegar a custar mais de $1 mil dólares e esgotam em questão de segundos muitos meses antes do evento ocorrer. Para os mortais que infelizmente não conseguem ver o jogo no estádio, há a opção de acompanhar pelo TV. Atualmente o Super Bowl é o programa de TV mais assistido nos EUA e quebra recordes todos os anos. Apenas em 2015, aproximadamente 114 milhões de telespectadores acompanharam a transmissão ao vivo.

Existem alguns aspectos do Super Bowl que são tão ou até mais esperados do que o jogo e o time vencedor propriamente ditos. O canto do hino nacional norte-americano, os comerciais de TV e o show que ocorre no intervalo do jogo.

O hino nacional é algo de muito respeito pelos norte-americanos, que são, em sua maioria, bastante patriotas. Por este motivo, o canto do hino é o primeiro grande momento do Super Bowl. Diana Ross, Whitney Houston, Natalie Cole, Christina Aguilera, Kelly Clarkson Beyonce e Lady Gaga estão na lista de artista que tiveram a oportunidade de cantar o hino norte-americano durante o evento.

Quanto aos comerciais, estes também são um capítulo a parte. Grandes empresas como Budweiser, M&M´s, Coca-Cola, Victoria´s Secret, Apple, dentre muitas outras, pagam uma média de $5 milhões de dólares por apenas 30 segundos de comercial nos intervalos do Super Bowl, que são feitos apenas para o evento e mostrados somente naquele dia. A publicidade é muito grande. Empresas de consultoria e marketing passam meses trabalhando apenas para fazer propaganda de marcas para aquele único momento.

keep-calm-and-watch-the-superbowl-for-the-commercials

Além disso, há também quem diga por aqui, que um artista só realmente se consagra como uma grande estrela, depois de se apresentar durante o Super Bowl. O show é um dos mais aguardados do ano, cheio de efeitos especiais, e comentado por muitos dias ou até mesmo anos, caso o artista deixe alguma história pra contar, como foi o caso de Janet Jackson que teve parte da roupa descosturada em pleno show deixando um seio a mostra. Pelos palcos do Super Bowl já passaram Kate Perry, Beyoncé, Bruno Mars, Justin Timberlake, dentre muitos outros.

O futebol americano vem ganhando cada vez mais popularidade em outros países. No Brasil, as empresas de TV por assinatura oferecem pacotes para telespectadores interessados no esporte. Redes norte-americanas de restaurantes como o Friday´s e Hooter´s muitas vezes transmitem o jogo.

Se você é como eu, que adora o Super Bowl por causa dos shows e propagandas (e praticamente não assiste o jogo), deixo aqui o vídeo de uma das apresentações mais comentadas dos últimos anos: a apresentação de Beyoncé em 2013.

https://www.youtube.com/watch?v=C98GxSbA1QY

O que será que vem por aí este ano?

Related posts

Fazendas Urbanas nos EUA

Lorrane Sengheiser

O que visitar e como estudar na UCLA

Natália Baldochi

Dicas para o verão na Califórnia

Raiane Rosenthal

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Este site ou suas ferramentas de terceiros usam cookies Aceitar Consulte Mais Informação